Xvii- trecho XVII do km 585+300m ao km 592+900m, com



Baixar 346,72 Kb.
Página1/11
Encontro04.05.2018
Tamanho346,72 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11

XVII- Trecho XVII - do km 585+300m ao km 592+900m, com:

a) propriedade 001 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Companhia Transmissão de Energia Elétrica Paulista e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10015+17,461 e 10029+7,509 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=759.937,2785 e E=546.227,3165, distante 21,43 m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10015+17,461, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 283°44'43", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 134,56m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 2, com coordenadas N=759.969,2505 e E=546.096,6107, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 283°51'32", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 135,85m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.001,7909 e E=545.964,7157, distante 50,97 m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10029+7,509, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 15°08'42", pela cerca da divisa a uma distância de 19,43m, confrontando-se com a propriedade de Milton Pereira, até o ponto 4, com coordenadas N=760.020,5496 e E=545.969,7929, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 11°02'19", pela cerca da divisa a uma distância de 13,76m, confrontando-se com a propriedade de Milton Pereira, até o ponto 5, com coordenadas N=760.034,0518 e E=545.972,4270, seguindo em curva à direita pelo limite da faixa de domínio existente com desenvolvimento de 130,17m e raio de 468,50m confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 6, com coordenadas N=759.984,3187 e E=546.092,2655, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 104°23'28", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 142,34m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 7, com coordenadas N=759.948,9402 e E=546.230,1438, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 193°37'40", pela cerca da divisa a uma distância de 12,00m, confrontando-se com a Rua Humberto Venturini, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 4.416,71m² (quatro mil, quatrocentos e dezesseis metros quadrados e setenta e um decímetros quadrados);

b) propriedade 002 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Milton Pereira e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10029+6,800 e 10029+18,215 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.020,5496 e E=545.969,7929, distante 37,23m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10029+6,800, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 195°08'42", pela cerca da a uma distância de 19,43m, confrontando-se com a propriedade de Companhia Transmissão de Energia Elétrica Paulista, até o ponto 2, com coordenadas N=760.001,7909 e E=545.964,7157, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 284°14'28", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 10,12m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.004,2814 e E=545.954,9031, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 12°34'34", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 36,44m, confrontando-se com a propriedade de Manolo Rossafa, até o ponto 4, com coordenadas N=760.039,8466 e E=545.962,8374, distante 54,28m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10029+18,215, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 121°08'37", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 11,20m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 5, com coordenadas N=760.034,0518 e E=545.972,4270, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 191°02'19", pela cerca da divisa a uma distância de 13,76m, confrontando-se com a propriedade de Companhia Transmissão de Energia Elétrica Paulista, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 370,97m² (trezentos e setenta metros quadrados e noventa e sete decímetros quadrados);

c) propriedade 003 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Manolo Rossafa e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10029+17,315 e 10036+17,795do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.004,2814 e E=545.954,9031, distante 17,85m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10029+17,315, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 283°45'29", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 53,03m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 2, com coordenadas N=760.016,8936 e E=545.903,3925, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 284°25'09", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 79,75m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.036,7528 e E=545.826,1532, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 297°50'54", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 7,93m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 4, distante 20,13m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10036+17,795 com coordenadas N=760.040,4571 e E=545.819,1416, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 26°03'01", pela cerca da divisa a uma distância de 74,99m, confrontando-se com a propriedade de José Pedro Venturini, até o ponto 5, com coordenadas N=760.107,8276 e E=545.852,0737, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 121°32'22", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 129,96m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 6, com coordenadas N=760.039,8466 e E=545.962,8374, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 192°34'34", pela cerca da divisa a uma distância de 36,44m, confrontando-se com a propriedade de Milton Pereira, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 7.557,22m² (sete mil, quinhentos e cinquenta e sete metros quadrados e vinte e dois decímetros quadrados);

d) propriedade 004 - a área a ser desapropriada consta pertencer a José Pedro Venturini e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10036+2,128 e 10039+8,380 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.107,8276 e E=545.852,0737, distante 93,46m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10036+2,128, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 206°03'01", pela cerca da divisa a uma distância de 74,99m, confrontando-se com a propriedade de Manolo Rossafa, até o ponto 2, com coordenadas N=760.040,4571 e E=545.819,1416, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 298°36'35", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 52,28m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.065,4896 e E=545.773,2472, distante 33,32m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10039+8,380, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 31°57'36", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 48,79m, confrontando-se com a propriedade de Joracina da Costa Garcia e Maria do Carmo dos Santos, até o ponto 4, com coordenadas N=760.106,8828 e E=545.799,0723, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 31°08'18", pela cerca da divisa a uma distância de 28,74m, confrontando-se com a propriedade de Joracina da Costa Garcia e Maria do Carmo dos Santos, até o ponto 5, com coordenadas N=760.131,4779 e E=545.813,9314, seguindo em curva à direita pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto com desenvolvimento de 45,30m e raio de 96,29m confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 3.767,22m² (três mil, setecentos e sessenta e sete metros quadrados e vinte e dois decímetros quadrados);

e) propriedade 005 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Joracina da Costa Garcia e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10038+4,856 e 10040+10,721 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.131,4779 e E=545.813,9314, distante 107,19m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10038+4,856, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 211°39'19", pela cerca da divisa a uma distância de 77,52m, confrontando-se com a propriedade de José Pedro Venturini, até o ponto 2, com coordenadas N=760.065,4896 e E=545.773,2472, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 289°42'00", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 22,45m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, distante 35,56m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10040+10,721 com coordenadas N=760.073,0581 e E=545.752,1091, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 29°35'15", pela muro da divisa a uma distância de 69,22m, confrontando-se com a propriedade de Wilson Avelhaneda Andreu, até o ponto 4, com coordenadas N=760.133,2563 e E=545.786,2889, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 93°40'52", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 27,70m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 1.713,85m² (um mil, setecentos e treze metros quadrados e oitenta e cinco decímetros quadrados);

f) propriedade 006 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Wilson Avelhaneda Andreu e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10039+12,109 e 10042+14,133 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.133,2563 e E=545.786,2889, distante 102,23m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10039+12,109, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 209°35'15", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 69,22m, confrontando-se com a propriedade de Joracina da Costa Garcia e Maria do Carmo dos Santos, até o ponto 2, com coordenadas N=760.073,0581 e E=545.752,1091, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 282°48'48", existente a uma distância de 11,22m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.075,5458 e E=545.741,1715, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 276°40'27", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 32,46m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 4, com coordenadas N=760.079,3186 e E=545.708,9296, distante 31,19m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10042+14,133, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 41°44'53", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 70,35m, confrontando-se com a propriedade de João Batista Rodrigues, até o ponto 5, com coordenadas N=760.131,8025 e E=545.755,7702, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 87°16'22", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 30,55m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 2.154,01m² (dois mil, cento e cinquenta e quatro metros quadrados e um decímetro quadrado);

g) propriedade 007 - a área a ser desapropriada consta pertencer a João Batista Rodrigues e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10041+1,371 e 10044+17,824 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.131,8025 e E=545.755,7702, distante 93,44m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10041+1,371, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 221°44'53", pela cerca da divisa a uma distância de 70,35m, confrontando-se com a propriedade de Wilson Avelhaneda Andreu, até o ponto 2, com coordenadas N=760.079,3186 e E=545.708,9296, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 272°57'25", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 18,77m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.080,2870 e E=545.690,1817, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 318°08'20", pela cerca da divisa a uma distância de 10,70m, confrontando-se com a Estrada Municipal Jales - SP-561, até o ponto 4, com coordenadas N=760.088,2594 e E=545.683,0382, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 328°55'50", pela cerca da divisa a uma distância de 23,18m, confrontando-se com a Estrada Municipal Jales - SP-561, até o ponto 5 distante 49,98m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10044+17,824, com coordenadas N=760.108,1114 e E=545.671,0772, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 49°20'14", pela cerca da divisa a uma distância de 35,10m, confrontando-se com a propriedade de Inácio Navarro, até o ponto 6, com coordenadas N=760.130,9811 e E=545.697,7007, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 89°11'22", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 58,08m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área aproximada de 2.595,54m² (dois mil, quinhentos e noventa e cinco metros quadrados e cinquenta e quatro decímetros quadrados);



h) propriedade 008 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Ignácio Navarro e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10043+17,519 e 10046+2,171 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.130,9811 e E=545.697,7007, distante 78,61m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10043+17,519, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 229°20'14", pela cerca da divisa a uma distância de 35,10m, confrontando-se com a propriedade de João Batista Rodrigues, até o ponto 2, com coordenadas N=760.108,1114 e E=545.671,0772, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 329°21'30", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 34,66m, confrontando-se com a Estrada Municipal de Jales, até o ponto 3, com coordenadas N=760.137,9278 e E=545.653,4145, distante 74,64m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10046+2,171, seguindo em curva à esquerda pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto com desenvolvimento de 46,60m e raio de 48,45m confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 432,65m² (quatrocentos e trinta e dois metros quadrados sessenta e cinco decímetros quadrados);

i) propriedade 009 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Antônio Bras Garcia e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10045+4,829 e 10062+6,716 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.102,0298 e E=545.662,3428, distante 41,97m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10045+4,829, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 226°46'16", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 28,60m, confrontando-se com a Estrada Municipal de Jales, até o ponto 2, com coordenadas N=760.082,4386 e E=545.641,5015, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 284°09'16", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 43,43m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.093,0591 e E=545.599,3895, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 282°26'58", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 118,90m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 4, com coordenadas N=760.118,6903 e E=545.483,2898, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 313°57'41", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 12,91m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 5, com coordenadas N=760.127,6503 e E=545.473,9989, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 244°35'55", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 9,44m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 6, com coordenadas N=760.123,6014 e E=545.465,4725, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 256°27'35", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 8,00m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 7, com coordenadas N=760.121,7289 e E=545.457,6971, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 280°29'08", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 36,14m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 8, com coordenadas N=760.128,3055 e E=545.422,1631, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 286°23'22", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 43,22m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 9, com coordenadas N=760.140,5014 e E=545.380,6966, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 288°22'18", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 59,12m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 10, com coordenadas N=760.159,1334 e E=545.324,5942, distante 25,24m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10062+6,716, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 13°47'47", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 9,81m, confrontando-se com a propriedade de Antônio Arnaldo Picolin, até o ponto 11, com coordenadas N=760.168,6578 e E=545.326,9330, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 104°10'48", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 206,26m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 12, com coordenadas N=760.118,1294 e E=545.526,9124, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 96°46'46", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 136,38m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 4.467,63m² (quatro mil, quatrocentos e sessenta e sete metros quadrados e sessenta e três decímetros quadrados);

j) propriedade 010 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Antônio Arnaldo Picolin e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10062+6,559 e 10081+9,729 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.159,1334 e E=545.324,5942, distante 15,43m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10062+6,559, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 287°35'30", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 29,67m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 2, com coordenadas N=760.168,1012 e E=545.296,3101, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 284°05'52", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 146,04m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 3, com coordenadas N=760.203,6742 e E=545.154,6641, deste ponto defletindo à esquerda e seguindo em linha reta com azimute de 283°59'59", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 206,43m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 4, com coordenadas N=760.253,6139 e E=544.954,3627, distante 27,38m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10081+9,729 deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 8°16'56", pela cerca da divisa a uma distância de 12,55m, confrontando-se com a propriedade de Renato José da Silva, até o ponto 5, com coordenadas N=760.266,0360 e E=544.956,1710, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 105°01'11", limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 169,92m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 6, com coordenadas N=760.222,0014 e E=545.120,2845, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 104°28'27", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 213,42m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 7, com coordenadas N=760.168,6578 e E=545.326,9330, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 193°47'47", pela cerca da divisa a uma distância de 9,81m, confrontando-se com a propriedade de Antônio Bras Garcia, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 3.742,65m² (três mil, setecentos e quarenta e dois metros quadrados e sessenta e cinco decímetros quadrados);

k) propriedade 011 - a área a ser desapropriada consta pertencer a Anuciata Lorenço Tondato e é constituída pelo imóvel localizado entre as estacas 10081+14,099 e 10091+19,458 do lado direito do projeto da pista principal da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha, no sentido de Bálsamo - Rubinéia, no Município de Jales, suas linhas de divisa têm a seguinte descrição: início no ponto 1, com coordenadas N=760.254,8820 e E=544.948,8886, distante14,80m do eixo do projeto da pista na perpendicular da estaca 10081+14,099, deste ponto seguindo em linha reta com azimute de 283°57'29", pelo limite da faixa de domínio existente a uma distância de 198,55m, confrontando-se com a Rodovia SP-320, até o ponto 2, com coordenadas N=760.302,7752 e E=544.756,2003, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 342°24'18", pela cerca da divisa a uma distância de 13,00m, confrontando-se com a propriedade de Anunciata Lorenço Tondato, até o ponto 3, com coordenadas N=760.315,1659 e E=544.752,2709, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 103°35'00", pelo limite da faixa de domínio pretendida pelo projeto a uma distância de 201,75m, confrontando-se com a área remanescente, até o ponto 4, com coordenadas N=760.267,7823 e E=544.948,3794, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 173°26'19", pela cerca da divisa a uma distância de 8,08m, confrontando-se com a propriedade de Renato José da Silva, até o ponto 5, com coordenadas N=760.259,7514 e E=544.949,3031, deste ponto defletindo à direita e seguindo em linha reta com azimute de 184°51'57", pela cerca da divisa a uma distância de 4,89m, confrontando-se com a propriedade de Renato José da Silva, até o ponto 1, ponto este que é referencial de partida da presente descrição, perfazendo uma área de 2.356,45m² (dois mil, trezentos e cinquenta e seis metros quadrados e quarenta e cinco decímetros quadrados);



  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal