Você sabia que a primeira nação oficialmente cristã, antes mesmo do Império Romano, foi a Armênia?



Baixar 0,53 Mb.
Página1/3
Encontro21.01.2018
Tamanho0,53 Mb.
  1   2   3

Você sabia que a primeira nação oficialmente cristã,

antes mesmo do Império Romano, foi a Armênia?

Segundo a tradição, a Igreja armênia foi fundada por dois dos Apóstolos de Jesus

Javhttp://pt.aleteia.org/2015/09/17/voce-sabia-que-a-primeira-nacao-oficialmente-crista-antes-mesmo-do-imperio-romano-foi-a-armenia/ier Ordovás

© MrAndrew47

Após o domínio do império persa e do império macedônio, nasceu no ano de 190 a.C. o Reino da Armênia, cuja máxima influência foi alcançada durante o reinado de Tigranes II, antes que os romanos o dominassem.

Segundo a tradição, a Igreja armênia foi fundada por ninguém menos que dois apóstolos de Jesus: São Judas Tadeu e São Bartolomeu, que pregaram o cristianismo na Armênia entre os anos 40 e 60.

Em 301, a Armênia foi a primeira nação soberana de todo o mundo a aceitar o cristianismo como sua religião oficial. O imperador romano Constantino só legalizaria o cristianismo doze anos depois dos armênios.

A nação caiu depois sob o domínio dos bizantinos, persas e islâmicos, mas restabeleceu a sua independência com a dinastia Bagrátida.

A chamada Grande Armênia foi mais tarde dividida entre o império otomano e o império russo. No final do século XIX e princípios do XX, os armênios sofreram um genocídio perpetrado pelos otomanos: 1,5 milhão de armênios foram assassinados e o restante dos armênios ocidentais se dispersou por todo o mundo, a começar da Síria e do Líbano.

O papa Francisco denunciou recentemente o genocídio, declarando: “A humanidade viveu, no século passado, três tragédias inauditas. A primeira, que geralmente é considerada o primeiro genocídio do século XX, foi a do povo armênio. As outras duas são o nazismo e o estalinismo”.

Alguns historiadores chegam a considerar que o genocídio armênio serviu de modelo para o holocausto promovido por Hitler.

A atual Armênia, cujo território corresponde a grande parte da Armênia oriental, reobteve a independência em 1918, com o estabelecimento da República Democrática da Armênia, e em 1991, com a República da Armênia.

A religião predominante no país é o cristianismo: cerca de 93% dos cristãos pertencem à Igreja Apostólica Armênia, uma forma de Ortodoxia Oriental assim como as Igrejas copta e siríaca. É considerada uma Igreja ortodoxa por ter mantido a fidelidade à doutrina cristã em conformidade com os padres da Igreja, mas não deve ser confundida com a Igreja ortodoxa de cunho grego. Além da Igreja armênia tradicional, o país conta ainda com uma população de católicos de rito armênio de cerca de 180.000 membros. Também há protestantes, evangélicos e curdos yazidis. A sede da Igreja católica de rito armênio é Bzoummar, no Líbano.

Parte considerável do sustento da Armênia vem da diáspora de seu povo pelo mundo inteiro, em particular na Rússia (2,5 milhões) e na América do Norte (1,5 milhão). A comunidade também está estabelecida na União Europeia (500.000), principalmente na França, bem como entre a Síria e o Líbano (120.000) e na África (15.000). Na América Latina (125.000), os armênios se assentaram principalmente na Argentina, Brasil, Uruguai, Venezuela, Chile e México.






  1   2   3


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal