Universo Produção Ltda / Ofício 302/11



Baixar 152,76 Kb.
Encontro08.12.2017
Tamanho152,76 Kb.



9ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte

15 a 22 de outubro de 2015


Brasil CineMundi – 6th Internacional Coproduction Meeting

15 a 19 de outubro de 2015



6º BRASIL CINEMUNDI PREMIA NA NOITE DE
SEGUNDA-FEIRA OS MELHORES PROJETOS DA EDIÇÃO 2015, EM CERIMÔNIA NO CINE HUMBERTO MAURO

Programação de filmes da 9ª CineBH prossegue até a próxima
quinta-feira, com filmes inéditos em pré-estreia na cidade

O quinto dia da 9ª CineBH – Mostra de Cinema de Belo Horizonte é o último de realização do Brasil CineMundi 2015, que reúne dezenas de profissionais do audiovisual para discutirem políticas, projetos e perspectiva de coprodução internacional. Em cerimônia às 20h30 desta segunda-feira, dia 19, no Cine Humberto Mauro, serão conhecidos os projetos selecionados este ano. Um júri formado por realizadores e produtores vai eleger o melhor projeto de longa brasileiro em fase de desenvolvimento, que será premiado com materiais e serviços oferecidos pelos parceiros do Brasil CineMundi, enquanto outros selecionados vão ser convocados para participação em eventos de mercado (Torino Film Lab, em novembro; Ventana Sur, em dezembro, e Cinelatino, em março de 2016).


Antes, porém, nesta segunda-feira segue a programação de seminários e encontros. Às 10h, na Sala Juvenal Dias, Marika Kozlovska, consultora de mercados internacionais do programa Cinema do Brasil, ministra o debate-workshop Oportunidades para o cinema brasileiro no exterior, com mediação de Pedro Butcher, sobre experiências de parcerias, estratégias promocionais e de vendas que podem ser aplicadas no contato entre profissionais do audiovisual e representantes do mercado.
Às 11h, no Teatro João Ceschiatti, a mesa Políticas de festivais, estratégias e a visão do programador sobre cinema brasileiro reúne Luciano Barisone (diretor, Visions du Réel, Suíça), Paulo de Carvalho (produtor Autentika Films, programador e colaborador do Brasil CineMundi, Alemanha-Brasil) e Rémi Bonhomme (diretor de programação, Semana da Crítica de Cannes, França), com mediação de Eduardo Valente (assessor internacional da Ancine), para relatarem critérios e estratégias de seleção e programação em relação à produção feita no Brasil.
Na tarde de segunda, ainda acontecem dois encontros: às 14h30, na Sala Juvenal Dias, o relato da experiência e desafios de realização do longa "La Tierra y la Sombra", com direção de César Augusto Acevedo e coprodução de empresas da Colômbia, Holanda, Chile, França e Brasil; e às 15h, no Teatro João Ceschiatti, um workshop de roteiro com Yolanda Barrasa (Espanha).
A partir das 17h de segunda-feira, tem início as sessões de cinema. A primeira exibição será A Menina Santa, dirigido pela homenageada, a argentina Lucrecia Martel, no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes. Às 19h, será a vez da pré-estreia nacional de O Espelho, uma recriação do conto homônimo do escritor Machado de Assis. Outra pré-estreia aguardada para esta segunda-feira, às 21h, é o longa Beira-Mar, dirigido por Filipe Matzembacher e Marcio Reolon.
No Cine 104, a programação começa às 19h, com a Mostra Diálogos Históricos, que traz o média Zero de Comportamento, do francês Jean Vigo. O filme remete às experiências escolares das crianças francesas baseado nas memórias de Vigo sobre sua própria infância. Retrata um sistema educativo burocrático e repressivo diante do qual os estudantes empreendem verdadeiros atos de rebelião por vezes surreais, resultado de leituras libertárias da infância. No mesmo espaço, a partir das 21h, a Mostra Curtas contará com a exibição de Sexta-feira, Preto, Biston Betularia, Cidade Nova e Another empty space.
ENCONTRO COM LUCRECIA

Na manhã de sexta-feira, dia 17, o público da mostra pôde ouvir uma masterclass com a cineasta argentina Lucrecia Martel, homenageada este ano pela CineBH. A diretora de O Pântano e A Mulher sem Cabeça falou sobre a maneira como pensa o cinema, suas relações com a arte e desenvolveu pensamentos em relação ao seu processo de criação. “Estudar cinema não é aprender regras de como ser cineasta, mas saber o que, de tudo, serve para nos formar e encontrar a fenda”, disse ela. Durante todo o encontro, Lucrecia se utilizou da metáfora de uma fenda como pequena abertura por onde entra a poesia e a expressão.


Ela ainda destacou o fascínio pelo som e por todo o trabalho de concepção sonora tão marcante em cada um de seus filmes. “Se estamos numa sala de cinema, podemos sentir o som. E o som não precisa da audição, ele pode ser sentido com o corpo, concretamente. O som é a chave para pensar e construir a fenda. A fenda é algo cinestésico, e o que abre as fendas têm diversas naturezas”, comentou.
A diretora também respondeu a várias questões do público, que lotou o Teatro João Ceschiatti. Os mediadores da mesa, os críticos Francis Vogner e Pedro Butcher, fizeram perguntas complementares. Um dos momentos mais emocionantes foi quando Lucrecia prestou tributo ao geógrafo brasileiro Milton Santos, a quem ela deve várias leituras que a ajudaram na concepção do espaço em seus filmes. “Milton Santos analisa como as coordenadas de espaço e tempo caminham juntas, como as relações humanas se modificam a partir disso”, disse ela.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA E A LISTA DE FILMES NO SITE CINEBH.COM.BR
***

A 9ª Mostra CineBH e o 6º Brasil CineMundi integram o Cinema sem Fronteiras – programa internacional de audiovisual que a Universo Produção realiza em Minas Gerais e São Paulo e reúne também a Mostra de Cinema de Tiradentes (centrada na produção contemporânea, em janeiro), a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto (foco na preservação, história e educação, em junho).

 

Toda a programação é oferecida gratuitamente ao público e pode ser conferida pelo site cinebh.com.br


***

Link para fotos



https://www.flickr.com/photos/universoproducao/collections/72157655570689286
***

Acompanhe a 9ª Mostra CineBH, o 6º Brasil CineMundi e o programa Cinema Sem Fronteiras 2015

Participe da Campanha #eufaçoaMOSTRA

Twitter: universoprod 

Facebook: universoproducao / cinebh / brasilcinemundi

Web: cinebh.com.br 

Informações pelo telefone: (31) 3282.2366

***

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Universo Produção (31) 3282.2366 – imprensa@universoproducao.com.br - Lívia Tostes



Produção de Textos: Marcelo Miranda

Atendimento Nacional: Ana d’Angelo  -  (21) 99463.7000    dangelo.ana@gmail.com

Atendimento Regional|Minas: ETC Comunicação | (31)  2535.5257 - Núdia Fusco (31) 9120.5295  nudia@etccomunicacao.com.br e Luciana D’Anunciação – luciana@etccomunicacao.com.br
Serviço

9ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte

15 a 22 de outubro de 2015



Lei Federal de Incentivo à Cultura

Realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte

Patrocínio: BANCO ITAÚ, MATER DEI e CEMIG|Governo de Minas Gerais

 Apoio: Rede Globo Minas, Oi, Consulado Geral da França no Brasil, Fundação Clóvis Salgado, CentoeQuatro
Brasil CineMundi – 6th Internacional Coproduction Meeting

15 a 19 de outubro de 2015

Patrocínio: SEBRAE, CODEMIG|Governo de Minas Gerais

Apoio: Ministério das Relações Exteriores, Ancine, Cinema do Brasil, Mistika, DOT, CiaRio, Mix Stúdios, Inhotim, Consulado da Argentina em BH

Cooperação: Torino Film Lab, Ventana Sur, Cinélatino|Toulouse,.
Idealização e realização: Universo Produção
Locais de realização do evento

Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes)

*Cine Humberto Mauro *Teatro João Ceschiatti *Sala Juvenal Dias *Galeria Mari’stela Tristão

 CentoeQuatro

*Cine 104 *Café 104




Rua Pirapetinga, 567 │ Serra │ Belo Horizonte │ MG │ 30220-150 │ (31) 3282 2366 │ www.cinebh.com.br




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal