Universidade federal de santa catarina campus universitário trindade caixa postal 476



Baixar 40,72 Kb.
Encontro26.11.2017
Tamanho40,72 Kb.



UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

CAMPUS UNIVERSITÁRIO - TRINDADE - CAIXA POSTAL 476

CEP 88.010-970 - FLORIANÓPOLIS - SANTA CATARINA

Coordenação do Curso de Graduação em Cinema

Telefone - (048) 3721.9000 - Telefax - (048) 37219704

PLANO DE ENSINO
CÓDIGO DA DISCIPLINA : CMA 5101 (Turmas A e B)

NOME DA DISCIPLINA : Montagem Cinematográfica

HORAS/AULA SEMANAIS: 04

TOTAL DE HORAS/AULA: 60

PRÉ-REQUISITO: Linguagem Cinematográfica

CURSO A QUE SE DESTINA: Cinema

Professora: Clélia Mello

cleliamello@gmail.com
EMENTA :

História dos estilos de montagem. Princípios da montagem. Continuidade. A prática da montagem: montagem do filme, edição de vídeo linear e não-linear.

OBJETIVO GERAL:

Introduzir os alunos nos princípios teórico-práticos da montagem/edição em Cinema/Vídeo

OBJETIVOS ESPECÌFICOS:

Conhecimento geral da historia da montagem.

Conceituar a montagem, defini-la e aplicá-la.

Compreensão dos princípios da montagem, relacionando-a com as outras disciplinas.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1. O cinema dos primeiros tempos: as experimentações de linguagem.

2. Constituição do cinema clássico.

3. A montagem construtiva. Conceitos fundamentais da teoria da montagem de Eisenstein: atração / conflito / montagem intelectual / montagem vertical, aplicação e influências em realizadores contemporâneos. Vertov, o cinema documental e a reportagem televisiva.

4. O roteiro e a montagem.

5. Vanguardas.

6. Passagem cinema / vídeo / televisão.

7. Técnicas de edição e montagem.

8. A construção do ritmo.

9. Uso criativo do som e da imagem durante a edição/montagem.

10. Exercícios práticos

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

DANCYGER, Ken. Técnicas de edição para cinema e vídeo: história, teoria e prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

EISENSTEIN, Sergei. O sentido do filme. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

________. A forma do filme. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

LEONE, Eduardo. Reflexões sobre a montagem cinematográfica. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

________; Mourão, M. Dora. Cinema e montagem. São Paulo: Ática, 1987.

MARTIN, Marcel. A Linguagem Cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, 2007.

MURCH, Walter. Num Piscar de olhos – a edição de filmes sob a ótica de um mestre. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

XAVIER, Ismail. (org.) A experiência do cinema: Rio de Janeiro: Graal, 2003.

________. O discurso cinematográfico: a opacidade e a transparência. 3ª ed. revisada e ampliada. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

AUGUSTO, Maria de Fátima. A montagem cinematográfica e a lógica das imagens/Annablume

AUMONT, Jacques et al. A Estética do Filme/Papirus

BAZIN, André. O Cinema/ Brasiliense

BELLOUR, Raymond. Entre-Imagens/Papirus

BROWNE Steven E. High Definition Postproduction: Editing and Delivering HD Video/ Focal Press

__________. Video Editing: A Postproduction Primer/Fourth Edition

CHANDLER, Gael. Cut by Cut: Editing Your Film or Video/ Michael Wiese Productions

DELEUZE, Gilles. Cinema: a imagem-movimento / Brasiliense

EISENSTEIN, Sergei. Reflexões de Um Cineasta/ Zahar

GOODMAN, Robert M. MCGRATH Patrick. Editing Digital Video: The Complete Creative and Technical Guide/ McGraw-Hill

LEONE, Eduardo. Reflexões sobre a montagem cinematográfica/UFMG

REISE, Karel e MILLAR, Gavin. A técnica da montagem cinematográfica/Civilização Brasileira/Embrafilme

TARKOVSKY, Andrei. Esculpir o Tempo./Martins Fontes


METODOLOGIA E AVALIAÇÃO

Método: Aulas expositivas. Exercícios práticos. Projeção de filmes e vídeos.

Critério: Trabalhos práticos e/ou teóricos; participação em aula, relatórios semanais. Reflexão sobre um dos livros da bibliografia. Trabalho final de realização individual e um trabalho final de realização em grupo, com entrega de memorial detalhando todo o processo criativo.



UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

CAMPUS UNIVERSITÁRIO - TRINDADE - CAIXA POSTAL 476

CEP 88.010-970 - FLORIANÓPOLIS - SANTA CATARINA

Coordenação do Curso de Graduação em Cinema

Telefone - (048) 3721.9000 - Telefax - (048) 37219704

PLANO DE ENSINO
CÓDIGO DA DISCIPLINA : CMA 5101 (Turmas A e B)

NOME DA DISCIPLINA : Montagem Cinematográfica

HORAS/AULA SEMANAIS : 4

TOTAL DE HORAS/AULA : 60

PRÉ-REQUISITO: Linguagem Cinematográfica

CURSO A QUE SE DESTINA : Cinema

Professora: Clélia Mello

cleliamello@gmail.com
EMENTA :

História dos estilos de montagem. Princípios da montagem. Continuidade. A prática da montagem: montagem do filme, edição de vídeo linear e não-linear.

OBJETIVO:

Introduzir os alunos nos princípios teóricos e práticos da montagem/edição em Cinema/Vídeo

OBJETIVOS ESPECÌFICOS:

Conhecimento geral da historia da montagem.

Conceituar a montagem, defini-la e aplicá-la.

Compreensão dos princípios da montagem, relacionando-a com as outras disciplinas.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1. O cinema dos primeiros tempos: as experimentações de linguagem.

2. Constituição do cinema clássico.

3. A montagem construtiva. Conceitos fundamentais da teoria da montagem de Eisenstein: atração / conflito / montagem intelectual / montagem vertical, aplicação e influências em realizadores contemporâneos. Vertov, o cinema documental e a reportagem televisiva.

4. O roteiro e a montagem.

5. Vanguardas.

6. Passagem cinema / vídeo / televisão.

7. Técnicas de edição e montagem.

8. A construção do ritmo.

9. Uso criativo do som e da imagem durante a edição/montagem.

10. Exercícios práticos

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

DANCYGER, Ken. Técnicas de edição para cinema e vídeo: história, teoria e prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

EISENSTEIN, Sergei. O sentido do filme. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

________. A forma do filme. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

LEONE, Eduardo. Reflexões sobre a montagem cinematográfica. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

________; Mourão, M. Dora. Cinema e montagem. São Paulo: Ática, 1987.

MARTIN, Marcel. A Linguagem Cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, 2007.

MURCH, Walter. Num Piscar de olhos – a edição de filmes sob a ótica de um mestre. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

XAVIER, Ismail. (org.) A experiência do cinema: Rio de Janeiro: Graal, 2003.

________. O discurso cinematográfico: a opacidade e a transparência. 3. d. revisada e ampliada. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

AUGUSTO, Maria de Fátima. A montagem cinematográfica e a lógica das imagens/Annablume

AUMONT, Jacques et al. A Estética do Filme/Papirus

BAZIN, André. O Cinema/ Editora Brasiliense

BELLOUR, Raymond. Entre-Imagens/Papirus

BROWNE Steven E. High Definition Postproduction: Editing and Delivering HD Video/ Focal Press

__________. Video Editing: A Postproduction Primer/Fourth Edition

CHANDLER, Gael. Cut by Cut: Editing Your Film or Video/ Michael Wiese Productions

DELEUZE, Gilles. Cinema: a imagem-movimento / Brasiliense

EISENSTEIN, Sergéi Reflexões de Um Cineasta/ Zahar

GOODMAN, Robert M. MCGRATH Patrick. Editing Digital Video: The Complete Creative and Technical Guide/ McGraw-Hill

LEONE, Eduardo. Reflexões sobre a montagem cinematográfica/UFMG

REISE, Karel e MILLAR, Gavin. A técnica da montagem cinematográfica/Civilização Brasileira/Embrafilme

TARKOVSKY, Andrei. Esculpir o Tempo./Martins Fontes


CRONOGRAMA

Aula 1 -

Aula expositiva sobre os objetivos, metodologia e formas de avaliação da disciplina.

Aula 2 -

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina.

Aula 3 –

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. (Montagem: Capítulo 2 de A Estética do Filme e Capítulo 8 de A Linguagem Cinematográfica)

Aula 4 –


Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. O princípio cinematográfico e o ideograma (Uma Inesperada junção in A forma do filme).

Aula 5 -

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina.

Aula 6 -

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. Apresentação Livro – Grupo 1

Aula 7 -

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. Apresentação Livro – Grupo 2

Aula 8 –

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. Apresentação Livro – Grupo 3

Aula 9 –

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. Apresentação Livro – Grupo 4

Aula 10


Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. Apresentação Livro – Grupo 5

Aula 11 –

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina. Apresentação Livro – Grupo 6

Aula 12 -

Aula prática (realização)

Aula 13 -

Aula prática (realização)

Aula 14 –

Aula prática (realização)

Aula 15 –

Aula expositiva sobre os conteúdos da disciplina.

Aula 16 –

Apresentação dos trabalhos finais
OBS: Dependendo do desenvolvimento das aulas, o cronograma pode ser alterado
METODOLOGIA E AVALIAÇÃO

Método: Aulas expositivas. Exercícios práticos. Projeção de filmes e vídeos.



Critério: Trabalhos práticos e/ou teóricos; participação em aula, relatórios semanais. Reflexão sobre um dos livros da bibliografia.Trabalho final de realização individual e um trabalho de realização em grupo, com entrega de memorial detalhando todo o processo criativo.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal