Universidade da beira interior



Baixar 2,54 Mb.
Página19/23
Encontro27.09.2018
Tamanho2,54 Mb.
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   23



Professor: Ricardo Cunha

Ano Lectivo: 2009/10

Data: 3/12/09

Instalações: Pavilhão e recinto exterior

Actividade: Dia mundial do portador de deficiência

Ricardo Cunha

Relatório dia mundial do portador de deficiência

Considerações Gerais

Foi solicitado, por parte dos docentes do ensino especial, aos professores de educação física auxílio na organização e realização de um evento que divulga-se para os alunos das escolas sediadas no Teixoso, algumas modalidades / actividades desportivas e lúdicas que frequentemente são realizadas por alunos com necessidades especiais e suas adaptações para as modalidades tradicionalmente conhecidas por todos. Desta forma foram planeadas várias actividades que pudessem ser praticadas por todos e de forma que todos pudessem experimentar e perceber que o desporto é uma actividade para todos. Assim, os alunos das escolas sediadas na sede de freguesia deslocaram-se à escola de 2º e 3º ciclo para integrarem activamente essas actividades. O evento iniciou por volta das 10h30min, terminando sensivelmente às 12 horas. Participaram cerca de 90 que na sua maioria convivem diariamente com os alunos portadores de deficiência. Integraram actividades como Golf adaptado para o pavilhão, equitação, petanca e um circuito invisual que proporcionou aos alunos situações que podem a qualquer momento surgir na vida de um portador dessa deficiência.



Estratégias Utilizadas

A estratégia utilizada pretendia que os alunos experimentassem pelo menos uma destas actividades. Assim na altura de chegada era sorteado por entre os alunos da turma os elementos que participavam em cada uma das actividades. Cada turma realizou durante um tempo máximo de 10 minutos as actividades, ficando as outras turmas a observar e perceberem de fora as principais dificuldades sentidas nas mais diversas tarefas. Foram chamadas as turmas uma a uma perfazendo um total de 6.

Quando uma turma era chamada, e através da ficha de inscrição, os alunos foram encaminhados para as suas estações iniciando a contabilização de 10 minutos quando começava uma actividade. No controlo das estações existia sempre um professor do grupo de educação física ou do ensino especial, estando um outro elemento de fora que recebia as turmas, encaminhava os alunos e dava inicio e término das actividades.





Sugestões / Alterações Futuras

Para uma próxima actividade deste género era importante manter alguma ocupação para os alunos que aguardam para realizar as actividades. Para alguns o tempo de espera foi superior a 50 minutos pelo que torna os alunos impacientes e dificulta ao professor o controlo destes dentro das regras do comportamento limite desejado e permitido.


1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   23


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal