Sêneca nos ensina a importância da reflexão interior e do afastamento das emoções carregadas de vícios, ambições e cobiça pelo poder e por bens materiais



Baixar 283,86 Kb.
Encontro07.08.2017
Tamanho283,86 Kb.



LANÇAMENTO – FILOSOFIA

Da tranquilidade da alma
precedido de Da vida retirada
e seguido de Da felicidade

de Sêneca

Tradução de Lúcia Sá Rebello e Ellen Itanajara Neves Vranas

Introdução de Lúcia Sá Rebello


Volume 789 da Coleção L&PM POCKET – 128 páginas – R$ 11

ISBN 978-85-254-1754-1 Código de barras: 9788525417541



Investiguemos de que modo a alma deverá prosseguir sempre de modo igual e no mesmo ritmo. Ou seja, estar em paz consigo mesmo, e que essa alegria não se interrompa, mas permaneça em estado plácido, sem elevar-se, sem abater-se. A isso eu chamo tranquilidade. Investiguemos como alcançá-la.”
(Trecho de Da tranquilidade da alma)

Sêneca (4 a.C.?-65 d.C.), preocupado com as mudanças bruscas nos valores morais, nas crenças e na religião, refletiu sobre esses anseios em textos que se tornaram clássicos da filosofia. “Da vida retirada”, “Da tranquilidade da alma” e “Da felicidade”, três de seus mais conhecidos tratados morais, apresentam os princípios de sabedoria, virtude e liberdade que o pensador perseguiu em vida. 

“Da tranquilidade da alma”, texto que dá nome ao livro, traz um diálogo entre Sêneca e seu amigo Sereno, que lhe pede esclarecimentos para aplacar a sua angústia interior e chegar a um estado de tranquilidade da alma. Em texto estruturado como um diálogo, Sêneca discursa sobre como contornar os obstáculos que impedem a paz e apresenta reflexões sobre a busca da serenidade e a importância do conhecimento interior. Para uma vida plena – recomenda – é necessário o afastamento dos bens materiais e daquilo que traz infelicidade; somente assim se iniciaria o processo de aprimoramento espiritual.

Essa obra foi traduzida do latim por Lúcia Sá Rebello e Ellen Itanajara Neves Vranas. Lúcia é também autora da introdução do livro, na qual discorre sobre a notória vida do escritor e filósofo, que foi tutor e, posteriormente, conselheiro do imperador Nero. Influenciado pela escola estóica e também pelos ideais epicuristas, Sêneca refletiu sobre as mais profundas contradições da condição humana, questionamentos universais, que acompanham a sociedade desde o início da Era Cristã até a atualidade. Sua filosofia aborda a busca da felicidade, o medo da morte, as desilusões, a amizade e levanta uma das principais questões dos nossos dias: como conjugar qualidade de vida e tempo escasso.

Lúcio Anneo Sêneca (4 a.C.?-65 d.C.), filósofo, dramaturgo, político e escritor latino, foi um mestre na arte de escrever textos filosóficos. Escreveu inúmeros tratados, nove tragédias, uma comédia, três consolações e 124 epístolas morais dirigidas a Lucilio, um de seus discípulos. Do autor, a Coleção L&PM POCKET publicou Aprendendo a viver e Sobre a brevidade da vida.

www.lpm.com.br


o site que conta tudo

Rua Comendador Coruja, 314, L. 9 – CEP. 90.220-180 – Porto Alegre/ RS – BRASIL



055+51+ 3225.5777 – Fax 055+51+ 3221.5380 e-mail: marta@lpm.com.br





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal