Seminário sobre Segunda Guerra Mundial



Baixar 10,24 Kb.
Encontro12.09.2017
Tamanho10,24 Kb.

Seminário sobre Segunda Guerra Mundial
Antecedentes da guerra:

  • A guerra é uma continuação da Primeira Guerra Mundial, segundo Winston Churchill, pois os alemães não haviam aceitado as determinações do Tratado de Versalhes;

  • A ascensão dos regimes totalitários na Itália (década de 20 do século XX) e na Alemanha (década de 30 do século XX);

  • Crise de 1929;

  • A Guerra Civil Espanhola (1936 – 1939) onde se enfrentaram os fascistas e os republicanos, apoiados respectivamente por alemães, italianos e russos, ingleses e norte-americanos;

  • Ocupação da Áustria em 1938 e depois da Tchecoslováquia;

  • Neutralidade de ingleses e franceses em relação as práticas imperialistas dos alemães, levaram ao fortalecimento da posição nazi-fascista e ao início da guerra;

1939 – A Guerra

Grupos que vão se enfrentar:



  • Eixo: Alemanha, Itália e Japão;

  • Aliados: Inglaterra, França, Estados Unidos, URSS e Brasil.

1º fase 1939 – 1941 – Expansão Nazista;

  • A Alemanha invade a Polônia;

  • Reação inglesa e francesa: declaração de guerra à Alemanha;

  • Invasão da Dinamarca, Noruega, Bélgica, Holanda e França;

  • Blitzkrieg (guerra relâmpago);

  • Derrota francesa em 1940;

  • Mussolini, aproveitando-se das vitórias alemãs, declara guerra a França e a Inglaterra;

2ª fase – 1941 – 1943 – Invasão à URSS

1941:


  • a Alemanha invade à URSS;

  • em 7/12/1941: o Japão ataca a base norte-americana de Pearl Harbor, envolvendo diretamente os Estados Unidos na guerra e o horizonte geográfica da guerra se estende ao Pacífico;

1942

  • Os russos usam a mesma estratégia utilizada para derrotar Napoleão Bonaparte: na medida em que a superioridade do Exército Alemão era patente, os russos recuam, destruindo tudo o que poderia ajudar os alemães. Isto tornou o abastecimento das tropas alemãs em território russo um grande problema para os alemães;

  • A resistência russa e a entrada dos Estados Unidos na guerra mudaram o curso dos acontecimentos que até então eram favoráveis ao Eixo.

  • Os norte-americanos colocam todo o seu potencial industrial e militar a favor dos aliados;

1944

  • Em 6 de junho de 1944 ocorre o dia “D”, que o desembarque na França das tropas aliadas. O fim da guerra está próximo.

  • 1945

  • Em 8 de maio de 1945, o exército vermelho (soviético) ocupa Berlim;

  • Em 6 e 8 de agosto, os EUA bombardeiam as cidades de Hiroshima e Nagasaki com bombas atômicas.

O Brasil no contexto:

  • Embora simpático ao Eixo, o governo brasileiro chefiado por Getúlio Vargas, será “convencido” pelos norte-americanos para apoiar os aliados;

  • Haviam tratados entre as nações americanas, em que se alguma delas fossem atacadas, as demais buscariam apoiá-la;

  • Isto facilitou o apoio dos demais países americanos, incluindo o Brasil, aos norte-americanos, depois do ataque japonês a Pearl Harbor;

  • Os norte-americanos ofereceram “ajuda” econômica para a instalação da Usina Siderúrgica de Volta Redonda;

  • A opinião pública era amplamente favorável aos aliados;

  • Vários navios brasileiros foram torpedeados por submarinos alemães na costa brasileira, matando muitos brasileiros;

  • Em 22 de agosto de 1942, o Brasil declarou guerra à Alemanha;

  • De setembro de 1944 a maio de 1945, brasileiros lutaram nos campos de batalha da Europa;

Pós-Guerra

  • As conferências de Yalta e Potsdam pensaram o mundo do pós-guerra;

  • Yalta – fevereiro de 1945 – Roosevelt, Stalin e Churchill definem como seria o mapa mundial no período após o final da guerra;

  • Potsdam – julho de 1945 – Stalin, Harry Truman e Clement Attlee deram um encaminhamento as decisões tomadas em Yalta: fundação da ONU; desmembramento da Alemanha em quatro zonas: soviética, alemã, francesa e inglesa;

  • Controle das indústria bélica alemã e o pagamento de uma indenização no valor de 20 bilhões de dólares;

  • Julgamento dos crimes de guerra dos nazistas pelo tribunal de Nuremberg.






©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal