Se não houvesse portugal, NÃo havia lusofonia



Baixar 126,96 Kb.
Encontro02.09.2018
Tamanho126,96 Kb.

Manual de Comunic-Ação



  1. Preposições

  2. Preposições a, de, em, por, contraídas com os artigos definidos (o, a, os, as) e indefinidos (um, uma, uns, umas)

  3. Locuções Prepositivas
  1. Preposições: a, ante, após, até, com, conforme, contra, consoante, de, desde, durante, em, exceto, entre, mediante, para, perante, por, salvo, sem, segundo, sob, sobre, trás.



As preposições são palavras invariáveis, que estabelecem uma relação entre dois ou mais termos de uma oração, que dependem uma da outra, de tal modo que o sentido do primeiro termo (antecedente) é explicado ou completado pelo segundo (consequente). As preposições têm várias funções, de que se destacam algumas: autoria (A música que vamos ouvir é de Adriana Calcanhoto); lugar (Estou, neste momento, em São Tomé e Príncipe); tempo (Foi durante o tempo que estive em Moçambique que escrevi o livro sobre poesia da África Lusófona); modo ou conformidade (o prémio foi atribuído por unanimidade a António Lobo Antunes); causa (Não sei se tremo de frio ou se é por medo); assunto ou tema (Gosto de fazer conferências sobre a Língua Portuguesa); fim ou finalidade (Eu fui viver para o sul do Brasil para apanhar mais sol); companhia (Hoje vou sair com os meus colegas de turma) meio (Estudo Português por correspondência), matéria (A minha pasta é de couro e o meu relógio é de ouro); posse (Este é o manual de toda a equipa); oposição (Portugal jogou contra Angola) no Campeonato do Mundo de Futebol; conteúdo (Tomei um copo de cachaça e um copito de ginja; preço (Venderam-se livros de autores portugueses que deram um lucro de um milhão de euros; origem (Amina é de Cabo Verde); especialidade (A Lise formou-se em Língua Portuguesa e Culturas Lusófonas); destino ou direção (Vou viver para Macau, na China).
Eis outros exemplos:

A mulher grávida deve abster-se de fumar.

A secretária aspira a ser promovida.

Eles vão viver para o Quebeque.

Só se pode comprar certos medicamentos mediante prescrição médica.

Perante estes factos concretos, nada mais tenho a dizer.

Este folheto de literatura médica comercial informa sobre as quantidades corretas a ingerir consoante a idade do paciente.

Quero saber o que há por trás das tuas palavras.

Não são nem história, nem romance histórico, mas alguma coisa indefinida, situada a meio caminho entre um e outro género.

Agostinho da Silva escreveu um livro intitulado, Ir à Índia sem Abandonar Portugal.

A sua assinatura tem que estar conforme à do Bilhete de Identidade.

Sentia que a missão da sua vida era defender a língua, ensinar a falá-la com as sílabas todas, obrigar a escrevê-la sem erros, o predicado a concordar com o sujeito.

Repare como a preposição, pode mudar o conteúdo de uma mesma frase:




  • Este é um debate de linguístas.

  • Este é um debate sem linguístas.

  • Este é um debate com linguístas.

  • Este é um debate entre linguístas.

  • Este é um debate sobre linguístas.


Fazer a seguinte atividade:

Preposições

2. As Preposições a, de, em, por, contraídas com os artigos definidos (o, a, os, as) e indefinidos (um, uma, uns, umas):




Preposições

Artigos definidos

Artigos indefinidos




O

a

os

as

um

uma

uns

umas

A

ao

à

aos

às

-

-

-

-

DE

do

da

dos

das

dum

duma

duns

dumas

EM

no

na

nos

nas

num

numa

nuns

numas

POR

pelo

pela

pelos

pelas

-

-

-

-

Quando as preposições a, de, em e por se unem a certas palavras, formando um só vocábulo, essa união pode ser por combinação, quando a preposição, ao unir-se a outra palavra, mantém todos os seus fonemas ( preposição a + artigo masculino o = ao e preposição a + artigo masculino os = aos) ou por contração, quando a preposição sofre modificações na sua estrutura fonológica ao unir-se a outra palavra (as preposições de e em, por exemplo, formam contrações com os artigos e com diversos pronomes. (do, da, dos das; num, nuns, numas, disto, disso, daquilo; naquele, naqueles, naquela, naquelas). Outros exemplos: em + a = na; em + aquilo = naquilo; de + aquela = daquela; de + onde = donde.

A contração da preposição a com os artigos ou pronomes demonstrativos a, as ou com o "a" inicial dos pronomes aquele, aqueles, aquela, aquelas, aquilo resulta numa fusão de vogais a que se chama crase - que deve ser assinalada na escrita pelo uso do acento grave (a + a = à; às - àquela - àquelas - àquele - àqueles – àquilo.

A preposição em, contraída, quando necessário, com o artigo definido, é utilizada para responder às perguntas: Onde vive? Onde mora? ou Onde está?

Exemplo: Vivo em Montreal, vivo no Brasil, estou em Portugal, moro em Cabo Verde.

A preposição de, contraída, quando necessário, com o artigo definido, é utilizada para responder às perguntas: De onde vens? De onde és?

Venho de Montreal, sou do Brasil; venho do Brasil, sou de Cabo Verde.
Outros exemplos:
Para onde quer ir?

Quero ir a Portugal.
Quais os países que já visitou?

Já visitei a França, o Senegal, Cabo Verde, o Burundi, o México e Cuba.
Onde está agora?

Agora estou em Montreal, no Quebeque, no Canadá, na América do Norte.
Qual é a sua próxima viagem?

A minha próxima viagem é a Timor.

Importante se torna pois saber que países, cidades ou regiões impõem o artigo definido ou não. Eis uma lista não exaustiva:




PAÍSES

REGIÕES

CIDADES

1

Portugal

1

Macau

1

Lisboa

2

a Alemanha

2

a Ásia

2

o Funchal

3

as Filipinas

3

a Estremadura

3

Londres

4

o Brasil

4

as Canárias

4

Brasília

5

Israel

5

os País de Gales

5

Luanda

6

o Canadá

6

os Açores

6

o Porto

7

a Guiné-Bissau

7

o Mato Grosso

7

o Sal

8

a China

8

a América

8

São Paulo

9

o Iraque

9

a Galiza

9

Bissau

10

o Japão

10

o Algarve

10

Madrid

11

Cuba

11

a Amazónia

11

Toronto

12

o Senegal

12

o Texas

12

o Cairo

13

Angola

13

Minas Gerais

13

Roma

14

Timor

14

os Pirinéus

14

Montreal

15

São Tomé e Príncipe

15

Goa

15

o Rio de Janeiro

16

Cabo Verde

16

África

16

Otava

17

o Vietname

17

a Madeira

17

Dili

18

o México

18

a Andaluzia

18

Paris

19

Moçambique

19

a Normandia

19

Maputo

20

os Estados Unidos da América

20

o Rio Grande do Sul

20

Ponta Delgada

Exemplos:

O Rio de Janeiro continua lindo e Lisboa continua bela.

O Brasil é mais de cem vezes maior do que Portugal, mas é ligeiramente mais pequeno do que o Canadá.

Nos Estados Unidos ninguém sabe onde fica Minas Gerais.

A Madeira e os Açores são duas regiões autónomas que pertencem à República Portuguesa.

O Senegal e Cabo Verde são países vizinhos.


Fazer as seguintes atividades:

Contração da preposição “de” com o artigo definido

Contração da preposições “em” com o artigo definido


  1. Locuções Prepositivas

Uma Locução Prepositivas é o conjunto de duas ou mais palavras que têm o valor de uma preposição, sendo sempre a última palavra dessa locuções uma preposição. Eis alguns exemplos:


abaixo de, acerca de, acima de, a despeito de, adiante de, a fim de, à frente de, além de, antes de, ao lado de, ao longo de, ao redor de, a par com, a par de, apesar de, a respeito de, à roda de, atrás de, através de, de acordo com, debaixo de, de cima de, em conformidade com, defronte de, dentro de, depois de, detrás de, diante de, embaixo de, em cima de, a favor de, em frente a, em frente de, em lugar de, em prol de, em razão de, em redor de, em torno de, em troco de, em vez de, fora de, graças a, junto a, junto de, não obstante, para baixo de, para cima de, para com, perto de, por baixo de, por causa de, por cima de, por dentro de, por detrás de, por meio de, por trás de, quanto a ...

Exemplos:



  • Nunca vi nenhum ovni, apesar de já ter visto muita coisa esquisita.

  • Cerca de cinco estudantes não pagaram ainda o manual.

  • Diante de tanta barbárie no Rio de Janeiro, Lula da Silva não podia deixar de agir.

  • Além de estarem sempre a falar uns com os outros, não estudam nada.

  • Eu posso explicar-lhe tudo de novo, apesar de você ser um chato.

  • Em vez de marcar uma cruz no boletim de voto, escreveu um palavrão.

  • O Diego senta-se sempre à direita de uma morena.

  • A Julia estuda bastante a fim de ter uma boa nota.

  • Graças ao Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, portugueses e brasileiros vão passar a escrever as palavras do mesmo modo.






©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal