Santos ao senhor



Baixar 18,96 Kb.
Encontro26.05.2017
Tamanho18,96 Kb.


1036

M ORDOMIA CRISTÃ


SANTOS AO SENHOR

Pr. Aerce Marsola



I - Introdução
Como Adventistas do Sétimo Dia, temos algumas doutrinas que são comuns a outros cristãos, e outras não. Dentre as que não são tão comuns, encontra-se o sábado. É de se esperar que todo o verdadeiro Adventista observe o Sétimo Dia como o “Santo Sábado”, e isso normalmente todos os fazemos.

Dentre as doutrinas que são mais comuns aos demais cristãos, encontra-se o dízimo. Da mesma maneira que se dá com respeito ao sábado, espera-se que todo o Adventista do Sétimo Dia devolva-o.

Com respeito à observância do sábado, poucas são as dúvidas levantadas em nosso meio. Normalmente, somos observadores do Santo Sábado do Senhor, embora alguns tenham dificuldades para observá-lo “conforme o mandamento”.

As dúvidas maiores são com respeito ao dízimo, uma vez que o sábado faz parte da lei de Deus, de maneira declarada, e o dízimo não, dizem.

É muito importante para todos nós, Adventistas do Sétimo Dia, que entendamos por que Deus nos pede para observarmos o Sábado como Dia de repouso. Não menos importante é que entendamos por que devemos devolver o dízimo. A bíblia nos que o “Sábado é Santo”, Êxodo 31:14; afirma também que o “Dízimo é Santo” Levítico 27:32.

O objetivo deste estudo é mostrar a santidade do Sábado e do Dízimo.


II - O Sábado
A bíblia diz em Ezeq. 20:20: “Santificai os Meus sábados...”
1. O Sábado é Santo - “Santo” significa aquilo que é separado para fins sagrados. “Portanto guardareis o sábado, porque é santo...” Êxodo 31:14

2. Origem - Jardim do Éden - “E abençoou Deus o dia Sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que fizera”. Gên. 2:3 “No Éden, Deus estabeleceu o memorial de Sua obra da Criação, depondo a Sua bênção sobre o Sétimo Dia...”Patriarcas e Profetas, pág. 31

3. Significado - Mostra a Deus como Criador - “Lembra-te do dia de sábado para o santificar... Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há...” Êx. 20:8 e 11 “... O sábado, como um memorial do poder criador de Deus, designa-O como o que fez os Céus e a Terra...” Patriarcas e Profetas, pág. 348

4. Pertence a Deus - “O sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus...” Êx. 20:10. “Aquele que nos deu seis dias para as nossas ocupações materiais, abençoou e santificou o sétimo dia e o separou para Si...” Test. Sel. Vol. III, pág. 28

5. Usado para fim Santo - “Lembra-te do Sábado para o santificar...” Êx. 20:8 e 10. “Deus requer, não somente que nos abstenhamos do trabalho físico no sábado, mas que a mente seja indisciplinada de modo a pensar em temas santos...” Test. Sel. Vol. I, pág. 290

6. Bênção para o Fiel Observador - “...Se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do Senhor, ... te deleitarás no Senhor,...” Isa. 58:13-14. “Grandes bênçãos estão compreendidas na observância do sábado, e a vontade divina é que esse dia seja para nós de deleite...” Test. Sel. Vol. III, pág. 18
III - Dízimo
Malaquias 3:10 - “Trazei todos os dízimos...”

1. É Santo - “...o dízimo será santo ao Senhor”. Lev. 27:32

2. Origem - Jardim do Éden - “Da árvore da ciência do bem e do mal, não lhes permitiu comer... reservou-a como lembrança constante de que Ele é o proprietário de todas as coisas... Dá-se o mesmo com as reivindicações de Deus a nosso respeito. Ele deposita Seus recursos nas mãos dos homens, porém requer a décima parte... Pela obediência escrupulosa dessa ordem, reconhecemos que todas as coisas pertencem ao Senhor”. Test. Sel., Vol. III, pág. 37

3. Significado - Aponta a Deus como o legítimo proprietário - “Do Senhor é a Terra e a sua plenitude o mundo e aqueles que nele habitam.” Salmos 24:1. “Os dízimos dados a Deus são um reconhecimento do direito que Deus sobre nós tem dela criação...” Test. Sel., Vol. III, pág. 77

4. Pertence a Deus - “... Todas as dízimas... são do Senhor...” Lev. 27:30. “Deus põe Sua mão sobre o dízimo e diz: ‘Isto é Meu’...” Cons. sobre Mordomia, págs. 46

5. Usado para fim santo - “... aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel... pelo seu ministério que exercem...” Lev. 18:21. “...O dízimo... deve ser unicamente dedicado ao sustento do ministério do Evangelho...” Cons. sobre Mordomia, págs. 71 e 81.

6. Bênção para o fiel dizimista - “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro... derramarei sobre vós bênção sem medida.” Mal. 3:10 “Deve todo o homem trazer alegremente os dízimos à casa do tesouro do Senhor, pois, em fazê-lo, há uma bênção...” Cons. sobre Mordomia, pág. 67
IV - Conclusão
Fica portanto claro, que, como o “sábado é santo”, o “dízimo é santo”. Como cristãos, devemos entender a sua profunda significação espiritual, e pedir ao Senhor poder para observá-los “segundo o mandamento”, “em espírito e em verdade”.

“Usa-se a mesma linguagem quanto ao sábado que se usa na lei do dízimo: ‘O sétimo dia é o Sábado do Senhor teu Deus.’... deus santificou o sétimo dia. Essa porção específica de tempo, separada pelo próprio Deus para culto religioso, continua tão sagrada como pela primeira vez foi santificada pelo nosso Criador.



De igual maneira, ‘o dízimo de nossas rendas santo é ao Senhor...’Enquanto nós como um povo estamos procurando dar fielmente a Deus o tempo que Ele conservou como Seu, não lhe daremos também nós aquela parte de nossos meios que Ele reclama?” Conselhos sobre Mordomia, pág. 66


www.4tons.com

Pr. Marcelo Augusto de Carvalho




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal