Ricki and the flash: de volta pra casa



Baixar 242,03 Kb.
Página3/3
Encontro03.05.2017
Tamanho242,03 Kb.
1   2   3

RON BOZMAN (Produtor Executivo) ganhou um Oscar® com a produção de O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs), de Jonathan Demme. Ele tem sido um integrante valioso da equipe de Demme desde que atuou como primeiro assistente de direção de Totalmente Selvagem (Something Wild), tendo feito a transição para produtor associado de De Caso Com a Máfia (Married to the Mob). Seus demais créditos como produtor de Demme são Filadélfia (Philadelphia), Bem-Amada (Beloved), Jimmy Carter Man from Plains e, mais recentemente, The Master Builder, a adaptação de Wallace Shawn da peça de Henrik Ibsen.
Seus créditos adicionais como produtor incluem O Árbitro (The Ref), Por Amor (For Love of the Game), Outono em Nova York (Autumn in New York), Fora de Controle (Changing Lanes), Revelações (The Human Stain), Mulheres Perfeitas (The Stepford Wives), Armações do Amor (Failure to Launch) e A Tempestade (The Tempest).

ADAM SIEGEL (Produtor Executivo) é presidente da Marc Platt Productions. Ele entrou para a produtora em 2000, após se formar pela Wesleyan University.
Mais recentemente, produziu a estreia diretorial de Ryan Gosling, Lost River, que estreou na seleção competitiva do Festival Internacional de Cinema de Cannes de 2014, na mostra Un Certain Regard. O filme é estrelado por Christina Hendricks, Saoirse Ronan, Ben Mendelsohn, Iain Decaesester, Matt Smith e Eva Mendes.
Também foi produtor de Drive, dirigido por Nicolas Winding Refn e estrelado por Ryan Gosling, Carey Mulligan, Bryan Cranston, Albert Brooks e Christina Hendricks. O filme venceu o prêmio de Melhor Diretor no Festival Internacional de Cinema de Cannes de 2011 e foi indicado ao BAFTA e ao Independent Spirit Award de Melhor Filme.
Anteriormente, Siegel produziu Dose Dupla (2 Guns), dirigido por Baltasar Kormakur, estrelado por Denzel Washington e Mark Wahlberg. Foi produtor executivo de O Procurado (Wanted), de Timur Bekmambetov, baseado na popular série de quadrinhos e protagonizado por Angelina Jolie, James McAvoy e Morgan Freeman. Também foi produtor executivo de Scott Pilgrim Contra o Mundo (Scott Pilgrim Vs. The World), dirigido por Edgar Wright.

BEN WAISBREN (Produtor Executivo) é chairman e presidente da LSC Film Corporation, que cofinancia grandes produções cinematográficas com a Sony Pictures Entertainment Inc. Também é advogado da firma de advocacia internacional, Winston & Strawn, onde ele orienta clientes nos EUA e na Europa nos meios de comunicação e nos setores de entretenimento e finanças. Seus clientes incluem empresas de produção e distribuição independentes, empresas de private equity, fundos de hedge, bancos de investimento e bancos comerciais.
No início da carreira, foi diretor administrativo e chefe de reestruturação de bancos de investimento da Salomon Brothers, em Nova York, após uma carreira jurídica em um grande escritório de advocacia de Chicago, Lord, Bissell & Brook, onde liderou uma banca nacional de litígios de falências.
Antes de ingressar na Winston & Strawn, no início de 2013, foi presidente da Continental Entertainment Capital LP, uma subsidiária direta do Citigroup, com operações em Nova York, Los Angeles e Paris. Antes disso, foi diretor administrativo de uma empresa global de fundo de hedge, Stark Investments, onde era cogerente de carteira em renda fixa e nas áreas de fundos privados, e responsável pelos investimentos na indústria cinematográfica e da formação do fundo de finanças estruturadas da empresa e uma financiadora destinada a alavancar o mercado intermediário, Freeport Financial.
Waisbren atuou como membro do Conselho de Administração da Wild Bunch, S.A., da França, uma empresa cinematográfica pan-europeia de produção, distribuição e vendas, de 2005 a 2009, relacionados aos investimentos de private equity que ele gerenciou.
Ele foi produtor executivo de 300, da Warner Bros Pictures; Diamante de Sangue (Blood Diamond); V de Vingança (V for Vendeta); Nancy Drew e o Mistério de Hollywood (Nancy Drew); O Segredo de Berlim (The Good German); Poseidon; e O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford (The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford). Além disso, foi produtor executivo dos seguintes lançamentos independentes: Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream); Filha das Sombras (First Born); O Vidente (Next); Perigo em Bangcoc (Bangkok Dangerous); e Gardener of Eden. Ele foi produtor executivo de Anjos da Lei 2 (22 Jump Street), da Columbia Pictures, Sex Tape: Perdido na Nuvem (Sex Tape), O Protetor (The Equalizer) e Corações de Ferro (Fury), Chappie, Segurança de Shopping 2 (Paul Blart: Mall Cop 2), Aloha, Pixels e Padrinhos Ltda (The Wedding Ringer), da Screen Gems.

DECLAN QUINN, ASC (Diretor de Fotografia) venceu três Independent Spirit Awards, com seu trabalho em Terra de Sonhos (In America, 2002), Kama Sutra: A Tale of Love (1996) e Despedida em Las Vegas (Leaving Las Vegas, 1995).
Quinn começou sua carreira como cinegrafista em filmes de shows do U2: Outside It’s America e Unforgettable Fire. Continuou trabalhando em documentários musicais, incluindo três shows de Neil Young para o diretor Jonathan Demme: Heart of Gold, Neil Young Trunk Show e Neil Young Journeys. Também trabalhou com Demme nos documentários Jimmy Carter Man From Plains e I’m Carolyn Parker, bem como nos longas O Casamento de Rachel (Rachel Getting Married) e The Master Builder.
Seus créditos cinematográficos adicionais incluem cinco títulos da diretora Mira Nair, Um Casamento à Indiana (Monsoon Wedding), Feira das Vaidades (Vanity Fair), Kama Sutra (Kama Sutra: A Tale of Love), O Relutante Fundamentalista (The Reluctant Fundamentalist) e o segmento da diretora para Nova York, Eu Te Amo (New York, I Love You). Também trabalhou inúmeras vezes com os diretores Mike Figgis, Jim Sheridan e Paul Weitz.
Seus créditos cinematográficos incluem ainda A Seleção (Admission), A Vida Íntima de Pipa Lee (The Private Lives of Pippa Lee), Café da Manhã em Plutão (Breakfast on Pluto), Garganta do Diabo (Cold Creek Manor), 28 Dias (28 Days) e Tio Vânia em Nova York (Vanya on 42nd Street).

STUART WURTZEL (Desenhista de Produção) foi indicado ao Oscar® com seu trabalho em Hannah e Suas Irmãs (Hannah and Her Sisters), de Woody Allen. Também assinou outra produção de Allen, A Rosa Púrpura do Cairo (Purple Rose of Cairo), bem como três filmes de Peter Yates: Sob Suspeita (Suspect), Pesadelo da Rua Carroll (The House on Carroll Street) e A Revanche Final (An Innocent Man).
Ele também assinou vários projetos para a HBO, começando pela produção de Mike Nichols, Wit, estrelada por Emma Thompson. Deu prosseguimento à sua parceria com Nichols e a HBO com Angels in America, que lhe valeu tanto um Emmy quanto o prêmio do Art Diretores’ Guild, em 2004. Seu projeto mais recente para a HBO foi Empire Falls, dirigido por Fred Schepisi e estrelado por Paul Newman e Ed Harris, que lhe deu uma indicação ao Emmy e o prêmio do Art Director’s Guild, o sindicato dos diretores de arte.
Sua longa lista de créditos cinematográficos inclui Hope Springs, Encantada (Enchanted), Os Pinguins do Papai (Mr. Popper’s Penguins), A Menina e o Porquinho (Charlotte’s Web), Marley e Eu (Marley and Me), Jogo de Amor em Las Vegas (What Happens in Vegas), Antes e Depois (Before and After), Lado a Lado (Stepmom), Hair, Carros Usados (Used People), Minha Mãe é uma Sereia (Mermaids), O Sangue de Romeo (Romeo Is Bleeding), Três Solteirões e Uma Pequena Dama (Three Men and a Little Lady), Gringo Velho (Old Gringo), Confissões de um Adolescente (Brighton Beach Memoirs), Os Reis do Mambo (The Mambo Kings), Quando Um Homem Ama Uma Mulher (When a Man Loves a Woman), A Teoria do Amro (I.Q.), Cálculo Mortal (Murder by Numbers), A Sombra e a Escuridão (The Ghost and the Darkness) e ABC do Amor (Little Manhattan).
Wurtzel obteve seu primeiro crédito cinetográfico com o longa-metragem de Joan Micklin Silver, Hester Street, no qual colaborou com sua mulher, Patrizia von Brandenstein. Deu prosseguimento à sua associação com Silver em Bernice Bobs Her Hair para a série American Short Stories da PBS e o longa-metragem Between the Lines.
Criado em Hillside, New Jersey, Wurtzel estudou design cenográfico na Carnegie Mellon University, onde obteve seu mestrado. Ele começou a trabalhar como desenhista de produção teatral, com quatro temporadas como designer residente do American Conservatory Theatre, de São Francisco, e três temporadas no Playhouse in the Park, de Cincinnati.
Após se mudar para Nova York, Wurtzel assinou inúmeras montagens da Broadway, incluindo Summer Brave, Unexpected Guests, Tiny Alice, A Flea in Her Ear, Sizwe Banze Is Dead, The Island e Wally’s Café. Seus créditos off-Broadway incluem Trumpets and Drums e Rosmersholm, no Roundabout Theatre, Gimme Shelter, no BAM, Sorrows of Stephen (que lhe deu o prêmio Joseph Maharam Award de Design Teatral) e Henry IV, Part I, para o New York Shakespeare Festival.
Na televisão, assinou a produção de Little Gloria... Happy At Last, que lhe valeu uma indicação ao Emmy de Direção de Arte.

WYATT SMITH (Montador) trabalha como diretor e montador no cinema, na televisão e na indústria fonográfica.

Filho de um roadie, Smith começou sua vida profissional como assistente de produção do especial de Carly Simon para a HBO special, aos 12 anos. Ao longo de toda a adolescência, trabalhou em vários projetos para inúmeros artistas, incluindo Mariah Carey e Paul Simon.


No início dos anos 1990, desenvolveu um interesse pela montagem, enquanto trabalhava nos estúdios da Sony Music na cidade de Nova York. Pouco depois, começou a montar a série musical aclamada pela crítica Sessions at West 54th e, em seguida, montou os documentários do Black Sabbath, Brian Wilson e Biography, da A&E, videoclipes do Pearl Jam, de John Mayer e Keith Urban e especiais de televisão, incluindo Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration e Elvis By The Presleys, da CBS.
Expandindo seus horizontes para além da música, Smith montou a série cômica, Chappelle's Show. Em 2002, a pedido do produtor fonográfico Phil Ramone, ele começou a dirigir shows multicâmeras incluindo Songwriters Hall of Fame (Bravo), The World Series of Pop Culture, da VH1, e especiais premiados com o Grammy de John Legend e Evanescence. Em 2006, montou o especial da NBC ganhador de vários prêmios Emmy, Tony Bennett: An American Classic, dirigido por Rob Marshall, com o qual Smith foi indicado ao Emmy de Melhor Edição de Especial.
Marshall o convidou a ser comontador do longa-metragem musical da Weinstein Company, Nine, estrelado por Daniel Day-Lewis, que deu a Smith uma indicação ao Broadcast Film Critics Choice de Melhor Montagem. Continuando seu trabalho com Marshall, Wyatt montou a aventura épica em 3D da Disney, Pirates do Caribbe: Navegando em Águas Misteriosas (Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides).
Subsequentemente, montou o documentário The Zen of Bennett e contribuiu para a montagem adicional de Sete Dias Com Marilyn (My Week With Marilyn), da The Weinstein Company, bem como para Bachelorette, estrelado por Kirsten Dunst. Após montar os segmentos dos shows do documentário em 3D da Sony Pictures, One Direction: This Is Us, Wyatt returnou ao gênero de aventura de ação com 300: A Ascensão do Império (300: Rise of an Empire), depois Thor: O Mundo Sombrio (Thor: The Dark World). Recentemente, montou seu terceiro filme para Rob Marshall, Caminhos da Floresta (Into the Woods), como qual foi indicado ao Eddie Award de Melhor Montagem de Longa-Metragem – Comédia ou Musical.

A ganhadora do Oscar®, ANN ROTH (Figurinista) desenha figurinos tanto para o teatro quanto para o cinema.


Além de seus inúmeros créditos na Broadway, os figurinos de Roth já foram vistos no Lincoln Center, Kennedy Center, San Francisco Opera, American Conservatory Theatre, Manhattan Theatre Club e Circle in the Square, entre outros. Ela recebeu três indicações ao Drama Desk e quatro ao Tony com The Royal Family (1976), The Crucifer of Blood (1979), The House of Blue Leaves (1986) e The Book of Mormon (2011).
Ao longo de cinco décadas como figurinista de cinema, seus créditos incluem O Mundo de Henry Orient (The World of Henry Orient), Perdidos na Noite (Midnight Cowboy), Klute – O Passado Condena (Klute), O Dia do Gafanhoto (The Day of the Locust), A Garota do Adeus (The Goodbye Girl), Hair, Um Lugar no Coração (Places in the Heart), Um Sonho, Uma Lenda (Sweet Dreams), Uma Secretária do Futuro (Working Girl), A Gaiola das Loucas (The Bird Cage), A Insustentável Leveza do Ser (Unbearable Lightness of Being), Segredos do Poder (Primary Colors), O Paciente Inglês (The English Patient), As Horas (The Hours), Cold Mountain, A Vila (The Village), Perto Demais (Closer), The Good Shepherd, Mamma Mia! – O Filme (Mamma Mia!), O Leitor (The Reader), Julie e Julia (Julie & Julia) e Extremely Loud & Incredibly Close. Na televisão, Roth assinou os figurinos das minisséries premiadas com o Emmy, Angels in America e Mildred Pierce.
Ela recebeu quatro indicações ao Oscar®, tendo vencido a estatueta com O Paciente Inglês (The English Patient) e três indicações ao BAFTA, tendo vencido o prêmio britânico com O Dia do Gafanhoto (The Day of the Locust).



1   2   3


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal