Ricki and the flash: de volta pra casa



Baixar 242,03 Kb.
Página2/3
Encontro03.05.2017
Tamanho242,03 Kb.
1   2   3

KEVIN KLINE (Pete) transita com igual maestria entre os mundos do teatro e do cinema, nos quais tem alcançou a mesma fama. Ele recebeu inúmeros prêmios, incluindo um Oscar® e dois prêmios Tony.
A seguir, será visto em vários filmes ansiosamente aguardados, como A Bela e a Fera (Beauty and the Beast), dos estúdios Disney, dirigido por Bill Condon com um elenco de grandes astros incluindo Emma Watson, Ian McKellen, Luke Evans, Emma Thompson, Dan Stevens e Josh Gad, e a estreia do comediante Demetri Martin como roteirista e diretor, Dean, coprotagonizado por Martin, Mary Steenburgen e Gillian Jacobs.
Além de ganhar um Oscar® em 1988 com seu desempenho na comédia Um Peixe Chamado Wanda (A Fish Called Wanda) e um prêmio do Screen Actors Guild Award em 2008 com Como Você Quiser (As You Like It), da HBO, Kline tem cinco indicações ao Globo de Ouro por seus papéis em A Escolha de Sofia (Sophie’s Choice), Dave – Presidente Por Um Dia (Dave), Será Que Ele é? (In & Out), Segredos de Uma Novela (Soapdish) e De-Lovely; e foi indicado ao Screen Actors Guild por seu desempenho em Tempo de Recomeçar (Life As A House). Também recebeu um tributo por sua carreira, em 1997, do Gotham Independent Film Awards.
Seus créditos cinematográficos adicionais incluem O Reencontro (The Big Chill), Silverado, Te Amarei Até Te Matar (I Love You To Death), Grand Canyon – Ansiedasde de uma Geração (Grand Canyon), Surpresas do Coração (French Kiss), Um Grito de Liberdade (Cry Freedom), Tempestade de Gelo (The Ice Storm), Sonhos de Uma Noite de Verão (A Midsummer Night’s Dream), Aniversário de Casamento (The Anniversary Parti), Ferocidade Máxima (Fierce Creatures), As Loucas Aventuras de James West (Wild Wild West), O Clube do Imperador (The Emperor’s Club), A Última Noite (A Prairie Home Companion), Os Acompanhantes (The Extra Man), Trade (que lhe valeu o prêmio CineMerit Award no Festival de Cinema de Munique), Queen to Play, Conspiração Americana (The Conspirator), Querido Companheiro (Darling Companion, sua sexta colaboração com o diretor Lawrence Kasdan), The Last of Robin Hood, A Última Viagem a Vegas (Last Vegas) e Minha Querida Dama (My Old Lady).
Formado pela Juilliard, Kline fez sua estreia na Broadway no papel de Vershinin na peça de Anton Chekhov, Três Irmãs (The Three Sisters) com a The Acting Company, de John Houseman, da qual é membro-fundador. Com On the Twentieth Century, de Hal Prince, venceu um Tony e um Drama Desk Award e, com The Pirates of Penzance, encenada com grande êxito no The Public Theater antes de passar para a Broadway, venceu de novo o Tony e o Drama Desk Award, bem como um Obie Award de Melhor Ator.
Mais recentemente, foi visto na Broadway na montagem aclamada de Cyrano de Bergerac, com a qual ganhou um Outer Critics Circle Award. Além disso, esta é a segunda montagem teatral de Kline exibida na série da PBS, Great Performances. A produção lhe valeu indicações ao Emmy e ao SAG Award. Kline recebeu elogios rasgados da crítica com seu desempenho na montagem da Broadway de Arms and the Man, de Shaw, dirigida por John Malkovich, bem como em Loose Ends, de Michael Weller, dirigida por Alan Schneider, e estrelou a montagem de Gerry Gutierrez de Ivanov, de Chekhov, no Lincoln Center. Ele ganhou um prêmio Drama Desk com seu desempenho como Falstaff, na montagem do Teatro do Lincoln Center de Henrique IV (Henry IV), de Shakespeare. No Festival Shakespeare in the Park, no The Public, Kline também contracenou com Meryl Streep em A Gaivota (The Seagull) e em Mother Courage and Her Children.
Kline vem trabalhando há três décadas com o The Public Theater, durante as quais interpretou inúmeros personagens shakespeareanos, incluindo os papéis-títulos de Rei Lear (King Lear), Ricardo III (Richard III) e Henrique V (Henry V). Seus créditos adicionais incluem o Duque Vincentio de Measure for Measure, Benedick de Muito Barulho Por Nada (Much Ado About Nothing) e o papel-título em duas montagens de Hamlet. Com a primeira produção de Hamlet, venceu o prêmio Obie de Sustained Achievement in Theatre e, com a segunda, também dirigida por ele, recebeu cinco indicações ao Drama Desk, incluindo indicações aos prêmios de Melhor Diretor e Ator. Posteriormente, codirigiu uma versão televisada da produção para a série da PBS, Great Performances.
Kline ganhou o prêmio William Shakespeare Award de Teatro Clássico da Shakespeare Theatre Company, em reconhecimento a artistas que tenham feito uma contribuição significativa ao teatro clássico nos Estados Unidos e foi o primeiro ator norte-americano a receber o Sir John Gielgud Golden Quill Award. Em 2007, foi honrado com o prêmio Lucille Lortel Award pelo conjunto da sua carreira. Em 2004, Kline foi incluído no Theatre Hall of Fame.

Atriz de cinema, televisão e teatro, Mamie Gummer (Julie) fez sua estreia na Broadway em 2005 com a estreia de Mr. Marmalade, que lhe deu um Theatre World Award. Em 2007, Gummer foi indicada ao Lucille Lortel Award com seu desempenho em The Water’s Edge. Ela também foi muito elogiada pela crítica na sua estreia na Broadway na remontagem indicada ao Tony Award de Ligações Perigosas (Les liaisons dangereuses) em 2008.


Em 2006, fez sua primeira participação no cinema em O Vigarista do Ano (The Hoax), dirigido por Lasse Hallström e coprotagonizado por Richard Gere e Hope Davis. Em 2007, atuou em Ao Entardecer (Evening) com um elenco de grandes astros incluindo Claire Danes, Patrick Wilson e Vanessa Redgrave. Seus demais créditos cinematográficos incluem: Aconteceu em Woodstock (Taking Woodstock), de Ang Lee, Stop-Loss: A Lei da Guerra (Stop Loss), de Kimberly Peirce, Tesouro Perdido (The Loss of a Teardrop Diamond), de Jodie Markell, The Lightkeepers, de Daniel Adams, Aterrorizada (The Ward), de John Carpenter, Twelve Thirty, de Jeff Lipsky, A Salva-vidas (The Lifeguard), de Liz W. Garcia, Terapia de Risco (Side Effects), de Steven Soderbergh, e Cake: Uma Razão Para Viver (Cake), de Daniel Barnz.
Em seguida, será vista em End of the Tour, de James Ponsoldt.
Na televisão, foi recebida com entusiasmo por seu papel como atriz convidada da série indicada ao Emmy, The Good Wife. Em 2008, foi vista na minissérie da HBO ganhadora do Emmy e do Globo de Ouro, John Adams, com Paul Giamatti e Laura Linney. Seus demais créditos televisivos incluem Off the Map, The Big C e Emily Owens M.D. Recentemente, gravou também o piloto de The Money, da HBO.
Gummer é formada pela Northwestern University, tendo também estudado teatro na British Academy of Dramatic Arts.

Audra McDonald (Maureen) é uma atriz e cantora com uma versatilidade e extensão únicas. Ganhadora recordista de seis prêmios Tony (Carousel, Master Class, Ragtime, A Raisin in the Sun, The Gershwins’ Porgy and Bess, Lady Day at Emerson’s Bar & Grill) e um das 100 pessoas mais influentes de 2015 da revista Time, ela também atuou na Broadway em The Secret Garden, Marie Christine (indicada ao Tony), Henry IV e 110 in the Shade (indicada ao Tony). Ela retorna aos palcos na temporada de 2015-16 como Lottie Gee de Shuffle Along, or, The Making of the Musical Sensation of 1921 and All That Followed. Os créditos operísticos da soprano formada pela Juilliard incluem La voix humaine e Send, na Houston Grand Opera, e Rise and Fall of the City of Mahagonny na Los Angeles Opera. Na televisão, foi vista por milhões de telespectadores como a Madre Superiora de The Sound of Music Live!, da NBC, e interpretou a dra. Naomi Bennett de Private Practice, da NBC. Ela foi indicada ao Emmy com Wit, A Raisin in the Sun e como apresentadora oficial do Live From Lincoln Center, da PBS. Seus demais créditos na TV incluem The Good Wife, Homicide: Life on the Street, Law & Order: SVU, Having Our Say: The Delany Sisters' First 100 Years, The Bedford Diaries, Kidnapped e o 1999 remake de Annie. No cinema, atuou em Seven Servants, A Razão do Meu Afeto (The Object of My Affection), O Poder Vai Dançar (Cradle Will Rock), Acontece nas Melhores Famílias (It Runs in the Family), The Best Thief in the World, She Got Problems e Rampart; em breve, poderá ser vista no filme live-action da Disney, A Bela e a Fera (Beauty and the Beast). Ganhadora de dois Grammys e artista exclusiva da Nonesuch Records, ela lançou seu quinto álbum solo para a gravadora, Go Back Home, em 2013. McDonald também é uma renomada concertista, apresentando-se com frequência nos palcos mais importantes do mundo com grandes orquestras internacionais. Defensora ativa da igualdade de condições no casamento e dos jovens menos privilegiados em situações de risco, ela é membro dos conselhos da Broadway Impact e Covenant House. Entre seus muitos papéis, seus preferidos são aqueles que interpreta fora dos palcos: o de mulher do ator Will Swenson e mãe de Zoe Madeline.

O talento e a versatilidade do ator SEBASTIAN STAN (Josh) o fizeram se destacar entre outros talentos de sua geração em Hollywood.

 

Stan reprisou o papel de Bucky Barnes, mais conhecido como o Soldado Invernal no blockbuster da Marvel, Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier), a sequência do filme de 2011, Capitão América: O Primeiro Vingador (Captain America: The First Avenger). Recentemente, concluiu as filmagens de The Bronze, de Melissa Rauch, lançado em julho.



 

Stan contracenou com Natalie Portman e Mila Kunis em Cisne Negro (Black Swan), de Darren Aronofsky. Seus demais créditos cinematográficos incluem O Casamento de Rachel (Rachel Getting Married), com Anne Hathaway; Jogando com Prazer (Spread), com Ashton Kutcher; A Aparição (The Apparition), da Warner Bros. e do produtor Joel Silver; 12 Horas (Gone), com Amanda Seyfried; A Ressaca (Hot Tub Time Machine), com John Cusack e Chevy Chase; The Education of Charlie Banks, de Fred Durst; The Architect, com Anthony LaPaglia, Isabella Rossellini e Hayden Panettiere; e O Pacto (The Covenant), da Screen Gems.

 

Na televisão, Stan é conhecido por seu papel recorrente de Carter Baizen na popular série televisiva, Gossip Girl. Também estrelou como TJ Hammond, contracenando com Sigourney Weaver, Animais Políticos (Political Animals), do USA Network, e como o príncipe Jack Benjamin no drama da NBC, Kings, ao lado de Ian McShane. Stan atuou na primeira temporada da série de sucesso da ABC, Once Upon a Time, no papel favoritos dos fãs, O Chapeleiro Maluco. 



 

Em 2007, fez sua estreia na Broadway contracenando com Liev Schreiber em Talk Rádio, de Eric Bogosian. Durante a temporada de 2013 da companhia do Roundabout Theater, Stan retornou ao palco da Broadway em Picnic, sob a direção de Sam Gold. 

 

Stan mora atualmente em Nova York.



RICK SPRINGFIELD (Greg) é um ator, músico e compositor consumado, além de autor best-seller.

 

Com 25 milhões de discos vendidos e 17 sucessos nas paradas dos top 40, incluindo “Don’t Talk to Strangers”, “An Affair of the Heart”, “I’ve Done Everything for You”, “Love Somebody” e “Human Touch”, bem como um Grammy® em 1981 de Melhor Cantor /Rock com seu single de sucesso que ocupou o topo das paradas, “Jessie’s Girl”, a carreira musical de Springfield segue sendo sua prioridade. Ele tem feito turnês há mais de 30 anos e, recentemente, começou uma série de shows solo que têm atraído elogios da crítica, bem como novos fãs. Sua turnê mais recente, Stripped Down, percorreu os Estados Unidos. No final do ano, ele lançará seu 18º disco de estúdio, Mayhem, com uma pegada country/rock


Em 2014, a editora Touschstone, da Simon & Schuster, publicou o romance de estreia de Springfield, Magnificent Vibration, que figurou na lista dos mais vendidos do The New York Times. Em 2010, seu livro de memórias, Late, Late at Night entrou para a lista de best-sellers do The New York Times em 13º lugar, tendo também sido incluído nas listas do Los Angeles Times e Publishers Weekly. A Rolling Stone o incluiu na lista das 25 melhores autobiografias de rock de todos os tempos.
Em 2013, Springfield se uniu a Dave Grohl no projeto pessoal e multifacetado de Grohl, Sound City, que incluiu um documentário (Sound City), um álbum (Sound City: Real to Reel) e uma turnê dos músicos do Sound City, uma série de shows aclamados pela crítica com colegas músicos como Stevie Nicks, Trent Reznor, John Fogerty e Lee Ving, entre outros. Springfield e Grohl compuseram The Man That Never Was, inspirado por uma história real da segunda guerra mundial.
Em 2012, foi lançado o documentário, An Affair of the Heart, que registrou os grandes momentos entre Springfield e seus fãs.  
No início dos anos 1970, Springfield já tinha um punhado de discos de sucesso na Austrália antes de emigrar para os Estados Unidos. Fixando-se em Los Angeles, começou sua carreira como ator, tendo interpretado o papel do dr. Noah Drake na novela vespertina, General Hospital. Mas a música permaneceu sua paixão e sua vida profissional mudou de rumo com o sucesso do seu disco de 1981, Working Class Dog, seguido de Success Hasn’t Spoiled Me Yet, Living in Oz, a trilha de Hard to Hold e Tao.
Além da telenovela vespertina General Hospital, seus demais créditos televisivos dignos de destaque incluem uma participação em quatro episódios de Californication e uma participação como convidado especial este ano em True Detective.

 

SOBRE A EQUIPE TÉCNICA


Jonathan Demme (Diretor) começou sua carreira como roteirista e produtor de Roger Corman em 1971 e já dirigiu e produziu mais de 40 filmes desde então. Seus filmes como diretor/produtor, indicados a 20 Oscars®, incluem Bem-Amada (Beloved), Melvin e Howard (Melvin and Howard), Filadélfia (Philadelphia), Who Am I this Time?, de Kurt Vonnegut Jr, O Casamento de Rachel (Rachel Getting Married), Sob o Domínio do Mal (The Manchurian Candidate) e O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs), que lhe deu o Oscar® de Melhor Diretor em 1991. Fear of Falling, dirigido por Demme e baseado na adaptação de Andre Gregory e Wallace Shawn de The Master Builder, a peça de Henrik Ibsen, lançado em 2014. Na televisão, dirigiu episódios de Columbo, Enlightened, The Killing e os pilotos de A Gifted Man e Line of Sight.
Demme também produziu Adaptação (Adaptation), de Spike Jonze, The Wonders – O Sonho Não Acabou (That Thing You Do), de Tom Hans, e de O Diabo Veste Azul (Devil in a Blue Dress), de Carl Franklin.
Entre os documentários e filmes de espetáculos dirigidos por Demme, destacam-se Cousin Bobby, The Agronomist, Haiti Dreams of Democracy, Stop Making Sense, Swimming to Cambodia, Neil Young Heart of Gold, Neil Young Trunk Show, Neil Young Journeys and Jimmy Carter: Man from Plains, I’m Carolyn Parker: The Good the Mad and the Beautiful, New Home Movies from the Lower 9th Ward, Been In the Storm Too Long, de Tavis Smiley, e mais recentemente, Enzo Avitabile Music Life, lançado em 2013.
Demme foi produtor do documentário indicado ao Oscar® de 1994, Mandela (Mandela Son of Africa), dirigido por Jo Menell e Angus Gibson, e do ganhador do Peabody Award, Beah: a Black Woman Speaks, dirigido por LisaGay Hamilton.
Além disso, foi produtor executivo, produtor e/ou apresentou Song One, de Kate Barker-Froyland, Gimme the Loot, de Adam Leon, Household Saints, de Nancy Savoca, Ulee’s Gold, de Victor Nunez, The Wide Blue Road, de Gillo Pontecorvo, Eat the Peach, de Peter Omrod, Shadrack, de Susanna Styron e recentemente, Everett Ruess: Wilderness Song, de Lindsay Jaeger.
Em 2014, apresentou dois longas-metragens – Horses of God, de Nabil Ayouch, e The Center, de Charlie Griakalém de um novo documentário, Brothers of the Black List, de Sean Gallagher.
Jonathan Demme é membro do Conselho Diretor do Jacob Burns Film Center, de Pleasantville, Nova York.

Diablo Cody (Roteirista/Produtora) é a roteirista vencedora do Oscar® com Juno, e também de Garota Infernal (Jennifer’s Body) e Jovens Adultos (Young Adult). Ela também criou a série premiada com o Globo de Ouro e o Emmy, United States of Tara, juntamente com Steven Spielberg.

MARC PLATT (Produtor) integra o seleto grupo de produtores bem-sucedidos tanto no teatro, quanto no cinema e na televisão. Suas produções foram consagradas com um total de 8 indicações ao Oscar®, 16 indicações ao Tony, 13 indicações ao Globo de Ouro e 19 indicações ao Emmy.
Sua filmografia inclui Caminhos da Floresta (Into The Woods), coprotagonizado por Meryl Streep e Johnny Depp e dirigido por Rob Marshall; Song One, estrelado por Anne Hathaway; o filme que marcou a estreia diretorial e como roteirista de Ryan Gosling, Rio Perdido (Lost River), estrelado por Christina Hendricks; Drive, estrelado por Ryan Gosling, ganhador do prêmio de Melhor Diretor do Festival Internacional de Cinema de Cannes de 2011; Dose Dupla (2 Guns), estrelado por Denzel Washington e Mark Wahlberg; os grandes sucessos Legalmente Loura (Legally Blonde) e sua sequência, estrelados por Reese Witherspoon; Scott Pilgrim Contra o Mundo (Scott Pilgrim vs. The World), dirigido por Edgar Wright; o aclamado pela crítica O Casamento de Rachel (Rachel Getting Married), dirigido pelo cineasta ganhador do Oscar®, Jonathan Demme e estrelado por Anne Hathaway; o sucesso do verão de 2008, O Procurado (Wanted), estrelado por Angelina Jolie, James McAvoy e Morgan Freeman; o musical Nine, dirigido por Rob Marshall e estrelado por Daniel Day-Lewis, Judi Dench, Nicole Kidman, Marion Cotillard, Penelope Cruz, Sophia Loren, Kate Hudson e Fergie; Tiras em Apuros (Cop Out), estrelado por Bruce Willis e Tracy Morgan; Um Conto do Destino (Winter’s Tale), estrelado por Colin Farrell e Russell Crowe; A Morte e Vida de Charlie (Charlie St. Cloud), estrelado por Zac Efron; As Coisas Impossíveis do Amor (The Other Woman), estrelado por Natalie Portman; Honey – No Ritmo dos Seus Sonhos (Honey); Josie e as Gatinhas (Josie and the Pussycats); e Paixão de Aluguel (The Perfect Man).
Além de Ricki and the Flash: De Volta Pra Casa, seus futuros lançamentos cinematográficos incluem Ponte de Espiões (Bridge of Spies), dirigido por Steven Spielberg, estrelado por Tom Hanks; e Billy Lynn’s Long Halftime Walk, dirigido pelo vencedor do Oscar®, Ang Lee.
Marc Platt é produtor do blockbuster da Broadway, Wicked, descrito recentemente pelo The New York Times de “o musical que define a década”. Wicked, que acaba de comemorar sua 11ª temporada na Broadway, continua a bater recordes de bilheteria no Gershwin Theatre. Platt criou o espetáculo com o compositor/letrista Stephen Schwartz e o autor do libreto Winnie Holzman, baseado no romance homônimo de Gregory Maguire. O CD com a gravação do elenco original de Wicked bateu o recorde de vendagem de estreia de todos os espetáculos da Broadway desde Rent e atingiu a marca de disco duplo de platina. Há sete companhias se apresentando atualmente pelo mundo, incluindo na Broadway, em Londres, uma turnê no Reino Unido, na Cidade do México, Austrália e duas turnês norte-americanas. Nos últimos anos, Wicked ganhou montagens na Coreia, no Japão, na Alemanha e na Holanda.
Platt também está produzindo o novo musical da Broadway, If/Then, estrelado por Idina Menzel. Além disso, produziu a estreia na Broadway da montagem de Three Days of Rain, estrelada por Julia Roberts, Paul Rudd e Bradley Cooper; do balé de Edward Scissorhands, de Matthew Bourne, com o qual ele ganhou seu segundo prêmio Drama Desk; e a recente remontagem de Pal Joey, estrelada por Stockard Channing.
Na televisão, Platt venceu o Globo de Ouro de Melhor Minissérie com Empire Falls (HBO), estrelada por Paul Newman, Joanne Woodward, Ed Harris, Helen Hunt e Philip Seymour Hoffman. Também foi o produtor executivo de Once Upon A Mattress, estrelada por Carol Burnett e Tracey Ullman (ABC); da minissérie vencedora do Emmy, The Path To 9/11 (ABC); e da popular série das MTV, Taking The Stage.
Antes de fundar sua produtora, Marc Platt foi presidente de produção de três filmes de grandes estúdios (Orion, TriStar e Universal). Platt é membro da Academy of Motion Picture Arts & Sciences, das Academy of Television Arts & Sciences e da Broadway League.

Os créditos de GARY GOETZMAN (Produtor) como produtor incluem Onde Vivem os Monstros (Where The Wild Things Are), Mamma Mia!, Jogos do Poder (Charlie Wilson’s War), O Expresso Polar (The Polar Express), Larry Crowne – O Amor Está de Volta (Larry Crowne), Casamento Grego (My Big Fat Greek Wedding), The Wonders - O Sonho Não Acabou (That Thing You Do!), O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs), Filadélphia (Philadelphia), O Diabo Veste Azul (Devil in a Blue Dress), Bem-Amada (Beloved), Miami Blues, The Great Buck Howard, Starter for 10, o filme-concerto dos Talking Heads, Stop Making Sense, o filme em IMAX 3D, Magnificent Desolation, a minissérie da HBO aclamada pela crítica, Olive Kitteridge, a minissérie ganhadora do Emmy, John Adams, Band of Brothers e The Pacific, as produções da HBO premiadas com o Emmy, The 25th Anniversary Rock & Roll Hall of Fame Concert e Rock & Roll Hall of Fame 2012 Induction Ceremony, a série da HBO indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro, Big Love, e o telefilme da HBO ganhador do Emmy e do Globo de Ouro, Game Change.


Atualmente, Goetzman está produzindo o longa-metragem, A Hologram for the King, a partir do romance de Dave Eggers, dirigido por Tom Tykwer. Também está produzindo o filme-concerto de Justin Timberlake 20/20 Experience, dirigido por Jonathan Demme, a minissérie da HBO. Lewis and Clark, a sequência de Casamento Grego (My Big Fat Greek Wedding 2) e The Seventies, a sequência da série documental da CNN indicada ao Emmy, The Sixties.

MASON NOVICK (Produtor) começou sua carreira como empresário artístico antes de ser produtor executivo do thriller de Wes Craven, Voo Norturno (Red Eye).
Em 2007, produziu Juno, com roteiro de Diablo Cody. O filme arrecadou mais de US$ 200 milhões de dólares no mundo todo e é o 2º maior lançamento em circuito limitado da história do cinema. O filme foi indicado ao Oscar® de Melhor Filme de 2007 e venceu o Independent Spirit Award de Melhor Longa-Metragem. Naquele mesmo ano, Novick foi indicado ao prêmio Darryl F. Zanuck de Produtor de Cinema do Ano pelo Producers Guild of America. Juno também foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme – Musical ou Comédia e ao MTV Movie Awards Melhor Filme de 2008, além de ter sido incluído na lista da AFI dos dez melhores longas-metragens de 2007.
(500) Dias Com Ela [(500) Days of Summer] foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme (Musical ou Comédia) em 2010. Também foi indicado a três Independent Spirit Awards, incluindo o de Melhor Filme, tendo vencido o de Melhor Roteiro. O filme também foi incluído na lista da National Board of Review de um dos dez melhores filmes de 2009.
Novick também foi produtor de Jovens Adultos (Young Adult), estrelado por Charlize Theron e dirigido por Jason Reitman. O filme deu a Theron uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz de Comédia.
Mais recentemente, foi produtor executivo de Homens, Mulheres e Filhos (Men, Women, and Children), dirigido por Jason Reitman. O filme, estrelado por Adam Sandler e Jennifer Garner, foi exibido em sua estreia no Festival de Cinema de Toronto e lançado pela Paramount.
Atualmente, ele trabalha em vários longas-metragens independentes e de grandes estúdios, incluindo Sweet Valley High, adaptado por Diablo Cody para a Universal, e uma adaptação do romance policial de Richard Áleas, Little Girl Lost, sob a direção de Jonathan Levine. Ele também está produzindo The Sweet Spot, para a Warner Bros. com roteiro e direção de John Hamburg, e Dan Mintner: Badass For Hire, estrelado por Dwayne Johnson, para a New Line.
Novick se formou pela Universidade do Arizona em 1997 e se mudou para Los Angeles para seguir carreira na indústria cinematográfica. Tendo começado como assistente na ICM, acabou sendo produzido a agente no departamento de filmes literários. Como agente, alguns dos filmes que ajudou a produzir incluem Serpentes a Bordo (Snakes on a Plane) e a franquia Anjos da Noite (Underworld). Atualmente, é empresário de vários roteiristas, incluindo a ganhadora do Oscar®, Diablo Cody, o roteirista e escritor, Chad Kultgen, e Josh Heald.


1   2   3


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal