rea dos Assuntos Sociais e Cultura



Baixar 415,14 Kb.
Página13/14
Encontro27.09.2018
Tamanho415,14 Kb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   14

4.1.3 Reforçaremos a atracção dos pontos turísticos e melhoraremos os equipamentos conexos. Analisaremos a exploração de novos equipamentos e locais turísticos, especialmente, e de forma integral, nas zonas poucas desenvolvidas.

4.1.4 Melhoraremos o Centro de Animação Turística e Cultural junto às Ruínas de S. Paulo, bem como promoveremos o projecto denominado "The Best Of Macau" junto do Aeroporto Internacional de Macau.


4.2 Estudar e explorar com maior profundidade o mercado do interior do País de forma a poder atrair turistas com maior capacidade económica.
4.2.1 O grupo de trabalho relativo às informações turísticas sobre o interior do País vai ouvir opiniões e informações sobre a exploração do mercado interno vai também aprofundar conhecimentos sobre potenciais mercados das diferentes regiões e organizar grupos de familiarização para visitas "in-loco".

4.2.2 Realização de actividades de carácter cultural e recreativo com o objectivo de atrair turistas com um nível de vida mais elevado a Macau e de prolongar o tempo da sua permanência.




4.2.3 Manter a plataforma de intercâmbio turístico existente em cidades do interior do País com potencial turístico, promovendo o intercâmbio entre as agências emissoras de viagens do interior do País e o sector turístico de Macau.




4.2.4 Alargaremos a rede promocional e reforçaremos a cooperação com os órgãos de comunicação social; fomentaremos a produção de mais publicações temáticas sobre o turismo de Macau.

4.3 Desenvolver os mercados do exterior, enriquecer a integração do mercado turístico



4.3.1 Consolidaremos os mercados de Hong Kong, Taiwan, Japão e Coreia do Sul, promovendo aí os mais recentes produtos turísticos de Macau, com vista a aumentar a frequência das visitas dos turistas desses mercados.




4.3.2 Aproveitaremos as ligações aéreas entre Macau e as cidades do Sudeste Asiático para reforçar as promoções nessa região e reforçar a consolidação das novas rotas aéreas nos mercados com potencial turístico.




4.3.3 Dedicaremos esforços na recuperação dos mercados de longa distância, aproveitando para tal as representações da DST no exterior; apostaremos na expansão do mercado dos Estados Unidos da América, da costa ocidental para a costa oriental; instalaremos uma nova representação em França para aumentar a presença no mercado da Europa central; analisaremos a instalação de novas representações na Europa Oriental e no Médio Oriente.




4.3.4 Fomentaremos o intercâmbio e a cooperação entre os operadores turísticos para em conjunto delinearem estratégias promocionais no exterior e organizarem actividades promocionais variadas.

4.4 Desenvolver o sector do MICE e fomentar o turismo de negócios



4.4.1 A par da instalação do "Centro de Estudos e Informações Turísticas", para além de trabalhos de investigação e planeamento, foram colocadas à disposição do público, publicações da DST e de outras instituições ligadas ao Turismo, designadamente livros, revistas e relatórios de análise sobre o sector.




4.4.2 Fiscalizaremos as instalações e os equipamentos de conferências e exposições e conheceremos as ligações internacionais das associações de Macau, por forma a dominar os recursos de MICE e as oportunidades para convocar reuniões internacionais para Macau.

4.4.3 Incentivaremos o sector de MICE através da melhoria dos seus equipamentos de software e hardware; apoiaremos as associações que pretendam realizar reuniões de carácter internacional ou regional.



4.4.4 Apoiaremos e incentivaremos o sector de MICE a participar nas organizações internacionais e regionais do segmento de MICE para o sector possibilitar uma percepção e compreensão da situação actual do mercado internacional de MICE.




4.4.5 Reforçaremos a formação de pessoal e premiaremos os melhores formandos no âmbito do Turismo de MICE, facultando aos operadores turísticos locais uma formação de nível internacional.

4.5 Reforçar a cooperação turística e fomentar o intercâmbio internacional



4.5.1 Reforçaremos as oportunidades e os diferentes mecanismos de cooperação turística entre as várias províncias e cidades da Região do Grande Delta do Rio das Pérolas; intensificaremos as visitas recíprocas destinadas às diferentes áreas de negócios e promoveremos outras actividades turísticas de grande envergadura.




4.5.2 Continuaremos a melhorar a plataforma de informação turística entre Cantão, Hong Kong e Macau, fomentando a informatização e a simplificação de troca de informações turísticas regionais; intensificaremos a cooperação turística entre Macau e as cidades da Província de Cantão; continuaremos a melhorar a qualidade do turismo entre Macau e Cantão.




4.5.3 Com a "Comissão Preparatória" a coordenar, iniciaremos os trabalhos de preparação da "Conferência Anual da PATA - 2005" que se vai realizar em Macau, para acolher da melhor forma cerca de 1500 pessoas, incluindo entidades oficiais, representantes do sector turístico e dos órgãos de comunicação social, provenientes de mais de 50 países ou territórios.




4.5.4 Estamos em condições de preparar a "Conferência da Comissão da Ásia Oriental e Pacífico" da Organização Mundial do Turismo, que se realizará no ano de 2006, em Macau.




4.5.5 Desenvolver Macau como ponte de ligação na cooperação e intercâmbio das técnicas de produção de produção do vinho entre Portugal e Xinjiang, Região Autónoma da República Popular da China.

4.6 Reforçar a gestão da qualidade e a competitividade turística de Macau



4.6.1 Atendendo à restruturação em curso da DST, responderemos com maior eficácia às necessidades do mercado turístico local, actualmente em mudança.






1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   14


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal