Qualidade de documento de requisitos, visando alguns padrõES, normas e modelo



Baixar 0,53 Mb.
Página1/5
Encontro01.07.2018
Tamanho0,53 Mb.
  1   2   3   4   5



QUALIDADE DE DOCUMENTO DE REQUISITOS, VISANDO ALGUNS PADRÕES, NORMAS E MODELO

aNACRISTINA fREITAS CÉSAR



Universidade Federal de Pernambuco



posgraducao@cin.ufpe.br

www.cin.ufpe.br/~posgraduacao
RECIFE,

26 De FEVEREIRO de 2008

ANA CRISTINA FREITAS CÉSAR


QUALIDADE DE DOCUMENTO DE REQUISITOS, VISANDO ALGUNS PADRÕES, NORMAS E MODELO

Monografia apresentada ao Curso de pós-graduação em Ciência da Computação, Centro de Informática, Universidade Federal de Pernambuco, como requisito parcial para conclusão da disciplina Engenharia de Requisitos.


Professor: Prof. Jaelson Brelaz de Castro
Recife

26 de Fevereiro de 2008


RESUMO
A indústria de software vem demonstrando crescente interesse pela Engenharia de Requisitos, isto é, entender o que se deseja construir antes de começar a fazê-lo. Os requisitos de software constituem a base a partir da qual a qualidade é medida. Dessa forma este trabalho busca ressaltar alguns conceitos básicos da Engenharia de Requisitos, destacando a qualidade dos requisitos como um fator essencial para o sucesso dos projetos de desenvolvimento de software enfatizando características, riscos, padrões, normas e um modelo que avaliam a qualidade de documento de requisitos.
Palavras-chave: Engenharia de Requisitos, Qualidade de Requisitos, Documento de Requisito.

ABSTRACT
The software industry comes demonstrating increasing interest for the Engineering of Requirements, that is, to understand what it is desired to construct before starting to make it. The software requirements constitute the base from which the quality are measured. Of this form this work searchs to stand out some basic concepts of the Engineering of Requirements, being detached the quality of the requirements as an essential factor for the success of the projects of software development emphasizing characteristic, risks, standards, norms and a model that evaluate the quality of document of requirements
SUMÁRIO


1

INTRODUÇÃO

8

2

ENGENHARIA DE REQUISITOS

11




2.1 PROCESSO DE ENGENHARIA DE REQUISITOS

14




2.2 ELICITAÇÃO E ANÁLISE DE REQUISITOS

15




2.3 VALIDAÇÃO DE REQUISITOS

18




2.4 GERENCIAMENTO DE REQUISITOS

21




2.5 QUALIDADE DE REQUISITOS

22

3

QUALIDADE DE DOCUMENTO DE REQUISITOS

24




3.1 CARACTERISTICAS DE UM DOCUMENTO DE REQUISITOS

25




3.2 RISCOS DE UM DOCUMENTO DE REQUISITOS

27




3.3.NORMA IEEE 830 - 1998

29




3.3.1 QUANTO A NATUREZA DO DOCUMENTO DA SRS

29




3.3.2 QUANTO AO AMBIENTE DA SRS

30




3.3.3 QUANTO ÀS CARACTERÍSTICAS DA SRS

31




3.3.4 QUANTO À PREPARAÇÃO CONJUNTA DO DOCUMENTO DA SRS

32




3.3.5 QUANTO À EVOLUÇÃO DO DOCUMENTO DA SRS

32




3.3.6 QUANTO A PROTOTIPAGEM

33




3.3.7 INCORPORAÇÃO DO DESENHO NO DOCUMENTO DA SRS

34




3.3.8 INCORPORAÇÃO DAS EXIGÊNCIAS DO PROJETO NO DOCUMENTO DA SRS

34




3.3.9 ESTUTURA DA IEEE 830 - 1998

35




3.4 NORMA MILITAR MIL – STD – 498

38




3.5 QUADRO COMPARATIVO ENTRE AS NORMAS E PADRÕES

42

4

DOCUMENTO DE REQUISITO USANDO VOLERE

44




4.1 MODELO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

46




4.1.1 DIRETRIZES DO PROJETO

46




4.1.2 RESTRIÇÕES DE PROJETO

47




4.1.3 REQUISITOS FUNCIONAIS

48




4.1.4 REQUISITOS NÃO-FUNCIONAIS

49




4.1.5 QUESTÕES DE PROJETO

50

5

CONCLUSÃO

53




REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

54



LISTA DE FIGURAS

Figura 1

Iteração entre a elicitação e a análise de requisitos

18

Figura 2

Entradas e saídas de validação de requisitos

20

Figura 3

Estrutura de um documento de requisitos

35

Figura 4

Estrutura de documento de requisito de Volere

44

Figura 5

Volere 27 categorias de requisitos

46



LISTA DE TABELAS


Tabela 1

Comparação entre Normas e Padrões

43




  1   2   3   4   5


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal