Protozoários (Unesp 2013)



Baixar 95,86 Kb.
Encontro10.09.2017
Tamanho95,86 Kb.

Protozoários




1. (Unesp 2013) Em determinada região do nosso país, o sistema de saúde verificou um crescente número de mortes por problemas cardíacos, sobretudo em pessoas na faixa etária de 40 a 50 anos. Tais mortes não estavam relacionadas a históricos de sobrepeso ou hipertensão. Investigado o problema, verificou-se que há décadas a população não contava com condições adequadas de moradia. Muitas das casas eram de pau a pique e estavam infestadas de insetos. Segundo os sanitaristas, as mortes deviam-se a uma parasitose endêmica na região.

Pode-se afirmar que, mais provavelmente, a parasitose em questão é causada por organismos da espécie

a) Plasmodium vivax.

b) Trypanosoma cruzi.

c) Triatoma infestans.

d) Taenia solium.

e) Schistosoma mansoni.

2. (Unicamp 2013) A história da doença de Chagas se inicia com uma tripla descoberta, ocorrida no interior de Minas Gerais. Em abril de 1909, Carlos Chagas (1878-1934) comunicou ao mundo científico a descoberta de uma nova doença humana. O agente causal da doença e seu vetor também haviam sido por ele identificados, ao final de 1908. A descoberta de Chagas, considerada única na história da medicina, constitui um marco decisivo na história da ciência e da saúde brasileiras, trazendo uma contribuição inovadora ao campo emergente da medicina tropical e dos estudos sobre as doenças parasitárias transmitidas por insetos.

A doença de Chagas ainda preocupa, principalmente os moradores de Abaetetuba, no nordeste do Pará. De acordo com a Secretaria de Saúde do Pará, só em agosto deste ano foram registrados 18 casos na região associados ao consumo de açaí. No total, 365 casos foram contabilizados de janeiro a agosto de 2012. Nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, a transmissão dessa doença já foi relacionada ao consumo de garapa.


a) Indique o agente causal da doença de Chagas e seu vetor descritos pelo pesquisador em 1908-1909. Explique a forma de transmissão dessa doença para humanos descrita por Chagas.

b) Explique como o consumo de açaí ou de garapa pode transmitir essa parasitose. Como seria possível impedir essa via de transmissão ao consumir esses alimentos?



3. (Enem 2012) A doença de Chagas afeta mais de oito milhões de brasileiros, sendo comum em áreas rurais. É uma doença causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e transmitida por insetos conhecidos como barbeiros ou chupanças.

Uma ação do homem sobre o meio ambiente que tem contribuído para o aumento dessa doença é

a) o consumo de carnes de animais silvestres que são hospedeiros do vetor da doença.

b) a utilização de adubos químicos na agricultura que aceleram o ciclo reprodutivo do barbeiro.

c) a ausência de saneamento básico que favorece a proliferação do protozoário em regiões habitadas por humanos.

d) a poluição dos rios e lagos com pesticidas que exterminam o predador das larvas do inseto transmissor da doença.



e) o desmatamento que provoca a migração ou o desaparecimento dos animais silvestres dos quais o barbeiro se alimenta.

4. (Enem 2011)


O mapa mostra a área de ocorrência da malária no mundo. Considerando-se sua distribuição na América do Sul, a malária pode ser classificada como

a) endemia, pois se concentra em uma área geográfica restrita desse continente.

b) peste, já que ocorre nas regiões mais quentes do continente.

c) epidemia, já que ocorre na maior parte do continente.

d) surto, pois apresenta ocorrência em áreas pequenas.

e) pandemia, pois ocorre em todo o continente.

5. (Unesp 2010) Na entrada de uma farmácia, um cartaz fazia a seguinte propaganda.
REPELSQUITO

A solução definitiva contra doenças causadas por insetos

Novo creme repelente contra insetos, para uso dermatológico.

Eficaz no combate à dengue, febre amarela, malária e outras viroses causadas por mosquitos.
As diferentes informações contidas no cartaz estão corretas? Justifique.

6. (Unesp 2010) As outras chagas de Chagas
Em abril será lançada a primeira cartilha médica sobre a infecção causada pelo barbeiro. A doença sempre esteve associada à zona rural... e graças a um intenso programa de erradicação do barbeiro na zona rural, em 2006 a Organização Pan-Americana da Saúde havia decretado o fim no país da infecção pelo contato direto com o inseto. Porém, nos últimos anos as contaminações ressurgiram. Agora elas ocorrem por via oral e estão disseminadas também nas zonas urbanas. Os casos mais recentes aconteceram pelo consumo de restos do barbeiro misturados a alimentos como açaí e caldo de cana. Os novos doentes já somam 600.

O número de casos registrados cresce, em média, 20% ao ano.


(Veja, 24.02.2010. Adaptado.)
Sobre a notícia, pode-se afirmar corretamente:

a) a substituição de alimentos manufaturados, como o açaí e o caldo de cana, por alimentos industrializados, poria fim à doença de Chagas no Brasil.

b) a transmissão via oral só acontece quando, junto com os alimentos, também forem ingeridos insetos ainda vivos.

c) a transmissão via oral traz uma forma mais agressiva da doença, pois o sistema digestório humano não tem defesas imunológicas contra o barbeiro.

d) na transmissão via oral, o organismo humano recebe uma carga de parasitas maior que aquela que receberia pelos modos convencionais de transmissão da doença.

e) se nada for feito em termos de saúde pública, em cinco anos o número de casos registrados terá quase que dobrado.





7. (Unesp 2008) Observe a figura

Trata-se do ciclo de transmissão da

a) dengue.

b) febre amarela.

c) raiva.

d) leishmaniose.

e) leptospirose.

8. (Fuvest 2007) Esquistossomose, teníase, cisticercose, gonorreia, malária, filariose e amebíase são doenças parasitárias humanas.

a) Quais delas podem ser diagnosticadas por exame parasitológico de fezes?

b) Quais delas são causadas por protozoários?

9. (Unifesp 2007) O jornal "Folha de S.Paulo" noticiou em 29.07.2006 que moradores de Santarém, no Pará, foram contaminados por mal de Chagas após terem ingerido um suco de frutas que continha fezes de barbeiro ou o próprio animal triturado. Uma das pessoas faleceu. Fato semelhante ocorreu em Santa Catarina em março de 2005. A partir dessa notícia, um dos leitores elaborou as afirmações seguintes.

I. Essa doença, endêmica de algumas regiões do Brasil, pode vir a se tornar uma epidemia, principalmente por meio do mecanismo de transmissão relatado pelo jornal.

II. Na transmissão por ingestão do protozoário, a infestação é direta, tirando do ciclo um dos vetores da doença.

III. A pessoa que morreu já era portadora do protozoário, pois a doença leva à morte nos casos em que existe reinfestação do hospedeiro definitivo.

IV. Certamente existem outras pessoas infectadas com o mal de Chagas em Santarém, caso contrário, a doença não teria aparecido.

Estão corretas somente as afirmações:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e IV.

e) III e IV.

10. (Ufscar 2007) Há quatro anos o Brasil dava sinais de que tinha conseguido conter a malária.... No ano passado, o número de infecções voltou à casa dos 600.000... A ocupação de igarapés por favelas levou ao represamento da água nesses braços do rio, transformando-a em criadouro de mosquitos...

("Veja", maio de 2006. Adaptado.)

Uma das principais medidas para prevenir a malária consiste na eliminação de criadouros de mosquitos pois, consequentemente, evita-se

a) a reprodução do agente viral.

b) a transmissão do agente bacteriano.

c) a transmissão do protozoário causador da doença.

d) a transmissão do vírus causador da doença.

e) a reprodução do agente bacteriano.



11. (Unicamp 2006) Alguns protistas e algumas células eucarióticas apresentam, na superfície externa, cílios ou flagelos, que desempenham importantes funções, como o deslocamento. Considere os seguintes protozoários e células eucarióticas: 'Paramecium', 'Euglena', 'Trypanosoma', espermatozoide e células de tecido epitelial.

a) Quais dessas células apresentam cílios? E quais apresentam flagelos?

b) Há alguma diferença na função dessas estruturas nesses tipos celulares? Explique.

c) A ameba não apresenta cílios ou flagelos. Como esse organismo unicelular se desloca?



12. (Unicamp 2006) Recentemente, a revista Science publicou um artigo que apresenta o genoma de três parasitas que, juntos, matam cerca de 150 mil pessoas por ano no mundo: Trypanosoma cruzi, Trypanosoma brucei e Leishmania major, causadores, respectivamente, da doença de Chagas, da doença do sono e da leishmaniose. Esse trabalho foi o resultado do esforço de pesquisa liderado por cientistas norte-americanos, ingleses, suecos e brasileiros.

(Adaptado de Carlos Fioravanti. "Genômica: Fascínio e terror", Revista Pesquisa FAPESP, nº 114, agosto de 2005, p.42-45.)

a) Explique como cada uma dessas doenças é transmitida ao homem, identificando o organismo transmissor.

b) Como o organismo transmissor do T. cruzi adquire esse parasita?



c) Indique uma razão que demonstre a importância de se conhecer o genoma desses organismos.

13. (Enem 2005) Foram publicados recentemente trabalhos relatando o uso de fungos como controle biológico de mosquitos transmissores da malária. Observou-se o percentual de sobrevivência dos mosquitos Anopheles sp. Após exposição ou não a superfícies cobertas com fungos sabidamente pesticidas, ao longo de duas semanas. Os dados obtidos estão presentes no gráfico a seguir.

No grupo exposto aos fungos, o período em que houve 50% de sobrevivência ocorreu entre os dias

a) 2 e 4.

b) 4 e 6.

c) 6 e 8.

d) 8 e 10.

e) 10 e 12.



14. (Unesp 2005) Ao longo da história humana, uma das principais doenças sexualmente transmissíveis (DST) tem sido a sífilis.

Atualmente, milhares de novos casos/ano são registrados em muitos países. Sobre as DST, foram apresentadas as afirmações seguintes.

I. A sífilis é uma doença causada por uma bactéria.

II. Uma mãe portadora de sífilis pode transmitir a doença ao feto durante a gravidez.

III. Além da sífilis e da AIDS, gonorreia e úlcera de Bauru (ou leishmaniose) são DST que também ocorrem no Brasil.

Estão corretas as afirmações:

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I e III, apenas.

e) I, II e III.

15. (Unifesp 2005) Compare um protozoário, por exemplo, um paramécio, com uma célula epidérmica de metazoário (animal multicelular) quanto à complexidade, ao número de organelas e à especialização, ou seja, o quanto é capaz de desempenhar uma função específica. A relação correta é que a célula do

a) protozoário é menos complexa, possui menos organelas e é menos especializada do que a do metazoário.

b) protozoário é mais complexa, possui mais organelas, porém é menos especializada do que a do metazoário.

c) protozoário é mais complexa, possui menos organelas e é mais especializada do que a do metazoário.

d) metazoário é mais complexa, porém possui menos organelas e é menos especializada do que a do protozoário.

e) metazoário é mais complexa, possui mais organelas, porém é menos especializada do que a do protozoário.




Gabarito:
Resposta da questão 1:
[B]
A doença de Chagas é causada pelo protoctista Trypanosoma cruzi, que é transmitido, geralmente, pelas fezes infectadas do inseto barbeiro. Esse inseto hemíptero forma ninhos nas frestas de casas de pau a pique.
Resposta da questão 2:
a) O causador da doença de Chagas é o protozoário Trypanosoma cruzi. Esse protoctista flagelado é transmitido ao homem por meio das fezes contaminadas do inseto hemíptero conhecido popularmente por barbeiro ou chupança.

b) O consumo de açaí ou garapa pode transmitir o protoctista porque, durante o processo desses alimentos e bebidas ocorre a moagem. Junto com os vegetais podem estar barbeiros, ou suas fezes contaminadas com o T. cruzi. A melhor forma de se evitar essa via de transmissão é a cuidadosa lavagem dos produtos antes de serem processados para o consumo humano.


Resposta da questão 3:
[E]
Na falta de alimento, os barbeiros vetores da doença de Chagas migram para as casas de pau-a-pique, onde sugam o sangue do homem e transmitem, por suas fezes, o protozoário flagelado Trypanosoma cruzi.
Resposta da questão 4:
[A]
A malária é uma doença tropical endêmica na América do Sul, já que sua incidência é estável e atinge uma área restrita desse continente.
Resposta da questão 5:
Há informações incorretas no cartaz. Melhor seria se fosse escrito da seguinte forma:
REPELSQUITO

A solução definitiva contra doenças transmitidas por insetos

Novo creme repelente, para uso dermatológico.

Eficaz na prevenção à dengue, febre amarela, malária e outras doenças causadas por mosquitos.
As incorreções contidas no cartaz são:

1. Repelente contra insetos pode ser considerado pleonasmo.


Conforme dicionário Aurélio:
repelente
[Do ingl. repellent.]
Substantivo masculino. Qualquer substância usada com o objetivo de afastar insetos.

2. O creme por mais eficaz que seja poderá prevenir as doenças, mas não, de fato, combatê-las.

3. A malária é uma doença causada pelo protozoário (protoctista) Plasmodium sp e não por vírus.
Resposta da questão 6:
[D]
O contágio clássico com a doença de Chagas se dá através do contato das fezes do inseto Triatoma infestans (barbeiro), infectada com o protozoário Trypanosoma cruzi, com a ferida causada pela picada daquele inseto. Além dessa forma de contágio, a contaminação com Trypanosoma cruzi pode ocorrer por via oral, como nos casos já registrados de ingestão de caldo de cana e de açaí contaminados com barbeiro triturado. Nesse caso, o organismo humano recebe uma carga muito maior de parasitas, uma vez que todos os protozoários presentes naquele inseto são ingeridos.
Resposta da questão 7:
[D]
Resposta da questão 8:
a) Amebíase, esquistossomose e teníase.

b) Amebíase e malária.


Resposta da questão 9:
[C]
Resposta da questão 10:
[C]
Resposta da questão 11:
a) Cílios: 'Paramecium' e células do tecido epitelial. Flagelos: 'Euglena' , 'Trypanosoma' e espermatozoide.

b) Sim, no 'Paramecium', na 'Euglena', no 'Trypanosoma' e no espermatozoide a função é de locomoção. No tecido epitelial a função é retenção e eliminação de partículas estranhas (revestimento da traqueia).

c) Emissão de pseudópodos.
Resposta da questão 12:
a) A doença de Chagas é transmitida principalmente pelas fezes infectadas do barbeiro ou chupança (ex.: Triatoma infestans) A doença do sono é transmitida pela picada da mosca tsé-tsé (Glossina palpalis). A leishmaniose é transmitida pela picada do mosquito-palha (Phlebotomus intermedius) ou da Lutzomya sp.

b) O barbeiro contamina-se picando os reservatórios naturais (animais silvestres que apresentam o Trypanosoma cruzi).



c) O sequenciamento dos nucleotídeos favorece o entendimento da doença e a possível obtenção de vacinas e tratamentos.
Resposta da questão 13:
[D]
O gráfico mostra que o período em que houve 50% de sobrevivência, entre os mosquitos expostos, ocorreu entre o oitavo e o décimo segundo dia após a exposição.
Resposta da questão 14:
[C]
Resposta da questão 15:
[B]

Página de





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal