Pronunciamento do deputado ronaldo benedet- pmdb/SC, em 07-04-2011



Baixar 7,43 Kb.
Encontro18.08.2017
Tamanho7,43 Kb.

PRONUNCIAMENTO DO DEPUTADO RONALDO BENEDET- PMDB/SC, EM 07-04-2011.
Senhor presidente,

Senhoras e senhores deputados,


Venho a esta tribuna parabenizar os jornalistas pelo seu dia. Como sinal de respeito e admiração a esses profissionais, quero aqui homenageá-los e pedir a valorização da profissão e do profissional jornalista. Pois não há democracia sem liberdade de imprensa e não há liberdade de imprensa sem jornalista.
O fundamental para o jornalista é ter envolvimento com a profissão. Gostar de notícia, querer saber mais, estar bem informado, por isso, precisamos reconhecer o diploma dessa classe, fiel escudeira da democracia.
A valorização do profissional jornalista passa pela valorização de todos os trabalhadores, a partir de polí­ticas de defesa dos direitos trabalhistas e da garantia de condições de trabalho adequadas, que incluam emprego, salários dignos, proteção à saúde e relações trabalhistas respeitosas. Mas esta valorização precisa, também, atender às especificidades da profissão.
A profissão do jornalista tem sido, nos últimos anos, a mais atacada no Brasil e, em muitos outros paí­ses de mundo. Um movimento mundial dos grandes conglomerados da mí­dia conseguiu desregulamentar a atividade profissional no Brasil.
No Brasil, a regulamentação da profissão, uma conquista de quase 70 anos, foi injustiçada por uma decisão judicial que eliminou a exigência da formação de ní­vel superior para o exercí­cio do jornalismo. Por isso, hoje, no dia do Jornalista, quero nesta tribuna manifestar o meu apoio e dizer que sou defensor dessa classe, para defender os seus direitos, pois uma conquista de quase 70 anos, não pode ficar sem reconhecimento. Esses profissionais são as vozes da democracia, eles que lutaram tanto pela liberdade de imprensa no regime militar e juntos conseguimos a tão sonhada democracia desse país.
O dia do jornalista foi instituído pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) em homenagem a João Batista Líbero Badaró, jornalista brasileiro de origem italiana, que morreu assassinado por inimigos políticos, em São Paulo, no dia 22 de novembro de 1830, durante uma passeata de estudantes. A morte do jornalista levou a uma mobilização popular, resultando na abdicação de D. Pedro I, no dia 7 de abril de 1831. A ele minha homenagem póstuma.
A profissão de jornalista precisa ser valorizada e fortalecida.
Era o que tinha a dizer,

Muito obrigado.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal