Projeto de lei n



Baixar 131,87 Kb.
Encontro11.09.2017
Tamanho131,87 Kb.

PROJETO DE LEI Nº 01 - DE 23 DE JANEIRO DE 2015.

Dispõe sobre denominação das Ruas e sistemas de lazer que especifica.


A CÂMARA MUNICIPAL DE DRACENA aprova a seguinte

LEI:
Art. 1º - A Rua 1 do Bairro Jardim Bortolato passa a ser denominada de Rua José Estima dos Santos.
Art. 2º - A Rua 1 do Bairro Jardim Bortolato II passa a ser denominada de Rua Vicentina Falvo Parra.
Art. 3º - A Rua 2 do Bairro Jardim Bortolato II passa a ser denominada de Rua Ilírio Ortega Marçal.
Art. 4º - A Rua 3 do Bairro Jardim Bortolato II passa a ser denominada de Rua Dr. Gumercindo Correa de Almeida Moraes Júnior.
Art. 5º - A Rua 4 do Bairro Jardim Bortolato II, com prolongamento no Jardim Bortolato III passa a ser denominada de Rua Adelino Rosseto.
Art. 6º - A Rua 5 do Jardim Bortolato II, com prolongamento no Jardim Bortolato III passa a ser denominada de Rua Prof. Félix Alguz.
Art. 7º - A Rua 1 do Jardim Bortolato III passa a ser denominada de Rua Henrique Sitta.
Art. 8º - Rua 2 do jardim Bortolato III passa a ser denominada de Rua Luiz Senerine.
Art. 9º - O sistema de lazer do Jardim Bortolato, localizado entre as Ruas José Estima dos Santos e Adolfo Cavalhieri passa a ter a seguinte denominação: Sistema de Lazer Eduardo Antoneli.
Art. 10 - O sistema de lazer do Jardim Bortolato II, paralelo à Rua Prof. Félix Alguz, passa a ter a seguinte denominação: Sistema de Lazer Victório Cavallo.
Art. 11 - O sistema de lazer do Jardim Bortolato II, paralelo à Rua Prof. Félix Alguz, na confluência da Rua Veneza, passa a ter a seguinte denominação: Sistema de Lazer Angelo Tolardo.

PROJETO DE LEI Nº 01 - DE 23 DE JANEIRO DE 2015.

fls. 02
Art. 12 - O sistema de lazer do Jardim Bortolato III, paralelo à Rua Henrique Sitta, passa a ter a seguinte denominação: Sistema de Lazer Benicio Francisco de Brito.


Art. 13 - A Rua 2 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Rua Américo Boni.
Art. 14 - A Rua 3 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Natal Chiari.
Art. 15 - A Rua 4 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Olyrio Lorençon.
Art. 16 - A Rua 5 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Rua Hermes Gustavo Guzoni.
Art. 17 - A Rua 7 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Rua Pedro Aparecido da Silva.
Art. 18 - A Rua 8 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Rua João Procópio Neves.
Art. 19 - A Rua 9 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Rua Moacyr de Azevedo Nogueira.
Art. 20 - A Rua 10 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de Rua Julio César Fabbro.
Art. 21 - O sistema de Lazer do Bairro Frei Moacir II, localizado entre as Ruas Hermes Gustavo Guzoni e Moacyr de Azevedo Nogueira, passa a ter a seguinte denominação: Sistema de Lazer Dr. José Florentino de Souza Araújo.
Art. 22 - O sistema de Lazer do Bairro Frei Moacir II, localizado paralelo à Rua Júlio César Fabbro, passa a ter a seguinte denominação: Sistema de Lazer Antonio Filipin.
Art. 23 - O sistema de lazer localizado entre a Rua Cezerino Scaliante e Marginal I, no Conjunto Habitacional Emilio Zanatta, passa a ter a seguinte denominação: Sistema de lazer Anselmo Rocha.

PROJETO DE LEI Nº 01 - DE 23 DE JANEIRO DE 2015.

Fls. 03


Art. 24 - A Rua A do Distrito Industrial localizado às margens da Estrada Municipal Marcelo Basso passa a ser denominada de Rua Isac Ferreira Pessoa.
Art. 25 - A Rua B do Distrito Industrial localizado às margens da Estrada Municipal Marcelo Basso passa a ser denominada de Rua Francisco Antonio Ferreira.
Art. 26 - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Câmara Municipal de Dracena

Sala das Sessões “Dr. João Holmes Lins”
Dracena, 23 de janeiro de 2015.

Vereadores:





Ailton Oscar Lorensetti

= Vereador - PSB =




Claudevi Oliveira S. Junior

= Vereador - PV =




Divanir Ledo dos Santos

= Vereador - PV =








































Juliano Brito Bertolini

= Vereador - PTC =




Francisco E. Aniceto Rossi

= Vereador - PR =




Kielse Chiari Munis

= Vereador - PMN =








































Luiz Rodrigues Coelho

= Vereador passa a ser denominada de PROS =




Milton Polon

= Vereador passa a ser denominada de PPS =




Moisés Antonio de Lima

= Vereador - PTB =








































Moacir Shoiti Kanezawa

= Vereador - PV =




Pedro Gonçalves Vieira

= Vereador passa a ser denominada de PSD =




Rodrigo Castilho Soares

= Vereador passa a ser denominada de PSD =


































Rodrigo Rossetti Parra

= Vereador - PSB =





VEREADOR - AILTON OSCAR LORENSETTI
Denominação da Rua 8 do Bairro Frei Moacir II
A Rua 8 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominada de "Rua João Procópio Neves"
JUSTIFICATIVA
João Procópio Neves nasceu no dia 03 de junho do ano de 1916 e faleceu no dia 02 de fevereiro de 1996, com 80 anos, dos quais, 27 anos, viveu em Dracena.

Nasceu na Bahia, na cidade de Livramento e veio para o Estado de São Paulo com 29 anos.

Para Dracena se mudou no ano de 1969, indo residir numa propriedade rural, onde permaneceu por 7 anos até se mudar para a cidade, tendo sido agricultor por toda a vida.
Teve 11 filhos
VEREADOR - AILTON OSCAR LORENSETTI
Denominação do Sistema de Lazer do jardim Bortolato II
O Sistema de Lazer localizado paralelo à Rua 5, na confluência da Rua Veneza, ho Bairro jardim Bortolato II passa a ser denominado de "Sistema de Lazer Angelo Tolardo".
JUSTIFICATIVA
Angelo Tolardo nasceu em 04 de agosto de 1904 e faleceu em 08 de fevereiro de 1981, com 77 anos, dos quais, 58 anos, viveu em Dracena.
Foi cafeicultor, tendo residido no Bairro do Tigre, até o ano de 1961. Depois se mudou para a cidade.
Morou na Rua Januário Bonito. Ainda no ano de 1961 estabeleceu-se como proprietário de um armazém - Casa Estrela - Na Avenida Expedicionários, 537. Por 20 anos foi comerciante.
Casado com a Sra. Ermelinda Liberal Tolardo, teve oito filhos, dos quais cinco residem em Dracena.
A família Tolardo é muito conhecida por todos e tem grande tradição no comércio local.

VEREADOR - MOACIR SHOITI KANEZAWA
Denominação da Rua 1 do Bairro Jardim Bortolato.
A Rua 1 do Bairro Jardim Bortolato - Rua "José Estima dos Santos".

JUSTIFICATIVA


José Estima dos Santos, conhecido como Zequinho Barbeiro, nasceu em Triunfo - Pernambuco, em 17 de julho de 1941. Filho de Hosana Maria do Carmo e Circinato Estima. Casou-se com Tereza Manzano, em Dracena, no dia 9 de janeiro de 1970. Dessa união nasceram três filhos: Susi Estima dos Santos, Carmem Lúcia dos Santos e Hosana Cristina dos Santos.

Veio para Dracena no ano de 1964. Exercia a profissão de barbeiro até o ano de 2012. Faleceu em 05/09/2014.



VEREADOR - MOACIR SHOITI KANEZAWA
Denominação da Rua 1 do Bairro Jardim Bortolato III
A Rua 1 do Bairro Jardim Bortolato III passa a ser denominada de Rua "Henrique Sitta".
JUSTIFICATIVA
Henrique Sitta nasceu em Terra Rocha/SP em 30 de agosto de 1936. Filho de Bruno Sitta e Maria Simões Sitta. Casou-se com Luiza Trevisan Sitta de tiveram três filhos: Carlos Roberto Sitta, Luiz Henrique Sitta e Maria Helena Sitta Krawulski.

Henrique Sitta casou-se em Rinópolis e logo veio para Dracena, onde viveu por 55 anos.

Trabalhou como pedreiro, carpinteiro, vendedor de caldo de cana, tapeceiro, pescador, vindo a se aposentar como pescador. Falecei em 24/05/2014, por problemas resporatórios.

VEREADOR - RODRIGO ROSSETTI PARRA
Denominação da RUA 9 DO JARDIM FREI MOACIR II -
A Rua 9 do Jardim Frei Moacir II passa a ser denominada de "Rua Moacyr de Azevedo Nogueira"
JUSTIFICATIVA
Moacyr de Azevedo Nogueira nasceu em São João da Boa Vista no dia 16 de abril do ano de 1924. Em Dracena foi muito conhecido como Catita, apelido carinhoso pelo qual era chamado por todos.

Faleceu em 9 de setembro de 1992.

Foi um dos doze filhos do Dr. Oscar de Andrade Nogueira e de D. Ana Cândida de Oliveira Azevedo.

Moacyr de Azevedo Nogueira foi um dos grandes nomes do futebol Sanjoanense nos anos 40 ao lado de Mauro Ramos e Bellini.

Além do futebol, gostava de jogar xadrez, no Xadrez Tênis Clube de Dracena, onde fez muitos amigos.

Veio para Dracena a convite de sua irmã Beatriz para desenhar casas da fazenda recém adquirida na cidade.

Em 1963casou-se com Benedicta Lourenço e tiveram seis filhos. A família aumento com oito netos e dois bisnetos.

Fixou residência em Dracena na Av. Washington Luiz nº 63, onde a família ainda reside.

Não era formado em engenharia. Exercia a profissão de desenhista a área arquitetônica e por isto recebeu convite para trabalhar em Brasília na construção das cidades satélites.

Em Dracena fez muitos projetos de casas para toda classe social. Muitas eram cobradas e outras não.

Muito generoso, sempre procurava auxiliar o próximo, por isso fazia o que podia. Doava alimentos aos mais necessitados e aos finais de semana recebia em sua casa crianças da Casa da Criança, àquela época chamada de Casa do Menor, que abrigava inúmeras crianças.

Tabalhou também do DER - Departamento de Estradas de Rodagem, como desenhista de rodovias e trevos. Na época o Engenheiro do DER era seu irmão Dr. Byron de Azevedo Nogueira que, depois de transferido, foi substituído pelo Dr. João Augusto Ribeiro.

Para resumir

O nosso homenageado prestou grandes serviços em nosso município.

Foi um grande desenhista e com o seu dom nato contribuiu para a realização de grandes projetos da construção civil, além de trevos e estradas. Foi um grande esportista. Um jogador brilhante de xadrez e damas. Um grande contador de histórias folclóricas, as quais contava com bom humor que lhe era peculiar. Amava Dracena!
VEREADOR - RODRIGO ROSSETTI PARRA
Denominação da Rua 4 do Jardim Bortolato II, com prolongamento no Jardim Bortolato III

A Rua 4 do Jardim Bortolato II, com prolongamento no Jardim Bortolato III passa a ser denominada de Rua Adelino Rosseto

JUSTIFICATIVA
Adelino Rosseto, filho de Alfredo Rosseto e de D. Rita Sperandini, nasceu na cidade de Santa Rita do Passa Quatro, Estado de São Paulo, aos 18 de agosto de 1920.

Na juventude morou na cidade de Murutinga do Sul/SP, onde trabalhou como balanceiro.

Aos 25 anos seu pai faleceu e com isso mudou-se para a região da Nova Alta Paulista, vindo a morar na zona rural de Dracena, quando a cidade ainda esta nascendo. Morou no Bairro Java Paulista, onde foi lavrador.

Casou-se com a Senhora Erotildes dos Santos e tiveram 8 filhos, dos quais 3 vieram a falecer, sendo que os outros cinco filhos residem em Dracena até hoje.

Com seu trabalho e de sua esposa, adquiriram mais um sítio e uma casa na cidade.

Homem digno, criou seus filho com muita dedicação, dignidade e honestidade.

Todos os filhos se casaram e lhes deram 12 netos e 2 bisnetos.

Aos 85 anos adoeceu e veio a falecer no dia 11/02/2006.

Por tudo o que este cidadão representou para o nosso município, com seu trabalho empreendedorismo e honestidade, apresento esta homenagem, como forme de reconhecimento.

VEREADOR MILTON POLON
Denominação da Rua 2 do Bairro Frei Moacir II.
A Rua 2 do Bairro Frei Moacir II, passa a ser denominada de “Rua Americo Boni"
JUSTIFICATIVA
Américo Boni casado com a Sra. Herminda Capoia Boni.

Filhos: Antonio Boni; José Carlos Boni e Lorival Batista Alcantara


Moradores de Dracena desde novembro de 1948.

VEREADOR MILTON POLON
Denominação do Sistema de Lazer localizado entre as Ruas Cezarino Scaliante e José Xavier Alves e a Marginal I
O Sistema de Lazer localizado entre as Ruas Cezarino Scaliante e José Xavier Alves e a Marginal I passa a ser denominado de "Sistema de Lazer Anselmo Rocha"

JUSTIFICATIVA


VEREADOR NÃO TROUXE

VEREADOR MILTON POLON
Denominação do Sistema de Lazer localizado entre as Ruas I e Adolpho Cavalhieri.
O Sistema de Lazer localizado entre as Ruas I e Adlpho Cavalhieri, no Jardim Bortolato I passa a ser denominado de "Sistema de Lazer Eduardo Antoneli"

JUSTIFICATIVA


VEREADOR NÃO TROUXE


VEREADOR PEDRO GONÇALVES VIEIRA
Denominação do Sistema de Lazer localizado paralelamente à Rua 10 Bairro Frei Moacir II.
O Sistema de Lazer localizado paralelamente à Rua 10 Bairro Frei Moacir II, passa a ser denominada de “Sistema de Lazer Antonio Filipin”.
JUSTIFICATIVA
Antonio Filipin veio para Dracena com dezoito anos de idade em companhia de seus pais, Jácomo Filipin e Maria Bussanelli Filipin. Aqui viveu por 52 anos. Foi servidor público municipal por muitos anos e após sua aposentadoria desenvolveu atividades agropecuárias.

Faleceu em 22 de junho de 2010, após relevantes serviços prestados a nossa comunidade.


VEREADOR passa a ser denominada de PEDRO GONÇALVES VIEIRA
Denominação da Rua B do Distrito Industrial localizado às Margens da Estrada Municipal Marcelo Basso.
A Rua B do Distrito Industrial localizado às Margens da Estrada Municipal Marcelo Basso passa a ser denominada de “Rua Francisco Antonio Ferreira”.

JUSTIFICATIVA


O saudoso Senhor Francisco Antonio Ferreira veio para esta região antes mesmo de Dracena ser fundada, em 1945. Foi um grande desbravador e contribuiu muito para o desenvolvimento da região, tendo vivido aqui por mais de 70 anos.

Faleceu em abril de 2014.

Teve 8 filhos. Desses, 4 estão vivos, sendo que 3 deles residem em Dracena. Um deles é o Senhor Pedro Ferreira - Pedro da Sucatolândia, conhecido da população pelo importante trabalho que desenvolve na comunidade.

O homenageado sempre foi atuante. De origem humilde, criou seus filhos na retidão. Trabalhou na lavoura toda a sua vida e com isso criou sua família.

Pelo seu exemplo de vida é que proponho esta homenagem.
VEREADOR passa a ser denominada de RODRIGO CASTILHO SOARES
Denominação da Rua A do Distrito Industrial localizado às Margens da Estrada Municipal Marcelo Basso.
A Rua A do Distrito Industrial localizado às Margens da Estrada Municipal Marcelo Basso passa a ser denominada de “Rua Isac Ferreira Pessoa”.

JUSTIFICATIVA


Nasceu em Vila Velha, na Bahia, em 15/01/1923 e faleceu no dia 26/04/2007, aos 84 anos de idade, dos quais 45 foram vividos em Dracena. Em 1945 casou-se com a Senhora Josefina Porcínia Pessoa, com quem teve sete filhos: Maria Inês, Anaide, Vera Lúcia, Antonio Carlos, Paulo Roberto, Sérgio Roberto e Isac Roberto. Sempre atuou no comércio e assim que se mudou para Dracena montou o Empório Santa Lúcia, que se mantém até hoje sob o comando dos filhos e com a denominação de Supermercado Santa Lúcia.

A família Pessoa possui tradição no município e vários segmentos familiares. Há muito contribui para o desenvolvimento da cidade.



VEREADOR passa a ser denominada de RODRIGO CASTILHO SOARES
Denominação da Rua 1 do Jardim Bortolato II
A Rua 1 do Jardim Bortolato II passa a ser denominada de “Rua Vicentina Falvo Parra”.
JUSTIFICATIVA
na página seguinte


VEREADOR passa a ser denominada de JULIANO BRITO BERTOLINI
Denominação da Rua 5 do Jardim Bortolato II, com prolongamento no Jardim Bortolato III.
A Rua 5 do Jardim Bortolato II, com prolongamento no Jardim Bortolato III. passa a ser denominada de “Rua Prof. Félix Alguz”.
JUSTIFICATIVA

FELIX ALGUZ

Pai: Gattaz Alguz.

Mãe: Afif Sayur Alguz.

 

Esposa: Lourdes de Souza Alguz



 Nascido no dia 27 de setembro de 1930, na cidade de Itapetininga no Estado de São Paulo.

-Curso primário concluído em 30/11/1942 » Itapetininga / SP; Curso ginasial em Itapetininga / SP; Certificado de Reservista da 1a Categoria pela 2a Companhia de Transmissões em 30/09/1949 » Itapetininga / SP; Diploma de habilitação para o magistério público do Estado de São Paulo, pela Escola Normal “Peixoto Gomide”em 05/01/1953 » Itapetininga / SP.

 Nomeado em 28/10/1955 por concurso nos termos do artigo 8o da Lei 467 de 30/09/49, em caráter efetivo, professor primário do grupo escolar do distrito de Ibirapuera (atualmente cidade de Inúbia Paulista), em Lucélia. Casa-se com Lourdes de Souza, no dia 09/07/59, na cidade de Inúbia Paulista.

 Nasce o primeiro filho: Reinaldo de Souza Alguz (Nascido: 06/01/1963)

Muda-se para Dracena/SP e passa a ser comissionado no Instituto de Educação “Eng Isac Pereira Garcez” de Dracena / SP.

Juntamente com a prática vocacional de ser professor, também iniciou a administração do, então, Palace Hotel, e hoje, Primum Palace Hotel, na cidade de Dracena / SP.

Em 14/12/1966 concluiu o curso de “administrador escolar”.

 Nasce o segundo filho: Ezequiel de Souza Alguz (Nascido: 25/03/1970).

 Em 20/10/1972 participou da “Primeira Semana de Estudos Didáticos -Pedagógicos”

 Em 14/02/1973 formou-se em Pedagogia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Dracena.

Nos anos de 1974 e 1975 colaborou para a erradicação do analfabetismo através de contribuições junto ao órgão Mobral.  Aposentou-se como professor em 07/01/1983, permanecendo como administrador na área de hoteleira, permanecendo até 2002.

 De 1990 a 1993 foi suplente de Juiz classista, representante dos empregadores na Junta de Conciliação e Julgamento de Dracena, sendo indicado pelo Tribunal Regional do Trabalho e pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Presidente Prudente /SP.

 2002 até 2011: Dedicou-se a função de assessoria em hotelaria.

 2011: 29/12/2011: Falece na Santa Casa da cidade de Presidente Prudente, deixando esposa (Lourdes), dois filhos (Reinaldo e Ezequiel), duas noras (Ana Maria e Janaina), cinco netas (Maria Clara, Maria Teresa, Maria Cecília, Mariana e Maria Rita ) e já aguardava um neto (Rafael).

 
VEREADOR passa a ser denominada de JULIANO BRITO BERTOLINI
Denominação da Rua 10 do Bairro Frei Moacir II
A Rua 10 do Bairro Frei Moacir II passa ser denominada de Rua “Julio César Fabbro”.

JUSTIFICATIVA

na página a seguir

VEREADOR passa a ser denominada de MOISÉS ANTONIO DE LIMA
Denominação da Rua 2 do Jardim Bortolato III.
A Rua 2 do Jardim Bortolato III, passa a ser denominada de “Rua Luiz Senerini”.
JUSTIFICATIVA
Homenagear a Família Senerine, dando o nome do patriarca Luiz Senerine a uma rua de nosso município.

Nascido em Urupês/SP, em 23/09/1928 e falecido em 12/10/2014


Veio para Dracena em setembro de 1963, em companhia da esposa Paulina Azedo Senerine, com quem teve quatro filhos: Maria Aparecida Senerine; Irma Irene Cenerino Rodrigues; João Dorival Senerine; e Santina Fátima Cenerini Cardoso, todos residentes em Dracena.
Foi funcionário da Prefeitura Municipal de Dracena de 15/03/1968 até 16/05/1994, quando se aposentou, com 36 anos de serviços prestados.
VEREADOR passa a ser denominada de MOISÉS ANTONIO DE LIMA
Denominação da Rua 7 do Bairro Frei Moacir II
A Rua 7 do Bairro Frei Moacir II passa ser denominada de “Rua Pedro Aparecido da Silva”.
JUSTIFICATIVA
O Sr. Pedro nasceu em 29 de junho de 1947 na cidade de Osvaldo Cruz passa a ser denominada de SP. Foi registrado como Pedro Aparecido da Silva pelos pais: Joaquim Fernandes da Silva e Bregidica Maria de Jesus. Cresceu numa família de 4 irmãos: Antonio Aparecido da Silva, \Paulo Aparecido da Silva, Vanete Aparecida da Silva Samarenha e Menezes Aparecido da Silva.

Casou-se com a Sra. Maria Aparecida Nonato da Silva (falecida em 26/04/1967), com que viveu por 46 anos, até a viuvez.

Teve três filhos: Rosimeire Aparecida da Silva, Rosa Mara da Silva Souza Gama e Leandro Aparecido da Silva.
Foi funcionário público municipal, tendo sido admitido em 1973 para o cargo de operador de máquinas, atividade que desenvolveu por 25 anos.
Por sua exemplar contribuição na sociedade dracenense é que proponho a homenagem.


VEREADOR passa a ser denominada de DIVANIR LEDO DOS SANTOS
Denominação do Sistema de lazer localizado no cruzamento das Ruas 1 e 5, no Jardim Bortolato III.
O Sistema de lazer localizado no cruzamento das Ruas 1 e 5, no Jardim Bortolato III, passa a ser denominado de "Sistema de Lazer Benício Francisco de Brito"

JUSTIFICATIVA


vereador não trouxe
VEREADOR DIVANIR LEDO DOS SANTOS
Denominação da Rua 2 do Jardim Bortolato II.
A Rua 2 do Jardim Bortolato II, passa a ser denominada de "Rua Ilirio Ortega Marçal”.
JUSTIFICATIVA

na página a seguir



VEREADOR CLAUDEVI OLIVEIRA DA SILVA JÚNIOR
Denominação da Rua 3 do Jardim Bortolato II.
A Rua 3 do Jardim Bortolato II, passa a ser denominada de Rua "Dr. Gumercindo Correa de Almeida Moraes Júnior”.
JUSTIFICATIVA
GUMERCINDO CORREA DE ALMEIDA MORAES JÚNIOR
Nasceu em Lins (SP) no dia 24/05/1923, filho de Gumercindo Corrêa de Almeida Moraes e Luiza Deolinda Palhano Moraes. Casou-se com Ruth Varella Moraes em 12/05/1951 com quem teve os filhos: Luiza Cristina, Gumercindo Neto e Flávia Carlota. Dividiu seus estudos primários e secundários entre sua terra natal e a cidade de Itapetininga, formando-se professor em 1941, pela Escola Normal N. Sra. Auxiliadora de Lins e em Bacharel em Ciências Contábeis pela Atheneu Graça Aranha de São Paulo. Fez o curso pré-universitário na USP de São Paulo e concluiu o curso de médico em Niterói no Rio de Janeiro. Aprovado em concurso, foi interno no Hospital Santa Cruz, da Beneficência Portuguesa de Niterói. Também por concurso atuou nos Prontos Socorros de Niterói e do Hospital Miguel Couto do Rio de Janeiro. Fez cirurgia no Hospital São João Batista, Niterói, e Policlínica Botafogo do Rio de Janeiro. Fez residência por concurso em obstetrícia e ginecologia nas Maternidades Pró-Matre e Carmela Dutra, ambas do Rio de Janeiro. Especializou-se em cirurgia, ginecologia e obstetrícia, tendo recebido o título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO) 96/97. Como Presidente do Centro Acadêmico Barros Terra, da Faculdade Fluminense de Medicina organizou a Primeira Semana Brasileira de Debates Científicos, em Niterói, RJ. Chegou a Dracena em 1951 e, junto com os colegas Linneu Rubens de Carvalho Ferreira, Pedro Bocca Neto, João Paulo L.C. Neves e Orandy F. Consiglio fundou com nome sugerido pelo Prefeito e fundador Sr. Irio Spinardi, a “Casa de Saúde N. Sra. Aparecida” primeiro hospital da região onde realizou a primeira operação, uma apendicectomia por apendicite aguda supurada e logo após, a segunda, de pulmão por ferimento à bala, ambas com sucesso. Em 1954, mudou a Casa de Saúde para um prédio maior na Rua Messias Ferreira da Palma, passando de quatro para vinte leitos hospitalares, uma sala cirúrgica completa com aparelho de anestesia, uma sala de parto e uma sala de ambulatório. Nessa fase foram sócios da mesma, além do Dr. Gumercindo, os médicos Linneu Rubens de Carvalho Ferreira, Pedro Bocca Neto, Komei Yamaki e José Vieira de Aquino. Em 1957, com a conclusão das obras da Santa Casa de Dracena, eles doaram os aparelhos à entidade.

Muito dinâmico, se destacou como um dos organizadores dos encontros de Ginecologia e Obstetrícia da Alta Paulista e Alta Sorocabana. Foi fundador e primeiro presidente da Associação Paulista de Medicina, Regional de Dracena. Delegado às Assembleias da APM por vários anos, por Marília, Tupã e Dracena. Sócio remido da Associação Paulista de Medicina e da Associação Médica Brasileira. Sócio fundador da Sobrac (Sociedade Brasileira de Climatério) da World Prevention Câncer Gunecological e sócio da FEBRASGO ( Federação Brasileira de Ginecologia) e da SOGESP (Sociedade de Ginecologia do Estado de São Paulo).

Foi admitido como sócio fundador do Rotary Club de Dracena em 04/05/1954 na classificação Medicina - Cirurgia passa a ser denominada de Ginecologista Obstetricia. No Clube, atuou em várias comissões de serviço, foi membro do Conselho Diretor durante 22 anos, Secretário por três vezes, e Presidente no ano rotário 1955/1956. No Distrito 451 (hoje 4510), foi Governador Distrital (1975/1976), Conselheiro do Governador (1993/1994) e Coordenador da comissão Avenida de Serviços Internos e Internacionais 1994/1995 e 1995/1996.

Membro da Comissão Nacional de Pólio Plus desde sua criação em 1985. Participou como delegado internacional dos Conselhos de Legislação do Rotary International em São Francisco e Chicago (duas vezes) nos Estados Unidos e em Singapura. Foi eleito para o Conselho de Mônaco, porém, não pôde participar. Foi representante pessoal de Presidentes do Rotary International em Distritos do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.

Muito atuante na esfera social e humanitária, Gumercindo foi sócio fundador da Irmandade da Santa Casa e Maternidade e Misericórdia de Dracena, de onde recebeu o título de Irmão Benemérito. Sócio fundador remido e Benemérito da ABD (Associação Bancária de Dracena), sócio fundador e remido do Xadrez Tênis Clube, sócio fundador do S.O.S. (Serviços de Obras Sociais), fundador da Associação dos Amigos de Dracena juntamente com o Rotary, sócio fundador e primeiro Presidente da Regional de Dracena da Associação Paulista de Medicina e Presidente do Conselho de Ex-Presidentes. Das muitas homenagens recebidas durante a vida, consta entre outras: Cidadão Benemérito pela Câmara Municipal de Dracena, Personalidade do Ano de 1996 pelo Lions Club de Dracena; Título Companheiro Paul Harris pela Fundação Rotária; Diploma de Honra e Bronze da Pólio Plus outorgado pelo Presidente do R.I. Charles Keller, em 1986, “Troféu Heitor Graça” concedido pelo Jornal O Imparcial de Presidente Prudente, em 1994 e médico pioneiro da Alta Paulista pela APM, em reunião na regional de Prudente quando foi declarado sócio remido.


Nutria uma paixão enorme pelo Rotary e por Dracena, cidade em que viveu durante 55 anos com sua dileta esposa Rute e onde tinha seu Consultório Médico na Rua Messias Ferreira da Palma, 525. Falecido em 2008, suas cinzas foram depositadas na Praça Rotary em Dracena no dia 07 dezembro de 2009, mesmo dia em que foi homenageado com a inauguração da nova maternidade da Santa Casa local que leva o nome de “Maternidade Dr. Gumercindo Corrêa de Almeida Moraes Júnior”. Na oportunidade, a esposa Ruth Varella Moraes agradeceu destacando que o marido foi um dos primeiros médicos de Dracena e afirmou ainda a emoção de ver um sonho realizado. Estiveram presentes seus filhos: Gumercindo Neto, Luiza Cristina e Flávia, os netos Marina e Richard, o irmão Luiz e sua filha Carmem Luiza.


VEREADOR passa a ser denominada de CLAUDEVI OLIVEIRA DA SILVA JÚNIOR
Denominação do Sistema de Lazer localizado entre as ruas 5 e 9 do Bairro Frei Moacir II,
O sistema de lazer localizado entre as ruas 5 e 9.do Bairro Frei Moacir II, passa a ser denominada de Sistema de Lazer Dr. José Florentino de Souza Araújo.
JUSTIFICATIVA
JOSÉ FLORENTINO DE SOUZA ARAÚJO
Nasceu em Penápolis passa a ser denominada de SP no dia 30 de maio, filho primogênito de Joaquim Veiga Araújo e de Adilia Neves de Souza, casou-se com Neusa Franco Araújo com quem teve quatro filhos e sete netos.

Formou-se em Educação Física, em 1954, pela Instituição Toledo de Bauru; em Direito, em 1971, pela Faculdade de Direito de Bauru e Pedagogia passa a ser denominada de Complementação na Área de Administração, em 1973, pela FAFID de Dracena.

Exerceu o cargo de Diretor de Escola, de 1957 até 1967, em Tupi Paulista e Professor de Educação Física em Dracena. Foi o articulador da criação da Inspetoria Regional de Esportes e Recreação de Dracena, tendo exercido o cargo de Inspetor Regional de Educação Física, no período de 1970 a 1983, quando passou a exercer a função de Chefe de Secção Técnica da Secretaria de Esportes e Turismo do Estado de São Paulo, em cujo cargo aposentou em setembro de 1993.

Como cidadão colocou a sua vida profissional a serviço da comunidade, tendo ocupado diversas funções de confiança no Executivo Municipal, onde criou e dirigiu a Casa da Cultura no período de 1984 a 1988, exerceu o cargo de presidente da 49ª Subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil, em Dracena, de 1990 a 1994. Foi Conselheiro Suplente da Seccional de São Paulo no período de 1995 a 1997; membro fundador da Loja Maçônica União Justiça e Amor de Dracena, onde se tornou presidente durante o segundo mandato, na década de 1970 e colaborador ativo e incentivador das atividades culturais do município e região, o que lhe rendeu várias homenagens de reconhecimento concedidas pelas instituições do gênero.

Ingressou no Rotary Club de Tupi Paulista como sócio fundador no ano rotário 1959/1960 e tornou-se seu segundo presidente 1960/1961. Transferido para o Rotary Club de Dracena, exerceu a presidência do Clube no período de 1976/1977, onde entre seus principais feitos, destaca-se a realização do Baile das Debutantes no Xadrez Tênis Clube em setembro de 1976 e o trabalho de aquisição do terreno e início da construção da sede própria. Juntamente com sua esposa é “Companheiro Paulo Harris”.

Em suas atividades rotárias exerceu diversos cargos na diretoria e Conselho Diretor, tendo participado de inúmeros Seminários e Conferências Distritais, Instituto Rotário e Assembléia Internacional. Indicado pelo Clube por unanimidade tornou-se Governador do Distrito 4510 no ano rotário 1998/1999 e como EGD ocupou vários cargos de destaque.

Dono de uma biografia invejável e um enorme talento na arte da oratória e da música se apresentava como músico de primeira grandeza que cantava e encantava com a beleza de sua voz e a elegância que demonstrava ao executar as notas na tecla do piano, instrumento que dominava com maestria. No esporte se destacou como um exímio jogador de basquete, inclusive tendo sido técnico e jogador da equipe de basquete masculino de Dracena que disputou os jogos regionais de 1965. Faleceu em 18 de dezembro de 2013.

VEREADOR KIELSE CHIARI MUNIS
Denominação da Rua 2 do Bairro Frei Moacir II.
A Rua 2 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominado de "Rua Olyrio Lorençon".

JUSTIFICATIVA


VEREADOR NÃO TROUXE

VEREADOR KIELSE CHIARI MUNIS
Denominação da Rua 3 do Bairro Frei Moacir II.
A Rua 2 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominado de "Natal Chiari".

JUSTIFICATIVA


VEREADOR NÃO TROUXE

VEREADOR FRANCISCO EDUARDO ANICETO ROSSI
Denominação da Rua 5 do Bairro Frei Moacir II.
A Rua 2 do Bairro Frei Moacir II passa a ser denominado de "Hermes Gustavo Guzoni".

JUSTIFICATIVA


VEREADOR NÃO TROUXE

VEREADOR FRANCISCO EDUARDO ANICETO ROSSI
Denominação do Sistema de Lazer paralelo à Rua 5 do Jardim Bortolato II
O Sistema de Lazer paralelo à Rua 5 do Jardim Bortolato II passa a ser denominado de "Sistema de Lazer Victório Cavallo".
JUSTIFICATIVA
O Sr. Victório Cavallo chegou em Dracena no ano de 1962, vindo da cidade de Osvaldo Cruz, onde foi agricultor por um bom período de sua vida.
Aqui chegando, abriu a padaria Dracena, para depois inaugurar a padaria Delícia, que até os dias atuais é administrada por seus herdeiros. Pelo seu carisma, saiu-se bem no ramo do comércio e conquistou a admiração de todos.
Casado com D. Emília Brunatti Cavallo, teve 4 filhos: Nelson Cavallo; Claudemir Cavallo; Benedita Selma Cavallo e Maria Salete Cavallo Saça.

Morreu em 2003, com 74 anos, deixando um grande legados de trabalho e honestidade aos seus descendentes.



JUSTIFICATIVA FINAL


Todos os homenageados tiveram de alguma forma expressividade em nosso meio social, econômico ou político. Foram homens e mulheres que viveram em Dracena e aqui deixaram o seu legado.

Ao homenageá-los prestamos-lhes justo tributo póstumo, que certamente trará grande contentamento aos seus familiares, que vivem entre nós.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal