Projeto de lei nº 626, de 2017



Baixar 9,99 Kb.
Encontro07.11.2018
Tamanho9,99 Kb.


PROJETO DE LEI Nº 626, DE 2017
Dá denominação ao 1º Distrito Policial da Cidade de Penápolis/SP.



A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:
Artigo 1º - Passa a denominar-se “Investigador João Henrique Duarte Oberg”, o 1º Distrito Policial da Cidade Penápolis/SP localizada à Avenida Manoel Bento da Cruz, nº 223 – Centro, na Cidade Penápolis, no Estado de São Paulo.
Artigo 2° - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.



JUSTIFICATIVA

João Henrique Duarte Oberg nasceu na cidade de Penápolis – SP, no dia 07 de Junho de 1973, filho do Advogado Antonio Carlos Oberg e Maria Elizabeth Duarte Oberg Diretora de Escola Aposentada e ex-vereadora por dois mandatos.

Fez o inicio do ensino fundamental na E.E Luís C. de Oliveira, 5ª a 7ª no Educandário Coração de Maria e 8ª na E.E. Dr. Carlos Sampaio Filho, terminando o ensino médio E.E. João Jorge Geraissate, colégio Agrícola, entrando em seguida na Faculdade Toledo de Ensino em Araçatuba para fazer o curso de Direito.

Paralelamente dava aulas de Horticultura aos alunos de Escolas municipais, onde conseguiu recuperar muitas crianças que estavam partindo para caminhos tortuosos.

Prestou o concurso de auxiliar de papiloscopia, vindo trabalhar em 19/11/1992 na Seccional de Policia de Penápolis- SP, onde começou a gostar da profissão de Policial Civil e prestou o concurso para Investigador de Policia.

Sendo aprovado iniciou sua carreira em 24/12/1994 na Delegacia de Birigui-SP, vindo logo para Penápolis em 1996 onde exerceu sua profissão até ser acometido da doença.

Casou-se em 14 de Outubro de 2001 com Sandra Aparecida Aparício Penteado, que desse grande amor surgiu seu lindo filho João Vitor, Policial sempre atuante tinha bom porte atlético, tendo inclusive participando de grupos de treinamento e formação da elite da corporação, entre eles o CATI, GOE, GOT. Participou em cenas e do Filme Tropa de Elite II, filmado no Rio de Janeiro. Também participou de cenas com membro da mesma equipe para a novela Insensato Coração da Rede Globo.

Mesmo com a doença que acabou lhe tirando a vida (leucemia Mielofibrose), sempre preocupava com o próximo, chegando a ocupar o grau de vulnerável da loja Maçônica Acácia Penapolense, promovendo várias campanhas em benefícios dos menos favorecidos da vida.

Em 13 de Junho de 2013, aos 40 anos, após uma tentativa de transplante, deixando um legado de dignidade e exemplo de luta, garra, determinação e fé em Deus, foi fazer parte de mais uma estrelinha brilhando no céu, todas criadas pelo o Pai Celeste, que o amparou na sua glória eterna.

Pelas razões acima expostas, tomamos a iniciativa de apresentar este Projeto de Lei para apreciação dos nobres pares.





Sala das Sessões, em 5/7/2017.
a) Roque Barbiere - PTB





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal