Projeto de lei nº 316, de 2018



Baixar 9,75 Kb.
Encontro10.06.2018
Tamanho9,75 Kb.


PROJETO DE LEI Nº 316, DE 2018
Dá a denominação de "Pedro Morelato" ao trevo de acesso ao 3º Distrito Industrial de Tupã, localizado na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros SP-294, no KM 522+800 metros, no município de Tupã.



A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:
Artigo 1º - Passa a denominar-se “Pedro Morelato” o trevo de acesso ao 3º Distrito Industrial de Tupã, localizado na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros – SP-294, no KM 522+800 metros, no município de Tupã.
Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.


JUSTIFICATIVA

Filho de imigrantes italianos, Pedro Morelato nasceu em 12 de julho de 1921, em Marília. Dos pais, herdou o amor pelo trabalho e a compreensão de que a riqueza do estado e do país passavam pelo campo e a labuta diária de homens e mulheres que dedicam sua vida para cultivar o desenvolvimento do Brasil.

Quando faleceu, em 28 de outubro de 2013, havia plantado uma semente que germinaria em forma de progresso para nossa região. Ainda jovem, se mudou para Quintana e, na sequência, para Tupã, onde, em uma propriedade rural deu início ao cultivo de amendoim, produto que se tornaria referência econômica para este município.

Casado com Mafalda Polon Morelato, teve quatro filhos: Maria Polon Morelato (in memorian), José Polon Morelato, Lourdes Polon Morelato e Antônio Polon Morelato, todos membros atuantes da sociedade, com histórias de trabalho e engajamento em prol do povo paulista, notadamente o da região Centro-Oeste do Estado.

Em Tupã, Pedro Morelato, acompanhado dos filhos José e Antônio, deu início, em meados da década de 1980, ao cultivo de amendoim. Aos descendentes, ensinou a importância do trabalho na lavoura e, neles, fez despertar o amor pela terra e tudo que dela brota.

Superando todas as dificuldades impostas ao homem do campo por uma série de fatores que vão desde as intempéries às instabilidades econômicas, conseguiu, pouco a pouco, galgar degraus a ponto de, ao final de sua vida, constatar que os filhos haviam transformado aquele sonho inicial em uma realidade promissora, fazendo da família Morelato uma das maiores produtoras de amendoim do Brasil.

Ainda seguindo o exemplo do pai, os irmãos José e Antônio Morelato investiram, em 1992, na aquisição da Amendupã, empresa de gêneros alimentícios na qual o amendoim é a grande estrela.

Levando em consideração as lições aprendidas de Pedro Morelato, os filhos foram enfrentando os altos e baixos da instável economia brasileira para transformar aquela pequena fábrica em líder de mercado e na maior empregadora de mão de obra formal do município de Tupã, contando atualmente com cerca de 500 funcionários.

Até hoje, o legado de Pedro Morelato tem grande importância para os 65,7 mil habitantes da Estância Turística de Tupã, uma vez que a empresa que surgiu através de seu trabalho e do esforço conjunto de esposa e filhos, é um dos pilares de sustentação da economia local.

A visão deste homem a quem ora propomos homenagem serviu ainda para definir o perfil da agricultura tupãense, indicando aos que militam nessa área, um destino a seguir. Foi através de sua perseverança – e a de uns outros tantos pioneiros – que o município conseguiu se consolidar como um dos maiores produtores de amendoim do país.

Fazer justiça àqueles que com sua história de vida serviram de exemplo e com seu trabalho ajudaram na prosperidade do povo paulista é uma das missões deste Poder Legislativo. Por isso, diante do exposto e dada a importância do trabalho realizado em vida por Pedro Morelato, nada mais justo que dar o seu honrado nome ao trevo localizado no quilômetro 522 mais 800 metros da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros – SP-294.

Cumpre ressaltar ainda que a proposta conta com integral apoio da população tupãense, que nutre profundo respeito e admiração pela família Morelato.



Pelo exposto acima, propomos esta justa homenagem do Poder Legislativo, solicitando aos nobres pares o empenho para a aprovação da presente propositura.



Sala das Sessões, em 11/5/2018.

a) Ricardo Madalena - PR





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal