Programa de disciplina



Baixar 31,87 Kb.
Encontro06.11.2017
Tamanho31,87 Kb.



CENTRO: CIÊNCIAS HUMANAS

ANO LETIVO

DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS SOCIAIS – ÁREA DE SOCIOLOGIA

2006

PROGRAMA DE DISCIPLINA

CÓDIGO

NOME

1 SOC 702 -10


Introdução à Sociologia

PROFESSOR RESPONSÁVEL

CHAPA

Prof. Dr. Paulo Bassani

1601816

CURSO

SÉRIE

Ciências Sociais

1

Carga Horária



Sem/Oferta

HABILITAÇÃO(ÕES)

T

64

P


Total

64

( X ) Semestral

( ) Anual

(X ) 1º 2º ( )





1 - EMENTA:

O contexto histórico do surgimento da Sociologia. A Sociologia como ciência: objeto e método. Conceitos sociológicos fundamentais.


2 - OBJETIVO(S):

Introduzir os alunos ao estudo da sociologia levando-os à compreensão das principais correntes interpretativas do pensamento sociológico.


3 - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

I. Introdução ao estudo da Sociologia

II. Contexto do surgimento da Sociologia : Capitalismo e Modernidade

2.1. A Revolução Francesa e a Revolução Industrial

III. Introdução aos principais paradigmas Sociológicos Clássicos

3.1. A Sociologia de Émile Durkheim

3.2. A Sociologia de Max Weber

3.3. A Sociologia Karl Marx


4 – METODOLOGIA
Aulas expositivas; leituras e análise de textos; seminários; Debates sobre temas sociológicos contemporâneos; análise de vídeos e filmes.
5 - FORMAS DE AVALIAÇÃO
- 2 provas escritas bimestrais ( 10,0 cada)

-Trabalho de pesquisa em equipes com relatório parcial



6 – CRONOGRAMA

I. O que é a Sociologia /A condição de Sociólogo/A importância da Sociologia. (março)

II. A modernidade capitalista e o contexto do surgimento da sociologia (abril)

III. Um olhar sobre sobre as correntes clássicos da Sociologia ( maio/junho)
7 - BIBLIOGRAFIA BÁSICA
ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. SP, Paz e Terra, 1987.

BERMAN, Marshall. Tudo que é sólido desmancha no ar - a aventura da



modernidade. SP, Ed. Companhia de Letras, 1986, p.360

COMTE, Augusto . Grandes Cientistas Sociais. SP, ed. Ática, 1983.

COSTA PINTO, Luiz Aguiar da. Sociologia e desenvolvimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1972.

DURKHEIM, Émile. As regras do método Sociológico. São Paulo, Companhia, Editora Nacional, 1978.

-------------------------. Grandes Cientistas Sociais. São Paulo, ed. Ática, 1987.

FERNANDES, Florestan. A condição de Sociólogo. São Paulo, Hucitec, 1978

-------------------------------. Fundamentos empíricos da explicação sociológica. São Paulo, T.A. Queiroz, 1980.

FORACCHI, Marialice M. e MARTINS, José de Souza. Sociologia e sociedade: Leituras de introdução à sociologia. 9ª ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1984.

GUIDDENS, Anthony. As consequências sociais da modernidade. São Paulo, Editora UNESP, 1995.

IANNI, Octávio. A Sociologia e o Mundo Moderno. São Paulo, EDUC, 1988.

--------------------. (org.) Marx. São Paulo, Ática, 1980.

LAPASSADE, G. e outros. Chaves da Sociologia. RJ. Paz e Terra, 1972. Cap. 10

LALLEMENT, Michel. História das idéias sociológicas: das origens a Max Weber. Petrópolis: Vozes, 2003.

LEFRÈBVRE, Henri. O conceito de estrutura em Marx. In: BASTIDE, R. Usos e sentidos do Termo estrutura. SP. Herder, 1971.

LÖWY, Michael. Ideologias e Ciência Social: elementos para uma análise marxista. 2ª ed. São Paulo, Cortez, 1985.

MARCUSE, Herbert. Razão e Revolução. São Paulo, Zahar, 1986.

MARTINS, Carlos. O que é Sociologia. São Paulo, brasiliense, 1984.

MARX, Karl. O capital. RJ, Civilização brasileira. 1978.

-----------------. O manifesto do Partido Comunista. Lisboa, ed. Avante, 1976.

MILLS, C. Wright. A imaginação Sociológica. São Paulo, Zahar, 1972

MOURA, Clóvis. A sociologia posta em Questão. São Paulo, Ed. Ciências Humanas, 1978.

OHLWEILER, Otto Alcides. Materialismo Histórico e crise contemporânea. POA, Mercado Aberto. 1984.

QUINTANEIRO, Tânia e outros. Um toque de clássicos: Durkheim, Marx e Weber. BH: UFMG, 2000.

SANTOS, Theotônio. Conceito de classes sociais. Petrópolis, Vozes, 1982.

--------------------------. Forças Produtivas & Relações de Produção. Petrópolis, Vozes, 1984

SOUZA SANTOS, Boaventura. Introdução a uma ciência Pós-moderna. RJ,

Graal, 1989, p.176

WEBER, Max. A ética Protestante e Espírito do capitalismo. SP, Pioneira, 1981.

------------------. Grandes Cientistas Sociais. SP, ed. Ática, 1984.

WEBER, Max. “A ciência como vocação” in Ciência e Política: Duas vocações. São Paulo: Cultrix, pp. 15-52. 1988.

------------------. A objetividade do conhecimento nas ciências sociais. In: COHN, G.

(org) Weber, São Paulo, Ática, 1979.

________________________

Assinatura do Professor(a)


Aprovado pelo Deptº em ___/___/___ Aprovado pelo Colegiado em ___/___/___

__________________________ ___________________________



Assinatura do Chefe do Deptº Assinatura do Coord. do Colegiado



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal