O testemunho de jesus é dado pelo espírito de profecia



Baixar 24,49 Kb.
Encontro10.10.2018
Tamanho24,49 Kb.

O TESTEMUNHO DE JESUS É DADO PELO ESPÍRITO DE PROFECIA
Ninguém precisaria ler, no Apocalipse, que o Testemunho de Jesus é o Espírito de Profecia. Porque uma das tarefas do Verbo Modelo seria, como foi, depois da Crucificação, cumprir a Promessa Divina do Derrame de Dons do Espírito Santo, sobre toda a carne, ou até aos confins da Terra, como Ele, o Verbo Exemplar mandou fazer, no Livro dos Atos, 1, 1 a 8.
Aliás, Moisés já havia entregue o Primeiro Derrame de Dons, ou Batismo de Espírito Santo, como deve ser lido no Livro de Números, capítulo 11. É de fundamental importância reconhecer, na tarefa de Moisés, a entrega da Lei Moral, ou de Deus, e o grande lance de reconhecimento da importância da Revelação Consoladora, no trabalho da Humanidade, rumo à Sagrada Finalidade. (Por cima da Lei ninguém passará, todo crime terá de ser resgatado até o último ceitil, e, truncar a Revelação, ou comunicabilidade dos Anjos, ou Espíritos Mensageiros, é ato abominável, é atraiçoar a Graça Consoladora oferecida por Deus).
Todavia, como os religiosos profissionais, ou clérigos vendedores de idolatrias, enganações ou mentiras, sempre procuraram atraiçoar os ENSINOS e as GRAÇAS vindos de Deus, importa que cada filho de Deus leia bem os textos bíblicos abaixo expostos, e assim sabendo, saiba como fugir das práticas abomináveis:
ESPÍRITO SANTO É MEDIUNIDADE!
Quem dera que o Senhor desse o Seu Espírito Santo e que toda a carne profetizasse” – Números, 11, 29.

Derramarei o Meu Espírito Santo sobre a tua semente, e a Minha Bênção sobre a tua descendência” – Isaías, 44, 3.

Derramarei o Meu Espírito Santo sobre toda a carne, e vossos filhos e filhas profetizarão, vossos velhos terão sonhos e vossos jovens terão visões” – Joel, 2, 28.

Porque para vós é a promessa, e para quantos estiverem longe, quantos o Senhor a si quiser chamar” – Atos, cap. 2.

Porque a um pelo Espírito Santo é dada a palavra de sabedoria, a outro de ciência, a outro a fé, a outro o dom de curar, a outro a produção de maravilhas, a outro a profecia, a outro o discernimento dos espíritos, a outro as línguas diversas, e a outro as interpretações” – I Ep. Coríntios, cap. 12.

Caríssimos, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque muitos já foram os falsos profetas que se levantaram no mundo” – I Ep. de João, cap. 4.

Deus não é de mortos, mas de vivos, porque aqueles que forem dignos da ressurreição, serão como os anjos do céu” – Mateus, cap. 22, 30.

Testificando também Deus com eles, por sinais, milagres, várias maravilhas, e Dons do Espírito Santo, distribuídos por Sua Vontade” – Hebreus, 2, 4.

Antigamente, em Israel, indo alguém consultar a Deus, dizia assim: Vinde, e vamos ao vidente, porque ao profeta de hoje, se chamava então vidente” – I Samuel, 9, 9.

E estes sinais seguirão aos que crerem: Expulsarão os demônios; falarão novas línguas; manusearão serpentes; bebendo potagem mortífera, não lhes fará mal; porão as mãos sobre os enfermos e os curarão” – Marcos, 16, 17.

Aquele que pecar contra o Filho do homem será perdoado, mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo será réu da Justiça Divina” – Jesus em Lucas, 12, 10.
* * *
Jesus, que viveu a Instituição Verbo Exemplar, deixou a Doutrina do Caminho fundamentada nos Dons Intermediários, ou Mediunidades, que facilitam a comunicabilidade dos Anjos ou Espíritos Mensageiros, aqueles desencarnados dignos dessa tarefa consoladora, como Jesus afirmou em Mateus, 22, 30.
Desgraçadamente, em 313, quando Roma fundou sua igreja politiqueira e dominadora, começou a criminosa corrupção da Doutrina do Caminho, foi implantada a criminosa fé cega, entronizando fingimentos, venda de idolatrias, imposição de nobiliarquias repugnantes e despóticas, com insultos ao cultivo dos Dons Intermediários, pois os chamou de... coisas diabólicas!...
A cegueira produzida pela fé cega, constituindo blasfêmia contra os Dons Intermediários, não só fabricou um terrível Carma Negativo, como também truncou o trabalho da Revelação, que é advertir, ilustrar e consolar. Isto é, além de retardar o progresso dos espíritos, criou as terríveis condições para a guerra atômica, o dilúvio de fogo marcado no Apocalipse, para antes de findar o segundo milênio. Estude bem, cada filho de Deus, o que vai adiante exposto, porque, depois da Tragédia Punitiva, as gerações porvindouras terão de respeitar a VERDADE.
Entenda bem, cada um, porque ninguém irá deter a Faxina Restauradora, visto ter chegado a hora apocalíptica de dizer BASTA aos hipocritismos em geral, mas, acima de tudo, aos produzidos pela criminosa fé cega.
1 – EU SOU O SENHOR TEU DEUS, NÃO HÁ OUTRO DEUS.

2 – NÃO FARÁS IMAGENS QUAISQUER, PARA AS ADORAR.

3 – NÃO PRONUNCIARÁS EM VÃO O NOME DE DEUS.

4 – TERÁS UM DIA, NA SEMANA, PARA DESCANSO E RECOLHIMENTO.

5 – HONRARÁS PAI E MÃE.

6 – NÃO MATARÁS.

7 – NÃO COMETERÁS ADULTÉRIO.

8 – NÃO FURTARÁS.

9 – NÃO DARÁS FALSO TESTEMUNHO.

10 – NÃO DESEJARÁS O QUE É DO TEU PRÓXIMO.
MARCAS DO VERBO EXEMPLAR – É de antes de haver Mundo, anunciado antes de encarnar através de Anjo ou Mensageiro, nasce em virtude de fenômeno mediúnico e não de homem, vem com os Dons do Espírito Santo ou Mediunidades SEM MEDIDA, produz grandes feitos mediúnicos, não fica no túmulo porque representa a RESSURREIÇÃO TOTAL, entrega o Derrame de Dons para toda a carne e manda entregar o Livro dos Fatos Porvindouros, o Apocalipse. E por parte dos ignorantismos humanos, fica sendo o alvo das pedradas contraditórias, como afirmou o Profeta Simeão.
O VERBO AFIRMA A SOBERANIA DA LEI

Vai e vive a Lei.”

Da Lei nada passará, sem que tudo se cumpra.”

Pecar contra um mínimo Mandamento, é como pecar contra toda a Lei.”

Meu pai, minha mãe e meus irmãos, são os que ouvem a Lei e a praticam.”

Como forem vossas obras, assim mesmo recebereis.”

Apartai-vos de mim, vós que obrais a iniquidade.”

Não sairás dali, até pagar o último ceitil.”


COMO JESUS TRATOU OS PADRES?

Ai de vós, sacerdotes, escribas e fariseus hipócritas, que vos postais nas portas do Templo da Verdade, não entrais e não permitis a entrada aos que poderiam fazê-lo.”

Ai de vós, sacerdotes e fariseus hipócritas, pois as mulheres de má vida e os afeminados estão na vossa frente a caminho do Céu.”

Ai de vós, que perseguistes e matastes os Profetas, pois mais um matareis e por todos estes crimes respondereis.”



* * *
A função do Verbo Modelo era dar testemunho da Justiça Divina e da Lei de Deus, jamais escandalizá-las, bancando salvador gratuito de quem quer que seja, ou mais do que a Justiça Divina, perante a qual ninguém é especial. Devia representar o que deriva do Um Essencial e a Ele deve retornar TOTALMENTE, jamais passar por cima da Lei e da Justiça Divina. (E houve alguém, dentre os Grandes Reveladores, que mais vivesse pedindo a Deus, orando a Deus, agradecendo a Deus?). E devia, como cumpriu, depois da Ressurreição Geral, produzir o Segundo Derrame de Dons Mediúnicos, os veículos da comunicação dos Anjos ou Mensageiros, além de ordenar aquilo que está em Atos, 1, 1 a 8, que também foi atraiçoado!...
Portanto, entenda bem cada um, porque o século final do segundo milênio passará à História das Revelações como o MARCO APOCALÍPTICO entre o ANTES e o DEPOIS do mesmo século final do segundo milênio. Aguardem os fatos comprovantes!
PRINCÍPIO OU DEUS – Essência Divina Onipresente, Onisciente e Onipotente, que tudo origina, sustenta e destina, e cujo destino é a Reintegração Total. O Espírito e a Matéria, os Mundos e as Humanidades, e as Leis Relativas, retornarão à Unidade Essencial, ou Espírito e Verdade. Se deixasse de Emanar, Manifestar ou Criar, nada haveria sem ser Ele, Princípio Onipresente. Como o Princípio é Integral, não crescendo nem diminuindo, tudo gira em torno de ser Manifestador e Manifestação, tudo Manifestando e tudo Reintegrando. Eis o Divino Monismo.

ESPÍRITO FILHO – As centelhas emanadas, não criadas, contêm TODAS AS VIRTUDES DIVINAS EM POTENCIAL, devendo desabrochá-las no seio dos Mundos, das encarnações e desencarnações, até retornarem ao Seio Divino, como Unas ou Espírito e Verdade. Ninguém será eternamente filho de Deus, tudo voltará a ser Deus em Deus. Esta sabedoria foi ensinada por Hermes, Crisna e Pitágoras. Jesus viveu o Personagem Inconfundível de VERBO EXEMPLAR, de tudo que deriva do UM ESSENCIAL e a Ele retorna como UNO TOTAL. O Túmulo Vazio é mais do que a Manjedoura. (Entendam bem).

CARRO DA ALMA OU PERISPÍRITO – Ele se forma para o espírito filho ter meios de agir no Cosmos, ou Matéria. Com a autodivinização do espírito, ao atingir a União Divina, ou Reintegração, finda a tarefa do perispírito. Lentíssima é a autodivinização, isto é, o desabrochamento das Latentes Virtudes Divinas. Tudo vai aumentando em Luz e Glória, até vir a ser Divindade Total, União Total, isto é, perdendo em RELATIVIDADE, para ganhar em DIVINDADE.

MATÉRIA OU COSMO – A Matéria é Essência Divina, Luz Divina, Energia, Éter, Substância, Gás, Vapor, Líquido, Sólido. Em qualquer nível de apresentação é ferramenta do espírito filho de Deus. (É muito infeliz quem não procura entender isso).

OSVALDO POLIDORO.

UNIÃO DIVINISTA

www.uniaodivinista.org



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal