O senhor reina em nossas vidas!



Baixar 169,48 Kb.
Encontro13.07.2018
Tamanho169,48 Kb.



O SENHOR REINA EM NOSSAS VIDAS!




Gênesis 14:18-23

“E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do Deus Altíssimo. E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abraão do Deus Altíssimo, o possuidor dos céus e da terra; e Bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu-lhe o dízimo de tudo. E o rei de Sodoma disse a Abraão: Dá-me a mim as tu almas, e a fazenda toma para ti. Abraão, porém, disse ao rei de Sodoma: levantei minha mão ao Senhor, o Deus Altíssimo, o possuidor dos céus e da terra, que desde um fio até a correia, dum sapato, não tomarei cousa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: eu enriqueci a Abraão;”

INTRODUÇÃO:


Abraão retornava de uma batalha vitoriosa, e no seu retorno ele tem um encontro com dois reis, mas Abraão tem atitudes diferentes no que tange ao díalogo com estes dois reis.

Os dois reis eram um de Sodoma e o outro de Salém.

Abraão conhecia ao Deus vivo, tinha intimidade com Deus, sabia da profecia que tinha sobre si, e ele reconhece (por revelação) que estava diante de um rei, Melquisedeque, que era superior ele.

Melquisedeque – Tipo de Jesus, sacerdote eterno, sem genealogia, sem principio, sem fim, rei de Salém (rei de paz), (Salém é o nome da antiga cidade de Jerusalém).


DESENVOLVIMENTO

Pão e vinho - Apontando para o corpo e o sangue de Jesus, era um momento de comunhão, a profecia da morte a ressurreição de Jesus, que leva o homem a uma comunhão inteira com Deus (foi a primeira vez que foram apresentados estes elementos na palavra).

...Bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos - É o reconhecimento de que vencemos as batalhas porque o Senhor vence por nós.

...Por todos os benefícios - Benefícios de paz, de alegria, de comunhão, de certeza de vida eterna.

...E o rei de Sodoma disse a Abraão: Dá-me a mim as almas, e a fazenda toma para ti - O rei de Sodoma apareceu logo, com uma proposta, tipo do adversário, rei da carne, quer pessoas, queria os valentes (318 homens) que estavam com Abraão, homens que conheciam o Deus de Abraão. Ele quer trocar no coração de muitos o espiritual pelo material.

...Não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu - Não tinha acordo para Abraão, nada interessava a Abraão – Aqui fala do servo que não aceita nada que é do mundo, tudo o que era dele não interessava para Abraão, tudo o que é do mundo não interessa para nós. A resposta de Abraão é a resposta do servo desta obra; que conhece a profecia, conhece ao Senhor, tem intimidade com o Senhor, que não tem acordo com o mundo.

...Nem um fio - Nem as coisas mais simples.

...Nem uma correia de sandália - Nem a correia serve para nós, o nosso caminhar é completo na presença do Senhor, não é inconstante, não é parcial, a correia de Sodoma não serve para nós (é como a roupa de Saul que não serviu para Davi).

...Para que digas - Para que digas: eu tenho parte na vida de Abraão, eu enriqueci a Abraão, participei na vida de Abraão; Abraão o rejeitou.
CONCLUSÃO:

A nossa vida quem enriquece é o Senhor com bênçãos, dons, vitórias, livramentos, ninguém pode servir a dois senhores, Abraão dispensou ao rei de Sodoma e foi abençoado por Melquisedeque. Nós não aceitamos o mundo, com o mundo não se faz acordo, mas a recompensa que temos um rei, (que reina em nosso coração, o sacerdote eterno, Deus eterno que é nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo).


SEM PROFECIA O POVO SE CORROMPE.
Juizes 4: 8
"Então lhe disse Baraque: Se fores comigo irei; porem, se não fores não irei."


Introdução:
Depois da morte de Josué, o povo voltou a fazer o que era mal aos olhos do Senhor, e eram subjugados por Jabim rei de Canaã, e Débora era profetiza e quem julgava o povo de Israel naquele tempo. O povo não agüentando o jugo clamou ao Senhor que ouve e fala a Débora que lhes daria vitória. Então Débora chama Baraque e lhe fala da promessa do Senhor, porém Baraque diz a Débora: Se fores comigo irei, se não foras não irei.

Desenvolvimento:
Se fores comigo irei. Baraque queria a presença de Débora para que na hora das dificuldades, das lutas, provação pudesse ouvir a voz do Senhor, Débora para ele representava a profecia a revelação, daí o desejo de Baraque que a profecia fosse com ele, para poder andar na revelação, não fazendo assim nada que não fosse na orientação do Senhor. A palavra nos afirma que sem profecia o povo se corrompe.

Também hoje somos assim, nós enfrentamos batalhas árduas, onde as lutas diárias tendem a tirar nossa benção, mas temos o consolo de subir a casa do Senhor e também como Débora ouvir a voz do Senhor a nos dizer: As vossas lutas serão vencidas. E quantas promessas temos visto ser cumprida no nosso meio, salvação nos lares, portas abertas, enfermidades curadas, livramentos e muitas outras promessas tem se cumprido no nosso meio.


Se não fores não irei. Com isso Baraque queria dizer que sem a presença do Senhor, sem a revelação ele não iria,

pois sabia que fora, longe da profecia, da revelação não seria vitorioso, assim também é hoje quando antes de tomar uma decisão buscamos ao Senhor, e se o Senhor for conosco iremos, se não for conosco também não iremos".




Conclusão.
Nos nossos dias Débora representa os meio de graça que o Senhor tem colocado a nossa disposição, o clamor pelo Sangue de Jesus, a Consulta a Palavra, para que estejamos sempre na comunhão juntos a Débora (a Revelação)

JESUS A PROTECÂO PARA A ALMA AFLITA



Juizes 19: 17,20 e 21
“Levantando ele, pois os olhos, viu a este passageiro na praça da cidade, e disse o velho: para onde vais, e de onde vens?.Então disse o velho: paz seja contigo; tudo quanto te faltar fique ao meu cargo: tão somente não passes a noite na praça.E trouxe-o a sua casa”.


INTRODUÇÃO
A palavra nos mostra um homem que estava de viagem, entrou em uma cidade e se assentou em uma praça porque não tinha ninguém que o recolhesse em sua casa e o desse abrigo.

DESENVOLVIMENTO

O velho nos fala do Pai que é eterno, que com o seu olhar de misericórdia vê o necessitado. Este passageiro é o homem que é passageiro no tempo, todo homem está de passagem por esta vida.

Se alguém esta na praça ele está exposto, sem proteção, sem segurança. A praça nos fala do mundo. Hoje o homem tem de responder a duas perguntas para ter um abrigo, mas é preciso que seja uma resposta com sinceridade. Para onde vais? Que dizer onde você vai passar a eternidade. De onde vens? A resposta é do mundo, distante do projeto de salvação, distante do abrigo de Jesus.

Então disse o velho, paz seja contigo - nos momentos de angustia, quando a alma do homem está aflita e pede socorro o velho ( o PAI) tem a paz verdadeira para dar, não uma paz passageira, mas uma paz eterna... E o mesmo Deus da paz...


Tudo quanto te faltar fique ao meu cargo: é o FILHO que pagou um alto preço para que o homem saísse da praça (mundo) e tivesse as suas necessidades supridas.
Tão somente não passes a noite na praça: este é o conselho do ESPIRITO SANTO, a noite fala de uma eternidade sem salvação.


CONCLUSÃO
Trouxe-o a sua casa: Quando o homem aceita Jesus, ele não está mais exposto as coisas deste mundo (Praça) mas ele passa a ter uma proteção, uma morada eterna ao lado de Deus.

FICA COMIGO E NÃO TEMAS.
Samuel 22-23
“Fica comigo, não temas, porque quem procurar a minha morte também procurará a tua, pois estarás salvo comigo”

INTRODUÇÃO
Abiatar era um servo fiel e obediente ao Senhor, mas naquele momento passava por uma grande aflição, pois tentava se escapar da espada de Saul que é o tipo de inimigo.

DESENVOLVIMENTO
Fica comigo e não temas:

É o convite do Senhor para o homem, pois o homem tem vivido aterrorizado com as coisas deste mundo.


Porque quem procurar a minha morte também procurará a tua:

É o amor do Senhor para o homem, porque o Senhor daria a vida do seu único filho em prol do homem, para que ele pudesse viver este amor incomparável.


Pois estarás salvo comigo

Era a segurança e a proteção que tinha para a vida de Abiatar, pois Davi é o tipo de Jesus, e com ele estava a oportunidade de vida nova.



CONCLUSÃO
Hoje Jesus convida o homem para ficar com ele e conhecer a sua salvação.

CONSERVADOS NO AMOR PELA OBRA



l Reis 17:1-6
"Então Elias, o tisbita, dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Vive o Senhor, Deus de Israel, perante cuja face

estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra....



INTRODUÇÃO:
O momento que Israel vivia no texto era um momento de apostasia. O povo havia sido contaminado pela idolatria de Jesabel, desviando-se do Senhor; negando a fé verdadeira.

DESENVOLVIMENTO:
Estamos vivendo um momento que se assemelha a este, um cristianismo apóstata e materialista, mas há um pequeno povo que nesta hora está com a revelação como Elias, o profeta.

Veio a ele a palavra do Senhor...: O momento da igreja nesta hora é de ouvir a voz do Senhor, numa experiência diária de comunhão e consagração a ele.

Vai-te daqui: Quem vai, vai por um caminho; e Jesus é o caminho que se abriu para a igreja.

Vira-te para o Oriente: O oriente é o lugar do nascer do sol, e Jesus é o sol da justiça que faz refletir sobre a igreja a luz da sua revelação.

Esconde-te junto ao ribeiro de querite: o ribeiro de querite corre por uma passagem estreita e profunda e podia por esse motivo servir como um refugio. Jesus é o rio das águas vivas no qual nós podemos nos refugiar neste momento de inteira frieza espiritual, dessedentando o nosso coração pela ação da operação do seu Espírito.

Beberás do ribeiro: O povo de Deus, o servo fiel no momento da provação do calor causticante, das lutas, tem o Senhor Jesus, o manancial das águas vivas, que nos traz refrigério, o consolo, o alento pelo poder da sua palavra em nós.

Tenho ordenado os corvos...: Elias foi o servo que foi alvo das operações de maravilhas, dos milagres de Deus; assim como a igreja tem sido alvo do amor e do poder de Deus, movendo todas as coisas em favor daqueles que lhe obedecem, que o ouvem, usando até mesmo vidas que às vezes nem o servem para suprir as necessidades daqueles que o serve e o amam.

Traziam pão e carne pela manhã e à noite: profético à maneira como o Senhor sustenta sua igreja no mundo. A igreja primitiva que iniciou o seu trabalho de evangelização no mundo, foi sustentada pelo pão que é o próprio Senhor Jesus; o pão vivo que desceu do céu, dando a ela a permanência da sua carne que é a comunhão no corpo através do clamor, das suas revelações e orientações. Assim a igreja da última hora, da saída do mundo para a eternidade é sustenta pela palavra revelada que revela Jesus, o pão da vida prevalecendo no corpo através da comunhão, transbordando do Espírito Santo.



CONCLUSÃO:

Neste momento do evangelho apóstata e terno mergulhado na idolatria, a obra do Espírito Santo prossegue na revelação, escondida no clamor pelo sangue de Jesus e firmada na doutrina da palavra. Assim como Elias foi arrebatado aos céus em um carro de fogo, a obra e a igreja fiel serão arrebatadas voltando ao seu lugar de origem.


HÁ TEMPO AINDA DE INTERCEDER POR AQUELES QUE UM DIA ESTIVERAM EM NOSSO MEIO
II REIS 4:17-30
"Concebeu a mulher e deu á luz um filho, no tal tempo determinado, segundo o tempo da vida, que Eliseu dissera".
INTRODUÇÃO

A palavra do Senhor nós fala sobre uma mulher que morava em Sunén, Eliseu profeta do Deus altíssimo, passava às vezes por ali, e aquela mulher preocupou em fazer um lugar para aquele homem ficar quando passasse por aquele lugar e alimentasse. Passando Eliseu por ali um dia, ele descansou naquele local preparado por aquela mulher, se alimentou, e na sua partida ele a abençoou, pois o marido daquela mulher já era de idade e ela não tinha filhos e ele prometeu a ela que no tempo determinado segundo o tempo da vida abraçaria um filho. O nosso Deus sempre ouve e honra a palavra dos seus servos, no tempo determinado aquela mulher deu a luz a um filho..


DESENVOLVIMENTO

Concebeu a mulher e deu a luz a um filho - A promessa de Deus ela se cumpre.na vida do homem quando coloca o coração na na obra do Senhor, pois grande é o Senhor em misericórdia para com o homem. (João 15:16): O Senhor leva o homem a entender que ele mesmo nos escolhe, nomeia e capacita para pregarmos o evangelho, e através da palavra muitas vidas passam sentir e permanecer na presença do Senhor Jesus. A sunamita tipifica a igreja, Eliseu tipifica o Senhor Jesus" mas ela preocupou em cuidar do lugar para ele ficar. E através do nosso zelo com a obra do Senhor ele concede a sua igreja experiência, em especial salvação de vidas, que para nós, muitas vezes são impossíveis de alcançar a salvação, mas o Senhor as salva para que possamos ver a sua grandeza e o seu amor por nós.

Cresceu o filho e foi segar com seu pai - As vidas que foram alcançadas começam a ter experiências com o Senhor, envolvendo o trabalho da igreja com assistências e evangelização e outros mais. Quanto mais experiências alcançam com o Senhor, maiores são as lutas, e muitos nesta hora se enfermam, começando a deixar o trabalho da igreja passa a diminuir sua freqüência nos cultos e tomam muitas vezes totalmente ausentes.

A igreja fiel do Senhor que anda na revelação começa a cuidar destas vidas (assistindo-as) fazendo visitas orando por elas aconselhando, afinal, colocando sobre seu colo como o pai faz com seus filhos quando estão enfermos.



Ao meio dia - O momento em que o sol esta castigando, horário mais quente, horário em que as lutas são travadas fortemente e muitos nestas horas não suportam e morrem "espiritualmente" saindo da igreja.

A igreja fiel ela está atenta com o horário do"meio dia" até " a meia noite" pois no tempo profético do Senhor há um grande período para interceder por aqueles que enfermaram e morreram espiritualmente, por aqueles que um dia estiveram vivos louvando ao Senhor .



Abordar a jumenta - Fala do trabalho, a igreja que caminha na direção do Espírito Santo sempre avivada e não olhando para as dificuldades, sempre disposta a continuar dirigida pelo Espírito Santo.

Hoje não é lua nova nem sábado? - A igreja do Senhor não fica presa em costumes, em tradições presa na religião, mas sabe que através da suas orações o Senhor tem poder para ressuscitar aquelas vidas que um dia estiveram vivas espiritualmente e hoje se encontram mortas, pois no Senhor há vida, e vida em abundância.

Nada te detenhas no caminho enquanto eu te disser - A igreja fiel do Senhor, neste momento sabe, que nada pode detê-la em buscar ao Senhor pelas vidas daqueles que um dia passaram no seu meio, pois o tempo se abrevia para a volta do Senhor Jesus, e a tempo ainda para o Senhor Jesus trazer de volta a vida a seus filhos.
CONCLUSÃO
Não hei de te deixar

A igreja do Senhor ela não deixa a presença do Senhor, ela sabe que suas orações são ouvidas, por isso que todos os dias ela glorifica o nome do Senhor, pois ela já é vitoriosa e um dia estará morando nas mansões celestiais com o Senhor Jesus.



FERIDA DE MORTE




II Reis 20:01-09
“Naqueles dias adoeceu Ezequias de morte. E o profeta Isaías, filho de Amoz, veio a ele, e lhe disse: Assim diz o Senhor: Ordena a tua casa, porque morrerás, e não viverás, então virou o rosto para a parede, e orou ao Senhor, dizendo: Ah! Senhor! Sê servido de te lembrar de que andei diante de ti em verdade, e com o coração perfeito, e fiz o que era reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo... E disse Isaías: Isto te será sinal, da parte do Senhor, de que o Senhor cumprirá a palavra que disse: Adiantar-se-á a sombra dez degraus, ou voltará dez degraus atrás? “.

INTRODUÇÃO
Ezequias estava doente, a palavra fala perto da morte. Talvez não dando muito crédito à sua situação e deixou o tempo passar. Mas agora vem uma profecia sobre sua vida, põe a sua casa em ordem, porque morrerás. Foi a partir deste momento que tomou algumas atitudes na sua vida, com relação à sua enfermidade..

DESENVOLVIMENTO
"Virou o rosto para parede..." Imediatamente tomou esta posição, deu as costas para suas riquezas, conforto e observou como a sua visão era limitada.

Contemplando a sua situação naquele momento suplicou ao Senhor com lágrimas, arrependido de não ter buscado antes.

Antes de Isaías, o profeta sair do meio do pátio o Senhor mandou que voltasse e lhe levasse as boas novas."... Ouvi a tua oração, vi tuas lágrimas; eu te curarei...".
Hoje o homem também está debaixo de uma profecia, mas não tem dado ouvidos, prefere gastar todo seu dinheiro em busca inútil de cura para sua enfermidade (espiritual) sendo que o Senhor oferece o recurso, basta o homem se arrepender (virar-se para a parede) é de graça.

Pasta de figo aponta para o sacrifício de Jesus que foi moído pelas nossas transgressões... E pelas suas pisaduras fomos sarados.




CONCLUSÃO
Basta o homem em arrependimento aceitar esta pasta (o Sr. Jesus) sobre a sua ferida, e este, imediatamente receberá a cura da chaga do pecado na sua vida, esta que certamente o levará à morte.

DEUS TEM NOS DADO A VITÓRIA

Esdras 6:15-16-19-22.


15 E acabou-se esta casa no terceiro dia do mês de Adar, no sexto ano do reinado do rei Dario.

19 E os que vieram do cativeiro celebraram a páscoa no dia catorze do primeiro mês.

22 e celebraram a festa dos pães ázimos por sete dias com alegria; porque o Senhor os tinha alegrado, tendo mudado o coração do rei da Assíria a favor deles, para lhes fortalecer as mãos na obra da casa de Deus, o Deus de Israel.


Introdução:
A palavra aponta para um momento profético e muito importante para o povo de Israel. O povo havia voltado do cativeiro, o templo havia sido reconstruído toda resistência do inimigo havia sido destruída pelo poder de Deus, o templo seria consagrado, havia uma grande alegria no meio do povo do Senhor.

Desenvolvimento
A igreja vive o mesmo momento e a mesma alegria que Israel viveu naqueles dias, toda resistência ao evangelho tem sido destruída pelo poder da palavra revelada e da operação do Espírito Santo, a festa foi no mês de adar, que em hebraico significa: extensão e glória, a obra tem se estendida por toda a face da terra, e o nome do Senhor tem sido glorificado.

Conclusão:
A igreja vive a perfeição da obra com alegria e as mãos fortalecidas para o trabalho na casa do Senhor movida pela ação do Espírito Santo nas nossas vidas.


O SENHOR TEM PREPARADO UM BANQUETE PARA A SUA IGREJA
Ester 2:9

"E a moça pareceu formosa aos seus olhos, e alcançou graça perante ele; pelo que apressou a dar-lhe seus enfeites e os seus alimentos, como também a dar sete moças da casa do rei: e a fez passar com as moças ao melhor da casa das mulheres”.


INTRODUÇÃO

O texto nos fala do rei Assuero que preparou um banquete e chama todo o povo que achou na fortaleza, mas rainha Vastí recusou o convite, e uma que não tinha direito de participar que é Ester lutou pela benção e alcançou o privilégio de assentar a mesa com o rei, como uma rainha.


DESENVOLVIMENTO

E a moça pareceu formosa aos seus olhos

A moça é tipo da igreja que tem uma forma definida que agrada ao Senhor, as características do Senhor Jesus, o seu testemunho fiel, e vive na obediência, no corpo.



E alcançou graça perante ele

Graça é o favor imerecido de Deus para com o homem, a igreja tem alcançado esse favor imerecido de Deus, essa tão grande salvação.


Apressou a dar-lhe seus enfeites

O Senhor tem pressa em batizar os servos com o seu Espírito Santo, conceder dons espirituais, que são os adornos, aquilo que traz beleza, edificação e crescimento para a igreja.
Os seus alimentos

O que fortalece a igreja para caminhar são as experiências com o Senhor, é a palavra revelada, o culto profético, é o louvor revelado que vem da eternidade, trazendo alegria para o nosso coração.


Dar sete moças de respeito da casa do rei

Sete fala da perfeição, e a igreja fiel participa de uma obra perfeita, pois é conduzida pelo Espírito Santo que realiza essa obra em nossas vidas.



E a fez passar com as moças ao melhor lugar da casa das mulheres

Existe uma eternidade preparada para igreja fiel, é o melhor lugar da casa pois o Senhor Jesus foi preparar, e ele voltará para buscar sua igreja.


Conclusão:

Ester casou-se com o rei Assuero, a igreja se casará com o Senhor Jesus nas bodas do cordeiro e estará com ele eternamente no melhor lugar da casa;

Eternidade = do Pai

Mardoqueu = Espírito Santo

Assuero = tipo do Senhor Jesus

DEDICAÇÃO E ADORAÇÃO



Salmos 26:6-8

“Lavo as minhas mãos na inocência; e assim, ó Senhor, me acerco do teu altar, para fazer ouvir a voz de louvor, e contar todas as tuas maravilhas. Ó Senhor, eu amo o recinto da tua casa e o lugar onde permanece a tua glória”.



Introdução
Davi como servo do Senhor sempre teve uma grande preocupação em aperfeiçoar na maneira de servir ao Senhor.

Desenvolvimento:
Aqui podemos ver esta preocupação quando ele diz, "lavo as minhas mãos na inocência" - As mãos fala do trabalho (ministério) e a inocência nos lembra uma criança, a pureza, a simplicidade, a humildade, era assim que Davi desejava servir (trabalhar) realizar a obra do Senhor com mãos puras(na santificação).
E assim andarei - É com santificação que Davi procurava andar e viver pelo caminho (isto é, no projeto) andar e viver no caminho, testemunhando e andando dentro das orientações do Senhor.
Ao redor do teu altar - O altar fala da presença do Senhor - E Davi desejava estar sempre ao redor do altar, e quem está ao redor está vivendo as revelações, por que o que procede do altar vem do Senhor e é bom, e assim Davi gozava das bênçãos do Senhor. E hoje para nos estarmos ao redor do altar, estar vivendo a todo momento, quer na igreja, quer no trabalho, na escola ou em casa, podemos viver ao redor do altar é uma questão de viver em constante ato adoração ao Senhor (é viver na revelação).


Conclusão:
Alimentando do cordeiro no altar e nos fortalecendo nas doutrinas, isto nos leva a testificar com voz de louvor (adoração) as maravilhas que o Senhor tem realizado no nosso meio. Assim testificamos, anunciamos, testemunhamos no nosso dia a dia onde quer que seja, a todos que estão a nossa volta. E é isto que gera salvação na casa do Senhor.

A SALVAÇÃO TRAZ PAZ E SEGURANÇA PARA A VIDA DO HOMEM.

Salmos 32:7


“Tu és o lugar em que escondo, tu me preservas da angústia, tu me cinges com alegres cantos de livramento”.

Introdução
Diante do mundo de violência em que vivemos aonde o amor já não existe, as incertezas e as angustias dominam, o homem se sentindo cada vez mais inseguro, nós como igreja encontramos o refugio, e o descanso para as nossas vidas no Senhor.

Desenvolvimento
Tu és o lugar em que me escondo: O salmista Davi fala de uma vida feliz e segura que o homem encontra ao lado de Deus, porque Davi mesmo sendo rei e tendo um exército de homens muito bem armados à sua disposição, ele sabia que se Deus não fosse com ele na certa seria derrotado, por isso não dava um passo sem buscar a orientação do Senhor.
Tu me preservas da angustia: fala da ação e da operação do Espírito Santo nas nossas vidas, que repreende as tristezas e decepções que tentam atingir a nossa alma e o nosso coração.
Tu me cinges de alegres cantos de livramento: fala das vestes de salvação, a igreja revestida por Jesus, se vê livre da morte espiritual e expressa do mais profundo da alma, a sua gratidão àquele que a salvou.


Conclusão
Na presença de Jesus.o homem encontra a verdadeira felicidade, segurança e paz para a sua alma.

O PROJETO DE DEUS CONDUZ O HOMEM À ETERNIDADE
PROVÉRBIOS 14:11
"A casa dos ímpios se desfará, mas a tenda dos retos florescerá”.
INTRODUÇÃO

Este é um texto escrito por Salomão onde a palavra nos fala de dois projetos e seus destinos um projeto é "a casa dos ímpios" cujo destino é "se desfará", e o outro projeto é "a tenda dos retos” cujo destino é "florescerá”

Temos aqui:

Um projeto do mundo e um projeto de Deus:

Um projeto que o homem alcança pela razão e um projeto que só se alcança pela revelação e pela fé;

Um projeto religioso e um projeto de salvação;

Um projeto material c um projeto espiritual;

Um projeto do pecado e um projeto de santificação;

Um projeto de morte e um projeto de vida eterna.
DESENVOLVIMENTO
"A casa dos ímpios": quando falamos de casa, falamos de algo que está firmado em um local, estático e ímpio é o pecador, aquele que não teme ao Senhor. A casa dos ímpios é o projeto do mundo, firmado nas coisas materiais, é mentalidade religiosa, a razão do homem. O homem neste mundo tem vivido no pecado, no caminho de sua razão, visando somente os prazeres desta vida e tem caminhado rumo a um destino:

"Se desfará": é o que nos diz o versículo seguinte: "há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte".

Mas a palavra nos fala de um projeto de vida eterna que é o projeto de Deus para a vida do Homem:

"A tenda dos retos": a tenda é algo que não tem local fixo, que está de passagem e os retos são os servos do Senhor, aqueles que temem ao Senhor, a igreja fiel. A tenda dos retos é a obra do Senhor neste mundo, que está neste mundo de passagem. A igreja do Senhor está no mundo, mas não é deste mundo, ela é uma obra dinâmica, caminha neste mundo não na razão, mas na revelação, direcionada pelo Espírito Santo, caminha pela fé, firme na promessa de vida eterna, visando um reino não deste mundo e assim caminba rumo a um destino, que é a Eternidade.
CONCLUSÃO
"Florescerá": aponta para o futuro, é a glória da tenda dos retos (a igreja) e a glória da igreja não é neste mundo e sim reinar com Jesus na eternidade e Jesus disse ''o meu reino não é um reino deste mundo". Aqueles que andam em retidão o seu destino é reinar com Jesus na eternidade. Quando falamos de projeto, falamos de um planejamento que visa um resultado; quando falamos de obra falamos da aplicação de um projeto; e destino é o lugar a que se dirige alguma coisa ou pessoa.

O projeto de Deus é da eternidade, é aplicado em sua obra neste mundo e o seu destino e a eternidade.

O projeto de Deus conduz o homem à eternidade!

JESUS É O DESCANSO PARA ALMA.

Provérbios 29:29


“Como água fria para uma alma cansada, tais são as boas novas da terra remota”.


Introdução
A alma do homem se encontra aflita, acometida de uma enfermidade chamada ansiedade. Este mal decorre do seu afastamento do criador, o Espírito Santo tem testificado ao homem cedendo que há um refugio e descanso para sua vida, Jesus.

Desenvolvimento
Como água fria: Água fria é aquela que sacia o necessitado, Jesus é a água da vida, quando o homem tem uma experiência com Jesus, tem o refugio, Jesus e a fonte de águas vivas, que dá vida para o homem.
Uma alma cansada: É aquela que está distante do Senhor, vive cansada, angustiada, com problemas desta vida, corre em busca de algo para livrá-lo do cansaço e da tristeza do seu coração e não encontra. Jesus veio tirar este cansaço, e trazer descanso e conceder a vida eterna.
Tais são as boas novas da terra remota: Jesus trouxe da eternidade as boas novas da salvação, e é para aquele que quer e pela fé, o direito de vida eterna.


Conclusão
Salvação é o homem descobrir o descanso para a alma

E HAVERÁ UM TABERNÁCULO

Isaías 4:6 e 5:27


“E haverá um tabernáculo para sombra contra o calor do dia, e para refúgio e esconderijo contra a tempestade e contra a chuva. Não haverá entre eles cansado, nem claudicante, ninguém tosqueneiará, nem dormirá; não se lhe desatará o cinto dos seus lombos, nem se lhe quebrará a correia dos seus sapatos”.


Introdução

Nós vivemos dias difíceis, muitas lutas ao redor e que se multiplicam a cada dia, mas tudo isto é característica do momento que vivemos: A última hora. Por isto os dias são maus. O povo de Israel quando estavam à porta de receberem o grande livramento de Deus, a angustia aumentou, então eles clamaram mais ao Senhor, com o aperto, cresceu em seus corações a dependência ao Senhor, precisavam do milagre de Deus de sua intervenção para que eles vencessem. Assim como igreja da última hora, estamos às portas de sairmos deste mundo, o caminho tem se estreitado, mas nós temos o nosso refúgio: “O tabernáculo do Senhor”.



DESENVOVIMENTO
Um tabernáculo: O corpo - A proteção de Deus para o homem nesta hora. Não temos outro lugar para onde ir.
Calor do dia - Lutas e provações diárias - Refúgio e Esconderijo - Abrigo para não sermos atingidos
Tempestade e Chuva - Doutrinas, religião, materialismo.
Não haverá entre eles cansado: Só se cansa quem não tem onde descansar, mas a igreja possui seu lugar de repouso. E a palavra do Senhor para o seu povo é: ESFORÇA-TE E TENDE BOM ÂNIMO
Nem claudicante e ninguém tosquenejará: A igreja tem passos firmes, porque sua caminhada é por fé e não oscila nem varia porque ela vive a revelação do Senhor e segue tudo o que ele orienta no corpo. Nem dormirá – Não se acomoda.
Não desatará o cinto dos lombos: A Verdade, que estará sempre viva no seio da igreja.
Nem quebrará a correia dos sapatos: A correia é que matem o sapato apertado ajustado, e assim é a caminhada da Igreja.


Conclusão
Debaixo do abrigo de Deus, nada nos faltará. Temos segurança, alegria, paz e a certeza da vitória.
JESUS DESSEDENTA A ALMA DO HOMEM

Isaías 41:17


“Os aflitos e necessitados buscam águas, e não as há, e a sua língua se seca de sede; mas eu o Senhor os ouvirei, eu o Deus de Israel os não desampararei”.


INTRODUÇÃO
O profeta anuncia a salvação de Deus para o homem e mostra Jesus o salvador que na hora de maior necessidade o homem encontrará nele refrigério para sua alma e tem todas as suas necessidades supridas.

DESENVOLVIMENTO
Os aflitos e necessitados buscam água

A sede é a necessidade da alma do homem que está distante de Deus. Que anda no mundo solitário, aflito, sem direção, inseguro, sem paz, tentando encontrar algo que possa saciar a sede da sua alma.

No mundo ele não encontra nada que pode tirar o vazio da sua alma, porque ele precisa é de estar em comunhão com Deus e de voltar para Deus e só Jesus pode restaurar esta comunhão, porque só ele veio da eternidade e deu sua vida pelos nossos pecados e com seu sangue nós resgatou para estarmos novamente juntos de Deus e só ele pode tirar a ansiedade da nossa alma e saciar a sede do nosso coração.

O homem sem Jesus é triste, sem paz e começa a perder a alegria de viver. A vida para ele se torna sem sentido.


Eu os ouvirei

Quando o homem se volta para Deus, ele o ouve. Deus está atento ao clamor do necessitado e lhe revela a sua salvação, o seu grande amor (Jesus). O Senhor revela todo seu projeto de Salvação para vida do homem.


CONCLUSÃO
Não o desampararei

O homem liberto do pecado, remido no sangue de Jesus, começa a desfrutar do cuidado de Deus e a trilhar caminho para a eternidade.


DEUS TEM BOAS NOVAS DE SALVAÇÃO PARA O HOMEM


ISAIAS 52:07

“Quão suaves são sobre os montes o pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!”.



INTRODUÇÃO:


No Velho Testamento as cidades possuíam muros de proteção que cercavam e protegiam as cidades contra os inimigos; ataques para tomar e dominar as cidades eram comuns. Havia uma prática comum do exercito inimigo de SITIAR (cercar) a cidade (abriam trincheiras em redor) que serviam como base e também para isolar a cidade – nada entrava ou saia (alimento, água, remédios, etc) – o objetivo era minar aos poucos a resistência da cidade, e então dominar, matar pilhar e destruir – havia um decreto de morte sobre a cidade sitiada (Rei da Assíria sitiou Samaria por 03 anos / Nabucodonozor sitiou Jerusalém). Havia nas cidades a figura do ATALAIA (mensageiro, sentinela) – ele tinha a função era buscar ajuda, furar o bloqueio do inimigo, ir até as cidades vizinhas e aliadas para buscar socorro e salvação. Quando o ATALAIA apontava no monte, era avistado pelo povo que sabia que ele trazia “Boas Novas”, ajuda, livramento, solução do problema, salvação. O povo ansiava ouvir as “Boas Novas” do ATALAIA.

DESENVOLVIMENTO:


A palavra profeticamente aponta para os nossos dias, onde a igreja tem uma função, uma missão neste mundo – levar “Boas Novas” de Salvação a um mundo necessitado.

A CIDADE SITIADA

O adversário já sitiou (cercou) o mundo, já tem domínio completo da situação do mundo, para matar, roubar e destruir – Há um decreto de morte sobre o mundo. Seu objetivo é morte eterna, é impedir que entre alimento (palavra revelada - Pai), água (benção do E.S _ E.S) e remédios (Vida Eterna – Filho);


O ATALAIA

A igreja tem a mesma missão que o ATALAIA – Mensageira de Boas Novas – furar o bloqueio do adversário e levar “Boas Novas” aqueles que estão sitiados – levar alimento (palavra revelada), água (benção ES) e Vida Eterna – Salvação (Jesus).


AS BOAS NOVAS

È o anuncio da Igreja (ATALAIA) que ainda há salvação, há solução para os problemas, que JESUS é o autor da vida, e Nele o homem encontra paz, alegria, segurança, consolo, alento, livramento, sustento e Vida Eterna. Há um decreto de Vida Eterna nas “Boas Novas”.


O TEU DEUS REINA

A igreja anuncia que há um Deus Vivo que reina em uma cidade que jamais será sitiada, que não há falta de nada (alimento, água, etc), que só há alegrias, paz, gozo e felicidade – a cidade eternal – A Eternidade – onde arado morada para todo aquele que deixar este Deus reinar em seu coração.


CONCLUSÃO:


O homem quando dá ouvidos às “Boas Novas” anunciadas pela Igreja fiel, descobre a Salvação em Jesus, tem as necessidades de sua alma satisfeitas e é conduzido em segurança para Eternidade.

OLHAI PARA MIM E SEREIS SALVOS



Jeremias 31: 25,26
“Porque satisfiz a alma cansada e toda alma entristecida saciei. Sobre isto desperto e olhei; e o meu sono foi doce para mim.”
INTRODUÇÃO:

Jeremias escreve a um povo sofrido e cansado, mostrando que o Senhor iria resgatar do cativeiro e dar descanso para vossa alma, pois o que olha para o Senhor contempla todo benefícios da sua eternidade.


DESENVOLVIMENTO:

Porque satisfiz a alma cansada...”.

Só o Senhor pode satisfazer a alma do homem neste momento em que se encontra sem paz, cansado, sem alegria, preenchendo com o seu amor e mostrando a cada dia com as suas misericórdias que no Senhor há esperança para nossa alma ter uma vida de sossego e paz.

Entristecida...”.

Porque o mundo (o cativeiro) só trás ao homem a escravidão, violência, insegurança e tristeza para sua alma pois não te da esperança.

Sobre isto eu despertei...”

No momento em que o homem passa a ter uma experiência com o seu criador, Ele satisfaz a sua alma então ele desperta para o plano de salvação e ver que se ele entregar seu coração as coisas de Deus e colocar Ele em primeiro lugar vai ter uma vida muito mais doce.

... e olhei...”.

o instante em que o olhar se volta para o Senhor, e ao mesmo tempo todo em sua volta perde o valor pois o seu olhar volta para eternidade .
CONCLUSÃO:

... Sono foi doce...”.

Aquele que neste momento está sendo despertado e está olhando para o Senhor, tem desfrutado do descanso, da paz e da alegria; dos que estão vendo a sua tão grande salvação.

A SALVAÇÃO



Ezequiel 18:28
“Pois o que reconsidera e se converte de todas transgressões que cometeu, certamente vivera, não morrerá”.


Introdução
Ezequiel foi um profeta que viveu no período do cativeiro babilônico, ele fala, a responsabilidade pessoal de cada um para alcançar perdão de pecado e salvação.

Desenvolvimento:
A palavra do profeta foi bem clara, ela fala para o homem que tenha pecado, que tenha estado distante do Senhor, sempre houve um juízo de morte sobre o homem, aquele que pecasse profanado nome do Senhor morreria.
Mas se o homem se converter, reconhecer que necessita de uma vida melhor, de uma transformação, converter do seu mau caminho, certamente vivera. Há uma nova chance, uma nova oportunidade, uma certeza de vida eterna, sabendo que o seu tempo não será contado para a morte, mas sim, para vida eterna.


Conclusão:
Quando o homem se arrepende, ele alcança misericórdia.

O CONSELHO DA VIDA.

Daniel 12:13
“Tu, porém, vai-te, até que chegue o fim; pois descansarás, e estarás no teu quinhão ao fim dos dias.”

Introdução
Deus sempre contou com servos valentes pra realização da sua obra, em toda a palavra podemos ter esta confirmação, por que ouviram o conselho do senhor; e nos nossos dias o Espírito Santo tem tido um bom conselho pra nossa vida.

Desenvolvimento
Tu, porém vai até o fim - Deus nos fez um chamado, a salvação é individual, uma experiência particular com Deus, e quando Deus chama, ele não desampara, chama e dá toda a condição de ir até o fim.

Por que repousarás - uma promessa de deus; o escritor de Hebreus nos descreve que resta um repouso para o povo de deus, e não é aqui o nosso descanso, aquilo que Deus tem preparado para o seu povo, de estar com ele eternamente. Tua sorte é a herança, a vida eterna, o destino da igreja fiel. A igreja ela vê os sinais se cumprirem, e está consciente de que vivemos o fim dos dias; e vivemos na expectativa de que num abrir e fechar de olhos estaremos com o Senhor.



Conclusão:
Deus tem feito um chamado e dado a condição do homem permanecer na sua presença e alcançar a eternidade.

JESUS É O CONVITE DE DEUS PARA A VIDA.

Oséias 6:1-3


"VINDE, e tornemos para o Senhor, porque ele despedaçou e nos sarará; fez a ferida, e a ligará. Depois de dois dias nos dará a vida; ao terceiro dia os ressuscitará, e viveremos diante dele. Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; com a alva será a sua saída; e ele a nos virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra".


INTRODUÇÃO:
O nome Oséias significa salvação, e salvação é o projeto de Deus para o homem.

DESENVOLVIMENTO:
Vinde: é profético ao Senhor Jesus, aquele que viria convidar o homem. "Vinde a mi m os que estais cansados e...”
Tornemos para o Senhor: Porque o homem já provou da comunhão, da alegria, mas distanciou-se dos caminhos do Senhor.
Fez a ferida, e a ligará: Apontando profeticamente para o sacrifício de Jesus na cruz do calvário.

O 1° dia é da morte de Jesus, e pelas suas pisaduras fomos sarados.


Depois de dois dias: é o terceiro, e ao 3° dia ele nos ressuscitará. A morte e ressurreição de Jesus deu o direito a todo o que crê da vida eterna, e a vida eterna é a vida que prossegue para a eternidade.

Vinde e ele vai te sarar, da sua enfermidade, da sua tristeza, sua angústia. No processo da dinâmica da salvação. Deus está se revelando a nós de maneira especial (dons). A alva é o romper da manhã, porque um novo dia inicia para o homem quando ele conhece o Senhor, é o novo dia que nasce para a eternidade.


Chuva serôdia: É o derramar do espírito santo, é o operar do espírito santo sobre a terra seca que é o nesse coração.

CONCLUSÃO
Só o projeto de Deus resgata o homem para a vida, dando a salvação, e direito de participar da benção do Espírito Santo.

FIRMADO PELA FÉ NO PROJETO.

Zacarias 10:4
"Dele a pedra de esquina, dela a estaca, dele o arco de guerra, dele juntamente sairão todos os exatores".

INTRODUÇÃO:
Deus sempre usou os seus servos, os profetas para ensinarem e orientarem seu povo aquilo que é concernente ao seu projeto.

DESENVOLVIMENTO:
Hoje é o Espírito Santo quem nos ensina e nos orienta e pela palavra tomamos conhecimento do projeto de Deus.
Dele a pedra de esquina: Jesus é a rocha sobre a qual estamos firmados e edificados, e Jesus só pode edificar sua obra sobre este fundamento.
Dele a estaca: A estaca é para sustentar as tendas dos israelitas no deserto. È o que sustenta nossas vidas na caminhada, nos dando firmeza, são as doutrinas reveladas. O que nos dá uma base sólida no chão do deserto desta vida.
Dele o arco de guerra: Nos fala do poder da oração que atinge à distância. O topo dos céus, trazendo como resposta as bênçãos e vitórias do Senhor.
Juntamente sairão: A igreja nesta hora caminha no corpo onde tem governo e disciplina do Espírito Santo.

CONCLUSÃO:
Na obra do espírito temos todos os recursos para conhecer a vivermos o projeto de Deus e nos refugiarmos na rocha que é Jesus.

O PÃO NOSSO DE CADA DIA

Lucas 06:11

“O pão nosso de cada dia nos dai hoje”.

INTRODUÇÃO:


Palavra simples, muito conhecida, mas de um significado extraordinário para vida do homem. A primeira coisa importante desta palavra é que ela apresenta uma oração. Palavra que Jesus passava e mostrava para seus discípulos como uma oração – parte de uma oração. Quando falamos de oração, falamos de algo muito importante; porque é a maneira como a palavra de Deus (Bíblia) nos ensina de como devemos Ter acesso a Deus, e recorrer a Ele em todas as nossas necessidades. A palavra de Deus quando nos fala do relacionamento do homem com Deus, nos fala da oração.

DESENVOLVIMENTO:


O Pão

Nessa oração Jesus faz referência ao Pão “O Pão nosso de cada dia...”.

Quando esta palavra é colocada, a primeira coisa em que se pensa, que vem à nossa mente, é no sustento material; não faltar em casa a comida, não faltar a condição de se ter o alimento.

O Pão Vivo

A preocupação de Jesus, vai muito além disto; porque Espiritualmente, dentro da palavra (Bíblia) – o Pão tipifica a própria pessoa do Senhor Jesus. Jesus se apresenta na palavra em muitas oportunidades como sendo o pão – “Eu



sou o Pão da vida”“Eu sou o Pão vivo que desceu do céu”; Então quando Jesus deixa esta palavra, o Senhor quer acima de tudo nos mostrar que não podemos ficar sem Jesus... o Pão... o sustenta da alma;

O sustento da alma

Pão nos fala de alimento, sustento. As pessoas precisam disto; podem ficar algumas horas ou até dias sem se alimentar, mas, mais hora menos hora precisa se alimentar ou certamente vai perecer. Quando Jesus fala que precisamos do pão, esta falando que precisamos do sustento de nossa vida, de nossa alma, da presença de Jesus todos os dias em nossa vida (dinâmica da Salvação – pão nosso de cada dia) (fome e sede de paz, alegria, descanso, refrigério, segurança, vida eterna). O homem precisa de Jesus em sua vida.



O segredo da vitória

Hoje temos tido a oportunidade de ver pessoas que começam e não acabam, iniciam alguma coisa e ela não prospera (casamento, família, etc) porque não tem sustentação, porque Jesus não está presente. O homem age, tentar solucionar seus problemas, suas dificuldades, mas se não existir nada por detrás lhe sustentando, mantendo, renovando, em breves dias ele se acaba (casamento, a família, sentido de viver, etc). Ou o homem se alimenta do Pão vivo (experiência salvação em Jesus – deixar Senhor ser sustento de sua vida), ou morre (perdição eterna). Muitos estão vivendo assim, sem sustentação.



O Pão nosso

Vemos esta palavra como uma direção segura para nossas vidas. O Pão nosso (salvação para todos) (Jesus) de cada dia, tem nos sustentado cada dia na caminhada. Em sua presença encontramos sustento, paz, alegria, descanso, refrigério, segurança e vida eterna. Muitos estão precisando de sustentação (Jesus) em sua vida. Jesus presente cada dia em sua vida, fazer morada em seus corações.


CONCLUSÃO:


Quando o homem se alimenta do pão vivo (Jesus) cada dia, ele têm as necessidades de sua alma satisfeitas e é conduzido em segurança para Eternidade.
A IGREJA FIEL VALORIZA AS BÊNÇÃOS DO SENHOR.
Lucas 15: 8-10.
“Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar”.

Introdução:
As Dracmas (valores) são as bênçãos do Senhor que o servo fiel tem recebido, e o que vem do Senhor, o servo, mesmo diante de lutas ou tribulações não pode perder de maneira alguma.

Desenvolvimento:
A palavra nos conta sobre uma mulher que perdeu uma Dracma sentiu falta e se preocupou, pois já não tinha mais as dez anteriores.

Dez fala do compromisso do homem com Deus


1ª Atitude: Acendeu a candeia (coração) a casa estava escura, sem revelação, mas agora há fogo (Espírito Santo).
2ª Atitude: Varre a casa, que fala da vida espiritual, é colocar a casa em ordem da forma que agrada ao Senhor.
3ª Atitude: Busca com diligência (revelação) busca intensa, oração, jejum, madrugada.

Conclusão:
Quando acha, reúne amigos e vizinhos.

Amigas: Que têm acesso à casa (do Pai) são os irmãos, é a igreja corpo.

Vizinhos: Pessoas que não têm acesso a casa (do Pai), aqueles que ainda não conhecem ao Senhor.

E o convite é: Alegrai-vos comigo (Alegria da Salvação).




A CASA DO PAI

João 1:35-42

No dia seguinte João estava outra vez ali, e dois dos seus discípulos; e vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus. E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus. E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: que buscais? E eles disseram: Rabi, onde moras? Ele lhes disse: Vinde, e vede. Foram e viram onde morava, e ficaram com Ele aquele dia: e era já quase a hora décima. Era André, irmão de Simão Pedro, um dos dois que ouviram aquilo de João, e o haviam seguido. Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhes: Achamos o Messias. E levou-o a Jesus. E olhando Jesus para ele, disse: tu és Simão, filho de Jonas, tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro).”


INTRODUÇÃO:

O ensino sobre Jesus, vem sendo dado ao homem, seja através de uma escola religiosa, revistas, palestras, etc... a verdade é que se torna muito difícil hoje alguém dizer que não ouviu falar de Jesus, pois o nome de Jesus está sendo bastante difundido, seja com boa intenção ou de maneira equivocada. Mas Deus na verdade quer se fazer conhecido para com o homem, porem o detalhe é que esta condição não está vinculada na boa intenção ou cultura. A condição necessária para que o homem possa ter este encontro verdadeiro é justamente alcançar onde o Espírito Santo se faz presente, qual a direção certa para ir até Jesus, pois dependendo do lugar o homem nunca o encontrará.


DESENVOLVIMENTO:

O segredo para o homem encontrar a Jesus está na sinceridade do coração. Um sentimento puro o Senhor nunca rejeita. O coração de André estava em sinceridade para encontrar com Jesus, ele queria conhecer Jesus, pois era uma promessa de Deus que Jesus seria o Salvador de sua nação e seu coração anelava por este dia. E assim hoje muitos estão anunciando a Jesus, bem na verdade com muitos interesses, mas o verdadeiro Cristianismo não vive de aparência, mas de revelação. Quando João Batista aponta Jesus como o Cordeiro de Deus, logo o coração de André e do outro discípulo despertou para Jesus e o seguiram, e este ato, este encontro destinou a eles o privilegio de estar dentro da casa de Jesus. Hoje você está sendo chamado, neste momento quem aponta este caminho, quem aponta Jesus para você é o Espírito Santo, pois Ele quer que você saiba aonde o verdadeiro Deus faz morada, onde Ele habita, onde você poderá passar todos os dias na sua presença gloriosa... Quem sabe quantas vezes você vem procurando o lugar de habitação do Senhor Jesus, às vezes as alegrias aparentes do mundo, as vezes na religião e aonde você só encontrou decepção, vazio e nada aconteceu de novo em sua vida... mas hoje o Senhor como exemplo na vida de André e seu companheiro, você tem a oportunidade de tomar posse do seu direito de conhecer àquele que é o Verdadeiro Jesus, que te fala, que te chama: Vem filho meu... recebe a Vida.... venha para minha casa.... fique na minha presença...

Que sentimento maravilhoso de Jesus para com o homem... pois Ele não nega a benção para os que tem um coração sincero e arrependido, a benção de viver em comunhão em sua casa, de desfrutar de seu amor, de seu carinho, de seu cuidado, de ter o seu Espírito Santo, pois somente Ele pode dar a benção que o homem procura e completar o seu coração. Que tu buscas? Qual o teu objetivo em relação a Jesus? Só ouvir falar? Só conhecimento histórico que almejas? Só curiosidade? Mas se tu buscas paz, se buscas a verdadeira felicidade, o cuidado de um Deus Forte, então venha e veja onde Jesus mora. Venha viver em sua casa. Você não está aqui por acaso, você foi alvo do convite da Salvação e este convite veio de Deus para sua vida, pois aqui Ele te fará verdadeiramente feliz. Quando o homem tem este encontro com Jesus, a sua vontade é passar todos os momentos ao lado D'Ele, e anunciar as boas novas.
CONCLUSÃO:

Após o encontro com Jesus, André foi e contou ao seu irmão Simão que havia acontecido, falou de sua alegria, falou da profecia que estava se cumprindo cm Jesus, falou que encontrou a casa de Jesus, pois André acabava de achar a Jesus... Aquilo que era confuso, misterioso, encoberto para sua mente, se esclarece num piscar de olhos... e Simão foi com André para confirmar tudo isto e também encontrou com Jesus, o qual lhe mudou o nome e Jesus o chamava agora de Cefas (Pedro). Assim o texto mostra que Deus em Jesus alcançou um familiar, pois André e Pedro eram irmãos. E Deus quer que você entenda que tem uma benção para você, um lar de paz e de comunhão; neste encontro com o Salvador terás um nome na Eternidade, colocará teu nome no Livro da Vida; serás feliz, terá uma família espiritual, um lugar de refugio, de paz e proteção. Venha e veja o que Deus quer fazer por você. Aceite este chamado de amor que o Senhor te faz nesta hora e tu serás transformado para ser uma benção na presença de Deus, de participar do destino de Jesus, de ser vitorioso na caminhada e herdar a Eternidade.



O AMOR DE DEUS PELO HOMEM



Romanos 5:8
“Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”.

INTRODUÇÃO
O homem com a sua desobediência tem se distanciado de Deus, e as conseqüências disto são notáveis nos dias de hoje. O homem longe de Deus ele desconhece o plano do Senhor para sua vida, e vive mergulhado em suas necessidades, busca somente para essa vida, batalha para ter uma vida de descanso e prazer, mais sofre constantemente de uma vida sem paz, cansado, triste e atribulado. Às vezes desfruta de momentos de prazer, mais rapidamente sente a ansiedade dentro do coração, sente-se cansado de viver, a alma vazia.

DESENVOLVIMENTO
Mas Deus prova seu amor Neste momento Deus se revela o homem e faz um convite para desfrutar de uma benção celestial. Neste instante Deus revela seu grande amor e da ciência ao homem de um projeto para resgatá-lo e levá-lo para um lugar de descanso e paz
Em que Cristo morreu por nós Neste momento o Espírito Santo abre sua mente e então o homem entende que o sacrifício de Jesus não foi em vão, Jesus derramou seu sangue puro para perdoar nossos pecados, e ressuscitou para provar que é mais forte que a morte e por isco nos garantiu uma vida eterna com ele.
Sendo nós ainda pecadores Deus se revela ao homem mesmo ele estando em falha e distante de sua presença, mais se revela com um objetivo de conceder uma nova vida para o homem, sem sofrimentos, uma vida diferente, um novo nascimento, onde o homem desfrute de paz, alegria e descanso, que não são sentimentos iguais aos que o homem conhece neste mundo mais um descanso e paz para a alma, e a alegria da salvação que vem da eternidade e preenche o coração do homem de segurança.


CONCLUSÃO
O mundo continuara sofrendo as tribulações presentes. Deus oferece este amor a todos nós, a igreja tem desfrutado desta salvação maravilhosa e Deus tem transformado diariamente muitos corações.

A EVANGELIZAÇÃO NA REVELAÇÃO GERA FRUTOS



Hebreus 6:7
“Porque a terra que embebe a chuva que muitas vezes cai sobre ela, e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada”.

Introdução
A salvação é um milagre de Deus na vida do homem, e a igreja nesta hora está encarregada de ser um instrumento nas mãos de Deus pra levar uma mensagem de esperança ao mundo: Jesus é o refugio pra alma do homem.

Desenvolvimento
Terra que embebe a chuva – Fala do coração do homem que entendeu o projeto do Senhor, a chuva é a providência, o socorro que vem do céu, a palavra da vida, muitas vezes cai porque é a dinâmica da evangelização, onde o Espírito Santo age muitas vezes e de várias maneiras, produzindo a erva proveitosa que é o resultado do trabalho da igreja.

Os frutos são para o Pai, (por quem é lavrada).

Com o resultado do trabalho da igreja, o homem que abre o coração recebe a benção de Deus: a paz, a alegria, os livramentos, e a maior benção que é a Salvação.

Conclusão
O objetivo do trabalho da igreja é a salvação de vidas.

A IGREJA CAMINHA PELA FÉ.
Hebreus 11:05
“Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara. Pois, antes da sua trasladação, obteve testemunho de haver agradado”.

Introdução:
Deus nos chamou para pertencermos a uma igreja, que se destaca pela fé; que não está firmada em conceitos humanos, porque foi gerada pelo Espírito Santo nos nossos corações. E é essa fé que nos conduzirá à eternidade.

Desenvolvimento:
Enoque: Tipo da igreja fiel, porque andou com Deus, ou seja, na revelação; Enoque significa disciplina, e ele viveu 365 anos, e da mesma forma Deus tem escolhido servos que são obedientes (Disciplinados) e que andam 365 dias do ano na sua presença.
Jarede: Pai de Enoque, significa o que veio de cima , ou seja, quem nos gerou foi o Espirito Santo, gerou em nós a fé, esta tão grande salvação.

Enoque teve um filho chamado Metuselá, que foi o homem que mais viveu na face da terra, isso nos diz que a nossa fé gera em nós um fruto, que é a vida eterna.




Conclusão:
Por viver e andar na presença de Deus, caminhando pela fé, Enoque foi arrebatado antes do JUÍZO de Deus, da mesma forma a igreja, que não verá o juízo de Deus sobre este mundo, por que já estará para sempre com o Senhor na eternidade.


Março 2004




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal