O advento: CÂntico de fé e esperançA



Baixar 53,72 Kb.
Encontro18.08.2017
Tamanho53,72 Kb.

O ADVENTO: OS REIS QUE VEM DO ORIENTE

Pr. Rafael Luiz Monteiro
INTRODUÇÃO


  1. Apoc. 17 e 18

2. Daniel 11:35,31,40,44




  1. Travar-se-á uma luta sem tréguas a partir do inicio do tempo do fim. Satanás articulará todas as suas forças vivas visíveis e invisíveis, para se opor ao Cordeiro, e seus seguidores, a fim de não cumprir o propósito divino.




  1. A mensagem de Apoc. 14. Prepara um povo para o 2º Advento, esse preparo consiste em fazer um caminho novo no deserto. Caminho que seja direto para a Nova Jerusalém.

- De Babilônia a Nova Jerusalém




  1. Vejamos o que ocorre em Babilônia:

- “Porta dos deuses”

- “Confusão” – Torre de Babel

- Sentido sincretismo religioso para neutralizar a ação dos anjos de Apoc. 14.

- A marca de Babilônia – É a salvação pelas obras meritórias. É o espírito rebelde de Caim.

- Rebelião, idolatria, apostasia.




  1. Salvação é o propósito da obra de Cristo nesta terra.

Ex. Zaqueu, Madalena, Filho Pródigo, Ladrão na Cruz.

Rom. 5:1
Justificação, é o ato imediato de Deus em perdoar o pecador e lhe dá uma situação nova de Filho.
João 1:11-14
O Judaísmo se limitou a ter uma religião que acobertava seus pecados que é a religião do faz isto e não faz aquilo. E agora veio Jesus a plenitude do certo e do errado eles não o reconheceram.
Uma religião legalistica leva uma expectativa falsa de não ter pecados a confessar ou a abandonar a idéia do salvo com seus pecados.
O paganismo tinha a mesma meritória de fazer alguma coisa a fim de mover o braço da divindade em favor do adorador. Veio Jesus demonstrando uma salvação que era de graça, mas exige submissão, é total mas exige a cooperação do homem, é completa mas precisa da ação coordenada do pecador em aceitar, ouvir, crer, seguir, tomar a cruz, etc.
“Mas é Deus que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade”. Paulo.
- Biblioteca é exatamente isto: rebelião, idolatria, apostasia.

- O mesmo espírito de CAIM.


I – OS REIS DE ISRAEL ERAM SÍMBOLOS DO MESSIAS:


  1. Deus - Israel: Teocracia

  2. Deus – Israel: Monarquia, mas com a ação dos Profetas

  3. Cada rei deveria simbolizar o Messias – Rei

Babilônia



N

X
Mar Deserto

O L




S

Egito




  1. Os reis de Israel falharam em representar o caráter de Deus na liderança das nações e foram alijados desse privilégio.

- Cativeiros -

- Assíria - 722 a.C.

- Babilônia - 597 a.C.

- 586 a.C.
No cativeiro eles são reunidos mas sem a mesma identidade geopolítica.
- Os profetas do exílio ajudam a sair de Babilônia um remanescente.
5.000 a 1ª leva

55.000 a 2ª leva

52 pessoas a 3ª leva
- Só saiu um remanescente.

- Os que ficaram sofreram dissabores de uma vida entre os adoradores de JHWH.

- Reconstrução do templo por Zorobabel - embelezado por Herodes. Séculos mais tarde já no período do férreo domínio de Roma Paga.

- O tempo foi construído em cibea do Monte Sião – Monte Santo.

- Daniel 11:40 – 3 entidades que desde 1798 estão em ação.

1. Monte Santo

2. Rei do Norte

3. Rei do Sul


1. Que é o Monte Santo?
Salmos 2:6; 3:4; 9:11
O monte sião é Santo porque Deus habita nele. Salmos 76:1,2; 78:54

Nos Salmos, o Monte Sião é chamado de Monte Santo, nos profetas menores. Zac. 8:3,2 Joel 2:16; Obadias 16,17

Davi, deu o nome de Monte Sião - Hebrom, Cidade de Davi - Sion era cidade dos Jebuseus; antes era chamada de Salém, Davi ocupou a Cidade e deu-lhe o nome de Jerusalém.
Colina de Ofel - Sião

Davi queria fundar seu grande império e com isto compreender guenas de conquistas, o que não era plano de Deus.

Monte Moriá, ofereceu Davi sacrifício pelo seu pecado de ambição para cessar a praga onde pareceram 70 mil israelitas de Berseba.
Monte Sião, o povo xioia.
Zac. 9:9 – Profecia de Jesus subindo para o Monte Sião, Jerusalém e o templo.
Mat. 21:5; João 12:15

João 12:15

1. Parábolas dos lavradores Maués – Mat. 21:33-34.

Judeus – Gentios




  1. Rom. 2:17 – Rom. 2:28,29




  1. Rom. 9:6 – Falsos Israelitas

Nova entidade surge em lugar de Israel - segundo a carne


  1. I Cor. 10:18 - Gal. 6:16

Ef. 3:6,10

Rom. 11:


Em Cristo todos formam um só corpo

- Filhos de Deus. Gal. 3:26 - 29

Ver Heb. 12:18,19 - 22,23

Monte Sinai - Monte Sião


Houve um Monte Sião na Palestina. Era Santo porque Deus morava ali. Jesus advertiu que esse Monte iria ficar deserto no fim das 70 semanas de Daniel. A glória de Deus passaria de seu povo.
O NT apresenta uma nova entidade

- O novo Israel de Deus, formado por Judeus e gentios, Paulo chama de Monte Sião. (v. 22)


Desde o ano 34 a.D. quando terminaram as 70 semanas de Daniel o Monte Sião deixou de ser geográfico para ser a Igreja.
2. A mensagem de Apoc. 14 é um chamado para subir o Monte Sião. Este é o verdadeiro Siowismo.


  1. Satanás – o Dragão

a Besta Leopardo

o Falso Profeta


apresentam um falso Siowismo com a criação do novo estado de Israel na Palestina, 14, 03, 1948
II – REI DO NORTE E DO SUL
- O verdadeiro Rei do Norte

- O falso Rei do Norte – Sal. 15-24

Sal. 48-1,2 – “Monte de Sião, aos lado do Norte”

Sal. 75 – 6,7 – “Nem do Oriente, nem do Ocidente, nem do Sul, (deserto) que vem do auxílio”. Só do Norte

Eze. 9:12; 1:4 – Ezequiel teve a visão da Glória de Deus, vindo a Jerusalém tomando o rumo do Norte.
Falso Rei do Norte – Isa. 14:13 – Ezeq. 28:12
- Ocupar o lugar de Deus – Lúcifer, foi criado para ser o Querubim protetor e foi colocado no Monte Santo de Deus, muito antes de haver um Monte Santo na Palestina.
Ocupar o lugar de Deus na igreja – 2 tess. 2:3,4.
No céu – ocupar o trono de na terra – a igreja de Deus – liderar
De todas as nações a que mais aproximou a cumprir o plano de destruir o Monte Sião, foi Babilônia:


  1. Jer. 1:13,14; 4:6,7

  2. Jer. 6:1; Jer. 46:6,10; 25:9,10

Babilônia é a figura simbólica de Apocalipse que tenta desarticular o Monte Sião.

- Rio Eufrates, cortava Babilônia de Nabucodonosor

- Secamento do Eufrates


144.000 no Monte de Sião – Apoc. 14:6-12, os 144 mil reunidos no Monte Sião, as 3 mensagens explicam porque os 144.000 estão reunidos no Monte Sião. V. 12-16 de todos os reinos da terra.

1600 estádios – Extensão global da ceifa.

Voltemos a Apocalipse:


  1. Besta do abismo - 11

  2. O Reino do Norte - Babilônia - Papado

  3. O Rei do Sul - Egito - Sodoma - Jer. 46:20

Em 1798, o sul país do Egito do ponto de vista geográfico é impossível os literalistas.

Em 1798, ou por essa época, iria surgir no cenário das nações um poder que espiritualmente se caracterizaria como Sodoma (imoralidade)

Egito (ateísmo)

Jerusalém (Perseguição)
Ex. 5:2 – Eze. 29:3,10. Faraó, ateu, O Nilo é meu.

Educação p. 224,228

Idealismo de Hegel (Filosofia)

Existencialismo (Sociedade)

Evolucionismo (Ciência)

Teologias afins (Religião)

Marxismo Lecrinismo (Política)
Em 1798, o golpe do Rei do Sul ao Rei do Norte, foi a ferida mortal. Mas o Rei do Norte se restabelecerá e combaterá o Rei do Sul, conseguindo vencê-lo voltará sem intento perseguidos ao Monte Sião. Isto agora no fim dos tempos.
O Rei do Sul – França, Ateísmo da Rev. Francesa.

O Rei do Norte – Papado

O Monte Sião – A Igreja de Apoc.14.
III – OS REIS DO ORIENTE: OS RUMORES DO ORIENTE OU RUMORES DO NORTE.


  1. Voltemos a Daniel 11:44

- Os rumores do Oriente

- Os rumores do Norte


  1. No momento que o Rei do Norte deseja destruir o Monte Sião, isto é, o falso Rei do Norte, o verdadeiro Rei do Norte aparecerá para anunciar a 2ª Vinda de Cristo.

Isaias 41:25 – Ciro, Sol
Ciro,foi libertador dos cativos de Babilônia no tempo de Nabucodonosor. E ele usou a estratagema militar de secar o Eufrates ou melhor, desviar as águas do Rio Eufrates, podendo se enfiltrar por debaixo das muralhas de Babilônia.
Enquanto fora uma ação militar de livramento; dentro uma ação de rebelião de Belsazar no banquete de Babilônia.
Daniel 11:44 - Dan. 12:1

- Oriente, aplicado a Cristo

Oseias 6:3 - Malaq. 4:2.

Lucas 1:78

Apoc. 7:2

Mat. 24:27

- Reis do oriente - Cristo e seus anjos - Apoc. 18

- GC. P. 464.

2ª Vinda - Pré-Milênio

Milênio – Post – 2ª Vinda


Jesus intervém para salvar o Remanescente da odiosa ação da Besta Leopardo e do falso Profeta e o Dragão.
- Os 3 anjos de Apoc. 14. Não podem parar em sua ação de proclamar o Evangelho Eterno.

- No momento, eles estão ainda no anonimato. Logo deixarão de ocupar as cômodas posições no mundo, quando essa mensagem se tornar num alto clamor.

- Controvérsia do SÁBADO e o DOMINGO.
Semelhante a Jesus em seu ministério:

- Subiu ao Monte Sião

- Purificou o templo

- Ensinou e evangelizou no curto espaço de 1 semana.

- Foi preso, julgado, condenado.

- Na cruz atraiu multidões que vinham de todos os lugares.

- Ressuscita

- Pregação Apostólica



- Pentecostes
CONCLUSÃO:


  1. O Remanescente fará o mesmo.




  1. Deus tem um povo em Babilônia para sair ao Monte de Sião.




  1. Deus tem um povo no Monte de Sião que deverá entrar com o Cordeiro no cume do Monte.




  1. Eles andarão de branco com o Cordeiro.








©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal