Nome Completo: Helena Maria Glória Viana



Baixar 6,95 Kb.
Encontro12.09.2017
Tamanho6,95 Kb.

Nome Completo: Helena Maria Glória Viana
Natural de: São José do Calçado, ES, Brasil
Nascimento: 1943 

Atriz

1998 - Até que a Vida nos Separe


1977 - As Aventuras de Momo Montanha
1976 - Um homem Célebre
1974 - O Marginal
1973 - Toda Nudez será Castigada
1973 - Os Homens que Eu Tive
1972 - Os Devassos
1972 - A Viúva Virgem
1972 - Eu Transo, Ela Transa
1971 - Lua-de-Mel e Amendoim
1969 - O Matador Profissional
1969 - Os Paqueras
1969 - Golias Contra o Homem das Bolinhas
1969 - Por um amor Distante
1969 - Os Raptores
1968 - Os Viciados
1968 - Papai Trapalhão
1967 - Terra em Transe
1966 - Nudismo à Força
1965 - São Paulo S.A
1965 - Paraíba, Vida e Morte de um Bandido
1965 - Choque de Sentimentos
1964 - Um Ramo Para Luíza
Premiações

- Em 1966 recebe o prêmio de melhor atriz coadjuvante por sua atuação em Choque de Sentimentos.

- Melhor Atriz no Festival de Berlim por Toda Nudez Será Castigada.
Curiosidades

- Seus pais querem que seja professora, mas seus dotes artísticos já são fortes.

- Começa sua carreira cantando na Rádio Cachoeiro de ltapemirim, ao lado do desconhecido Roberto Carlos.

- Em 1958 é eleita miss da cidade.

- Muda-se para o Rio de Janeiro e passa a apresentar-se em programas de calouros, primeiro como cantora e depois como rádio-atriz, seguindo-se Teatro de Comédia, Teatro de Revista e até espetáculos circenses, até encontrar seu verdadeiro caminho, o cinema.

- Estréia em 1964, em Um Ramo Para Luíza.

- A cada novo filme, sua participação vai crescendo de importância.

- Seu maior momento no cinema acontece em 1973 no filme Toda Nudez será Castigada.

- Nos anos 80 abraça a religião evangélica e torna-se a irmã Helena Brandão, assumindo o nome de seu marido, pastor.

- Em 1987, volta rapidamente à televisão, mas acaba se fixando em Nova York, onde produz vídeos e curta-metragens evangélicos.

- Longe da TV desde 1987, retorna em 1997 para participar de um episódio do programa "Você Decide", pela TV Globo.

- Volta ao cinema em 1998 em Até que a Vida nos Separe, de José Saragoza.



Fonte: www.adorocinemabrasileiro.com.br



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal