No princípio apresentaçÃO



Baixar 2,45 Mb.
Página3/32
Encontro03.05.2017
Tamanho2,45 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   32

[1913-CT] Counsels to Parents, Teachers, and Students {3/27/1} | Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes {3/27/1}

Was not Satan the light bearer, the sharer of God's glory in heaven, and next to Jesus in power and majesty? In the words of Inspiration he is described as one who sealeth up the sum, "full of wisdom, and perfect in beauty." The prophet declares, "Thou art the anointed cherub that covereth; and I have set thee so: thou wast upon the holy mountain of God; thou hast walked up and down in the midst of the stones of fire. Thou wast perfect in thy ways from the day that thou wast created, till iniquity was found in thee." Ezekiel 28:12, 14, 15. . . .

Não foi Satanás o portador de luz, o participante da glória de Deus no Céu, o primeiro depois de Jesus, em poder e majestade? Nas Palavras da Inspiração, é ele descrito como o que conferia a medida, "cheio de sabedoria e perfeito em formosura". Ezeq. 28:12. O profeta declara: "Tu eras querubim ungido para proteger, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti." Ezeq. 28:14 e 15.
Pelos textos deste tópico, em Autoridade, Honra, Poder, Glória e Majestade O Pai e o Filho, como Divindade, ocupam a PRIMEIRA posição no Céu. Lúcifer ocupou a posição LOGO ABAIXO DA POSIÇÃO DE Cristo, ou seja, a SEGUNDA posição. Mesmo ocupando a SEGUNDA posição no Céu, Lúcifer, como criatura, obviamente não poderia ser contado como participante da Divindade; desta, somente o Pai e o Filho poderiam fazer parte. Por isso, “e tanto para com Cristo, como para com o Pai, todo o Céu mantinha lealdade.” GC {1/493/1c}.
A Luz da Glória da Presença de Deus, proveniente do Seu Trono, estava sobre Lúcifer. Essa é a mesma luz que brilhará no rosto dos santos em algumas ocasiões e descerá sobre Cristo em forma de pomba, no Seu batismo:

Lucas 3:21 e 22

E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu, e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.


[1898-DA] The Desire of Ages {11/112/1} | O Desejado de Todas as Nações {11/112/1}

“Nunca dantes haviam os anjos ouvido tal oração. Anseiam trazer a Seu amado Capitão uma mensagem de certeza e conforto. Mas não; o próprio Pai responderá à petição do Filho. Diretamente do trono são enviados os raios de Sua glória. Abrem-se os céus, e sobre a cabeça do Salvador desce a forma de uma pomba da mais pura luz - fiel emblema dEle, o Manso e Humilde”.


“fiel emblema dEle, o Manso e Humilde”. Emblema do Filho.
007 - O PAI E O FILHO PLANEJAM CRIAR O HOMEM. LÚCIFER NÃO É CONVIDADO AO CONCÍLIO DOS DOIS E TORNA-SE INVEJOSO DO FILHO. O COMEÇO DO MAL COM LÚCIFER. LÚCIFER PASSA A COBIÇAR A ÚNICA POSIÇÃO APÓS A POSIÇÃO DO PAI: A DO FILHO

[1884-4SP] The Spirit of Prophecy, Vol. 4 {24/317/1a}

But over this happy state there came a change.

Sobreveio, porém, uma mudança neste estado de felicidade.
[1890-PP] Patriarchs and Prophets {1/35/1b} | Patriarcas e Profetas {1/35/1b}

But a change came over this happy state.

Sobreveio, porém, uma mudança neste estado de felicidade.
[1888-GC88] The Great Controversy {29/493/3a} | O Grande Conflito {29/493/3a}

But there was one that chose to pervert this freedom.

Houve, porém, um ser que preferiu perverter esta liberdade.
[1890-PP] Patriarchs and Prophets {1/35/1c} | Patriarcas e Profetas {1/35/1c}

There was one who perverted the freedom that God had granted to His creatures.

Houve um ser que perverteu a liberdade que Deus concedera a Suas criaturas.
[1884-4SP] The Spirit of Prophecy, Vol. 4 {24/316/3a}

Sin originated with him, who, next to Christ, stood highest in the favor of God, and highest in power and glory among the inhabitants of Heaven.

O pecado originou-se com aquele que, abaixo de Cristo, fora o mais honrado por Deus, e o mais elevado em poder e glória entre os habitantes do Céu.

[1888-GC88] The Great Controversy {29/493/3b} | O Grande Conflito {29/493/3b}

Sin originated with him, who, next to Christ, had been most honored of God, and who stood highest in power and glory among the inhabitants of Heaven.

=[1890-PP]
[1890-PP] Patriarchs and Prophets {1/35/1d} | Patriarcas e Profetas {1/35/1d}

Sin originated with him who, next to Christ, had been most honored of God and was highest in power and glory among the inhabitants of heaven.

O pecado originou-se com aquele que, abaixo de Cristo, fora o mais honrado por Deus, e o mais elevado em poder e glória entre os habitantes do Céu.
[1858-1SG] Spiritual Gifts, Vol. 1 {1/17/1b}

And I saw that when God said to his Son, Let us make man in our image,

E eu vi que quando Deus disse ao seu Filho, Façamos o homem à Nossa imagem,
[1864-3SG] Spiritual Gifts, Vol. 3 {2/36/1a}

Before the fall of Satan, the Father consulted his Son in regard to the formation of man. They purposed to make this world, and create beasts and living things upon it, and to make man in the image of God, to reign as a ruling monarch over every living thing which God should create.

Antes da queda de Satanás, o Pai consultou seu Filho com respeito à formação do homem. Eles pretenderam fazer este mundo, e criar animais e coisas vivas nele, e fazer o homem à imagem de Deus, para reinar como um monarca governante sobre toda coisa viva que Deus deveria criar.
[1874.02.24-RH] Review and Herald {3a}

God, in counsel with his Son, formed the plan of creating man in their own image.

Deus, em deliberação com seu Filho, formou o plano de criar o homem à própria imagem deles.
[1877-2Red] The Redemption Series N. 2 - Redemption; or the Temptation of Christ --in-- The Wilderness {6/1a} | No Deserto Da Tentação {2/12/1a}

God, in counsel with his Son, formed the plan of creating man in his own image.

Deus, em conselho com seu Filho, estabeleceu o plano de criar o homem à Sua própria imagem.
[1882-EW] Early Writings of Ellen G. White {33/145/1b} | Primeiros Escritos {33/145/1b}

But when God said to His Son, "Let us make man in our image,

Mas quando Deus disse a Seu Filho: "Façamos o homem à Nossa imagem" (Gên. 1:26),
O Homem será criado à imagem de DOIS seres Divinos: o Pai e o Filho. Como a imagem do terceiro, Lúcifer, criatura, não foi incluída aí, eis o motivo pelo qual Satanás tenta apagar, excluir a imagem Divina, o Espírito Divino do homem e substituí-los pela sua imagem e espírito iníquo. Sobre esse espírito iníquo comentaremos adiante.
[1858-1SG] Spiritual Gifts, Vol. 1 {1/17/1c}

Satan was jealous of Jesus. He wished to be consulted concerning the formation of man. He was filled with envy, jealousy and hatred. He wished to be the highest in heaven, next to God, and receive the highest honors.

Satanás teve ciúmes de Jesus. Ele desejava ser consultado quanto à formação do homem. Ele se encheu de inveja, ciúmes e ódio. Ele desejou ser o mais alto no céu, o primeiro depois de Deus, e receber as mais altas honras.
[1864-3SG] Spiritual Gifts, Vol. 3 {2/36/1b}

When Satan learned the purpose of God, he was envious at Christ, and jealous because the Father had not consulted him in regard to the creation of man. Satan was of the highest order of angels; but Christ was above all. He was the commander of all Heaven. He imparted to the angelic family the high commands of his Father. The envy and jealousy of Satan increased.

Quando Satanás entendeu o propósito de Deus, ele ficou invejoso de Cristo, e ciumento porque o Pai não o tinha consultado com respeito à criação do homem. Satanás era da ordem mais alta dos anjos; mas Cristo estava acima de tudo. Ele era o comandante de todo o Céu. Ele fez conhecida à família angelical os altos comandos de seu Pai. A inveja e o ciúme de Satanás aumentaram.
[1882-EW] Early Writings of Ellen G. White {33/145/1c} | Primeiros Escritos {33/145/1c}

" Satan was jealous of Jesus. He wished to be consulted concerning the formation of man, and because he was not, he was filled with envy, jealousy, and hatred. He desired to receive the highest honors in heaven next to God.

Satanás teve ciúmes de Jesus. Ele desejava ser consultado sobre a formação do homem, e porque não o foi, encheu-se de inveja, ciúmes e ódio. Ele desejou receber no Céu a mais alta honra depois de Deus.
Na ótica de Lúcifer, o Filho ocupa uma posição logo IMEDIATA ao Pai, a 2ª. Na realidade não há uma posição intermediária entre o Pai e o Filho, de forma que o Filho ocupe a 3ª posição e Lúcifer, a 4ª. Não temos: 1ª - Pai, 2ª - Alguém, 3ª - Filho e 4ª - Lúcifer. Mas temos: 1ª - Pai e Filho e 2ª - Lúcifer. Na ótica de Lúcifer, temos: 1ª - Pai, 2ª - Filho e 3ª - Lúcifer. Não há uma outra pessoa envolvida entre os três. O Grande Conflito será travado somente entre essas três pessoas.
[1886.03.09-RH] Review and Herald {3a}

Sin began with Satan when he was an exalted angel in heaven. He had great honor there among the angels. The first sign of his dissatisfaction was the manifestation of his desire to be equal with God, to be worshiped as God.

O pecado começou com Satanás quando ele era um exaltado anjo no céu. Ele teve grande honra entre os anjos. O primeiro sinal de sua insatisfação foi a manifestação do desejo dele de ser igual à Deus, ser adorado como Deus.
[1901.09.24-RH] Review and Herald {4a} / SDABC, Vol. 4 {1163/1a} | A Fé Pela Qual Eu Vivo – MM 1959 {66/2}

Evil originated with Lúcifer, who rebelled against the government of God. Before his fall he was a covering cherub, distinguished by his excellence. God made him good and beautiful, as near as possible like himself.

O mal originou-se com Lúcifer, que se rebelou contra o governo de Deus. Antes de sua queda era um querubim cobridor, distinguido pela sua primazia. Deus o fizera bom e formoso, tanto quanto possível semelhante a Si mesmo.
[1897.09.07-RH] Review and Herald {1b}

Satan has great skill and wonderful ability. God entrusted him with power and wisdom; but he became filled with self-exaltation and thought that he should be first in heaven.

Satanás tem grande e maravilhosa habilidade. Deus confiou a ele poder e sabedoria; mas ele começou a encher-se de auto-exaltação e pensou que ele deveria ser o primeiro no céu.
[1884-4SP] The Spirit of Prophecy, Vol. 4 {24/317/1b}

Says the prophet, addressing the prince of evil, "Thine heart was lifted up because of thy beauty, thou hast corrupted thy wisdom by reason of thy brightness."[1 EZE. 28:17.] Though God had created Lúcifer noble and beautiful, and had exalted him to high honor among the angelic host, yet he had not placed him beyond the possibility of evil. It was in Satan's power, did he choose to do so, to pervert these gifts. He might have remained in favor with God, beloved and honored by all the angelic throng, presiding in his exalted position with generous, unselfish care, exercising his noble powers to bless others and to glorify his Maker. But, little by little, he began to seek his own honor, and to employ his powers to attract attention and win praise to himself. He also gradually led the angels over whom he ruled to do him service, instead of devoting all their powers to the service of their Creator. This course perverted his own imagination, and perverted those who yielded implicitly to his authority.

Diz o profeta, dirigindo-se ao príncipe do mal, "Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor”.[1 EZE. 28:17.] Entretanto, Deus tinha criado Lúcifer nobre e belo, e o tinha exaltado a alta honra entre a hoste angelical, contudo ele não o tinha colocado livre da possibilidade de mal. Estava no poder de Satanás, ele escolheu fazer assim, perverter estes dons. Ele poderia ter permanecido no favor de Deus, amado e honrado por toda a multidão angelical, presidindo na sua posição exaltada com generosidade, desinteressado cuidado, exercitando seus nobres poderes para abençoar outros e glorificar seu Criador. Mas, pouco a pouco, ele começou a buscar a sua própria honra, e empregar seus poderes para chamar atenção e ganhar elogios. Ele gradualmente conduziu também os anjos sobre os quais regia para o seu serviço, em vez de dedicar todos seus poderes ao serviço do seu Criador. Este curso perverteu sua própria imaginação, e perverteu aqueles que se renderam implicitamente a sua autoridade.
[1888-GC88] The Great Controversy {29/494/1} | O Grande Conflito {29/494/1}

Lúcifer might have remained in favor with God, beloved and honored by all the angelic host, exercising his noble powers to bless others and to glorify his Maker. But, says the prophet, "Thine heart was lifted up because of thy beauty, thou hast corrupted thy wisdom by reason of thy brightness."[1 EZE. 28:12-15, 17.] Little by little, Lúcifer came to indulge a desire for self-exaltation. "Thou hast set thine heart as the heart of God." "Thou hast said: . . . I will exalt my throne above the stars of God; I will sit also upon the mount of the congregation." "I will ascend above the heights of the clouds; I will be like the Most High."[2 EZE. 28:6; ISA. 14:13, 14.] Instead of seeking to make God supreme in the affections and allegiance of his creatures, it was Lúcifer's endeavor to win their service and homage to himself. And, coveting the honor which the infinite Father had bestowed upon his Son, this prince of angels aspired to power which it was the prerogative of Christ alone to wield.

Lúcifer poderia ter permanecido no favor de Deus, ser amado e honrado por toda a hoste angélica, exercendo suas nobres faculdades, a fim de abençoar outros e glorificar o seu Criador. Mas, diz o profeta: "Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor." Ezeq. 28:17. Pouco a pouco Lúcifer veio a condescender com o desejo de exaltação própria. "Estimas o teu coração como se fora o coração de Deus." "E tu dizias: ... Acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei. ... Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo." Ezeq. 28:6; Isa. 14:13 e 14. Em vez de procurar fazer com que Deus fosse supremo nas afeições e lealdade de Suas criaturas, era o esforço de Lúcifer conquistar para si o seu serviço e homenagem. E, cobiçando a honra que o infinito Pai conferira a Seu Filho, este príncipe dos anjos aspirou ao poder cujo uso era prerrogativa de Cristo, unicamente.
[1890-PP] Patriarchs and Prophets {1/35/2} | Patriarcas e Profetas {1/35/2}

Little by little Lúcifer came to indulge the desire for self-exaltation. The Scripture says, "Thine heart was lifted up because of thy beauty, thou hast corrupted thy wisdom by reason of thy brightness." Ezekiel 28:17. "Thou hast said in thine heart, . . . I will exalt my throne above the stars of God. . . . I will be like the Most High." Isaiah 14:13, 14. Though all his glory was from God, this mighty angel came to regard it as pertaining to himself. Not content with his position, though honored above the heavenly host, he ventured to covet homage due alone to the Creator. Instead of seeking to make God supreme in the affections and allegiance of all created beings, it was his endeavor to secure their service and loyalty to himself. And coveting the glory with which the infinite Father had invested His Son, this prince of angels aspired to power that was the prerogative of Christ alone.



Pouco a pouco Lúcifer veio a condescender com o desejo de exaltação própria. Dizem as Escrituras: "Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor." Ezeq. 28:17. "Tu dizias no teu coração: ... acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono. ... Serei semelhante ao Altíssimo." Isa. 14:13 e 14. Se bem que toda a sua glória proviesse de Deus, este poderoso anjo veio a considerá-la como pertencente a si próprio. Não contente com sua posição, embora fosse mais honrado do que a hoste celestial, arriscou-se a cobiçar a homenagem devida unicamente ao Criador. Em vez de procurar fazer com que Deus fosse o alvo supremo das afeições e fidelidade de todos os seres criados, consistiu o seu esforço em obter para si o serviço e lealdade deles. E, cobiçando a glória que o infinito Pai conferira a Seu Filho, este príncipe dos anjos aspirou ao poder que era a prerrogativa de Cristo apenas.
[1902.07.23-ST] The Signs of the Times {5a}

Tho all his glory was from God, Lúcifer came to regard it as pertaining to himself. Not content with his position, tho honored above the heavenly host, he ventured to covet homage due alone to the Creator.

Toda sua glória era originada de Deus, Lúcifer veio considerar isto como pertencente a ele mesmo. Não contente com sua posição, para ser honrado sobre a hoste celeste, ele aventurou cobiçar homenagem devida só ao Criador.
[1907] Manuscript 125 / Sermons and Talks, Vol. 1 {387/4} / SDABC, Vol. 4 {1162} | A Fé Pela Qual Eu Vivo – MM 1959 {66/4}

The first sinner was one whom God had greatly exalted. He is represented under the figure of the prince of Tyrus flourishing in might and magnificence. Little by little Satan came to indulge the desire for self-exaltation. The Scripture says: "Thine heart was lifted up because of thy beauty; thou hast corrupted thy wisdom by reason of thy brightness." "Thou hast said in thine heart . . . I will exalt my throne above the stars of God. . . . I will be like the Most High"[Isa. 14:13, 14]. Though all His glory was from God, this mighty angel came to regard it as pertaining to himself. Not content with his position, though honored above the heavenly host, he ventured to covet homage due alone to the Creator. Instead of seeking to make God supreme in the affections and allegiance of all created beings, it was his endeavor to secure their service and loyalty to himself. And coveting the glory with which the infinite Father has invested His Son, this prince of angels aspired to power that was the prerogative of Christ alone.

O primeiro pecador foi um a quem Deus exaltara grandemente. Ele é representado sob a figura do príncipe de Tiro florescendo em poder e magnificência. Pouco a pouco Satanás veio a condescender com o desejo de exaltação própria. Las Escrituras dicen: "Se enalteció tu corazón a causa de tu hermosura, corrompiste tu sabiduría a causa de tu esplendor". "Tú que decías en tu corazón:... En lo alto, junto a las estrellas de Dios, levantaré mi trono... seré semejante al Altísimo". Embora toda a sua glória proviesse de Deus, este poderoso anjo veio a considerá-la como pertencente a si mesmo. Não contente com sua posição, embora honrado acima das hostes do Céu, atreveu-se a cobiçar a homenagem devida somente ao Criador. Em vez de procurar fazer a Deus supremo na afeição e fidelidade de todos os seres criados, empenhou-se em atrair para si o serviçalismo e lealdade deles. Y al codiciar la gloria que el Padre infinito ha conferido a su Hijo, este príncipe de los ángeles aspiraba a un poder que sólo correspondía a Cristo.
[1870-1SP] The Spirit of Prophecy, Vol. 1 {1/17/1c} | História da Redenção {1/13/1c}

Satan was envious of Christ, and gradually assumed command which devolved on Christ alone.



Lúcifer invejou a Cristo, e gradualmente pretendeu o comando que pertencia unicamente a Cristo.
[1902.07.23-ST] The Signs of the Times {3}

Little by little, Lúcifer came to indulge the desire for self-exaltation. Because of the exaltation of Christ, the One equal with the Father, he allowed jealousy to arise in his heart.

Pouco a pouco, Lúcifer veio favorecer o desejo de auto-exaltação. Por causa da exaltação de Cristo, o ÚNICO igual ao Pai, ele permitiu surgir ciúmes em seu coração.

one (w¾n) adj. 1. Being a single entity, unit, object, or living being; not two or more.
Cristo fora exaltado com a quádrupla honra que o Pai Lhe conferira: o trono, a autoridade, a glória e o poder (criador).

Por Sua Divindade o Filho é IGUAL e UM com o Pai. É o “Filho Unigênito de Deus” Tem Vida Divina concedida pelo Pai. No Princípio o Pai deu-Lhe a Honra, o Trono, o Comando (Autoridade), a Glória, o Poder e o Exaltou. Mais adiante o Pai vai CONFIRMAR essa investidura do Filho. Lúcifer, a princípio, parece querer destronar aos Dois, mas depois se contenta em cobiçar a posição do Filho. Obviamente que ele imaginava ser o Filho “mais frágil” que o Pai. Do Pai ele “sabia que o Seu poder não conhecia limites” VA {3/29/1}”. Devia imaginar que pelo motivo de o Filho ser gerado do Pai, Ele não tivesse o mesmo poder que o Pai.


[1906] Letter 162 | SDABC, Vol. 4 {1143/1a}

The records of some are similar to that of the exalted angel who was given a position next to Jesus Christ in the heavenly courts. Lúcifer was enshrouded with glory as the covering cherub. Yet this angel whom God had created, and entrusted with power, became desirous of being as God.

Los registros de algunos son similares al del excelso ángel cuya categoría seguía a la de Jesucristo en los atrios celestiales. Lúcifer, como querubín protector, estaba rodeado de gloria. Sin embargo, este ángel a quien Dios había creado dotado de poder, llegó a sentir deseos de ser como Dios.
[1901.09.24-RH] Review and Herald {4b}

Of him it is written, "Thou wast perfect in thy ways from the day that thou wast created, till iniquity was found in thee." But self-exaltation entered his heart. Inspiration records the charge against him: "Thine heart wast lifted up because of thy beauty, thou hast corrupted thy wisdom by reason of thy brightness." "How art thou fallen from heaven, O Lúcifer, son of the morning! how art thou cut down to the ground, which didst weaken the nations! For thou hast said in thine heart, I will ascend unto heaven, I will exalt my throne above the stars of God: I will sit also upon the mount of the congregation, in the sides of the north: I will ascend above the heights of the clouds; I will be like the Most High. Yet thou shalt be brought down to hell, to the sides of the pit."

Dele é escrito, "Tu foste perfeito em teus caminhos desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti." Mas a auto-exaltação entrou em seu coração. A Inspiração registra seu crime: "Teu coração se ergueu por causa de tua formosura, corrompeste tua sabedoria por causa do teu brilho”. "Como caíste do céu, O Lúcifer, filho da manhã! como caíste, tu que debilitavas as nações! Pois disseste em teu coração, eu ascenderei até o céu, eu exaltarei meu trono acima das estrelas de Deus: também sentarei no monte da congregação, nos lados do norte,: Eu ascenderei acima das alturas das nuvens; Eu serei como o Altíssimo. Mas tu serás lançado abaixo para o inferno, para a sepultura".



1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   32


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal