moema4.doc [A Place in Time]



Baixar 13,58 Kb.
Encontro26.07.2018
Tamanho13,58 Kb.



RESUMO


Esta pesquisa tem o intuito de particularizar estudo sobre a universidade, buscando reconstituir experiência do Ensino Superior na Região Sul da Bahia, conduzida a partir da década de 1960, de maneira a perceber-se especificidades da trajetória da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), situadas e datadas, particularmente enraizadas nos espaços sociais, econômicos, políticos e culturais da região do seu entorno. Tenta-se situar o lugar enquanto espaço-tempo, procurando identificar as transformações que se processam no seu interior, capazes de fazer surgir a Instituição de Ensino Superior. Isto significa perceber a região como expressão essencial da sua própria cultura e as implicações que geraram a instituição universitária, como fatores fundamentais para a busca dos elementos significativos que permitem situar o movimento expresso na teia de relações, de forma a fazer emergir daí sua historicidade e a criação de sua territorialidade. A questão central do estudo encontra-se na reflexão de como se exercem as relações entre Universidade e Região e quais as contribuições efetivas da instituição para a realização do seu compromisso social, em localidades onde está geograficamente instalada, considerando a territorialidade desempenhada em sua área de abrangência. Partindo-se de uma perspectiva interpretativa das idéias de região, universidade e territorialidade, sob a estruturação histórico-fenomenológica e à luz dos pressupostos das geografias humanístico-cultural e interpretativa, a idéia é conhecer o movimento da teia de relações que se estabelecem nos lugares universidade, região e relações (entre-lugares), onde o fundante é a historicidade do objeto: universidade-região. O pano de fundo que permeia as discussões engendradas centra-se nas políticas nacional e estadual da educação superior e sua inserção na política econômica global. Os eixos de interpretação estão na geografia, sob os enfoques teóricos de espaço, região, território e territorialidade; na educação superior, particularizado nas relações entre universidade e sociedade, com foco no caráter conceitual da universidade, suas funções, sua estrutura e ações políticas, e história, através da formação social e histórica do espaço territorializado. A UESC possui projeto acadêmico-institucional identificado política, econômica, histórica, social e culturalmente com a região onde está geograficamente instalada e o papel desempenhado em sua área de abrangência solidifica-se quando o conhecimento sobre dados relevantes da realidade local e as transformações detectadas da evolução destes, através das ações inerentes à instituição universitária, são realçadas por análises cuja natureza aponta para uma reflexividade sobre o ethos e o significado cultural local. O método auxiliar adotado para estruturação dos núcleos interpretativos ou temáticos foi a análise de conteúdo, sob o qual, levantamento de fatos, fenômenos, legislação, documentos (internos e externos) e relatos/depoimentos foram sistematizados. Na trajetória percorrida pela instituição, desde a sua formação, identificaram-se as peculiaridades políticas, os jogos de poder, as lutas e as crises no seu contexto. Dos resultados obtidos destacam-se: a solidificação da idéia de que a UESC é uma universidade que foi implantada pelo resultado da mobilização da sociedade regional; sua identidade está fortemente relacionada à atividade, base da economia local – a cacauicultura; seus atores lhe atribuem papel de líder para resolução dos problemas econômicos e sociais enfrentados e de agente de desenvolvimento regional; suas ações materializadas na região e seus relacionamentos políticos e econômicos desenrolados em contextos espaço-temporal singular conferem-lhe um forte sentimento de pertencimento, consubstanciando sua territorialidade, ou a idéia de que é uma universidade “DA” região onde está inserida. Conclui-se que as ações da UESC são sociais e materializadas no lugar do seu entorno, territorializando-as.
PALAVRAS-CHAVE: Universidade Estadual de Santa Cruz; Territorialidade; Região; Ensino Superior – Bahia; Universidades e faculdades – Ilhéus (BA); Política educacional.

ABSTRACT



This research has intention to distinguish study about the university, Looking to reconstitute experience of Superior Education in the South Region of Bahia, led from the decade of 1960, trying to notice the trajectory of the State University of Santa Cruz (UESC), situated and dated, particularly taken root in the social, economic politic and cultural spaces of the region around. It is tried to situate the place concerning its space and time looking to identify the transformations that take place on its interior capable to make to appear Superior Education Institution. That means to perceive the region an essential expression of its own culture and the implications that had generated the university institution, as fundamental facts to search of significant elements, that allow to situate the express movement in the web of relations trying to emerge its history and creation of its territoriality. The central question of the study is found in the reflection of how is exerted the relations between University and region which effective contributions of the institution for accomplishment of its social duty, at the localities where it is geographically installed, considering the territoriality performed in its area. Starting from an interpretative perspective of the regional ideas, university and territoriality, under phenomena-historic structure and under the light of the geographic humanistic-cultural estimations and interpretative, the idea is to know the movement of the web that take place on the university and region relations (between-places), where the pioneer is the object’s historicity of university-region. The wallpaper that selects the produced quarrels centralized in the national and State politics of superior Education and its insertion in global economic politic. The axles of interpretation are present at the geography, under the theoretical approaches of space, region, territory and territoriality on superior education, distinguished in the relations between university and society, focusing at the conceptual character of university its functions, its structure and political actions, and history, through the social and historical formation of the territorialized space. UESC possess academic-institutional project identified politic, economic, historical, social and culturally with the region where it is geographically installed and the role performed on its area, is made solid when the knowledge on excellent data of the local reality and its detected transformations evolution, through the inherent actions of the university institution, are enhanced by analyses whose nature points with respect to a reflectivity on the ethos and the meaning of local culture. The auxiliary method adopted for the structure of the interpretative or thematic nuclei, was the content analysis, which the finding fact, phenomena, legislation, documents (internal and external) and story/deposition had been systemized. In the trajectory covered for the institution, since its formation, politics had been identified to the peculiarities, the games of being able, the fights and the crises in its context. Of the results, are distinguished: the solidification of the idea that UESC is a university that was implanted by the result of the mobilization of the regional society; its identity is strongly related to the activity, base of the local economy – the cocoa cultivation; its actors attribute role of leader for resolution of the faced economic and social problems and of agent of regional development; its action materialized in the region economic and politic relationships and uncurled in contexts singular space-time, confers a strong belonging feeling to it consolidating its territoriality, or the idea of that is a university "Of the" region where it is inserted. It is concluded that the social actions of UESC are materialized around the region, territorializing them.
Keywords: State University of Santa Cruz; Territoriality; Region; Superior education – Bahia; Ensino Superior – Bahia; Colleges and universities – Ilhéus (BA); Educational policy.




©livred.info 2019
enviar mensagem

    Página principal