MoçÃo nº 53, de 2017



Baixar 18,14 Kb.
Encontro26.10.2017
Tamanho18,14 Kb.

MOÇÃO Nº 53, DE 2017

Antonio Augusto Amaral de Carvalho, o “Seo” Tuta, nasceu em 28 de abril de 1931, na cidade de São Paulo (SP), filho do advogado, jornalista, esportista e empresário Paulo Machado de Carvalho.

 

Aos 18 anos, começou a trabalhar na administração da Rádio Panamericana, PRH7, emissora integrada ao Grupo Record, mantendo uma programação bastante variada, com destaque na valorização de programas direcionados às colônias estrangeiras.


Em 1950, durante a Copa do Mundo do Brasil, já à frente da diretoria de esportes do grupo de telecomunicações da família, foi o responsável pela contratação do narrador Pedro Luiz, dando início à revolução das narrações esportivas da rádio brasileira.
Em 1953, convocado pelo pai a colaborar para a criação da TV Record, assumiu a diretoria de externas, sendo o precursor pelas inovações nas transmissões esportivas, bem como na programação de entretenimento, os quais entraram para a história daquele veículo.
Liderou a Equipe A – constituída por ele, Raul Duarte, Manoel Carlos e Nilton Travesso –, produzindo as mais importantes atrações da emissora, como os programas Fino da BossaFamília TrapoShow do Dia 7 e Hebe, além dos inesquecíveis Festivais de Música Popular Brasileira.
Em 1965, ficou no comando da Rádio Jovem Pan (antiga Rádio Panamericana), o que permitiu a criação de um modelo participativo e interativo , através do envolvimento da informação com o ouvinte, trazendo, também, outras inovações jornalísticas na área da economia e política.
Ao longo desses anos, diversas foram as campanhas de civilidade e prestação de serviços promovidos por aquela emissora, que estão na lembrança de muitos paulistas, tais como: “Já fui assaltado”; “Brasil, País dos Impostos”, e “Pela vida, contra as Drogas” e muitas outras que tiveram a total adesão dos brasileiros.

Tuta comprou da família a Rádio Jovem-Pan, e com ideias à frente do seu tempo, vai ao encontro de renovações para modernizar aquela emissora. Construiu novos estúdios, contratou a melhor equipe de jornalismo possível, investiu nas programações que abrange todos os segmentos, levando aquela rádio a ser a emissora mais ouvida do Brasil.

No entanto, permaneceu com os programas e campanhas os quais acreditava ser importante para a sociedade. A Rádio Jovem Pan mantém há mais de 12 anos a campanha contra as drogas, iniciada pelo ilustre jornalista “Seo” Tuta e hoje mantida pelo seu filho Tutinha, resultando no recebimento de 26 prêmios .

Essa prestação de serviços que a rádio promove chega aos lares brasileiros, diariamente, culminando em torno de meio milhão de pessoas, na faixa etária que varia de 10 a 70 anos.

Importante registrar que a credibilidade e o prestígio da Jovem Pan trazem motivação ao corpo docente de escolas públicas e particulares na conscientização dos problemas causados pela dependência química.
Nosso homenageado tornou-se um dos principais empresários da comunicação brasileira e em sua trajetória profissional foi agraciado com o recebimento de:
- 10 Troféus “Roquete Pinto”;

- 3 Troféus “Governador do Estado”;

- 2 Troféus “TV Tupi”;

- Grande Prêmio da Crítica da APCA pelo livro “Ninguém faz Sucesso Sozinho”;

- “Troféu Ford /ACEESP – Especial”;

- “Prêmio Ícones da Comunicação, da Associação Brasileira das Agências de Publicidade”;

- “Troféu Integração e Diploma de Responsabilidade pela Educação da Juventude Junto ao Mercado de Trabalho”;

- “Prêmio Personalidade da Comunicação”;

- Prêmio “Marketing de Entretenimento”.

Reproduzo, abaixo, as palavras do grande empresário da comunicação, do grande brasileiro que é Antonio Augusto Amaral de Carvalho, conhecido popularmente como Tuta ou “Seo” Tuta:



Tenho a certeza de que lutei o bom combate. O êxito profissional depende da equipe, da solidariedade da família, dos amigos nas horas difíceis. A fidelidade aos fatos e a lealdade ao público sempre foram marcas registradas da nossa Jovem Pan. Na campanha contra a carga de impostos ou na cruzada contra as drogas, o objetivo sempre foi tornar a vida mais confortável, mais digna, mais decente.”

Requeiro, após a aprovação da presente, seja dada ciência desta manifestação ao homenageado, devendo ser enviada à direção da Rádio Jovem Pan, ao Senhor Antonio Augusto Amaral de Carvalho Filho, à Av. Paulista, nº 807 – Bela Vista - São Paulo/Capital

Ante o exposto, formulamos a seguinte Moção:

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO, nos termos regimentais, formula a presente Moção de Aplauso ao ilustre jornalista e empresário da comunicação brasileira Antonio Augusto Amaral de Carvalho, “Seo” Tuta, por sua notável trajetória à frente da Rádio Jovem Pan, especialmente por ser o idealizador da campanha “Pela Vida, Contra as Drogas”, a qual sua veiculação é mantida, brilhantemente, até os dias de hoje.

Sala das Sessões, em 30/6/2017.

a) Campos Machado



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal