Mónica Pais, soprano



Baixar 19,37 Kb.
Encontro03.05.2017
Tamanho19,37 Kb.

Mónica Pais, soprano

Francisco Reis, tenor

António Oliveira, piano

MOLTO VOCE

Biografias

Mónica Pais - Soprano

Natural do Porto, é licenciada em Canto pela Escola Sup. de Música e Artes do Espectáculo do Porto (ESMAE).Durante a sua formação estudou com: José Oliveira Lopes, Eliset Bayan, Jill Feldman, Mathias Gerchen, Ileana Cotrubas, Laura Sarti, Liliane Bizinech, Gundula Ianowitz, Jorge Vaz de Carvalho e Francisco Lázaro. Neste momento complementa a sua formação com o meio soprano, Ambra Vespasiani em Itália. 

No domínio Concertista interpretou: Stabat Mater de Pergolesi; Glória de Vivaldi; Ode a St. Cecília e Messias de Haendel; Mein Herz Swimmt im Blut e Magnificat de Bach; O Qui Coeli Terraeque Serenitas e In Furore Iustissimae Irae de Vivaldi; Nona sinfonia e Fantasia Coral de Beethoven; Missa da Coroação, Vesperae Solennes de Confessore e Requiem de Mozart; Requiem de Fauré; Stabat Mater de Dvorák, Valsas de Amor de Brahms; La court Paille de Poulenc; Seis Canções Castelhanas de Guridi; entre outros. Interpretou em estreia mundial "Seis canções Natalícias" pela batuta do maestro e compositor Álvaro Cassuto.No campo da Ópera apresentou-se como: Dido em "Dido e Eneias"; Mónica em "The Medium" de Menotti; Miss Bagott em "The Little Sweep" de Britten, Condessa de Almaviva em "As Bodas de Fígaro" de Mozart, Clotilde em "Norma" de Bellini; Barbarina em "Bodas de Fígaro"; D.Elvira de "D.Giovanni" de Mozart, Gianetta em "O Elixir do Amor" de Donizetti; Fenena em "Nabucco" de Verdi e Floria Tosca em "Tosca" de Puccini.Como solista foi dirigida pelos maestros: Álvaro Cassuto, Cesário Costa, Paulo Silva, Gaetano Soliman, Gunther Arglebe, José Ferreira Lobo, Julian Reynolds, Marc Tardue entre outros.Interpretou em 2005 na Casa da Música no Porto a obra Sinfónica "Poéme de l´amour et de la mér" de Ernest Chausson, com a ONP, sob a direcção do maestro Marc Tardue. Gravou para a RTPN a convite de António Cartaxo um programa sobre Shubertíadas, que se intitula- “Grandes Músicas”. Participou no concerto de homenagem à Marquesa do Cadaval, que teve lugar no Palácio Foz em Lisboa.Em 2006, na Itália, fez a sua primeira internacionalização cantando árias como Casta Diva da "Norma" de Bellini, Avé Maria de "Otello", Vissi d'arte da "Tosca" e D. Elvira de "D. Giovanni", com a orquestra de Leopoli sob a direcção do maestro Alan Chircop. Em Maio deste ano colaborou com a Orq. Do Algarve e sob a direcção do maestro Cesário Costa na opereta Suzana, que celebrizou fulminantemente Alfredo Keil e cujos registos musicais estiveram mais de cem anos desaparecidos. Igualmente participou na abertura do festival de música de Alcobaça – Cistermúsica, com a estreia absoluta da obra – Inês - de Carlos Marecos

Francisco Reis - tenor

Natural de Arrifana, Stª Maria da Feira. aos 16 anos entra para a Academia de Música de S. João da Madeira onde concluiu o curso de F. Musical Composição e o 7º grau de Saxofone. Posteriormente frequenta a escola de jazz do Porto, onde estuda saxofone na área de jazz com o prof. José Meneses. Sendo mais tarde prof. convidado nessa mesma escola .Complementa a sua formação com o saxofonista Bill Pierce.Participa e frequenta o Curso Superior de Música da Universidade de Aveiro. . A sua criatividade e desempenho levam-no a tocar com Pedro Abrunhosa e os Bandemónio; Raul Marques e os Amigos da Salsa e a fazer parte da Orq. de Jazz do Porto e do septeto de Jazz do Porto. Participa em vários festivais de jazz e de teatro, entre outros, no C. Cultural Europeu em Delphios( Grécia), festival de jazz de Nante (França),” Yes For Europe” em Bologna( Itália) e Lisboa, Projecto Cumplicidades no Brasil, Clube de jazz de Macau, Ass. Portuguesa do Luxemburgo, Festival de jazz de Vigo e Sevilha, concertos no Coliseu do Porto e Lisboa e Pavilhão multiusos, trabalhou em gravações discográficas com Maceo Parker, Rui Veloso, Pedro Abrunhosa e os Bandemónio, Raul Marques e os Amigos da Salsa, Titãs (grupo Rock Brasileiro), Brigada Vítor Jara, GNR, Paulo Gonzo, Dani Silva, Trabalhadores do Comércio, entre outros. Até 2005 foi músico residente do prog. de televisão da RTP “Portugal no Coração” tendo participado em Nova York, New Jersey e em Paris onde actuou no Salão Nobre da Câmara de Paris.Neste momento é o saxofonista da banda do prog. “Praça da Alegria” onde já é residente há 5 anos. Em 2004 concluiu com elevada classificação o curso de Técnica vocal e Repertório na classe da prof. Mafalda Leite na Acad. de Música de S. João da Madeira. O seu “debut” no mundo operático foi com o personagem de Turidu da Ópera Cavallaria Rusticana de P. Mascagni. Já se apresentou em recitais a solo e Oratória, tendo Interpretado recentemente a Oratória de Natal de Camille Saint Saens. Depois de trabalhar num master de Canto Óperático com a mezzo-soprano Ambra Vespasiani e o Barítono Ettore Nova faz o seu debut em Itália cantando “Lucevan le Stelle; “Ch! ella mi creda” ;e árias do Trovador- Neste momento desloca-se frequentemente a Itália para trabalhar com o conceituado Barítono Ettore Nova.

Como concertista coopera num projecto com a soprano Mónica Pais e o pianista António Oliveira, projecto esse que está virado para a vertente concertista. Os concertos abrangem um vasto repertório passando por vários estilos e épocas.

António Oliveira - piano

António Oliveira nasceu no Porto e iniciou os seus estudos musicais na Academia de Música de Vilar do Paraíso. Após a conclusão do Curso Complementar de Piano, ingressou na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto, onde obteve o bacharelato na classe da Prof. Sofia Lourenço. Ao abrigo do programa Sócrates/Erasmus, estudou na Hochschule der Kunst de Berlim na classe do Prof. Lazslo Simon. Prosseguiu a sua formação na The Hartt School, University of Hartford, Connecticut, EUA, onde obteve o diploma “Master of Music” na classe do Prof. Luiz de Moura Castro.

Complementou os seus estudos com Helena Sá e Costa, Pedro Burmester, Mikail Pethukov, Carla Giudici.

Recebeu uma Menção Honrosa no Concurso Maria Campina e foi finalista do Concurso “Emerson String Quartet Competition”.



Programa

Azulão - Jaime Ovalle

Uirapuru – V. Henriques

O sole mio – E. di Capua



Duet

Tonight, tonight – West side story, L.Bernstein

Piano solo

Ah! Chi mi dice mai—D. Giovanni– Mozart

Ch`ella mi creda - La Fanciulla del west- Puccini

Va, Laisse couler mês larmes, Werther

E lucevan le stelle– Tosca-Puccini



Piano solo

Duet

Qual` occhio al mondo… Tosca, Puccini

Piano solo

Duet

Son io Manrico, mio Manrico… Trovador, Verdi



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal