Lua de núpcias



Baixar 237,92 Kb.
Página1/3
Encontro01.07.2018
Tamanho237,92 Kb.
  1   2   3


L U A



D E
N Ú P C I A S

R O T E I R O



D E
JORGE GOMES DE OLIVEIRA

RIO DE JANEIRO, 2000




L U A D E N Ú P C I A S




ROTEIRO DE: JORGE GOMES DE OLIVEIRA, BASEADO NA PEÇA TEATRAL “O QUARTO DO CASAL – CASAIS NO QUARTO” DO MESMO AUTOR.




P_E_R_S_O_N_A_G_E_N_S



CENTRAIS

VIVIAN – EDUARDO, O DUDA – AROLDO.

PRINCIPAIS

MARIZA – SALOMÃO – LILY – ELIZEU – FLORA – WESLEY.

APOIO

GERENTE DO HOTEL – RAPAZ – CAMAREIRA 1 – CAMAREIRA 2 – ANA BELA – BELA ANA – COMENDADOR BARROS.

FIGURAÇÃO

PADRE – DAMA DE HONRA – CONVIDADOS DA IGREJA – CONVIDADOS DA FESTA – BANDA DE MÚSICA – CHOFER DA LIMOUSINE – PAI DE VIVIAN – MÃE DE VIVIAN – CONJUNTO MUSICAL – GARÇONS DA FESTA – PADRINHOS DE CASAMENTO – ENFERMEIROS – SEGURANÇAS – VELHINHAS DA BOITE – PÚBLICO DO RINGUE – OPERÁRIOS DO LETREIRO.



L­_O_C_A_Ç_Õ_E_S



ESTÚDIO (INTERIOR)
IGREJA – SALÃO DE FESTAS – SAGUÃO DO HOTEL – CORREDOR DO HOTEL – QUARTO DO CASAL – ELEVADOR DO HOTEL – BANHEIRO DO QUARTO – COZINHA DO HOTEL – RINGUE DE BOXE – RESTAURANTE DO HOTEL – BOITE – CONSULTÓRIO DE ANÁLISE.


EXTERNAS

FACHADA DO HOTEL – PISCINA DO HOTEL – AEROPORTO – ESTRADA.



L U A



D E

N Ú P C I A S “



1. IGREJA/INT/NOITE – OITO SEQUÊNCIAS.

LONG SHOT


A Igreja está lotada e ricamente ornamentada.
SEQUÊNCIA 1 – Duda está no altar – apreensivo – não sabe se observa o corredor da Igreja ou preocupa-se com Aroldo que também está no altar, acompanhado da mãe da noiva, do Padre e dos Padrinhos. Aroldo não disfarça as lágrimas, as enxuga com um lenço enorme que mais parece um pano de prato.
A Marcha Nupcial anuncia a chegada da noiva à Igreja.
SEQUÊNCIA 2 – Vivian surge na entrada principal – Braço dado com o Pai – à sua frente a Dama de honra. Vivian está linda – sorri emocionada – Olhos fixos no olhar de Duda. Os convidados de pé recepcionam a noiva – Vivian ocupa seu lugar ao lado de Duda no altar, diante do Padre e de Deus.
SEQUÊNCIA 3 – O Padre inicia a cerimônia do casamento – Música romântica em OFF.
SEQUÊNCIA 4 – No salão da Igreja, sentado, Salomão observa Mariza enxugando algumas lágrimas mínimas que deslizam em seu rosto.
SALOMÃO – VÊ SE PARA COM ISSO...
MARIZA – LEMBRO-ME DO NOSSO CASAMENTO.
SALOMÃO – (Agressivo) E DESDE QUANDO NÓS NOS CASAMOS NA IGREJA, PORRA! (Pausa) O VIGARISTA DO TEU PAI ME OBRIGOU A CASAR COM VOCÊ NO CARTÓRIO ME APONTANDO AQUELA ESPINGARDA, LEMBRA?
SEQUÊNCIA 5 – Elizeu e Lily estão sentados – Lily é só alegria – Elizeu emociona-se.
LILY – ELIZEU, É BOM VOCÊ SE CONTROLAR, DAQUI A POUCO TERÁ UM ATAQUE.
ELIZEU ESSA UNIÃO É MUITO PREOCUPANTE.
SEQUÊNCIA 6 – No altar, Duda e Vivian trocam as alianças.
SEQUÊNCIA 7 – Wesley caminha pelo corredor rapidamente segurando o paletó e ajeitando a gravata como se estivesse atrasado – Flora tenta acompanhá-lo – Wesley chama a atenção para si diante dos convidados.
WESLEY – (Assobiando) DUDA! ATÉ QUE ENFIM, HEIN? SEIS ANOS DE NAMORA E CINCO DE NOIVADO, JÁ ESTAVA NA HORA DE TOMAR UMA ATITUDE.
FLORA – WESLEY... POR FAVOR, NÃO DÊ VEXAME.
SEQUÊNCIA 8 – O Padre encerra a cerimônia religiosa – Duda e Vivian beijam-se carinhosamente.



  1. SALÃO DE FESTAS/INT/NOITE – DEZ SEQUÊNCIAS.


LONG SHOT
O salão está repleto de convidados, distribuídos em mesas ou circulando pelo mesmo.
Ao vivo, um conjunto embala os convidados com músicas românticas – Garçons servem às mesas.
Duda, Vivian, Aroldo, Pais de Vivian e Padrinhos recebem os cumprimentos dos convidados.
SEQUÊNCIA 1 – Mesa – Salomão e Mariza.

Salomão e Mariza estão sentados à mesa – Salomão observa Mariza comendo salgadinhos apressadamente.


SALOMÃO (Irritado) VOCÊ QUER ME FAZER A GENTILEZA DE COMER COM EDUCAÇÃO? AS PESSOAS ESTÃO OBSERVANDO.
MARIZA ME DEIXA EM PAZ, SALOMÃO! (Engasgando-se) DAQUI A POUCO O GARÇON PASSA OUTRA VEZ E NÃO QUERO PERDER UM SALGADINHO SEQUER.
SALOMÃO (Levantando-se irritado) ESCUTE AQUI, SE VOCÊ PASSAR MAL E VOMITAR NO SALÃO ESFREGO A TUA CARA NA POÇA DE LAMA.


Um Garçom aproxima-se servindo bebida – Salomão apanha dois copos de bebidas diferentes.
SALOMÃO (Sem graça/Para Mariza) NUNCA SE SABE QUANDO ELE VAI PASSAR NOVAMENTE.
SEQUÊNCIA 2 De pé – Aroldo e Duda.

Aroldo e Duda estão bebendo um drink, observando o salão. Comendador Barros aproxima-se.


AROLDO (Saudando-o) COMENDADOR BARROS...
BARROSDOUTOR AROLDO MACMILLER... PARA-BÉNS PELA FESTA, ESTÁ UM VERDADEIRO REQUINTE... DUDA... (Cumprimenta-o) SEJA FELIZ, SUA ESPOSA É MUITO SIMPÁTICA.
DUDA(Para Aroldo) QUE HISTÓRIA É ESSA DE MACMILLER? NÃO TEMOS NENHUM MACMILLER NA FAMÍLIA.
AROLDO – FILHO... SEJA DISCRETO... (Pausa) VOCÊ ACHA QUE EM NOSSO PAÍS SEU PAI CHEGARIA ONDE CHEGOU SENDO CHAMADO DE AROLDO SANTOS? ISSO É NOME DE PAGODEIRO... MACMILLER É MAIS POMBOSO... QUEBRA A LÍNGUA.
SEQUÊNCIA 3 Mesa – Elizeu, Wesley e Flora.

Elizeu, Wesley e Flora estão sentados, observando o movimento e saboreando os salgados.
WESLEY VOU CONTAR UM SEGREDO PRA VOCÊS... DENTRO DA COZINHA TEM VÁRIOS E VÁRIOS QUILOS DE ARROZ PARA SEREM JOGADOS NO CASAL... ISSO AQUI ESTÁ CERCADO DE ARROZ, TEM SACO DE ARROZ ATÉ NOS LUSTRES DO SALÃO.
ELIZEU(Meio bobo) É MESMO? QUE LEGAL!
FLORAUM DESPERDÍCIO, ISSO SIM... COM TANTA GENTE PASSANDO FOME.
WESLEY FLORA, ESTA MÚSICA ESTÁ BASTANTE ENVOLVENTE. VAMOS DANÇAR? VOCÊ SABE QUE NÃO CONSIGO FICAR MUITO TEMPO SEM ME EMBALAR COM VOCÊ... ELIZEU, COM LICENÇA!
ELIZEUÀ VONTADE... ONDE SERÁ QUE A LILY SE METEU?
Wesley e Flora levantam-se e dançam próximos a mesa.
SEQUÊNCIA 4 De pé – Vivian e Lily.

Vivian e Lily estão de pé observando os convidados.


LILY E AÍ, VIVIAN? BASTANTE ANSIOSA PARA A LUA DE MEL? ISTO É, SE VOCÊS AINDA NÃO TIVERAM UMA LUA DE MEL... CUSTO ACREDITAR QUE EM ONZE ANOS, ENTRE NAMORO E NOIVADO VOCÊS AINDA NÃO TENHAM DADO UMA TREPADINHA.
VIVIAN NÃO SEJA DESELEGANTE, LILY... (Meiga) EU E DUDA FIZEMOS UM PACTO DE SÓ NOS TOCARMOS INTIMAMENTE NO DIA QUE NOS CASÁSSEMOS.
LILY (Deboche) QUE ROMÂNTICO... QUE POÉTICO! TENHO O PRESENTIMENTO QUE VOCÊS AINDA TERÃO LINDAS SURPRESAS ESTA NOITE.
SEQUÊNCIA 5 Aroldo no Palco

No palco, Aroldo interrompe o conjunto e aproxima-se do microfone.


AROLDO SENHORAS... SENHORES... ATENÇÃO, POR FAVOR!
Os convidados silenciam e fixam em Aroldo.
AROLDO SEREI BREVE... (Pausa) HOJE É UM DIA MUITO IMPORTANTE PARA MIM POIS ESTOU CASANDO MEU ÚNICO FILHO... RAZÃO ÚNICA DA MINHA EXISTÊNCIA... (Emociona-se) PERDOE-ME A EMOÇÃO MAS NESTA HORA MINHA MENTE É CERCADA DE GRANDES RECORDAÇÕES, PARA OS SENHORES TEREM UMA IDÉIA... CERTA VEZ EM 1958...
TODOS OS

CONVIDADOS SEU AROLDO!!!
AROLDO ESTÁ BEM! ESTÁ BEM! EU PROMETI QUE SERIA BREVE... (Para Duda) MEU FILHO, QUERO ENTREGAR A VOCÊ E A SUA ADORÁVEL ESPOSA AS CHAVES DE UMA CASA DE CAMPO... UM PRESENTE PARA QUE VOCÊ E VIVIAN POSSAM PASSAR MARAVILHOSOS FINAIS DE SEMANA... (Para o público) E AOS SENHORES, MUITO OBRIGADO POR ESTAREM DIVIDINDO ESTA FELICIDADE CONOSCO.
Os convidados aplaudem.
SEQUÊNCIA 7 De pé – Salomão e Mariza.

Salomão e Mariza estão de pé aplaudindo Aroldo.


MARIZA SEU AROLDO É MUITO SACANA!
SALOMÃO SACANA, POR QUE? NÃO ENTENDI.
MARIZA ESSA CASA DE CAMPO ELE NUNCA CONSEGUIU VENDER E SABE PORQUE? ELA FICA BEM AO LADO DE UMA PEDREIRA, NÃO SEI QUE MARAVILHOSOS FINAIS DE SEMANNA ELES PASSARÃO LÁ.
SALOMÃO (Irritado) E O QUE TEMOS HAVER COM ISSO?
SEQUÊNCIA 8 A VALSA
PLANO MÉDIO
Duda e Vivian abraçam-se com felicidade no centro do salão – dançam a

valsa.
LONG SHOT
Aos poucos os convidados repetem o gesto do casal e todos dançam ani-

madamente.
Final da Valsa – todos aplaudem entusiasmadamente.
Lily aproxima-se de Vivian segurando um Bouquet.
LILY (Eufórica) VIVIAN...

MEIA NOITE! É HORA DE JOGAR O BOUQUET.


Vivian posiciona-se – Os convidados posicionam-se atrás de Vivian – Con-

vidadas em êxtase – euforia incontrolável – Vivian joga o Bouquet.
TRAVELLING NO BOUQUET
SEQUÊNCIA 9 Mesa – Aroldo.

O Bouquet cai sobre a mesa – diante de Aroldo.


AROLDO (Em close) COMO ESSA VIDA É ENGRAÇADA... O AMOR ME PERSEGUE!
SEQUÊNCIA 10 De pé – Aroldo, Duda e Vivian.

Aroldo está entre Duda e Vivian – os abraça.


AROLDO VÃO QUERIDOS... O CARRO JÁ ESTÁ ESPERANDO PARA LEVÁ-LOS AO HOTEL... EU CUIDO DE TUDO POR AQUI.
Duda e Vivian beijam Aroldo, cada um de um lado de sua face, simultânea-

mente.
AROLDO (Em close) SEJAM FELIZES!

FREEZE


  1. FACHADA DO HOTEL/EXT/NOITE.


LONG SHOT
A Limousine estaciona na porta do hotel – o “chofer” sai do carro e abre a porta para os noivos.
Duda e Vivian saem do carro, caminham para a porta principal do hotel.
CLOSE NO LETREIRO DO HOTEL “YOU AND I HOTEL”



  1. SAGUÃO DO HOTEL/INT/NOITE.


Duda e Vivian entram no hotel – Uma banda de música, uniformizada, exe- cuta animadamente a “Marcha Fúnebre” - Duda e Vivian estranham a melodia – um homem elegantemente vestido aproxima-se do casal – É o gerente.
GERENTE SENHOR E SENHORA SANTOS... (Cor-rigindo) PERDÃO... MACMILLER... TENHO A HONRA DE RECEBÊ-LOS EM NOSSO ESTABELECIMENTO, DESDE JÁ AGRADEÇO A PREFERÊNCIA.
DUDA OBRIGADO, SENHOR...
GERENTE GERENTE... PODEM ME CHAMAR DE GERENTE...
O “Gerente” estala os dedos e um “Rapaz” prontamente aproxima-se do

casal, vestido por uma roupa de mensageiro.
GERENTE PEGUE AS BAGAGENS DOS SENHORES MACMILLER NO CARRO E LEVE-AS ATÉ A SUÍTE MAIS DO QUE PRESIDENCIAL. (O Rapaz afasta-se). SENHOR, SENHORA, ESPERO QUE APRECIEM NOSSA HOSPITALIDADE.
VIVIAN SÓ UMA OBSERVAÇÃO... DA PRÓXIMA VEZ QUE VIERMOS AQUI PEÇA A BANDINHA PARA MELHORAR O REPERTÓRIO.


  1. CORREDOR DO HOTEL/INT/NOITE.


Duda e Vivian saem do elevador e caminham pelo corredor.
VIVIAN AMOR... NÃO ESTÁ SE ESQUECENDO DE UMA COISA?
DUDA DE QUÊ?
VIVIAN AH SIM... COMO PODE ESQUECER DESTA TRADIÇÃO?
Duda pega Vivian nos braços, aparência de felicidade no casal –

caminham até a porta do quarto – Duda abre a porta com alguma dificuldade – entram no quarto.
Duas camareiras saem do outro quarto, segurando lençóis e toalhas, aparentam que estavam observando o casal.
CAMAREIRA 1 CASALZINHO APAIXONADO, HEIN?
CAMAREIRA 2 NO INÍCIO É SEMPRE ASSIM...


  1. QUARTO DO CASAL/INT/NOITE.


Duda entra no quarto com Vivian em seus braços.
Ambiente de sedução – lençol de cetim, abajur ligado – a felicidade e a

ansiedade parecem dividir o quarto com o casal.

VIVIAN (Parecendo uma menina) É UMA EMOÇÃO TÃO PROFUNDA QUE AS VEZES PENSO QUE IRÁ DILACERAR O MEU PEITO. MEU CORAÇÃO BATE EM UMA VELOCIDADE INCRÍVEL, ACELERADO, SEM PROGNÓSTICO DE PARAR.
DUDA – ESTA EMOÇÃO VIVIDA POR VOCÊ É A MESMA VIVIDA POR MIM, NESTE DIA MAIS IMPORTANTE DE NOSSAS VIDAS... É TODA CONCRETIZAÇÃO DE UM SONHO ENCANTADO, VIVIDO A DOIS.
VIVIAN - ESTAVA CONTANDO AS HORAS PASSAREM PARA QUE FICÁSSEMOS A SÓS, EM NOSSA INTIMIDADE.

OS AMIGOS ESTAVAM LÁ EM NOSSA FESTA DE CASAMENTO, CURTINDO OS DOCES, OS SALGADOS, AS BEBIDAS MAS NÃO PODERIAM SENTIR O QUE NÓS SENTIMOS... UM GRANDE AMOR.

UMA GRANDE PAIXÃO QUE PASSA DO CORAÇÃO PARA TODO O CORPO DANDO UMA EXCITAÇÃO GOSTOSA, NERVOSA E CERCADA DE ANSIEDADE... AH, DUDA... QUERO FAZER DESTA NOITE UMA NOITE INESQUECÍVEL DE AMOR. (Abraçando-o com ternura, caminha até a porta do banheiro) TOMAREI UM BANHO!

(Feliz) QUANDO VOLTAR TE FAREI O HOMEM MAIS FELIZ DESTE MUNDO.


DUDA TE AGUARDO, AMOR.


  1. FACHADA DO HOTEL/EXT/NOITE.


Salomão, Mariza, Elizeu, Lily, Flora e Wesley chegam apressadamente na

porta do hotel ainda vestidos com as roupas do casamento.
WESLEY DROGA, NENHUM MOTORISTA DE TÁXI ANDA QUERENDO RODAR A NOITE... SERÁ QUE CHEGAMOS ATRASADOS?
MARIZA A ESTA ALTURA O ATO DE DEFLORAÇÃO JÁ FOI CONSUMADO.
SALOMÃO NÃO SEJA ESTÚPIDA E CALA ESSA BOCA! (Pausa) ISSO É LOUCURA, ESTOU COM MEUS PÉS ARDENDO... VIR ANDANDO DO SALÃO ATÉ AQUI...
ELIZEU MUITA COINCIDÊNCIA NOSSOS CARROS ESTAREM NA OFICINA AO MESMO TEMPO.
LILY COINCIDÊNCIA COISA NENHUMA, ESTAVA UM CONTANDO COM A CARONA DO OUTRO.
FLORA ISSO É UMA DESUMANIDADE. É MELHOR DEIXARMOS O CASAL EM PAZ.
WESLEY (Apressado) ESSE PAPO NÃO VAI LEVAR A NADA, VAMOS ENTRAR LOGO ANTES QUE SEJA TARDE.


  1. QUARTO DO CASAL/INT/NOITE.


Duda está vestido por um robe, seu paletó deverá estar colocado em uma

cadeira – toca a campainha.
Duda caminha até a porta do quarto – abre – o Rapaz vestido de garçom entra no quarto empurrando um carrinho com champanhe e taças.

RAPAZ – COM LICENÇA DOUTOR SANTOS... PERDÃO, MACMILLER... TRAGO UMA CORTESIA DO HOTEL COM VOTOS DE FELICIDADE PARA O CASAL.
DUDA AGRADECIDO... É MUITA GENTILEZA!
Duda caminha até o paletó, segura a carteira, retira uma nota e a entrega

ao rapaz.
RAPAZ OBRIGADO SENHOR, COM LICENÇA.
O Rapaz sai do quarto.
Vivian entra no quarto vestida por um baby-dool transparente.
VIVIAN QUEM ERA?
DUDA O GARÇON... VEIO NOS TRAZER UMA CORTESIA. (Observando Vivian) VIVIAN, COMO VOCÊ ESTÁ LINDA!
Duda aproxima-se de Vivian e a abraça fortemente.
VIVIAN (Sensual) HUM... QUE BOM... O AMOR JÁ FABRICOU A SUA CAMISA DE FORÇA?
DUDA PRECISAMOS BRINDAR ESTA NOITE MÁGICA.
Duda aproxima-se do carrinho, estoura o champanhe, serve em duas taças

  • oferece a Vivian.


DUDA (Clássico) QUE ESTA NOITE SEJA O PRINCÍPIO DE UMA FELICIDADE ETERNA.
Duda e Vivian brindam, cruzam as taças, bebem.


  1. CORREDOR DO HOTEL/INT/NOITE.


Wesley, Flora, Elizeu, Lily, Salomão e Mariza cruzam o corredor silen-

ciosamente, na ponta dos pés.
Caminham em direção ao quarto do casal.
PLANO MÉDIO
As camareiras surgem na porta de um outro quarto e os observam.
CAMAREIRA 1 MAS O QUE É AQUILO? O CASAL TEM CONVIDADOS?

CAMAREIRA 2AQUILO É BACANAL!!!


  1. QUARTO DO CASAL/INT/NOITE.


PLANO MÉDIO
Duda e Vivian estão na cama – ele sobre o corpo dela – beijam-se apaixonadamente.



Duda lentamente abaixa a alça do Baby-dool de Vivian – Toca a campainha.
Duda e Vivian ficam imóveis – olham-se fixamente.
VIVIAN QUEM SERÁ DESSA VEZ?
DUDA(Levantando-se) COM CERTEZA MAIS UMA CORTESIA DO HOTEL.
Duda aproxima-se da porta – abre.
Duda não acredita – assusta-se – fica perplexo.
TODOSSURPRESA!!!
Todos os amigos invadem o quarto.
Vivian assusta-se, pega a coberta e cobre-se rapidamente.
DUDAO QUE SIGNIFICA ISSO?
LONG SHOT
WESLEY – A FESTA FICOU BASTANTE MONÓTONA SEM VOCÊS, POR ISSO RESOLVEMOS VIR PARA CÁ... POR QUE? ESTAMOS INCOMODANDO?
VIVIAN CLARO QUE ESTÃO, WESLEY... ESTAMOS EM LUA DE MEL.
SALOMÃO (Sorrindo) ESTAMOS INCOMODANDO SÓ POR CAUSA DISSO? VOCÊS TERÃO UMA VIDA INTEIRA PELA FRENTE.
DUDA PEDIREI A GERÊNCIA DO HOTEL QUE TOME UMA PROVIDÊNCIA.
LILY QUEM PENSA QUE SOMOS? TODOS NÓS TEMOS QUARTOS NESTE HOTEL.
MARIZA FIZEMOS A RESERVA HÁ BASTANTE TEMPO
ELIZEU EU SABIA QUE O EDUARDO NÃO IRIA GOSTAR DA SURPRESA... VEJAM SÓ A CARA DELE.
DUDA SURPRESA? ESTOU ACHANDO TUDO ISSO UMA BRINCADEIRA DE MUITO MAL GOSTO, MAS TUDO BEM... ATITUDES IMPENSADAS DE AMIGOS A GENTE PERDOA... VOCÊS JÁ FIZERAM A SURPRESINHA DE VOCÊS, AGORA PODEM IR OCUPAR SEUS QUARTOS.
FLORA QUE INDELICADEZA, ESTÁ NOS EXPULSANDO DO SEU QUARTO?
WESLEY PODE FICAR À VONTADE COM SUA ESPOSA, NÃO REPARAMOS ISSO... TODOS NÓS SOMOS CASADOS, SABEMOS MUITO BEM DE TUDO QUE ACONTECE EM UMA NOITE DE NÚPCIAS.
VIVIAN NÃO SEJA RIDÍCULO...
SALOMÃO QUE TAL UMA PARTIDINHA DE PÔQUER PARA DESCONTRAIRMOS O AMBIENTE?
MARIZA NÃO ESTAMOS AQUI PARA JOGATINA, SEU CRETINO.
SALOMÃO (Violento) CRETINO É O TEU PAI, AQUELE VIGARISTA SEM VERGONHA... A RUA TODA FALA... O NOME DELE ESTÁ PICHADO EM TUDO QUANTO É MURO.
MARIZA (Violenta) VÊ LÁ COMO FALA DO MEU PAI... ACABO SAINDO NA PORRADA COM VOCÊ.
DUDA (Interrompendo-os) CHEGA! VOCÊS INVADEM A MINHA LUA DE MEL PARA BRIGAREM? POR FAVOR, VÃO PARA OS SEUS QUARTOS.
WESLEY ESTÁ VENDO SÓ, DUDA? ESSA É A TERRÍVEL VIDA DE CASADO. NO INÍCIO MUITO AMOR, MUITA PAIXÃO, UMA FEBRE INCONTROLÁVEL DE DESEJOS ARDENTES, DEPOIS VEM O DILÚVIO, AS LÁGRIMAS, OS ARREPENDIMENTOS TARDIOS. (Pausa) É HORRÍVEL SE SENTIR PRESO À OUTRA PESSOA. COM O TEMPO DESCOBRIMOS QUE A NOSSA CARA METADE NÃO SE ENCAIXA MAIS NA OUTRA METADE DE NOSSA CARA, DESCOBRIMOS QUE NÃO EXISTE A MÍNIMA IDENTIFICAÇÃO. AÍ VEM AS SEPARAÇÕES... AS MÁGOAS.


  1. CORREDOR DO HOTEL/INT/NOITE.


As camareiras estão com o rosto colado na porta do quarto do casal.
CAMAREIRA 1 SERÁ QUE JÁ ROLOU ALGUMA COISA?
CAMAREIRA 2 ESTÁ UM BLÁ-BLÁ-BLÁ DESGRAÇADO MAS SEXO QUE É BOM... NADA!



  1   2   3


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal