Lene Mayer-Skumanz Org



Baixar 295,57 Kb.
Encontro06.07.2017
Tamanho295,57 Kb.

Lene Mayer-Skumanz (Org.)



Jakob und Katharina

Wien, Herder Verlag, 1986





A Via-Sacra
O professor de religião trouxe papel cenário, tintas e pincéis e perguntou às crianças:

Quem quer ajudar-me a pintar as estações para fazermos uma Via-Sacra?

Todas as crianças querem ajudar, até Tomi, que não sabe pintar muito bem.

Susi pinta Pilatos a condenar Jesus à morte.

Rudi pinta os soldados romanos em todas as estações.

Max pinta Cireneu, que ajudou Jesus a carregar as pesadas traves da cruz. Dá cá, pobre infeliz!, está escrito no balão que sai da boca de Cireneu.

Jacob e Catarina pintam dois quadros em conjunto. Em ambos estão Jesus e sua mãe Maria. Na primeira imagem, Jesus encontra sua mãe na Via-Sacra. Adeus!, diz Jesus. No segundo quadro, Maria tem o seu filho morto no regaço. É o quadro mais triste de todos. Maria já não está a chorar. A sua face está calma como a da mãe de Jacob, quando o pai teve um acidente de carro e depois teve de ficar no hospital.

O professor de religião pendura os desenhos na sala.



Vocês fizeram tudo muito bem – diz ele.

Jacob percorre as paredes a olhar para os quadros. No quadro XIV pára mais tempo. Foi Tomi quem o pintou. Como não sabe desenhar pessoas, desenhou apenas o sepulcro, grande e cinzento, com um pedregulho à frente. Diante da

pedra está um ramo de flores com um laço onde está escrito: Últimas saudações dos teus servos.

Jacob abana a cabeça.



Na nossa Via-Sacra falta a cena mais importante!

E pergunta ao professor:

– Tem mais uma folha de papel?

O professor dá-lhe a última folha.



Jacob pinta a mãe de Jesus sentada no seu quarto a olhar para a porta. A porta está aberta e Jesus está na soleira. À sua volta há muita luz, que ilumina o quarto. Jesus está de braços abertos e a sorrir.

Jacob desenha um balão saindo da boca de Maria: Graças a Deus que estás aqui!

Que bonito! – exclama Catarina. – Isto estava mesmo a faltar, senão ficávamos tristes para sempre.

O professor pega no quadro XV, observa-o e faz um gesto de assentimento com a cabeça. Em seguida pendura-o na parede junto dos outros.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal