Úlcera de abomaso em pequenos ruminantes



Baixar 169,66 Kb.
Página2/3
Encontro10.10.2018
Tamanho169,66 Kb.
1   2   3

Figura 03 - Ovino Dorper com fezes escurecidas (melena) por conta de ulcera hemorrágica (foto gentilmente cedida pela mestranda em ciência animal dos trópicos - UFBA - Byanca Ribeiro).

Úlcera perfurada com peritonite local aguda: Ocorre penetração de todas as camadas do abomaso, resultando em extravasamento do conteúdo para uma região restrita da cavidade abdominal (peritoneal) do animal. O local é sempre próximo da úlcera e é protegido por aderências formadas entre o abomaso e vísceras vizinhas ou omento.
Úlcera perfurada com peritonite difusa: Ocorre extravasamento de grande quantidade de conteúdo do abomaso para a cavidade abdominal espalhando-se por toda cavidade peritoneal resultando em uma peritonite difusa.
Figura 04 - Ulceração hemorrágica difusa.

Nos casos moderados da doença, frequentemente não se notam sinais clínicos. Os principais sintomas incluem anorexia e cólica. Na perda grave de sangue pode se constatar melena (presença de fezes escuras facilitando o diagnóstico clínico), alteração de apetite e ranger de dentes. Dependendo da fase pode haver ausência de motilidade ruminal e palidez das mucosas.



1   2   3


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal