José António Oliveira Bandeirinha, nascido a 15 de Maio de 1958 em Coimbra



Baixar 253,32 Kb.
Página1/3
Encontro20.10.2017
Tamanho253,32 Kb.
  1   2   3

Curriculum Vitæ


José António Oliveira Bandeirinha

Departamento de Arquitectura

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Universidade de Coimbra
2007

Curriculum Vitæ de

José António Oliveira Bandeirinha, nascido a 15 de Maio de 1958 em Coimbra.

Liceu Normal de D. João III (1968/69-1974/75).


Frequência do Curso de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (1976/77, 1977/78).
Entrada no Curso de Arquitectura da Escola Superior de Belas-Artes do Porto (1978/79).
Conclusão da parte escolar do Curso de Arquitectura da Escola Superior de Belas-Artes do Porto (1982/83).
Trabalho no Gabinete de Apoio Técnico (GAT) de Águeda (1983 a 1985).
Entrada para o Gabinete Técnico Local (GTL) de Soure em 1985.
Trabalho desenvolvido no âmbito do GTL de Soure, em colaboração com o Arquitecto Carlos Figueiredo: Plano de Reabilitação Urbana do Núcleo Histórico de Soure, organização da 1ª Bienal de Arquitectura de Soure em Junho de 1986 e redacção da revista Locus.
Recuperação e Restauro da Casa das Andorinhas, na Rua Aires de Campos, em Coimbra, para a Delegação Regional do Instituto Nacional de Estatística (1988).
Menção Honrosa no Concurso Público Nacional promovido pelo Instituto Nacional de Habitação - "Anteprojecto de Habitação Evolutiva", em colaboração com o Arquitecto Carlos Figueiredo (Junho de 1987).
Assistente Estagiário do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (Outubro de 1989).
Casa Paulo Vasco, em Abrantes. (projecto de 1989, obra de 1993).

Obra publicada: Jornal Arquitectos, 217, 2004.


Remodelação dos edifícios que integram a Unidade Pedagógica Central do Pólo II da Universidade de Coimbra, em co-autoria com o Arquitecto João Mendes Ribeiro (1993).
Assistente do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (Dezembro de 1993).
Recuperação e Restauro do Teatro Esther de Carvalho em Montemor-o-Velho.

Primeiro lugar ex-æquo do Prémio de Apoio para a Recuperação e Valorização do Património Artístico, da Fundação Calouste Gulbenkian.

Obra publicada:

[1] Sauvegarde du Patrimoine Architectural Européen, Bruxelas, Commision Européenne, 1994, pp. 108-109;

[2] Arquitectura. Revista del Colegio Oficial de Arquitectos de Madrid, 302, 1995, pp. 86-88; (projecto de Maio de 1994 e obra concluída em Julho de 2003).
Colaboração com o Arquitecto Fernando Távora no Projecto de Remodelação da Sala dos Capelos da Universidade de Coimbra.

Obra publicada: Monumentos, 8, 1998, pp. 94-95 (projecto de execução 1994/1995).


Casa António Seguro, em Torres do Mondego (projecto de 1994, obra de 1997).
Concurso por convites para a Ampliação do Edifício-Sede da Ordem dos Engenheiros, em Lisboa - 3º prémio, em co-autoria com o Arquitecto João Mendes Ribeiro (Setembro de 1994).
Restaurante na Ala Nascente do Claustro de D. Afonso V no Mosteiro da Batalha, em co-autoria com o Arquitecto João Mendes Ribeiro (projecto de execução 1996).
Casa de Chá no Castelo de Montemor-o-Velho, em colaboração com o Arquitecto João Mendes Ribeiro (1996).
Cenografia da peça de teatro O Pequeno Monstro, de Jasmine Dubé, encenada por Manuel Guerra para o Teatrão - Companhia de Teatro para a Infância de Coimbra (estreia em Março de 1999).
Projecto de Arquitectura da Exposição Angola a Preto e Branco. Fotografia e Ciência no Museu do Dundo 1940-1970, realizada no Museu Antropológico da Universidade de Coimbra e comissariada pelo Dr. Nuno Porto (1999).
Cenografia da peça de teatro Combate de Negro e de Cães, de Bernard-Marie Koltès, encenada por Fernando Mora Ramos, no Teatro Nacional S. João (estreia a 8 de Junho de 1999).
Recuperação do edifício da Rua Filipe Simões para instalação do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, CEIS 20, da Universidade de Coimbra (2001).
Edifício-sede da Fundação das Universidades Portuguesas, na Rua Pinheiro Chagas, em Coimbra; em co-autoria com o Arquitecto Rui Lobo (2001-2002).
Professor Auxiliar do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (Julho de 2002).
Coordenador adjunto do Programa Preliminar para a Inserção Urbana do Metro Mondego entre a Rua da Sofia e a Avenida Fernão de Magalhães, trabalho realizado no Centro de Estudos de Arquitectura – CEARQ, sob a coordenação do Arquitecto Gonçalo de Sousa Byrne (2002-2003).
Coordenador adjunto do Estudo de Integração Urbana do Pólo das Ciências da Saúde, dos Hospitais da Universidade de Coimbra e do Antigo Hospital de Celas, trabalho realizado no Centro de Estudos de Arquitectura – CEARQ, sob a coordenação do Arquitecto Gonçalo de Sousa Byrne (2003-2004).
Professor Associado do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (Abril de 2006).
Primeiro lugar no Concurso de Ideias para Monumento a Miguel Torga, promovido pela Câmara Municipal de Coimbra, em co-autoria com o Pintor António Olaio (Março de 2006 – Agosto de 2007)

Carreira académica

Assistente estagiário da disciplina de Projecto do 2º. ano do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, regida pelo Professor Arquitecto Alexandre Alves Costa (de Outubro de 1989 a Dezembro de 1993).


Provas de Aptidão Pedagógica e de Capacidade Científica, com a classificação de muito bom (Dezembro de 1993).
Assistente da disciplina de Projecto II do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, regida pelo Professor Arquitecto Alexandre Alves Costa (de Dezembro de 1993 a Julho de 2002).
Responsável pela disciplina de Projecto II do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (ano lectivo de 2001-2002).
Representante dos Assistentes na Comissão Científica do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (de Janeiro de 1992 a Junho de 1996).
Membro da Comissão Executiva do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (de Janeiro de 1992 a Junho de 1996).
Provas de Doutoramento apresentadas à Universidade de Coimbra, na área de Arquitectura, especialidade Arquitectura e Construção, com uma Dissertação intitulada O Processo SAAL e a Arquitectura no 25 de Abril de 1974, nas quais foi aprovado, por unanimidade, com Distinção e Louvor (11 de Julho de 2002).
Professor Auxiliar do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (de Julho de 2002 a Abril de 2006).
Regência da Disciplina de Projecto II do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (ano lectivo de 2002-2003).
Leccionação da Disciplina de Planeamento Físico I (semestral) do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (1º. semestre do ano lectivo de 2002-2003).
Presidente da Comissão Científica do Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra (de Outubro de 2002 a Outubro de 2004).
Presidente do Conselho de Departamento do Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra (de Outubro de 2002 a Outubro de 2004).
Regência da Disciplina de Projecto I do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (do ano lectivo de 2003-2004 ao de 2006-2007).
Leccionação da Disciplina A Cidade como Projecto, do Curso de Mestrado Estudos Avançados em Arquitectura, Território e Memória, EA/ATM, do Departamento de Arquitectura da FCTUC (ano lectivo de 2003-2004).
Coordenação, por parte do Departamento de Arquitectura da FCTUC, do Curso de Mestrado e de Pós-graduação em “Engenharia Civil e Arquitectura — Reabilitação do Espaço Construído” (anos lectivos de 2005-2006 e 2006-2007).
Leccionação das Disciplinas de Projecto (esta em conjunto com os Professores Doutores Eduardo Júlio, José António Raimundo Mendes da Silva e Walter Rossa) e Intervenção Crítica no Espaço Construído, no Curso de Mestrado e de Pós-graduação em “Engenharia Civil e Arquitectura — Reabilitação do Espaço Construído” (anos lectivos de 2005-2006 e 2006-2007).
Primeiro lugar no Concurso para Professor Associado do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Coimbra (Janeiro de 2006)
Professor Associado do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (desde Abril de 2006).
Coordenador co Centro de Estudos de Arquitectura CEARQ, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (desde Junho de 2006).
Presidente da Comissão Científica do Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra (de Novembro de 2006 a Maio de 2007).
Presidente do Conselho de Departamento do Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra (de Novembro de 2006 a Maio de 2007).
Pro-Reitor para a Cultura da Universidade de Coimbra (Março de 2007).
Regência da Disciplina de Projecto II do Curso de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (ano lectivo de 2007-2008).
Leccionação da Disciplina de Urbanismo, Territorialidade e Espaço Público (em conjunto com os Arquitectos Jorge Figueira e Nuno Grande) do Curso de Mestrado em Cidades e Culturas Urbanas da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (1º. Semestre do ano lectivo de 2007-2007).
Membro da Comissão de Coordenação Científica e de Gestão dos Cursos de 2º. E 3º. Ciclos “Energy for Sustainability”, propostos por docentes das Faculdades de Economia e de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e integrados na área de Sistemas de Energia Sustentáveis do Programa MIT-Portugal (Outubro de 2007).


Participação em júris de Provas Académicas

Mestrados

Como arguente,


Prova de Mestrado de Soraia Antunes Gomes Dinis Noorali, subordinada ao tema Paradigmas da Ubiquidade — a casa presença e paradoxo, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa em 20 de Novembro de 2003.
Prova de Mestrado de Sérgio Alexandre Fazenda Rodrigues, subordinada ao tema Um estudo das tendências na produção recente de habitação dita de luxo — o caso dos condomínios fechados na área metropolitana de Lisboa — anos 90, realizada no Instituto Superior Técnico em 31 de Janeiro de 2005.
Prova de Mestrado de Kenji Araya, subordinada ao tema O Processo participativo, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 22 de Fevereiro de 2005.
Prova de Mestrado de Paulo Manuel de Oliveira Matos Diogo, subordinada ao tema PDM e Transformações no Território – o Caso de Tomar, realizada na Universidade Técnica de Lisboa em 17 de Maio de 2005.
Prova de Mestrado de Isabel Maria Mota Granês, subordinada ao tema Reabilitação de estruturas de comércio e lazer – Séc. XX, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa em 11 de Maio de 2006.
Prova de Mestrado de Pedro José Nascimento Graveto, subordinada ao tema A Zona Histórica de Coimbra enquanto património: permanências e transformações, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 21 de Julho de 2006.
Prova de Mestrado de Ana Raquel Martins de Almeida, subordinada ao tema Sustentabilidade dos Espaços Públicos na Reabilitação dos Núcleos Urbanos. A questão das Praças Patrimoniais, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 27 de Setembro de 2006.
Prova de Mestrado de Patrícia Andreia Ventura Pinto Fernandes Rocha, subordinada ao tema Metodologias de concepção arquitectónica com base na perspectiva da manutenção. Aplicação e análise a vãos exteriores, realizada na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 10 de Outubro de 2006.
Prova de Mestrado de Vítor Manuel dos Santos Gama, subordinada ao tema Recomendações para a Concepção Arquitectónica da Envolvente de Edifícios na Perspectiva da Durabilidade, realizada na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 10 de Outubro de 2006.
Prova de Mestrado de Filipe Vasco Costa de Salis Amaral, subordinada ao tema A Identidade Arquitectónica como Fundamento da Intervenção, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 17 de Setembro de 2007.

Como Presidente de Júri,


Prova de Mestrado de Sandra Maria Gameiro Pinto, subordinada ao tema Análise Formal: recursos, princípios, métodos; subsídios metodológicos para o conhecimento da cidade portuguesa, realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 23 de Março de 2007.
Prova de Mestrado de Nuno Miguel dos Santos Salgueiro, subordinada ao tema Fabricar o território: os equipamentos do sistema produtivo português (1670-1807), realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 27 de Março de 2007.
Prova de Mestrado de Ana Sofia Antunes Moreira, subordinada ao tema Utopias territoriais do Iluminismo em portugal, realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 27 de Março de 2007.
Prova de Mestrado de Catarina Maria G. S. C. Sampaio, subordinada ao tema Habitação rural em Santo Antão (Cabo Verde), realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 28 de Março de 2007.
Prova de Mestrado de Eliana Pereira de Sousa Santos, subordinada ao tema A vontade de Paisagem: genealogia de concepções de percepção espacial da teoria à prática artística e arquitectónica, realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 29 de Março de 2007.
Prova de Mestrado de Joana Paula Ramos H. Gaspar, subordinada ao tema Planos de Coimbra: a sua influência na transformação da cidade, realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 30 de Março de 2007.
Prova de Mestrado de Rui Jorge Alves F. Seco da Costa, subordinada ao tema Conceitos e experimentação de desenho urbano em Portugal: do modernismo à revisão dos modelos, realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 23 de Abril de 2007.
Prova de Mestrado de Rui Luís Stanzani Rodrigues Lapa, subordinada ao tema Cosmofobia: fundamentos de uma ecologia do comportamento ornamental, realizada no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 8 de Maio de 2007.


Orientação de provas concluídas

— Licº. Armando Manuel Rabaça Correia Cordeiro, Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, classificadas com Muito Bom, em 18 e 19 de Janeiro de 2006;


— Licº. Pedro de Melo Goulão dos Santos Taborda, prova de mestrado que co-orientou em conjunto com a Senhora Professora Doutora Madalena Cunha Matos, da Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, subordinada ao tema Conservação e Restauro do Palácio Roberto Lopes Branco. Escola de Ofícios – Residência. Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, aprovada com a classificação de Muito Bom, a 6 de Novembro de 2006.
— Licº. André Renga Faria Ferreira, prova de mestrado que co-orientou em conjunto com a Senhora Professora Doutora Ana Cristina Tostões, do Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura do Instituto Superior Tácnico, subordinada ao tema Obras públicas em Moçambique, inventário da produção arquitectónica executada entre 1933 e 1961. Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, aprovada com a classificação de Muito Bom, a 12 de Abril de 2007.
— Licº. Ivo Pereira de Oliveira, prova de mestrado que co-orientou em conjunto com o Senhor Professor Arquitecto Sergio Leopoldo Fernandez Santos, da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, subordinada ao tema Ilusões e ficções de modernidade na Fábrica Oliva de S. João da Madeira. Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, aprovada com a classificação de Muito Bom, a 12 de Abril de 2007.
— Licª. Ana Mafalda Flórido Trindade de Cristo Rodrigues, prova de mestrado que co-orientou em conjunto com o Senhor Professor Doutor Álvaro Domingues, da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, subordinada ao tema Regulação Urbanística e Forma da Nova Expansão Urbana. O Caso de Évora. Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, aprovada com a classificação de Muito Bom, a 15 de Outubro de 2007.

Orientação de provas em curso

— Licª. Ana Raquel da Costa Mesquita;

— Licº. César Manuel Alves Ferreira Barroso Proença;

— Licª. Susana Cláudia Sebinha Ferreira, em co-orientação com a Senhora Professora Doutora Ana Tostões;

— Licª. Marta Filipa Almeida Carvalho;

— Licª. Susana Constantino Peixoto da Silva;

— Licª. Sofia Margarida Mesquita Tiago Sobral Ramos

— Licª. Ana Margarida Pascoal Dourado;

— Licª. Carla Manuel Ferreira de Carvalho Braz Cardoso;

Doutoramentos

Como arguente,


Prova de Doutoramento de Dolores Pinto Araruna de Medeiros, subordinada ao tema O Discurso Arquitectónico: Concepção, Cognição e Expressão, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 30 de Abril de 2004.
Prova de Doutoramento de Pedro Jorge Monteiro Bandeira, subordinada ao tema Arquitectura como Imagem, Obra como Representação: subjectividade das imagens arquitectónicas, realizada na Universidade do Minho em 27 de Julho de 2007.

Como vogal,


Prova de Doutoramento de Gonçalo José Urbano Curado de Seiça Neves, subordinada ao tema Ideologia e Cultura Na República de Weimar: Ernst May, Arquitectura e Planeamento Urbano, realizada na Universidade de Coimbra, em 4 de Maio de 2006.
Prova de Doutoramento de Carlos Manuel Castro Cabral Machado, subordinada ao tema Anonimato e Banalidade. Arquitectura popular e arquitectura erudita na segunda metade so século XX em Portugal, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 14 de Julho de 2006.
Prova de Doutoramento de José Miguel Neto Viana Brás Rodrigues, subordinada ao tema O mundo ordenado e acessível das formas da arquitectura. Tradição Clássica e Movimento Moderno na Arquitectura Portuguesa: dois exemplos, realizada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 18 de Abril de 2007.
Prova de Doutoramento de João Paulo Mendes de Seiça da Providência Santarém, subordinada ao tema Arquitectura da Estação Termal no Século XIX: Representação e Experiência, realizada na Universidade de Coimbra, em 22 de Outubro de 2007.

Como vogal suplente,


Prova de Doutoramento de José Fernando Castro Gonçalves, subordinada ao tema Edifícios modernos de habitação colectiva – 1948/61. Desenho e Standard na Arqquitectura Portuguesa, realizada na Universitat Politècnica de Catalunya, de Barcelona, em 29 de Março de 2007.


Orientação de provas em curso

— Licº. António Alberto de Faria Bettencourt, em co-orientação com o Senhor Professor Doutor José António Raimundo Mendes da Silva;

— Mestre José Júlio Cabral Faria Frias Dias, em co-orientação com o Senhor Professor Arquitecto Sergio Fernandez;

— Mestre Maria da Conceição Lopes Aleixo Fernandes, em co-orientação com a Senhora Professora Doutora Conceição Lopes;

— Licª. Susana Luísa Mexia Lobo, em co-orientação com a Senhora Professora Doutora Ana Tostões;

— Licº. Gonçalo Esteves de Oliveira Canto Moniz, em co-orientação com o Senhor Professor Arquitecto Alexandre Alves Costa;

— Licº. Armando Manuel Rabaça Correia Cordeiro;

— Licº. .João Carlos da Silva Afonso, em co-orientação com o Senhor Professor Arquitecto Alexandre Alves Costa;



Participação em júris de Provas Finais da Licenciatura em Arquitectura

Membro do Júri das seguintes Provas Finais:


como orientador,
[1995] O Método da Memória e a Memória do Método: Registo de Alguns Apontamentos de Carácter Disciplinar motivados pelo Projecto de Recuperação e Restauro do Edifício do Teatro Esther de Carvalho, de Fernando A. Cardoso Fonseca, em 18-02;

[1995] De Regresso a Alcobaça. Exercício Teórico-Prático sobre o Espaço Urbano da Cidade de Alcobaça, de Pedro Miguel Cintra Feliciano, em 12-10;

[1997] A Cidade Baixa – Evolução e Caracterização do Espaço Urbano, de Sandra Maria Fonseca Almeida, em 20-11;

[1998] Utopias Urbanas, de Nelson Jorge Amorim Mota, em 15-01;

[1998] Queremos Casas, de Isabel Maria Baptista Bolas, em 12-02;

[1998] O Largo da Feira, caracterização tipológica na Gândara, Bairrada e Baixo Mondego – estudo do caso de Tentúgal, de Ana Cristina Rodrigues Lucas, em 13-11;

[1999] Dois Tempos, Prova Final, de Ana Luísa Frazão Correia, em 25-03;

[1999] Espaços Infantis, de Anabela Milheiro Caetano, em 25-03;

[1999] Da Intuição ao Método, A Memória na Modernidade Crítica, de César Manuel F. Barroso Proença, em 25-03;

[1999] Da “Casa da Escola” à “Sagrada Oficina das Almas”, as Escolas Primárias do Liberalismo ao Salazarismo, de Ana Paula T. C. Santos, em 21-07;

[1999] Habitação de Standard Mínimo, Percurso na Obra de Vítor Figueiredo, de Luísa Alexandra Sá Marques, em 21-07;

[2001] S.A.A.L. Reflexão sobre Cinco Bairros, Casal das Figueiras, Leal, Quinta das Fonsecas, Castelo, Relvinha, de Ana Rita Guedes Paiva, em 15-02;

[2002] Bairro do Castelo: Ferreira do Alentejo, de Joana Catarina Redondo Abrantes, em 09-04;

[2002] O Abandono dos Centros Urbanos, de Marco Paulo Falcão Basílio, em 18-06;

[2003] (In)famous Places- lugares que nasceram no outro gume da faca – Aproveitamento Hidroeléctrico do Douro Internacional – a relação entre o arquitecto e o engenheiro, de Carla Manuel F. Carvalho Braz Cardoso, em 09-04;

[2003] S.A.A.L. e o Movimento de Moradores em Coimbra, de José Manuel Albuquerque de Oliveira, em 13-11;

[2004] Espaço, Público, de Ricardo Luís Vaz Trindade, em 21-04;

[2004] Instalações Académicas de Coimbra, de Rui Manuel Vaz Mendes, em 14-07;

[2004] Guimarães – Habitação Social e a Cidade, de Hugo Miguel Vieira de Moura, em 14-07-2004;

[2004] Arquitectura. Projecto[s]. Cidade. Crescer numa década: 1955/1965, de Patrícia Salomé de Oliveira Reis, em 18-11;

[2004] Habitações de Estudantes, de Daniel Magalhães Queiroz, em 19-11;

[2005] Coimbra no Mapa do Regime em Dois Edifícios Representativos (…), de Roberto Gonçalves Brazão Machado, em 29-03;

[2005] Infrascapes. Uma Leitiura da Cultura da Mobilidade, de Ana Teresa A. R. Madeira Cerqueira, em 21-07;

[2005] Moleskine, a viagem e a Arquitectura (do modernismo à modernidade), de Ana Sofia Neno Leite, em 2-11;

[2005] Carapinheira, estratégia e desenvolvimento sustentável, de Tiago Carvalho Ribeiro, em 24-11;

[2005] Habitação unifamiliar – a problemática da casa contemporânea, de Lissete Yosmar Campos Gonçalves, em 30-11;

[2006] Cidades Ocasionais, de Filipe Manuel Pinhal Catarino, em 11-10;

[2006] O Planalto do Ingote, de Raquel Rute Almeida Baptista dos Santos, em 30-11;

[2007] O Bairro Norton de Matos saúda-vos, de Sara Azenha Nunes do Vale, em 25-07;

[2007] Nova Iorque, uma fábula urbana, de João Filipe Fernandes da Silva, em 25-07;


como arguente,


[1995] Monsanto: um ponto de vista social e morfológico, de Hugo Manuel Monteiro Fernandes, em 12-10;

[1996] Mitos, Vícios & Heróis, aproximação ao mundo do extraordinário Sr. Morna, de Nuno Carlos Pedrosa Moura Correia, em 07-11;

[1997] Metodologia de Análise Espacial de Desenho Urbano, de Isabel Maria Ildefonso Valverde, em 20-11;

[1998] Evolução Morfológica da Cidade de Aveiro, de Paula Isabel Aleixo Dias, em 12-02;

[1998] Arquitectura: o Ser e o Desejo, de Camilo Manuel Rebocho Vaz Leiria, em 12-11;

[1999] Aos olhos alcandorados, o traço de Leiria, de Vítor Manuel Vieira Oliveira, em 25-03;

[1999] Alguns Traços sobre as Ilhas do Porto. Três Operações SAAL/Norte — Antas, Leal e S. Vítor, de Abel Augusto Fonseca da Silva, em 22-07;

[1999] Da Figueira à Foz. Evolução e Fusão das Duas Cidades da Foz do Mondego, de Teresa Cordeiro Baptista, em 18-11;

[1999] A lógica da Urbanidade Clandestinidade. O caso de Viseu, de Ana Cláudia Marques Ferreira em 14-11;

[2000] A Cidade: o caso de Cantanhede, de Hermínio Pato Pereira, em 20-07;

[2001] Pólo II: uma nova (Univer)Cidade, de Filomena Maria de Almeida Pinheiro, em 19-07;

[2002] Coimbra, projecto urbano: margem esquerda do Mondego, de Nuno Vasco Poças Marques, em 31-01;

[2002] Lisboa das grandes exposições: a exposição do mundo português e a Expo 98, de Fabiana Patrícia Modesto Fortunato, em 18-07;

[2003] Modulor, faz o mal parecer difícil e o bem fácil, de Carlos António Sargaço Fonseca, em 09-04;

[2003] Coimbra 2010 – Odisseia no Espaço, de Jorge Manuel H. Vale Teixeira Dias, em 11-04;

[2004] Arquitectura moderna - pretérito imperfeito, de Ricardo Jerónimo Pedroso de Azevedo e Silva, em 17-11;

[2005] Auditórios. Tipo e Morfologia, de Francisco Tiago Antunes Paiva, em 30-03;

[2005] Casas Sim! Barracas Não! O Problema da Habitação—um ensaio crítico, de Sandra Isabel Gaspar Neto, em 21-07;

[2005] Eléctrico rápido em Coimbra, de Eugénio Filipe Teixeira Borges, em 02-11;

[2005] Da cidade à indústria, de João Pedro Teixeira Caldas, em 24-11;

[2005] On Off – ligação em rede – as redes de equipamentos públicos no Estado Novo, de Marco Bruno Andrade Maio, em 30-11;

[2006] Espaços Habitacionais Burgueses. Do Palacete à Célula Moderna, de Sandra Sofia Barreto Ceia Pereira, em 31-03;

[2006] Hospital-cidade ou Cidade Hospitalar. O Programa Hospitalar na Cidade de Coimbra do Século XX, de Ana Rita Mendes Amaral, em 11-10;

[2006] Limites Difusos. Da técnica e da comunicação na arquitectura, de Nuno Filipe Fernandes Galvão, em 22-11;

[2007] Arquitectura na era da informação, de Ana Luísa Duarte Capelo em 02-03;

[2007] Archigram. O passado como aurora do futuro, de Marta Isabel Ribeiro Nunes, em 03-05;


como presidente do Júri,


[2001] Simulacro: Arquitectura e Imagem Fotográfica, de João Filipe de Freitas Fôja Coelho, em 15-02;

[2002] Estudo prévio para o Plano de Pormenor do Alto de Santa Clara, de Vasco G. dos Santos Rodrigues, em 31-01;

[2003] Minimalismo – conceitos de minimalismo no contexto internacional e no contexto nacional: Case Study Houses e Eduardo Souto de Moura, de Rui Manuel Vaz Mendes, em 09-04;

[2004] Arte vs Política, de Ana Filipa Torneiro Pedrosa, em 21-04;

[2004] Regimes de Visão: da camera obscura ao blur building, de Tiago Ferrus Botelho Hespanha, em 14-07;

[2004] As dimensões da Arquitectura Construtivista, de Hugo Ricardo Miranda Mónica, em 17-11;

[2004] Arquitectura e Comunicação, de Carina Sofia Martins Silva, em 17-11;

[2004] Perguntar?, de Nelson da Silva Brito, em 19-11;

[2005] Arquitectura e Fotografia. Intersecções, de Cláudia Liliana Rodrigues Fidalgo, em 29-03;

[2005] Técnicas de Construção com Madeira, de Salomé Galamba Oliveira Nascimento, em 30-03.

[2005] Veracidade – na imagem de S. Paulo, de Vera Lúcia Leitão Pinto, em 02-11;

[2005] Arquitectura vende-se, de Andreia Miguel Mealha, em 24-11.

[2007] Reabilitação em Farminhão, de Luís Miguel Mendes Lobo, em 02-03.



  1   2   3


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal