Já tem o seu modelo de negócio? Veja uma análise dos principais modelos e seus maiores desafios



Baixar 155,52 Kb.
Página1/2
Encontro01.12.2018
Tamanho155,52 Kb.
  1   2

Já tem o seu modelo de negócio? Veja uma análise dos principais modelos e seus maiores desafios
 

Pedro Waengertner, Fundador da aceleradora ACE fez uma análise dos principais modelos de negócios e seus desafios.

Ele conta que sempre encontrou muitos empreendedores que compartilhavam com ele suas ideias, e por isso, acabou se treinando para sempre que for ouvir uma nova ideia de empreendedor se aprofundar e questionar os detalhes do modelo de negócio,  por exemplo, como esse empreendedor está ganhando dinheiro, como ele pretende monetizar, quem são seus clientes e aí por adiante. Ele também destaca que ouvia muito dos empreendedores dizerem ” Eu tenho uma empresa de Big Data”, ou “Eu tenho uma empresa de IOT” e afirma que isso não existe. O Big Data serve para resolver um problema específico para algum cliente, por isso, ele afirma que é impossível ter uma empresa de determinada tecnologia, a tecnologia serve para um fim.

Para começar, Pedro destacou os maiores enganos que as empresas fazem. O primeiro deles é achar que montar uma Startup é rápido. Muito pelo contrário, em média o ciclo de uma startup para conseguir sair do chão, demora no mínimo dois anos. Outro ponto é achar que a ideia é o mais importante, quando na verdade, o que está por trás da ideia é muito mais importante, é o empreendedor que faz a ideia sair do papel. Outra coisa é o desejo de copiar o Vale do Silício, segundo Pedro, essa metodologia está errada, pois nos EUA eles têm outro mercado, outra realidade e outro tipo de investidor.

Pedro afirma que não existe empresa boa e empresa ruim para o empreendedor, mas sim para o investidor, e olhar o modelo de negócio é um meio de descobrir se ela é boa ou ruim. Outra maneira de descobrir é analisar se a empresa está realmente conseguindo testar aquela hipótese, validar é muito importante para provar que aquela sua ideia realmente funciona.

Outro ponto que Pedro destaca é que tipo de empresa o empreendedor quero ter. É possível criar um Lifestyle business, uma empresa que gera uma renda boa para os sócios, mas que não será uma empresa gigante. Isso não é errado, a maioria das empresas  brasileiras são lifestyle business, empresas que não vão chegar a 50 milhões ou 100 milhões de faturamento, mas que irão permitir que os sócios retirem seus 50 mil reais no final do mês e que tenham um estilo de vida muito bom.





Foto: Divulgação

Esse modelo é diferente de uma startup de grande impacto e alto crescimento, em que o empreendedor não irá olhar a retirada mensal dele porque o valor da empresa não está no valor que ele retira todo mês, mas sim no equity, na participação que ele tem na empresa.





Foto: Divulgação

É muito comum os empreendedores do segundo exemplo ganharem menos dinheiro do que os do lifestyle business. Não tem certo ou errado, o importante é entender o que você quer pra você. Pedro destaca que a chance de um investidor colocar dinheiro em um lifestyle business é muito menor, porque geralmente esses negócios se auto financiam.

Veja abaixo uma lista que Pedro citou sobre os modelos de negócios mais complicados de ganhar dinheiro. Ele ressalta que não existe um modelo escrito em pedra, são apenas exemplos de que a probabilidade de ganhar dinheiro é menor.



  1   2


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal