Instituto de ensino superior do amapá processo seletivo 008. 2º Semestre edital n. 2/2008



Baixar 91,98 Kb.
Encontro26.11.2017
Tamanho91,98 Kb.

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

PROCESSO SELETIVO 2017.2

EDITAL N. 2/2017, DE 01/07/2017

[REFERENTE AO CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA]


A Diretora Geral do Instituto de Ensino Superior do Amapá (IESAP), no uso de suas atribuições regimentais, torna público para o conhecimento de todos os interessados que, no período indicado neste Edital, estarão abertas as inscrições ao Processo Seletivo (PS) ao Curso de Licenciatura em Música, do IESAP, para ingresso no ano de 2017/2º semestre, organizado sob forma de concurso público, em conformidade com o disposto no Inciso II do Artigo 44 da Lei n. 9.394/1996; na Portaria 391/2000 – MEC e Portaria Normativa 40/2007 - MEC, versão consolidada, com referência aos dispositivos alterados e/ou revogados expressamente pela Portaria Normativa 23/2010 - MEC, bem como no Regimento institucional, e será realizado segundo as regras aqui dispostas, as quais a instituição se obriga a cumprir e os candidatos, ao nele se inscreverem, declaram, implicitamente, conhecer e com elas concordar.

I DO PERÍODO, DO LOCAL, DO HORÁRIO E DA TAXA DE INSCRIÇÃO AO CERTAME

    1. Período: de 17/07 a 04/08/2017.

    2. Local: sede do IESAP, situada à Av. Feliciano Coelho, 125, Bairro do Trem, Macapá/Amapá.


1.3 Horário: de 2ª à 6ª feira, de 08h às 12h e de 14h às 18h, na Secretaria Acadêmica/SERCA (térreo).

1.4 Taxa de inscrição: R$ 60,00 (sessenta reais).

1.4.1 O valor recolhido em favor da taxa de inscrição será canalizado para cobertura de despesas referentes à elaboração, digitação, revisão, impressão e correção da prova, e em nenhuma hipótese poderá ser devolvido ao candidato inscrito.

1.5 Candidato com necessidades especiais, que precise de assistência diferenciada por ocasião da realização da prova, deverá comunicar tal fato, por escrito, à Comissão Central, no ato da inscrição, anexando Laudo Médico indicativo da situação especial.
II DA CARACTERIZAÇÃO DO CURSO EM OFERTA
2.1 O Curso de Música do IESAP assim se caracteriza:


Curso

Situação Legal

Vagas

Turno

Música

[Licenciatura]



Curso Autorizado:

Port. SERES N. 398/2015, de 29/05/2015



[DOU n. 102, de 01/06/2015 – Seção 1, p. 16]

60

Noite


2.2 Caso não haja demanda suficiente para o preenchimento mínimo das vagas que garanta o equilíbrio econômico-financeiro da turma, a instituição poderá remanejar os aprovados para outro Curso, desde que conte com a anuência do candidato e haja vaga disponível.

2.3 O Curso em oferta funcionará na sede do IESAP, sito à Av. Feliciano Coelho, 125, Trem, Macapá/AP.

III DAS NORMAS DE ACESSO AO CERTAME



3.1 O Processo Seletivo será executado em 2 (duas) etapas, assim caracterizadas:

3.1.1 Prova de Redação (1ª etapa): esta etapa da seleção, a ser realizada no prazo máximo de 3 (três horas, valerá 20 (vinte) pontos e destina-se a verificar o domínio do candidato em relação à norma culta da Língua Portuguesa, a partir do desenvolvimento de tema da atualidade, construído dentro de uma abordagem dissertativa.

3.1.1.1 Para efeito de classificação nesta etapa, o candidato deverá tirar, no mínimo, nota 5 (cinco) na prova de Redação.

3.1.1.2 A nota de Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), obtida no último ano, poderá substituir a prova de Redação do PS/IESAP, desde que o candidato tenha obtido, no mínimo, 250 (duzentos e cinquenta) pontos.

3.1.1.3 No caso de aproveitamento da nota de Redação/ENEM, o candidato deverá apresentar no ato da inscrição ao PS/IESAP o Boletim de Notas/ENEM (original e fotocópia), com base no qual será processada a equivalência de pontuação entre a nota alcançada na Redação/ENEM e os 20 (vinte) pontos previstos para a Redação/IESAP, adotando para tal a fórmula (1.000 ÷ 50 = 20), de modo a estabelecer a nota de Redação do candidato no PS/IESAP.

3.1.2 Prova de Teoria e Percepção Musical (2ª etapa): esta etapa da seleção, igualmente à anterior, será executada no prazo máximo de 3 (três) horas e também valerá 20 (vinte) pontos, sendo que o objetivo principal é avaliar os conhecimentos básicos do candidato sobre Teoria e Percepção Musical.

3.1.2.1 A prova virá estruturada com 20 (vinte) questões de múltipla escolha, sendo 10 (dez) para Teoria Musical e as outras 10 (dez) para Percepção Musical, cada uma com 4 (quatro) alternativas de resposta, dentre as quais apenas 1 (uma) estará correta,

3.1.2.2 Cada questão valerá 1 (um) ponto, totalizando 20 (vinte) pontos, sendo 5 (cinco) a nota mínima para classificação na referida etapa.

3.1.2.3 As questões da prova de Percepção retratarão trechos rítmicos e melódicos, bem como fragmentos de músicas eruditas e populares.

3.1.2.4 A resolução das questões deverá acontecer durante a execução dos respectivos trechos rítmicos ou melódicos e dos fragmentos musicais.

a) Em cada questão o trecho rítmico ou melódico será tocado 3 (três) vezes, com intervalo de 10 (dez) segundos entre cada execução e entre as questões consecutivas;

b) A audição do trecho rítmico ou melódico/fragmento musical respeitará a sequência das questões dispostas na Prova, não sendo permitido retroceder para a audição de qualquer uma das peças.

3.1.2.5 Para efeito de classificação nesta etapa do PS, o candidato deverá obter nota igual ou superior a 5 (cinco) pontos.

3.1.2.6 Para esta etapa da Prova serão abrangidos os seguintes conteúdos:

a) Teoria Musical: I Noções elementares de notação musical: 1) Notação musical: altura dos sons no pentagrama; características do pentagrama. 2) Claves: de Sol e de Fá na 4ª linha. 3) Termos e expressões musicais. 4) Sinais de articulação e dinâmica. II Valores rítmicos e compassos: 1) Compasso: barra de compasso; barra dupla; barra final. 2) Fórmula de compasso: unidade de compasso; unidade de tempo. 3) Compasso simples; compasso composto. 4) Divisão dos tempos em um compasso; organização métrica do compasso. 5) Síncope e contratempo. 6) Quiálteras. III Intervalos: 1) Intervalos maiores. 2) Intervalos menores. 3) Intervalos aumentados, diminutos e justos. IV Escalas e acordes: 1) Escalas maiores e menores. 2) Tríades maiores, menores, aumentadas e diminutas. 3) Armaduras: tons vizinhos. 4) Tétrades.

b) Percepção Musical: reconhecimento de pequenas frases melódicas e rítmicas; reconhecimento de compassos simples e compostos; reconhecimento de timbres de instrumentos musicais; reconhecimento do modo maior e do modo menor, nas formas primitiva, harmônica e melódica.

3.1.2.7 Recomenda-se a seguinte Bibliografia para os estudos preparatórios à 2ª etapa da seleção:

BONA, Paschoal. Método completo para divisão. São Paulo: Irmãos Vitale, 2009.

CARDOSO, Belmira; MASCARENHAS, Mário. Curso completo de teoria musical e solfejo. São Paulo: Irmãos Vitale, 1973.

MED, Bohumil. Solfejo. 2. ed. Brasília: Thesaurus, 1980.

______. Ritmo. 4. ed. Brasília: Musimed, 1986.

______. Teoria da música. Brasília: MusiMed, 1996.

PRIOLLI, Maria Luísa de Mattos. Princípios básicos da música para a juventude. 33. ed. v. 1, ed. rer. e atual. Rio de Janeiro: Casa Oliveira de Músicas LTDA, 1989.

WILLEMS, Edgar. Solfejo: curso elementar. São Paulo: Fermata do Brasil, 1997.



IV DO DIA, HORÁRIO, E LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS, E DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS



4.1 Haverá prova de Redação todos os dias, no horário de 9h às 11h e de 16h às 18h, devendo o candidato escolher, no ato da inscrição, a data e o horário de sua preferência para participação nessa fase do certame.

4.2 A prova de Teoria e Percepção Musical será aplicada no dia 05/08 (sábado), às 19h.

4.3 As provas ocorrerão no prédio do IESAP, devendo o candidato apresentar-se ao local a ele destinado para realização do PS com o mínimo de 10 (dez) minutos de antecedência em relação à hora estabelecida para o início da prova, portando documento de identificação pessoal, com foto.

4.4 O resultado de cada fase do PS, bem como o resultado final, será publicado através do site www.iesap.edu.br e no quadro de avisos da Instituição.

V DA SISTEMÁTICA DE CLASSIFICAÇÃO E DO DESEMPATE NO CERTAME



5.1 A pontuação máxima possível de ser alcançada pelo candidato no PS é de 40 (quarenta) pontos.

5.2 A nota final do candidato será expressa pela soma das notas alcançadas nas duas fases (Redação + Teoria e Percepção Musical), observado o previsto na seção III, itens 3.1.1.1 e 3.1.2.2 deste Edital.

5.3 Os candidatos serão classificados no limite das vagas oferecidas, pela ordem decrescente da soma de pontos conquistados.

5.4 Na hipótese de ocorrer empate na nota final levar-se-á em consideração os seguintes aspectos, para fins de desempate:

a) maior nota na prova de Teoria e Percepção Musical;

b) maior nota na prova de Redação;

c) maior idade, considerando-se a ordem do dia/mês de nascimento.

VI DA ELIMINAÇÃO DO CERTAME



6.1 Estará automaticamente eliminado do PS o candidato que se incluir em uma das hipóteses abaixo discriminadas:

a) ficar com nota abaixo da linha de corte prevista na seção III, itens 3.1.1.1 e 3.1.2.2 deste Edital.

b) faltar com urbanidade para com os fiscais, pessoal de apoio, ou qualquer membro da Comissão Central do Processo Seletivo;

c) utilizar-se ou facilitar a utilização por terceiros, de qualquer expediente ou meios fraudulentos na realização da prova.
VII DA MATRÍCULA
7.1 A matrícula dos classificados realizar-se-á na Secretaria Acadêmica do IESAP, dentro de cronograma específico definido pela IES e apresentado ao candidato no dia de realização da 2ª etapa da prova.

7.2 A confirmação da matrícula está condicionada ao atendimento, por parte do candidato, de todas as exigências da Secretaria Acadêmica no que concerne ao aspecto financeiro e à apresentação de documentos pessoais, aqui incluídos os relacionados ao Ensino Médio.

VIII DAS DISPOSIÇÕES FINAIS



8.1 Não será permitido a nenhum candidato o ingresso na sala onde deverá realizar a prova portando qualquer objeto ou instrumento de comunicação eletrônica ou rádio-telefonia.

8.2 É vedada a presença, no local das provas, de pessoas não credenciadas pela Comissão Central do Processo Seletivo.

8.3 O Processo Seletivo objeto deste Edital é válido para a matrícula no ano letivo de 2017/2º semestre, ficando anulado qualquer resultado obtido se a mesma, por qualquer motivo, deixar de efetivar-se.

8.4 Vagas não preenchidas serão disponibilizadas para graduados que objetivem adquirir novo título, bem como para casos de Transferência, interna ou externa.

8.5 Caso o Projeto Pedagógico do Curso exija o cumprimento de carga horária extensa, e o consequente desenvolvimento de atividades pedagógicas em mais de um 8.4 8.6 As aulas iniciarão no dia 14/08/2017.

turno, as aulas/atividades poderão ser programadas em turnos diferentes daquele de ingresso do estudante.



8.7 Os casos omissos neste Edital serão resolvidos pela Coordenação Geral do Processo Seletivo.
Macapá/AP, 01/07/2017.

Visto. De acordo.


Maria do Socorro Paiva Rodrigues

DIRETORA GERAL/IESAP





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal