Ii – as ervas medicinais: propriedades e uso prático



Baixar 53,52 Kb.
Encontro15.12.2018
Tamanho53,52 Kb.

II – SINTESE DAS ERVAS MEDICINAIS: PROPRIEDADES E USO PRÁTICO
ESPÉCIES MEDICINAIS
1. Alecrim - Rosmarinus officinalis
Ações terapêuticas

Indicado para a debilidade cardíaca, males do fígado, rins e intestino, menstruações irregulares e difíceis, estados nervosos e histéricos, tosse, asma, gripes, coqueluche, febres e contusões. Em banhos alivia reumatismo e cura feridas. É excitante, tônico do coração, anti-séptico e sudorífico.


Dose

5 a 10g de folhas por litro.


2. Alfavaca - Ocimum gratissimum
Ações terapêuticas

É diurética, estimulante e sudorífica. Ajuda o estômago e intestinos. Elimina a areia dos rins. Banhos são indicados para pernas inchadas e reumatismos, e em gargarejos e bochechos, para aftas.


É ótimo tempero para peixes, carnes, refogados e outros.
3. Alcachofra - Cynara scolymus
Ações terapêuticas

Tratamento de reumatismos, ácido úrico, distúrbios hepáticos e digestivos e pressão alta.


É uma das plantas que mais contém manganês, essencial para manutenção do sistema nervoso central. Na alcachofra encontra-se a lipase, enzima fabricada pelo pâncreas, que estimula a vesícula a lançar mais bile no jejuno, onde se processa a digestão e absorção dos alimentos, principalmente gorduras e proteínas.
4. Arruda - Ruta graveolens
Ações terapêuticas

Combate vermes. Indicada para paralisias, dor de cabeça, dor de dente nevralgias e gases intestinais. É digestiva e calmante. Mata piolhos, lavando a cabeça com chá forte. Lavar as feridas.


5. Arnica - Arnica montana
Ações terapêuticas

Indicada para traumatismos, golpes, ferimentos, machucaduras, nevralgias e, em caso de derrame, reabsorve o sangue.


Forma de uso

Aplicar a infusão em álcool ou o chá, e tomar o chá ou 30 gotas da infusão em água para adultos.


6. Assa-peixe - Vernonia polyanthes
Ações terapêuticas

Gripes; tosses rebeldes; bronquites; hemorróidas; em banhos, para afecções do útero. Alivia pontadas, dores no peito e nas costas. O cozimento da raiz serve para estancar sangue e desfazer golpes e machucaduras.



7. Babosa - Aloe vera
Ações terapêuticas

Laxativa; depurativa do sangue. Indicada para febres intestinais, doenças da pele. Lavar e curar feridas. Macerada em álcool, ou em cozimento, é ótimo remédio contra a caspa e calvície. Com mel ajuda a curar o câncer. Um dos melhores remédios para estômago e fígado. Contra indicada para cálculos renais. Com mel ajuda a curar o câncer.


8. Bardana - Arctium lappa
Ações terapêuticas

Provoca suor; diurética; aumenta a urina; ótima contra cálculos renais e moléstias da pele; depurativa do sangue, fígado e rins; remédio anti-sifilítico. As folhas ou o seu suco, untados com azeite, aplicam-se sobre feridas, reumatismos. Ajuda o crescimento e evita a queda de cabelos.


9. Boldo-do-reino ou Boldo-brasileiro - Coleus barbatus
Ações terapêuticas

Principalmente problemas digestivos, fígado e vesícula.


Modo de usar

Amassar 4 folhas, colocar em 1 copo de água fria, tomar 2 a 3 vezes ao dia. Em infusão - 5 folhas para 1 litro de água.


10. Calêndula - Calendula officinalis
Ações terapêuticas

Excitante; expectorante; antiespasmódica; antiabortiva; anti-séptica; cicatrizante; vasodilatadora; reguladora da menstruação; fortificante da pele e do útero; antiinflamatória; ótimo remédio na idade crítica. O suco das folhas se aplica sobre calos. Combate qualquer alergia.


11. Camomila - Matricaria chamomilla
Ações terapêuticas

Sedativa; antiinflamatória; antialérgica; analgésica; indigestão; gases; falta de apetite. Age contra cólicas do estômago e do intestino. Estimula a menstrução.



12. Catinga-de-mulata - Tanacetum vulgare
Ações terapêuticas

Banhos para nevralgias e reumatismos; vermífuga. Afugenta insetos.


13. Carqueja-amarga - Baccharis trimera

Carqueja-doce - Baccharis articulata
Ações terapêuticas

Diurética; estimulante do fígado e digestiva. Feridas lavar com o chá.


14. Chapéu de couro - Echinodorus grandiflorus
Ações terapêuticas

Tratamento do ácido úrico, reumatismo, gota, afecções dos rins e da bexiga, fígado, moléstias da pele e artrose. É purificante do sangue. O rizoma triturado usa-se aplicado sobre hérnia.


15. Confrei - Symphytum officinale
Ações terapêuticas

Amolece tecidos inflamados pelas dores. É o melhor cicatrizante entre às plantas porque possui alantoína. Tem ação cicatrizante em feridas e queimaduras



SEU USO INTERNO É PROIBIDO POR LEI FEDERAL: PORT.MS 19/92.
Uso interno

Chá por infusão: 2 folhas pequenas para 2 copos de água, 3 x ao dia.


Uso externo

Chá por decocção em forma de compressas, várias vezes ao dia.


16. Dente-de-leão - Taraxacum officinale
Ações terapêuticas

Depurativa do sangue; diurética; expectorante; estimula a secreção da bilis; digestivo; antiinflamatório; laxante. Tem alto teor de potássio. Atua nas células nervosas e musculares e enfermidades do fígado e rins. Protege contra pressão alta e derrames. A raiz oferece substâncias como a insulina, cujo princípio ativo é a taraxacina, que torna o vegetal laxante estomacal. Com a raiz torrada em infusão prepara-se uma bebida semelhante ao café.


17. Erva-cidreira - Melissa officinalis
Ações terapêuticas

Sedativa; estomáquica; sudorífica; indutora do sono. Indicada para cefaléia, afecções do estômago, nervos, palpitações do coração, resfriados e tosses. Tomá-la com frequência enfraquece.


18. Erva-de-bicho - Polygonum hidropiperoides
Ações terapêuticas

Anti-séptica; antiinflamatória; anti-hemorroidal; diurética; varizes.



  • Para hemorróidas:

50g de erva seca em um litro de água, ferver e após esfriar. Banhar a região anal por alguns minutos várias vezes ao dia, principalmente antes e após as necessidades fisiológicas.

  • Para reumatismo e feridas:

Compressa - 3 colheres de sopa da planta em ½ litro de água.

Ferver 5 minutos.Esfriar e aplicar com gaze sobre a parte afetada.


19. Espinheira-santa - Maytenus ilicifolia
Ações terapêuticas

Cicatrizante de acne, eczemas, herpes e úlceras; analgésica; antiulcerativas gástricas e duodenais ( devido a presença de taninos).


Uso interno

3 vezes ao dia. Usar 30 g de folhas picadas em ½ litro de água fervente. Tomar frio.



Contra-indicação

Mulheres que amamentam, reduz a secreção láctea


20. Goiabeira - Psidium guajava
Ações terapêuticas

Antidisentérica; antidiarréica; incontinência urinária; antiinflamatória; ajuda a desintoxicação do fígado. Tem grande teor de vitamina C. O chá das folhas é indicado para inchaço na pernas.


Forma de uso

30 g de folhas para 1 litro de água. Usar em cataplasmas no local afetado.


21. Guaco - Mikania glomerata
Ações terapêuticas

Expectorante; anti-séptico das vias respiratórios; analgésico; anti-reumático; diurético; cicatrizante; antibiótico.


Forma de uso (para tosse e bronquites)

Fazer um xarope, ferver 6 folhas picadas em 1 litro de água, coar, misturar o suco de um limão, 3 colheres de sopa de mel. Tomar 1 cálice 4 x ao dia.


22. Guaçatonga ou Chá-de-bugre - Caseria sylvestris
Ações terapêuticas

Contra aftas, herpes, eczemas, úlcera gástrica, picadas de insetos e obesidade. É depurativa do sangue; combate o colesterol; tônica do coração; estimulante da circulação, estomáquica e cicatrizante.


23. Macela ou Marcela-do-campo - Achyrocline satureoides
Ações terapêuticas

Indigestão; males do estômago; perturbações gástricas, como desinterias e diarréias. É antiinflamatória, anti-séptica, diminui a taxa de colesterol, é tônica e digestiva.


24. Malva - Malva sylvestris
Ações terapêuticas

Diurética; emoliente; anti-séptica; laxativa; alivia problemas de garganta; Combate processos inflamatórios; é calmante das estomatites e colites; ótimo para abcessos, furúnculos, afecções da garganta, intestinos, tosse, inflamações, cortes e catarros pulmonares.


25. Maracujá-açú ou maracujá-doce - Passiflora alata
Ações terapêuticas

É calmante, diurético, desinfetante, antiinflamatório e depurativo. Indicado para insônia e dores em geral. A raiz e a semente combatem vermes.


26. Menstrato ou Erva-de-são-joão - Ageratum conyzoides
Ações terapêuticas

Tônico estomacal; febrífuga; anti-reumática e antidiarréica. Indicada também para resfriados, gripes, cólicas uterinas e gases intestinais.


27. Mastruço - Coronopus didymus
Ações terapêuticas

Indicado para doenças do peito, bronquite, sinusite (aplicar na fonte), moléstias dos rins e estômago, raquitismo, quedas e machucaduras. É diurético.


Pode ser usado como salada.
28. Mil-folhas ou Mil-em-rama - Achillea millefolium
Ações terapêuticas

Diurética; tônica; hepática; estomáquica; expectorante. Ótima contra hemorragias do útero, pulmões, vômitos com sangue, hemorróidas, diarréias com sangue, regras abundantes e mucosidade do intestino. Pode ser associada com tansagem. Alivia dores em geral.


29. Pata-de-vaca - Bauhinia fortificata
Ações terapêuticas

Hipoglicemiante; depurativa diurética; antidiarréica; antidiabética. Indicada para males dos rins e do estômago.



  • A raiz é venenosa, externamente ajuda a matar os micróbios.

  • A Escola Paulista de Medicina comprovou a ação antidiabética desta planta.

  • É nas folhas que se oculta o segredo desta planta, o glicosídeo flavonóide.


30. Picão - Bidens pilosa
Ações terapêuticas

Antidiabética; antibiótica; anti-hemorroidal; vermífuga. Usa-se ainda para reumatismo, afecções da bexiga, pedra na vesícula ou nos rins, má digestão, bronquite, asma, icterícia, hepatite. Desobstrui o fígado; regenera o tecido lesionado por ferimentos ou feridas, cicatrizando-o; ativa o pâncreas na distribuição da insulina. Ótimo para diabetes, amigdalite e faringite (gargarejo).

O picão branco tem as mesmas propriedades.
31. Poejo - Mentha pulegium
Ações terapêuticas

Facilita a digestão; elimina vermes. O chá com gemada é expectorante. Indicado para afecções gastrointestinais, afecções das vias respiratórias, tosses, debilidade do sistema nervoso, insônia, dores abdominais das crianças e elimina gases.


32. Quebra-pedra - Phyllanthus niruri
Ações terapêuticas

Nas enfermidades da bexiga, cistites e cólicas renais. Fortificante do estômago; elimina o ácido úrico; eficaz na hepatite; dissolve areias e cálculos renais; elimina catarros vesicais e cálculos do fígado; alivia dores de cadeira e das juntas e a hidropisia; combate azia.


33. Sabugueiro - Sambucus nigra
Ações terapêuticas

O chá das folhas e flores, usado quente, provoca suor nas gripes, resfriados, tosses, sarampo e caxumba. Elimina ácido úrico, cálculos renais e toxinas em geral. É depurativo do sangue. Indicado também para gota, reumatismo, pressão alta, diabete, flebite, feridas. A raiz e a casca são purgativas e laxativas.


34. Tanchagem - Plantago major

Existem 12 espécies.


Ações terapêuticas

Combate inflamações dos ouvidos, dos olhos, da conjuntivite, das gengivas, da garganta, das amígdalas, da faringe, do estômago, dos intestinos, dos rins, da bexiga e das hemorróidas. Externamente, o suco das folhas ou o seu cozimento cura feridas, doenças da pele, crosta na cabeça, infecção vaginal, câncer dos seios, câncer interno e úlceras. Pode-se usar externamente um cataplasma feito com as folhas picadas e farinha. As sementes são vermífugas: 1 colher de chá 3 vezes ao dia misturada na comida, serve ainda para diarréia, febres intestinais, gripes, inflamações dos ovários e bexiga , hemorróidas. O chá das folhas desintoxica a nicotina no organismo dos fumantes. Sua pomada cura feridas.


35. Valeriana - Valeriana officinalis L.
Ações terapêuticas

É calmante nos esgotamentos nervosos. Usada para epilepsia e dores intestinais. Em cataplasma usa-se para machucaduras, chagas, feridas e contusões. Emprega-se mais a raiz dessecada.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal