História do Rádio



Baixar 32,01 Kb.
Encontro18.08.2017
Tamanho32,01 Kb.

História do Rádio

A Origem do Rádio: Em Cambridge, Inglaterra, no ano de 1863, James Clerk Maxwell, professor de física experimental, demonstrou teoricamente a provável existência das ondas eletromagnéticas, sem constatação prática.

Impressionado com a revelação do físico inglês, Henrich Rudolph Hertz (1857-1894), alemão, nascido em Hamburgo, dedicou anos de estudo a respeito.

Em 1887, Hertz detectou, fazendo saltar faíscas através do ar que separavam duas bolas de cobre, o princípio da propagação radiofônica. As ondas antigamente identificadas como "quilociclos" passaram a se denominar "ondas hertzianas" ou "quilohertz".

Guglielmo Marconi, jovem cientista italiano, foi a Inglaterra, em 1896 e demonstrou o funcionamento de seus aparelhos de emissão e recepção de sinais. E sentindo a importância comercial de telegrafia, e pouco depois de estabelecer em Londres, formou a primeira "companhia de rádio", marco inicial da industrialização de equipamentos.

Os professores Oliver Lodge (Inglaterra) e Ernest Branly (França) inventaram um dispositivo chamado coesor que melhorava a detecção. O rádio no início foi confundido com telegrafia sem fio, não se imaginava, até então, a possibilidade de mensagens faladas, através do espaço.

Oliver Lodge inventou em 1897, o circuito elétrico sintonizado. Podia adaptar-se para a sintonia desejada, selecionando determinada freqüência.

Lee Forest, desenvolveu a válvula triodo (com três eletrodos de maior sensibilidade). Von Lieben (na Alemanha) e Armstrong (EUA) notaram que o triodo podia ser empregado para amplificar e para produzir ondas eletromagnéticas de forma contínua.

Cometeu-se um injustiça a um cientista brasileiro, predecessor de Marconi e de outros. Padre Roberto Landell de Moura, gaúcho, nascido em 21 de janeiro de 1861. O padre-cientista, construiu diversos aparelhos que expôs ao público na capital paulista em 1893. Tais como:

- o Teleauxiofono (telefonia com fio)
- o Caleofono (telefonia com fio)
- o Anematófono (telefonia sem fio)
- o Teletiton (telegrafia fonética, sem fio, com o qual duas pessoas podem comunicar-se sem serem ouvidas por outras)
- o Edífono (destinado a ducificar e depurar as vibrações parasitas da voz fonografada, reproduzindo-a ao natural)

Nesta ocasião, estabeleceu os princípios básicos em que fundamentaria todo o progresso e a evolução das comunicações, tal como conhecemos hoje. Suas teses, firmadas antes de 1890, previram a "telegrafia sem fio", a "radiotelefonia", a "radiodifusão", os "satélites de comunicações" e os "raios laser".

No ano de 1900, enquanto o grande feito de Marconi não ultrapassava a distância de 24 quilômetros, o Padre Landell de Moura obtinha do governo brasileiro a carta patente n 3279, reconhecendo-lhe os méritos de pioneirismo científico, universal, na área das telecomunicações.

Em 1901, o Padre Landell de Moura, embarcou para os Estados Unidos e em fins de 1904, o The Patent Office at Washintong concedeu-lhe três cartas patentas: para o telégrafo sem fio, para o telefone sem fio e para o transmissor de ondas sonoras. Poderia se considerar o Padre Landell de Moura o precursor nas transmissores de vozes e ruídos outros. Suas patentes afirmam isso. Nova Iorque (1916): Oito anos de tentativas e aprimoramentos, levaram Lee Forest a instalar a "a primeira estação - estúdio de radiodifusão". Florescera a iniciativa de seus compatriotas Fesseden e Alexanderson ouviram os sintonizadores, o primeiro programa de rádio, com conferências, música de câmara e gravações. Houve o pioneirismo do "radiojornalismo" - a transmissão das apurações eleitorais para a presidência dos Estados Unidos. Em 1919, inicia-se a "Era do rádio".

Em 1920, nos Estados Unidos, o engenheiro de Westinghouse ficou com um grande estoque de aparelhos de rádio fabricados para as tropas na guerra. A radiodifusão nasceu meio por acaso, quando instalou-se uma grande antena no pátio da fábrica e começou-se a comercializar os aparelhos "encalhados" para os habitantes do bairro; transmitia-se música.

No Rio de Janeiro, dia 7 de setembro de 1922, na comemoração do centenário da Independência do Brasil, ocorreu a primeira transmissão radiofônica oficial brasileira, transmitindo o discurso do Presidente Epitácio Pessoa. Enquanto isso, nos EUA houve surpreendente progresso do rádio, das primeiras 4 emissoras em 1921, os norte-americanos passaram a ter no final de 1922, 382 emissoras.

O rádio comercial foi a consagração. O rádio reivindicou o seu direito legítimo de prover seus próprios recursos de subsistência e desenvolvimento tecnológico. A estação WEAF de Nova Iorque, pertencente à Telephone and Telegraf Co., inaugurou o regime do rádio, irradiando anúncios cobrados ao preço de dois dólares para 12 segundos e cem dólares por 10 min.

Edgard Roquete Pinto considerado "O pai do rádio brasileiro" e Henry Morize fundam em 20 de abril de 1923, a primeira rádio brasileira: Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Surge o termo/conceito rádio sociedade ou rádio clube, em que os ouvintes, associados contribuíam com mensalidades capazes de acorrer aos custos operacionais e de manutenção. Era voltada a cultura sem fins comerciais.

Dia 17 de maio de 1865 institui-se a "União Telegráfica Internacional" que posteriormente tornou-se o Dia Mundial das Telecomunicações.

Datas Importantes

- 1887 - São descobertas as ondas do rádio, por Henrich Rudolph Hertz


- 1893 - Padre Roberto Landell de Moura, realizou a primeira transmissão de palavra falada, sem fios, através de ondas eletromagnéticas.
- 1896 - Gluglielmo Marconi realiza as primeiras transmissões sem fios.
- 1922 - É realizada a primeira transmissão radiofônica oficial brasileira.
- 1923 - Roquette Pinto e Henrique Morize fundam a primeira emissora brasileira Rádio Sociedade do Rio de Janeiro.
- 1925 - É fundada a primeira emissora no RS, Rádio Pelotense em Pelotas, dia 25 de agosto, a terceira do Brasil.
- 1926 - John Baird realiza as primeiras transmissões de imagens.
- 1933 - É fundada a Rádio Cultura em Pelotas, a terceira emissora gaúcha. O americano Edwing Armstrong demonstrou o sistema FM para os executivos da RCA.
- 1935 - É realizada na Alemanha, a primeira emissão oficial de TV.
- 1936 - Em Londres é inaugurada a estação regular de TV da BBC.
- 1938 - Começa a funcionar a televisão na Rússia.
- 1939 - O americano Edwing Armstrong inicia operação da primeira FM em Alpine, New Jersey.
- 1946 - O rádio ganha maior agilidade, com o surgimento dos gravadores de fita magnética.
- 1950 - A TV BBC de Londres realiza a primeira transmissão de imagens para o além do Canal da Mancha. É inaugurada oficialmente a primeira emissora de televisão brasileira: TV Tupi de São Paulo, dia 18 de setembro.
- 1951 - É inaugurada a TV Tupi do Rio de Janeiro.
- 1954 - O sistema de televisão a cores entra em funcionamento, inventado em 1940 por Peter Goldmark.
- 1962 - É realizada a primeira transmissão via satélite. Em 27 de novembro, é criada a Associação Brasileira de Rádio e Televisão (ABERT). Dia 13 de dezembro, é fundada em Porto Alegre, a Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (AGERT). - 1965 - O Brasil é integrado no Sistema Intelsat.
- 1967 - É criado o Ministério das Comunicações, dia 25 de fevereiro.

Breve História do Rádio

Tudo começou em 1863 quando, em Cambridge - Inglaterra, James Clerck Maxwell demonstrou teoricamente a provável existência das ondas eletromagnéticas. James era professor de física experimental e apartir desta revelação outros pesquisadores se interessaram pelo assunto. O alemão Henrich Rudolph Hertz (1857-1894) foi um deles. O princípio da propagação radiofônica veio mesmo em 1887, através de Hertz. Ele fez saltar faíscas através do ar que separavam duas bolas de cobre. Por causa disso os antigos "quilociclos" passaram a ser chamados de "ondas hertzianas" ou "quilohertz". A industrialização de equipamentos se deu com a criação da primeira companhia de rádio, fundada em Londres - Inglaterra pelo cientista italiano Guglielmo Marconi. Em 1896 Marconi já havia demonstrado o funcionamento de seus aparelhos de emissão e recepção de sinais na própria Inglaterra, quando percebeu a importância comercial da telegrafia. Até então o rádio era exclusivamente "telegrafia sem fio", algo já bastante útil e inovador para a época, tanto que outros cientistas e professores se dedicaram a melhorar seu funcionamento como tal. Oliver Lodge (Inglaterra) e Ernest Branly (França), por exemplo, inventaram o "coesor", um dispositivo que melhorava a detecção. Não se imaginava, até então, a possibilidade do rádio transmitir mensagens faladas, através do espaço.

E as inovações continuavam a surgir... o rádio evoluia rapidamente!

Em 1897 Oliver Lodge inventou o circuito elétrico sintonizado, que possibilitava a mudança de sintonia selecionando a freqüência desejada. Lee Forest, desenvolveu a válvula triodo. Von Lieben, da Alemanha e o americano Armstrong empregaram o triodo para amplificar e produzir ondas eletromagnéticas de forma contínua. Também no Brasil o rádio crescia: um Padre-cientista gaúcho, chamado Roberto Landell de Moura, nascido em 21 de janeiro de 1861, construiu diversos aparelhos importantes para a história do rádio e que foram expostos ao público de São Paulo em 1893. Já em 1890 o padre-cientista Landell de Moura previa em suas teses a "telegrafia sem fio", a "radiotelefonia", a "radiodifusão", os "satélites de comunicações" e os "raios laser". Dez anos mais tarde, em 1900, o Padre Landell de Moura obteve do governo brasileiro a carta patente nº 3279, que lhe reconhece os méritos de pioneirismo científico, universal, na área das telecomunicações. No ano seguinte ele embarcou para os Estados Unidos e em 1904, o "The Patent Office at Washington" lhe concedeu três cartas patentes: para o telégrafo sem fio, para o telefone sem fio e para o transmissor de ondas sonoras. Padre Landell de Moura foi precursor nas transmissões de vozes e ruídos. Nos Estados Unidos foram anos de pesquisas, tentativas e aprimoramentos até Lee Forest instalar a primeira "estação-estúdio" de radiodifusão, em Nova Iorque, no ano de 1916. Aconteceu então o primeiro programa de rádio, que se tem notícia. Ele tinha conferências, música de câmara e gravações. Surgiu também o primeiro registro de radiojornalismo, com a transmissão das apurações eleitorais para a presidência dos Estados Unidos.



História da Rádio no Brasil

A partir de 1919 começa a chamada "Era do rádio". O microfone surge através da ampliação dos recursos do bocal do telefone, conseguidos em 1920, nos Estados Unidos, por engenheiro da Westinghouse. Foi a própria Westinghouse que fez nascer, meio por acaso, a radiofusão. Ela fabricava aparelhos de rádio para as tropas da Primeira Guerra Mundial e com o término do conflito ficou com um grande estoque de aparelhos encalhados. A solução para evitar o prejuízo foi instalar uma grande antena no pátio da fábrica e transmitir música para os habitantes do bairro. Os aparelhos encalhados foram então comercializados. A primeira transmissão radiofônica oficial no Brasil, foi o dircurso do Presidente Epitácio Pessoa, no Rio de Janeiro, em plena comemoração do centenário da Independência do Brasil, no dia 7 de setembro de 1922. O discurso aconteceu numa exposição, na Praia Vermelha - Rio de Janeiro e o transmissor foi instalado no alto do Corcovado, pela Westinghouse Electric Co. Para se ter uma idéia de porque a época ficou conhecida como a "Era do Rádio", nos EUA o rádio crescia surpreendentemente. Em 1921 eram 4 emissoras, mas no final de 1922, os americanos contavam 382 emissoras. A chegada do rádio comercial não demorou. Logo as emissoras reivindicaram o direito de conseguir sobreviver com seus próprios recursos. A pioneira no rádio comercial foi a WEAF de Nova Iorque, pertencente à Telephone and Telegraf Co.. Ela irradiava anúncios e cobrava dois dólares por 12 segundos de comercial e cem dólares por 10 minutos. O "pai do rádio brasileiro" foi Edgard Roquete Pinto. Ele e Henry Morize fundaram em 20 de abril de 1923, a primeira estação de rádio brasileira: Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Foi aí que surgiu o conceito de "rádio sociedade" ou "rádio clube", no qual os ouvintes eram associados e contribuíam com mensalidades para a manutenção da emissora.



Curiosidades do rádio no Brasil:

  • Foi oficialmente inaugurado a 7 de Set. 1922

  • Com um transmissor de 500 watts,da Westinghouse, no alto do Corcovado - RJ, para 80 recepts.

  • O primeiro programa foi o discurso do Presidente Epitácio Pessoa.

  • A Instalação de fato aconteceu aos 20 de Abril de 1923 com Roquete Pinto e Henry Morize com a "Rádio Sociedade do Rio de Janeiro".

  • Sua programação era para a elite, não para a massa: com ópera, recitais de poesia, concertos, palestras culturais...

  • Receptores caros, importados.

  • Finalidade cultural, educativa e altruísta.

  • Mensalidades pagas para quem tinha os receptores, doações.

  • Anúncios pagos eram proibidos

Era comercial:

  • Começa na década de 30 as transformações.

  • Decreto n. 21.111 de 01/03/32 autorizava a 10% de sua programação ter comerciais.

  • O erudito se torna popular.

  • Contrata-se artistas e produtores.

  • A competição trouxe:
    a. desenv. Técnico,
    b. status da emissora (ibope) e
    c. popularidade do veículo

Época de "Ouro do Rádio"

"O impacto do rádio sobre a sociedade brasileira nesta época, foi muito mais profundo do que aquele que a televisão viria a produzir 30 anos depois." A era do Rádio,Orlando Miranda, p.72



  • Nos anos 40 acontece a "época de ouro do Rádio"

  • Programação mais popular, mais audiência

  • Surge o Ibope, dia 13 de Maio 1942

  • A primeira radionovela, 1942: "Em busca da felicidade"

  • Esportes, radiojornalismo -Repóter Esso...

  • O contexto da primeira guerra mundial e a copa do mundo marcaram esta época do Rádio.

Chega a TV e o rádio muda:

  • Os artistas do Rádio vão para a TV

  • Troca-se os artistas e programas de humor por música

  • As novelas e programas de auditório por serviços de utilidade pública

  • Busca-se a segmentação

  • Chega um poderoso impulso: o Transistor, em 23/12/47

  • Comunicação mais ágil, ao vivo da rua, e receptores sem tomadas.

  • As FMs aparecem na década de 60, com muito mais músicas.




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal