Guia do Casamento



Baixar 40,77 Kb.
Encontro13.07.2018
Tamanho40,77 Kb.

Guia do Casamento

Para um casamento inesquecível

 

 

Há anos que namora e finalmente decidiu casar...



 

A um ano do casamento há muitos preparativos a fazer!

Aliás, é com esta antecedência que se deve organizar uma cerimónia deste género.

São muitos os pormenores que têm que ser tratados com antecedência, e há alguns que interferem directamente no dia da cerimónia merecendo por isso uma atenção especial.

Todos os passos são demasiado importantes para serem deixados para última hora. Caso contrário, é provável que não consiga organizar tudo. Mas não pense que um ano é muito tempo!!!

Sabia que existem locais que já têm reservas feitas com mais de um ano? É caso para dizer, quanto mais cedo melhor!

O grande dia ou o dia mais feliz da vida de uma mulher, pode também ser o culminar do stress de quase um ano. É que a preparação deste evento tem muito que se lhe diga. Mas não se esqueça de relaxar...

Se planear tudo com cuidado, não há razão para se enervar com os pormenores. De qualquer forma, o mais importante neste dia é que seja apenas o início de uma vida muito feliz, certo?

 

 

 



Um a dois anos de antecedência

 


    • Defina o tipo de cerimónia que quer ter: civil ou religiosa, sofisticada ou simples, com muitos ou poucos convidados, em casa ou num espaço alugado para o efeito.

    • Faça uma lista prévia de convidados.

    • Pense qual o tipo de local que gostaria para o copo de água e comece por visitar alguns.

  • Inicie uma investigação sobre locais de cerimónia, catering, fotógrafo e reserve antecipadamente. Siga os conselhos de quem já organizou uma festa de casamento!!!

    • Compare uma agenda ou dossier para arquivar toda a informação do casamento, por exemplo, contactos de empresas de catering e orçamentos, para que não perca nada.

  • Visite o padre ou um funcionário do registo para marcar a data.

    • Defina um orçamento preliminar. Não se esqueça de incluir todos os aspectos do casamento: papelada, festa, flores, vestido da noiva, traje do noivo, cabeleireiro, esteticista, maquilhadora, fotógrafo, vídeo, transporte e acomodação dos convidados, convites, lembranças, alianças, lua-de-mel.

    • É também altura de decidir quem pagará o casamento: os noivos, os pais ou ambos. Fale com o seu empregador para planear a sua ausência ao trabalho.

 

 

Oito meses antes




  •  Anuncie o noivado




  • É altura de ter um orçamento mais definido das despesas: documentos legais, aluguer do espaço para a festa, serviço de catering, trajes do noivo, maquilhadora e cabeleireiro, álbum de fotografias e video, transporte da noiva para a cerimónia, transporte dos noivos para o local do copo de água, viagem e alojamento da lua-de-mel. Comece por fazer contactos e pedir propostas, pois estas coisas levam o seu tempo.

  • É uma boa ocasião para oficializar o pedido de noivado.

  • É também chegada a altura de fazer o convite aos padrinhos.

  • Marcar data e hora definitivas.

  • Decida qual o local da recepção e quem vai fornecer a refeição, o tipo de animação na festa e se quer ou não um coro na igreja. Uma vez escolhido o local do copo de água, prove os diversos pratos que lhe são propostos e só depois decida o menu final.

  • Compre revistas e folheie catálogos de vestidos de noivas e escolha a loja ou o costureiro/criador de vestidos onde irá comprar o deu traje e marque as diferentes provas. Alerte o seu noivo que está na altura de ele escolher e encomendar o seu fato.

  • Se o casamento for católico, fale com o padre e contrate o coro ou músicos. Tente também assegurar a música da festa.

  • Planeie uma lua-de-mel dos seus sonhos e faça as pré- reservas.

 

 

Seis meses antes

 


  • Escolha os convites, as participações, os livros da igreja, os cartões para colocar na mesa, bem como as lembranças que quiser oferecer aos convidados.

  • Peça orçamento para a decoração da igreja e da sala onde decorrerá a cerimónia civil e do local da festa. - Conheça o portfolio de dois ou três fotógrafos e faça uma pré-reserva.

  • Informe-se sobre diversas possibilidades de animação da festa, para crianças e adultos.

  • Reserve o hotel e o transporte a utilizar na sua lua-de-mel. Informe-se sobre vistos, passaportes e vacinas.

  • A noite de núpcias não está longe, por isso convém marcar o local.

 

 

Quatro meses antes

 


  • Elabore a lista definitiva dos convidados e comece a recolher as moradas para enviar os convites (algumas pessoas são da opinião que se devem entregar pessoalmente).

  • Mande imprimir os convites de casamento e outros cartões de que irá necessitar. Encomende sempre convites a mais, caso alguns se percam no correio, (se necessário acrescente um mapa do local).

  • Marque uma consulta médica e façam ambos um pequeno check-up. Trate de todos os documentos necessários para o casamento e para a lua-de-mel: licença de casamento, bilhete de identidade, certidão de nascimento, passaporte e certidões religiosas. Não deixe tudo para a última hora e comece a pagar alguns dos serviços que seleccionou (peça sempre o recibo).

 

 

Três meses antes

 


  • Defina com a banda de música, as canções que serão tocadas na festa e na cerimónia religiosa.

  • Encomende o bolo de noiva e escolha a ementa.

  • Escolha as alianças de casamento e mande gravá-las com os nomes e a data do casamento.

  • Seleccione a decoração tendo em conta cada um dos espaços e o seu gosto pessoal. Escolha a florista e os arranjos florais, desde o bouquet à decoração da igreja e do local da festa.

  • Não se esqueça dos acessórios: véu, luvas, sapatos, lingerie, etc. Convém a ter uma ideia definida do que precisa. Escolha as lembranças para oferecer aos convidados.


Dois meses antes

 


  • Faça a primeira prova do vestido e não se esqueça de levar os sapatos e outros acessórios, para evitar surpresas.

  • Teste várias maquilhagens e penteados, que deverão estar de acordo com o decote e estilo do vestido.

  • Compre o segundo fato, isto é, aquele que vai vestir quando despir o vestido de noiva. É comum as noivas emagrecerem alguns quilos antes do dia, por isso deixe a última prova do vestido para as duas semanas anteriores ao casamento.

  • Evite os convites de casamento para que os convidados tenham tempo de responder - é importante saber exactamente quantas pessoas irão efectivamente, e se forem de fora, se necessitam de alojamento ou não.

 
Um mês de antecedência

 


  • Verifique se a ementa e as bebidas já estão todas escolhidas e se são as mais apropriadas.

  • Combine com as suas amigas a despedida de solteira.

  • Delegue-se de responsabilidades e peça a uma ou duas amigas mais próximas que organizem tudo. Trate do casamento no registo civil. Confirme as reservas da lua-de-mel e da noite de núpcias.

  • Finalize os detalhes do vestido de noiva e escolha o penteado.

  • Prove mais uma vez o vestido sem esquecer os acessórios, ensaie o penteado e a maquilhagem! Reserve o cabeleireiro e a maquilhadora para o dia da cerimónia.

  • Confirme o envio dos convites de casamento e as participações. Verifique se é necessário tratar do alojamento para alguns dos convidados.

 

 

15 dias antes

 


  • Mais uma vez: confirme tudo. Nunca é demais ter a certeza de que todas as pessoas e empresas que contratou compreenderam as suas necessidades e respeitarão os horários.

  • Confira a decoração, as flores, a música, o fotógrafo, o menu e o serviço, a ordem pela qual os pratos serão servidos e as diferen- tes fases da festa ( entradas, refeição, sobremesas, mesas de frios, fotografias, abertura do baile, entre outros), o horário de entrega dos arranjos, a hora de chegada do fotógrafo, o carro e o número exacto de convidados.

  • Tendo já a lista final de convidados (não se esqueça de que em alguns lugares as crianças também pagam!), faça um plano de organização das mesas. O plano das mesas é uma das coisas mais difíceis de organizar num casamento, logo tenha muita calma.

  • Faça um plano minucioso de como se irá processar a cerimónia e a festa e dê uma cópia ao fotógrafo, operador de video, responsáveis pelo local da festa e músicos.

  • Pegue na batuta e organize os seus familiares e amigos. Eles podem ajudar com algumas tarefas: transporte de familiares sem carro, aluguer do carro que a transportará à igreja, entre outros.

  • Reúna-se com os padrinhos, familiares e amigos para dividir as tarefas e para organizar minuciosamente como tudo se irá passar no dia do casamento.

  • Se for mudar de casa depois do casamento, comece já as mudanças para que não tenha demasiado trabalho logo a seguir, deixando em casa dos seus pais apenas o essencial para os dias que faltam.

  • Vá buscar as alianças e guarde-as num lugar seguro!

  • Faça todos os pagamentos dos diversos serviços e peça sempre recibo. Comece a tratar dos papeis de Segurança Social, Bilhete de Identidade ou contas bancárias para os quais a sua mudança de nome ou de estado civil é importante.

  • E, para as noivas.... comece a calçar todos os dias, por um bocadinho, os sapatos que vai usar no casamento para que os pés se adaptem a eles (mas nada de exageros: não queremos que pareçam usados!).

 
 

Uma semana antes

 


  • Confirme todos os serviços uma última vez.

  • Faça uma contagem final dos convidados e informe o responsável pela festa. Telefone aos convidados que não responderam ao convite, rectifique as mesas se for caso disso.

  • Não se esqueça do ramo da noiva.

  • Está na altura da despedia de solteira. Não é só o noivo que pode gozar um fim-de-semana inteiro de borga. Cada vez mais a noiva reclama para si estes dias de confraternização feminina. Mas não quer chegar ao dia ainda a recuperar e com olheiras, pois não? Então o ideal é que faça a festa uma semana antes da boda.

  • Por muito que custe, é a hora de fazer os últimos pagamentos. Faça também a última prova do vestido. Depois de este estar pronto, vá buscá-lo e guarde-o num sítio à prova de olhares curiosos e mãos que podem sujar! Vá buscar os bilhetes de avião e as reservas do hotel.

  • Colorações de cabelo, pedicure, depilação e outros tratamentos afins não devem ser deixados para o último dia. Não queremos surpresas nem alergias que apenas nos iram stressar!.

  • Se tiver possibilidade, tire uns dias de folga antes do casamento. São úteis para relaxar e ultimar pormenores.

  • Vá ao cinema, leia livros, veja e organize as fotografias! Dedique-se á sua futura nova casa!.

  • Confirme a viagem de lua-de-mel e levante os bilhetes necessários. Faça as malas para a lua-de-mel, de modo a não ter de se preocupar com isso na véspera do casamento.

  • Faça a última prova do vestido e dos fatos de casamento e vá levantá-los com a devida antecedência, mas tenha cuidado pra não os amarrotar.

  • Fale com o responsável da cerimónia para determinar se deverão ou não fazer um ensaio.

 
Dois dias antes

 


  • Se estiver nervosa, tente distrair-se.

  • Jante com o futuro marido, tome um banho de imersão com sais relaxantes, faça uma massagem ou uma máscara ao cabelo, pense na lua-de-mel! Se necessário, dê uma ajuda à sua mãe com os últimos preparativos da recepção em casa, com o vestido dela, etc. Não se esqueça de que esta é uma altura em que também ela está nervosa. Leve-a ao cinema... afinal, são só duas horas, mas dá para desligar um pouco!.

  • Para descontrair, que tal ensaiar com o seu pai a valsa de abertura do baile?.

  • O noivo deve tentar encontrar um local para esconder o carro no dia do casamento.

  • Na véspera, deixe tudo pronto: vestido, sapatos, meias, luvas, ganchos do cabelo, etc. Ao fazê-lo está também a passar em revista tudo o que precisa. Se faltar algo, ainda vai a tempo de comprar. Para dar sorte? Não se esqueça de ter “something olg / something new / something borrowed / and something blue” ( algo antigo / algo novo / algo emprestado / e algo azul). Regra de ouro: deite-se cedo.

 

 

Um dia antes

 


  • Arranje as mãos, faça uma massagem e relaxe.

  • Termine as malas para a lua-de-mel.

  • Encontre um momento calmo e dê ao noivo o seu presente.

 

 

Eis que chega o grande dia

 

Hoje é o dia da festa!.



Acorde bem disposta! e levante-se sem pressas.

Tome um bom pequeno almoço (não quer desmaiar no altar, pois não?) e um banho relaxante (se tiver um creme de corpo com o mesmo aroma do perfume que vai usar aplique-o e deixe-o secar bem antes de se começar a vestir).

Guarde um tempinho para si.

Arranje-se com tempo, num local tranquilo e com a ajuda de alguém bem próximo.

Seja paciente na sessão de fotografias. Afinal o que lhe parece ser interminável nesse dia vai ficar como recordação para toda a vida. Sorria, sorria muito e aproveite este dia em que é o centro das atenções. Mais tarde vai agradecer ao “chato” do fotógrafo quando vir o resultado.

Durante o casamento relaxe... mesmo que algo não tenha corrido exactamente como pretendia, provavelmente só a noiva é que notará!.

Durante a festa, agradeça a presença dos convidados e converse com o, agora, seu marido, partilhando com ele as suas emoções. É excelente para aliviar o stress que ambos devem sentir.

Se desejar sair mais cedo, faça-o. No fundo faça o que lhe apetecer. O dia é seu, e do seu noivo. Não o deixe entrar nos copos em demasia, a noite será longa e sempre haverá o momento em que estarão a sós. E vai querer que seja também inesquecível.

Tente acalmar a sua mãe que, como qualquer mãe de noiva que se preze, vai estar uma pilha de nervos e de olhos constantemente postos em si. Como de resto todas as pessoas. Se espera por partidas menos agradáveis, procure uma aliada que saiba pôr fim ás brincadeiras.

 

Acima de tudo, divirta-se o mais possível.



Ah... e DIVIRTA-SE ao máximo!!!



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal