FundaçÃo indaialense de cultura prefeito victor petters



Baixar 26,17 Kb.
Encontro10.09.2017
Tamanho26,17 Kb.

FUNDAÇÃO INDAIALENSE DE CULTURA PREFEITO VICTOR PETTERS

ESCOLA DE MÚSICA DA FIC

Rua Dr. Blumenau, 05 – Centro – Indaial – SC – CEP 89130-000

Fone: (47) 3333 1964 – (47) 3333 2000

www.fic-indaial.orgfic-ind@terra.com.br



Plano de Curso

Jazz DAnce


Professor: Juliane Moraes


Ano de Elaboração: 2009





Breve História


Essa dança teve sua origem na cultura africana, em solo norte-americano, a partir da segunda metade do séc. XVII, quando chegaram os primeiros navios negreiros no Sul dos Estados Unidos. Os primeiros passos de jazz, foram os negros que deram, num movimento de libertação, pintaram os rostos de branco e aos poucos foram se expressando em palcos espalhados pelos Estados Unidos.


A dança Jazz foi percebida aproximadamente no ano de 1902.
Assim como a música jazz e o blues receberam influência dos ritmos africanos, dos cantos religiosos e da música em voga na Europa, na época.

Depois dos anos 30, o jazz já consolidado nos Estados Unidos, passou a estar dentro dos clubes e teatros que tinham certa carência de trabalhos com coreografias e improvisações dos intérpretes. A dança negra começou a se adaptar as características técnicas conhecidas na época, derivadas dos bailes africanos e já modificadas pelos brancos, caracterizando o jazz como uma dança q usa o isolamento das partes do corpo que se movem separadamente seguindo o mesmo ritmo -swing- ; movimentos rítmicos sincopados.Uso da polirritmia, combinando corpo em vários ritmos diferentes e o uso correto do centro da gravidade deste corpo que dança.

Não se pode falar numa data ou momento específico e pelas mãos de quem o jazz dance apareceu no Brasil. Sabe-se que chegou com grande impacto por meio da televisão e pelos teatros de revista, propagandas, aberturas de novelas, seriados;

A dança jazz sofreu inúmeras influências originando muitos estilos que enriquecem o acervo dessa dança.





Objetivo Geral do Curso

Têm por finalidade melhorar, definir e ampliar os movimentos, através da consciência corporal, ritmo e performance coreográficas.

-Alongamento;

-Aquecimento;

-Força e sustentação muscular;

-Utilização de exercícios executados na barra e no centro, com base na técnica clássica;

-Coreografia;





Conteúdo Programático:
--isolamento dos segmentos corporais e utilização de formas angulares

- amplitude nos movimentos de tronco,

- joelhos flexionados,

- exagero nos movimentos de quadris,

-movimentos naturais do corpo humano, técnicas de oposição de movimentos (cair-levantar, abrir e fechar, etc.),

-explosão de movimentos,

-ligação entre os movimentos e também a improvisação;

-posicionamento de pernas e pés paralelos, contato com o solo, em seqüências de chão e a liberdade de quebrar com padrões de movimentos;






BREVE CURRÍCULO DO PROFESSOR

Graduada em Dança – licenciatura plena pela universidade de Cruz Alta-UNICRUZ

Especialista em Arte Educação-Uniasselvi

Professora da Fundação Indailaense de Cultura desde 2009




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal