Fredrich W. H. Myers a personalidade Humana



Baixar 1,3 Mb.
Página1/7
Encontro03.05.2017
Tamanho1,3 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7

Fredrich W. H. Myers
A Personalidade Humana
Sobrevivência e

manifestações paranormais


Título do original em inglês

Fredrich W. H. Myers - Human Personality

and Its Survival of Bodily Death

Londres (1903)

Claude Monet - O Nascer do Sol


Conteúdo resumido
A presente obra foi um dos primeiros estudos científicos que objetivaram a investigação sistemática acerca dos fenômenos psíquicos. Fredrich Myers foi um dos pioneiros na criação de um sistema de classificação de fenômenos paranormais. As palavras “telepatia”, “supranormal”, além dos famosos termos “eu subliminar” e “eu supraliminar”, adotados pela Parapsicologia atual, são de autoria desse grande pesquisador.

A Personalidade Humana é o resultado de anos de pesquisas levadas a efeito por Myers, com a preciosa colaboração de Henry Sidgwick e Edmund Gurney, e retratadas na obra Phantasms of the Living (Os Fantasmas dos Vivos), de autoria de Myers, Gurney e Podmore.

O principal objetivo da obra é esclarecer, com base na análise de fatos, a questão que mais importa ao homem: a de saber se ele possui ou não uma alma imortal ou, em outras palavras, se a sua personalidade implica algum elemento suscetível de sobreviver à morte corporal.

E além de concluir positivamente sobre a sobrevivência do ser psíquico além da morte do corpo físico, o autor chega, ainda, a uma conclusão filosófica de conseqüências ainda mais grandiosas: a de que nós somos seres espirituais em constante e permanente evolução; “esse é o nosso destino neste e nos outros mundos; a evolução gradual em numerosas etapas, à qual é im-possível designar um limite”.
Apreciação de autores espíritas clássicos
“... A Personalidade Humana, de F. Myers, professor de Cambridge, é um estudo profundo e metódico dos fenômenos espíritas, firmado numa opulenta documentação e rematado por uma síntese filosófica em que são magistralmente expostas as vastas conseqüências da ciência psíquica.”

Léon Denis – No Invisível
Cap. I - A Ciência Espírita

* * *

“... respaldando a Ciência Espírita e suas bases filosóficas, temos agora (...) a obra monumental mais esquecida e de flagrante atualidade de Fredrich Myers, em colaboração com Henry Sidgwrich e Edmund Gurney, A Personalidade Humana.”



J. Herculano Pires
O Mistério do Ser ante a Dor e a Morte
Cap. 8 - Os Caminhos Escusos da Moral

* * *

“... Foi então que li a obra monumental de Myers – Human Personality (A Personalidade Humana) –, de cujas formidáveis raízes se há de erguer toda uma árvore de conhecimentos.”



Arthur Conan Doyle
A Nova Revelação
Cap. 1 – As pesquisas



Prefácio 4

I Introdução 8

II As desintegrações da personalidade 32

III O gênio 58

IV O sono 91

V O hipnotismo 117

VI Automatismo sensorial 157

VII Os fantasmas dos mortos 203

VIII O automatismo motor 240

IX Possessão, arrebatamento, êxtase 281

X Conclusão 319

Esboço provisório de uma síntese religiosa 328







  1   2   3   4   5   6   7


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal