Fortuna crítica 1964 o desafio (Paulo César Saraceni) [l]



Baixar 11,32 Kb.
Encontro11.09.2017
Tamanho11,32 Kb.

Fortuna crítica – 1974_Iracema, uma transa amazônica (Jorge Bodanzky/Orlando Senna) [l]
ALENCAR, Miriam. Iracema e giritana. Uma história que tem outros vilões além da censura. Jornal do Brasil, 15 dez 1978.

BELO, Geovane Silva. O discurso de progresso da região amazônica no documentário/ficção Iracema, uma transa amazônica. In: MARTINS, Bene, CARDOSO, Joel. Desdobramentos das linguagens artísticas: diálogos interartes na contemporaneidade. Belém: UFPA, 2012. p. 125-141.

BIZARRIA, Fernanda. A construção das identidades no documentário: os povos amazônicos no cinema. Apresentação por Anibal Beça e prefácio por Selda Vale da Costa. Manaus: Edições Muiraquitã, 2008. 128 p.

Brasilien: Cinema Novo und tropische Moderne: 1926-2003. Filmmuseum, n. 6, p. 3-30, maio-jun. 2005CATALÃO, T. T. A luz na tela e o fim do túnel.  Meia um, v. 2, n. 17, p. 18-19, set. 2012E agora, João. Filme Cultura, n. 56, p. 68-69, jun. 2012

DELMAS, Jean. Iracema Gitirana. Jeune Cinéma, n. 96, p. 39-41, jul.-ago. 1976E agora, Carlos Alberto. Filme Cultura, n. 56, p. 70-71, jun. 2012

ELBERT, Luis. Un lenguaje y una vigencia latinoamericana. Cinemateca - Revista, v. 7, n. 34, p. 46-47, set. 1982

ESCOREL, Eduardo. O documentário brasileiro: entre a ficção e a realidade. História Viva, v. 1, n. 9, p. 76-81, jul. 2004

FAGÁ, Luiza. Os lados de fora: da filmagem à exibição, os limites de um filme estão muito além da tela. Continuum Itaú Cultural, n. 13, p. 8-11, ago. 2008

GOIDA. Nas primeiras fileiras. Apresentação Tuio Becker e Luiz César Cozzatti. Porto Alegre: Unidade Editorial, 1998. 350 p. il. (Escritos de cinema, 3). 

Iracema de Bodanzky. Cinema em Close-Up, v. 2, n. 13, p. 9-11, 1977

KAHNS, Cláudio. Iracema: um estrangeiro em seu país. Caderno de Cinema, n. zero, p. 19-23, 197-

LABAKI, Amir (org). O cinema brasileiro: de O Pagador de Promessas a Central do Brasil: The films from Brazil: from The Given Word to Central Station. Textos críticos de B.J. Duarte e outros. Säo Paulo: Publifolha, 1998. 221 p.LOBATO, Ana Lucia, MONZANI, Josette. Mulheres. In: SOCINE Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema. Estudos Socine de cinema ano III. Porto Alegre: Sulina, 2003. p. 393-406. 

MARCELO, Carlos (coord). Quando fomos felizes. Textos sobre os 10 melhores filmes vencedores do Festival de Brasília, eleitos por 20 especialistas. Correio Braziliense, p. 1-7, 24.nov.2007

MATHEOU, Demetrios. Iracema - uma transa amazônica: 75 hidden gems.  and Sound, v. 17, n. 8, p. 24, ago. 2007

MIKLES, Laetitia. Renaissance du documentaire brésilien. Positif, n. 304, p. 71-72, jan. 2006

NIGRI, André. Clássico do mês: Iracema, uma transa amazônica.  Bravo!, v. 11, n. 148, p. 20, dez. 2009

PARANAGUÁ, Paulo Antonio. Iracema. Positif, n. 226, p. 70-1, jan. 1980

PEQUIN, Jorge Rogério. O neo-realismo no Brasil: uma breve análise do filme Iracema: uma transa amazônica. Cultura Crítica, n. 4, p. 20-23, 2o. sem. 2006

SADOUL, Georges. Dicionário de filmes. Tradução de Marcos Santarrita e Alda Porto. Porto Alegre: L&PM, 1993. 487 p. 

RISERIO, Antonio. Vuva Iracema. Jornal mensal de artes galería de arte moderna,, n 34. Dez 1976.



SARAIVA, Leandro. Brecht por trás da tela. Sinopse, v. 1, n. zero, p. encarte inicial, abr. 1999

SENNA, Orlando. Iracema: viagem a contra gosto. Pasquim, dez 1976.



TAVARES, José Nilo. Iracema: um grito pela Amazônia. Cinemação, v. 1, n. 3, p. 6, nov.-dez. 1979

XAVIER, Ismail. A personagem feminina como alegoria nacional no cinema latino-americano. Balalaica, n. 1, p. 84-101, 1997

XAVIER, Ismail. Iracema: o cinema-verdade vai ao teatro. Devires, v. 2, n. 1, p. 70-85, jan.-dez. 2004

XAVIER, Ismail. O cinema verdade vai ao teatro. Filme Cultura, v. 14, n. 37, p. 64-6, jan./mar. 1981

ZANUTTO, Clariana, VOMERO, Renata, DWEK, Tuna, RANIERI, Gustavo, ROLFSEN, Lucas.Drops. Revista da Cultura, n. 94, p. 8-12, maio 2015



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal