Flip-flop: registradores e contadores



Baixar 0,87 Mb.
Página1/13
Encontro19.04.2018
Tamanho0,87 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13



1 INTRODUÇÃO
O campo da Eletrônica Digital é basicamente dividido em duas áreas:


  • Lógica combinacional

  • Lógica seqüencial

Os circuitos combinacionais, como vimos até aqui, apresentam as saídas, única e exclusivamente, dependentes das variáveis de entrada. Os circuitos seqüenciais têm as saídas dependentes das variáveis de entrada e/ou de seus estados anteriores que permanecem armazenados, sendo, geralmente, sistemas pulsados, ou seja, operam sob o comando de uma seqüência de pulsos denominada clock.



2 FLIP-FLOPS
De forma geral, podemos representar o flip-flop como um bloco onde temos 2 saídas: Q e , entradas para as variáveis e uma entrada de controle (clock). A saída Q será a principal do bloco. A figura 01 ilustra um flip-flop genérico.

Figura 01


Este dispositivo possui basicamente dois estados de saída. Para o flip-flop assumir um destes estados é necessário que haja uma combinação das variáveis e do pulso de controle (clock).
Após este pulso, o flip-flop permanecerá neste estado até a chegada de um novo pulso de clock e, então, de acordo com as variáveis de entrada, mudará ou não de estado.
Os dois estados possíveis são:


A seguir analise de alguns circuitos de flip-flops e suas operações.


  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal