Ficha técnica do curso



Baixar 88,47 Kb.
Encontro06.03.2018
Tamanho88,47 Kb.








FICHA TÉCNICA DO CURSO

Desenho e Modelação 3D – Sketchup (Iniciação) EDIÇÃO Nº 01/2016





1. DESIGNAÇÃO DO CURSO
Desenho e Modelação 3D – Sketchup (Iniciação)
2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER
Modelação em 3D no Software SketchUp

3. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS
Dominar a modelação em 3D no SketchUp

Dominar a visualização de modelos

Trabalhar com arestas e superfícies, utilizando as várias formas de manipulação destes elementos.

4. ÁREA DE FORMAÇÃO
Desenho Assistido por Computador

5. DESTINATÁRIOS

_____________________________________________________________________________________

Arquitectos

Designers e decoradores de interiores

Desenhadores de construção civil

Engenheiros civis

Engenheiros mecânicos

Engenheiros de gestão industrial

Designers ligados ao cinema e ao teatro

Designers de videojogos

Designers gráficos

Arquitectos paisagistas

Técnicos de Segurança

Designers do Produto

Profissionais de planeamento urbano

Topógrafos

Estudantes de todas as áreas atrás mencionadas

6. PRÉ-REQUISITOS PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO
Conhecimentos básicos de Desenho Assistido por Computador

Conhecimentos básicos no domínio dos sistemas operativos (Windows/MACOS) na óptica do utilizador



7. MODALIDADE DE FORMAÇÃO/ FORMA DE ORGANIZAÇÃO

Formação Presencial


8. PROGRAMA

DESIGNAÇÃO DO MÓDULO | CONTEÚDOS A ABORDAR

DURAÇÃO

1 – FERRAMENTAS BÁSICAS DO SKETCHUP 1

– Formas simples no SketchUp

- Sistema de visualização em 3D

- Linhas e superfícies

- Métodos de selecção no SketchUp

- Rectângulos e subdivisão de faces

- Extrusão de faces

- Exercício básico com empenas de cobertura, portas, janelas e escadas simples



3 Horas

2 – FERRAMENTAS BÁSICAS DO SKETCHUP 2

– Manipulação de “sólidos” no SketchUp

- Os comandos FOLLOW ME e OFFSET

- Exercício prático com objectos mais complexos como coberturas, porta e janelas



3 Horas

3 – FERRAMENTAS BÁSICAS DO SKETCHUP 3

- Utilização de “inferências”

- Criação de linhas de referência (guidelines)

- Importação de objectos da 3D Warehouse



3 Horas

4 – FERRAMENTAS BÁSICAS DO SKETCHUP 4

– Trabalhar com grupos e componentes

- Conceito de grupo e componentes

- Diferenças entre grupos e componentes

- Alterar ESCALA e fazer um “MIRROR”


3 Horas

5 – TOOLBAR SERIES

- Comando ARC

- Comando CIRCLE e POLYGON

- Comando LINE

- Comando COMPONENT

- Comando PROTRACTOR

- Comando FREEHAND

- Comando ERASER

- Comando FOLLOW ME

- Comando AXES

- Comando PAINT BUCKET

- Comando WALK

- Comando MOVE/COPY

- Comando ORBIT

- Comando POSITION CAMERA / LOOK AROUND

- Comando OFFSET

- Comando DIMENSION

- Comando SECTION

- ARRAY POLAR e RECTANGULAR


3 Horas

6 – MODELAR EM 3D UTILIZANDO FOTOGRAFIAS

- Projectar imagens como texturas

- Google Maps e Street View

- Trabalhar com luz e sombras georreferenciando o modelo 3D

- Exportar modelos do SketchUp para o Google Earth

- Criar modelos 3D a partir de fotografias

- Importar modelos 3D próximos (NEARBY MODEL)

- Trabalhar com a funcionalidade MATCH PHOTO

- Criar LAYERS

- Criar CENAS

- Criar animações no SketchUp utilizando cenas

- Criar uma porta em 3D no SketchUp

- Criar uma biblioteca de elementos 3D no SketchUp


3 Horas

7- CRIAR MODELOS 3D A PARTIR DE FICHEIROS NO FORMATO DWG

- Preparar desenhos no formato DWG para serem importados no SketchUp

- Importar ficheiros no formato DWG

- Modelar paredes no SketchUp

- Trabalhar com pisos independentes

- A funcionalidade OUTLINER

- Modelar uma escada no SketchUP

- Pormenorizar uma escada no SketchUp

- Modelar uma escada com patamar no SketchUp


3 Horas

8 – IMPRESSÃO DE MODELOS DO SKETCHUP

- Trabalhar com estilos no SketchUp

- Configurar a ferramenta LAYOUT

- Criar ficheiros-modelo para folhas de impressão

- Introduzir o modelo na folha a várias escalas

- Criar janelas de visualização com formas personalizadas

- Legendar e cotar desenhos


3 Horas

Carga horária total





9. EQUIPAMENTOS E MATERIAL DIDÁTICO

A entidade formadora coloca ao dispor da formação todo material necessário ao desenvolvimento da acção, nomeadamente:



  • Computador;

  • Caneta;

  • Papel:

  • Quadro;

  • Flipchart;

  • Tela de Projecção;

  • Videoprojector;

  • Ligação à internet.


10. DURAÇÃO TOTAL DO CURSO

24 horas
11. METODOLOGIAS PEDAGÓGICAS

Utilização conjugada de métodos ativos e demonstrativos, sendo estes os mais utilizados ao longo de todo o curso, através de exemplos práticos que simulam a prática de arquitectura.

O curso está direcionado para aprendizagem do “saber fazer”, no entanto a aprendizagem dos conceitos inerentes a cada uma das áreas a abordar (o “saber saber”) terá uma forte componente.

Assim sendo, para além das exposições teóricas iniciais em cada área, procurar-se-á fomentar a discussão e resolução de casos e problemas práticos.

Os formandos serão estimulados a ter uma atitude proactiva na formação pela intervenção nas discussões de casos e problemas, na realização de trabalhos e da auscultação da sua opinião quanto aos pontos programáticos de cada módulo que deverão ser desenvolvidos.

12. METODOLOGIAS DE SELECÇÃO DE FORMANDOS E FORMADORES

Para candidatar-se ao curso, os formandos deverão preencher uma ficha de inscrição, efectuar o pagamento e assinar como concordam com o Manual de Funcionamento da Formação.

Os formadores: serão seleccionados em função do cumprimento dos seguintes requisitos:


  • Avaliação satisfatória por parte dos formandos (no caso de já terem dado formação anteriormente)

  • CAP e/ou Experiência profissional na área em que vão dar formação

  • Experiência profissional como formador ou docente.



13. METODOLOGIAS DE ACOMPANHAMENTO DA FORMAÇÃO

O coordenador da formação fará o acompanhamento da acção com base em 2 visitas ao grupo: início da acção e no final da acção.

Durante a toda a formação haverá um acompanhamento presencial por parte de um técnico de formação.

Se no decorrer do curso, for identificada alguma anomalia, nomeadamente através dos contactos com o técnico e com os formadores, será feita uma nova intervenção.



14. METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

A avaliação é realizada ao longo do desenvolvimento de cada um dos módulos e diz respeito aos indicadores (comportamentais e técnicos), que o formador identifica como sendo os necessários para avaliar a prestação de cada formando.

A avaliação final traduz-se na observação da capacidade de aplicação de conhecimentos considerando os seguintes critérios: 60% para a avaliação e 40% para assiduidade.


15. CERTIFICAÇÃO (DIREITO A CERTIFICADO E TIPO DE CERTIFICADO EMITIDO)

De acordo com os critérios de avaliação definidos pelos formadores, serão emitidos os seguintes certificados:



  • um certificado comprovativo da frequência do curso aos formandos que não tenham cumprido os critérios de avaliação estabelecidos;

  • um certificado comprovativo de aprovação no curso aos formandos que tenham cumprido os critérios de avaliação estabelecidos.


16. METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO

A avaliação satisfação da formação será feita através do preenchimento de questionários no final do curso, nos quais serão avaliados os seguintes parâmetros: avaliação das metodologias utilizadas pelo formador e os conteúdos programáticos, avaliação a organização do curso, condições da sala e trabalho do coordenador.



FORM001-V2




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal