Feminino Masculino



Baixar 64,88 Kb.
Encontro26.07.2018
Tamanho64,88 Kb.

Português ComunicAtivo

4

Feminino e Masculino





As Dez Regras mais Importantes para a Formação do Feminino
Tal como em francês, em espanhol e em italiano, o género dos nomes em português são o masculino e o feminino. Ao género masculino pertencem os nomes a que se pode antepor o artigo o, e ao feminino os nomes a que se pode antepor o artigo a. São várias as regras para formação do feminino, tanto dos substantivos como dos adjetivos.

  1. A regra mais utilizada é a que diz respeito aos nomes terminados em - o que formam o feminino, substituindo o o por – a: o filho / a filha; o neto / a neta; o médico / a médica.

  2. A segunda regra básica mais utilizada é a adição de a ao masculino: o peru / a perua,
    o autor / a autora.

  3. Os nomes terminados em ês formam o feminino juntando-se-lhe a terminação a, e tirando o acento circunflexo (o marquês / a marquesa, o português / a portuguesa,
    o francês / a francesa, o camponês / a camponesa,).

  4. As palavras que no masculino terminam em ão formam o feminino em ã (o alemão /
    a alemã), em o em a (o leão / a leoa) e em ona (o comilão / a comilona).

  5. As palavras que no masculino terminam em or formam o feminino em eira (o vendedor / a vendedeira).

  6. As palavras que no masculino terminam em dor ou tor formam o feminino em triz (o ator / a atriz, o embaixador / a embaixatriz).

  7. As palavras que no masculino terminam em eu formam o feminino em eia (o pigmeu /
    a pigmeia, o plebeu / a plebeia).

  8. As palavras que no masculino terminam em e não mudam (o cliente/ a cliente,
    o estudante / a estudante).

  9. Há nomes que no feminino não sofrem alteração relativamente à forma do masculino:
    (o, a) camarada; (o, a) selvagem, (o, a) turista.

  10. Alguns substantivos têm uma forma para indicar os seres do sexo masculino e outra para os do sexo feminino: homem/mulher, boi/vaca, cavalo/égua, macho/fêmea, pai/mãe, genro/nora.

  11. Há substantivos que no feminino não sofrem alteração relativamente à forma do masculino: (o, a) camarada; (o, a) selvagem, (o, a) turista.

  12. Tal como o francês e o espanhol, o português tem, igualmente, substantivos de género único: (a) pessoa, (a) testemunha, (a) mosca, (a) mesa; (a) prateleira, (o) disco, (o) livro.

  13. Alguns substantivos têm uma forma para indicar os seres do sexo masculino e outra para os do sexo feminino: homem/mulher, boi/vaca, cavalo/égua, macho/fêmea, pai/mãe, genro/nora.

  14. Às vezes algumas palavras prestam-se a confusões, pois julga-se serem o masculino ou o feminino de um nome, quando acontece significarem algo completamente diferente. E tal como cigarra não é o feminino de cigarro, também cavala não é o feminino de cavalo. Uma pata é o feminino de pato, mas significa também um membro inferior de um animal. O linho não tem feminino e, por isso, linha que existe em Português com outro significado, não se aplica aqui. O mesmo para pregas/pregos, folho/folha, prato/prata, vinho/vinha, banho/banha.



O caso de cigarra que não é o feminino de cigarro é bem exemplificado pela escritora Luísa Ducla Soares nos seus Poemas da Mentira e da Verdade.
Casei um cigarro

com uma cigarra,

fizeram os dois

tremenda algazarra

porque o cigarro

não sabe cantar

e a cigarra

detesta fumar.
Fazer a seguinte atividade:

O Feminino e o Masculino dos Substantivos e Adjetivos A1

© Luís Aguilar



Todos os Direitos Reservados








©livred.info 2019
enviar mensagem

    Página principal