Estudo Espírita



Baixar 46,95 Kb.
Encontro13.07.2018
Tamanho46,95 Kb.

Estudo Espírita
Promovido pelo IRC-Espiritismo

http://www.irc-espiritismo.org.br

Centro Espírita Léon Denis

http://www.celd.org.br
Tema: XI Encontro Espírita Sobre a Vida e a Obra de Eurípides Barsanulfo
Expositora: Rosângela Pertile
Rio de Janeiro

26/05/2001

Dirigente do Estudo:

Mauro Bueno



Oração Inicial:
Boa noite amigos!

Vamos nesse momento, serenando nossos corações, livrando nossas mentes de qualquer outro pensamento que não seja o pensamento em Deus e nas suas obras Deus , na sua infinita bondade. Permite-nos viver. Permite-nos estar aqui para evoluirmos e compreendermos porque aqui estamos e para onde vamos. Nossa evolução depende tão somente, então , de nós mesmos. Quando passamos a conhecer e a compreender Seu amor, e Suas obras, é que começamos nossa jornada evolutiva.

Então, senhor nosso amado Pai, que permitiste aqui estarmos hoje, para mais um dia de estudos, ilumine nossos corações e mente para que estejamos prontos a receber Suas palavras. E mais, que estejamos prontos a compreende-las e pratica-las em nosso dia a dia. Abençoe-nos e este lugar virtual que tanto vem nos confortando através dos ensinamentos propostos.

Que nossa querida Rosângela possa dar-nos em mais esta noite

a luz de Seu Amor. Obrigada e que assim seja!
Mensagem Introdutória:

Mensagem para o XI Encontro Espírita sobre a Vida e a Obra de Eurípedes Barsanulfo


Ao observarmos os grandes trabalhadores do Evangelho de Jesus e da Doutrina Espírita, encontramos aqueles que, tendo fé, prosseguem, intimoratos, diante das lutas e das dificuldades de todos os dias.

Neles nos inspiramos, e ao perguntar a nós mesmos como tais trabalhadores conseguem lutar contra os grandes obstáculos sem se perturbarem, encontramos a resposta consubstanciada na profunda fé e confiança que depositam em Deus e na vida futura.

Com efeito, esses vencedores pela fé demonstram insuspeita determinação na busca das idéias maiores, justamente porque crêem em Deus e na espiritualidade que os espera após a vida terrena.

Sabem que Deus os abençoa e que muitos daqueles que os amam e que foram transformados pelas demonstrações de fé viva os aguardam no mundo maior. Compreendem que jamais serão esquecidos e que aqueles que os antecederam preparam lugar nas colônias de felicidade, de luz e de paz a que fazem jus.

Eurípedes Barsanulfo sempre manteve a confiança nos seus benfeitores espirituais. Entendendo que muitos também confiaram nele, buscou criar, igualmente, uma casa-abrigo, núcleo de amparo aos que o amam, para socorrê-los, nos seus momentos de dor, solidão ou necessidades espirituais.

Essa casa, que vive em função do amor do próximo, fornece amparo e lenitivo aos que alcançam o plano espiritual conscientizados acerca da vida no além, mas que precisam de oportuna orientação no seu momento especial de caminhada evolutiva.

Eurípedes, que tanto valorizou a mediunidade, convivendo por essa forma com o mundo espiritual, soube como poucos mostrar-nos que a fé pode bastante nos seus efeitos, mas somente aqueles que ultrapassaram as barreiras do comodismo são capazes de chegar até o mundo espiritual dizendo: Senhor, acolhe-me em Tua morada de luz!

Paz!


Luiz

Mensagem psicográfica recebida pelo médium Altivo Carissimi Pamphiro, em 16/05/2001.



Exposição:

Boa noite a todos! Que a doce e serena paz do Senhor Jesus possa nos amparar as mentes e apaziguar nossos corações, para que posamos entender um pouco mais sobre a sua Boa Nova.

Esta noite é uma noite especial para nós. É a noite em que viemos fazer um convite muito especial.

Viemos convidá-los para participar do 11º Encontro Espírita sobre a Vida e Obra de Eurípedes Barsanulfo, a se realizar amanhã, dia 27, pela manhã nos ambientes "reais" e "virtuais" do Centro Espírita Léon Denis.

O nosso tema este ano é "Eurípedes Barsanulfo, o Homem diante do mundo espiritual". E estou aqui para lhes colocar água na boca para este banquete maravilhoso!

E nosso encontro da noite volta aos idos de 1903, quando Eurípedes Barsanulfo se encontrava com seus vinte e três anos.

Eurípedes era católico fervoroso e coroinha da paróquia local, e por este motivo, recebeu das mãos do padre Augusto da Rocha Maia, um exemplar da Bíblia, com a seguinte advertência:

"- Eurípedes, sei que você é católico fervoroso e amigo das boas leituras. Você vai ler este livro - mas cuidado! - não o passe adiante. A leitura deste livro é proibida pela Igreja a seus adeptos".

E assim o jovem Eurípedes Barsanulfo começou a estudar atentamente o valioso material, se detendo mais amiúde nos Evangelhos. E neste estudo, a dúvida assaltou-lhe em um dos mais sublimes ensinamentos do Senhor Jesus, no texto das Bem-aventuranças.

- Bem-aventurados os pobres de Espírito, porque o reino dos céus é para eles;

- Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos;

- Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra;

- Bem-aventurados os aflitos porque serão consolados;

- Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia;

- Bem-aventurados os pacíficos, porque serão filhos de Deus;

- Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus;

- Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque o reino dos céus é para eles;

- Bem-aventurados sois vós, quando por minha causa, vos injuriarem e perseguirem e disserem, falsamente, contra vós toda a espécie de mal.

Como é que o Senhor Jesus exortava consolo aos mais desgraçados na existência humana e ele, Eurípedes Barsanulfo, via tantos homens morrerem sem verem as promessas do Cristo concretizadas?

Onde estava o grande hiato entre a palavra do enviado de Deus e a condição humana?

Essa dúvida perdurou por alguns meses. Um dia, o Tio Sinhô, Espírita convicto, estava visitando a casa de Eurípedes, e como sempre, a discussão fraterna em torno da religião estava em pauta.

Tio Sinhô, por ser um homem rude do campo, não conseguia se fazer entender ao sobrinho, pela grande eloquência que Eurípedes detinha. Mas neste dia ia ser diferente, tio Sinhô, como que inspirado pelo alto, disse que não poderia "ganhar" na conversa com o sobrinho pela brilhante argumentação de alguém acostumado às letras, mas lhe entregou um exemplar do livro "Depois da Morte" , do grande filósofo do Espiritismo - Léon Denis.

Eurípedes lera a obra de forma ávida, pois estava de solucionar suas dúvidas mais íntimas(pois estava perto de solucionar). Então o "milagre" aconteceu, o hiato entre as palavras do Cristo e o futuro da humanidade já não existia mais...

Sim!!! O túmulo já não se faz agonizante, inexpugnável, se torna apenas uma passagem de volta à nossa verdadeira pátria.

Sim!!! O Reino dos Céus se materializara em sua frente, na forma de um Mundo Espiritual infinito a conquistar, a evoluir.

Sim!!! Os brandos e pacíficos, os misericordiosos, os pobres de espírito têm suas promessas atendidas, exatamente como o Cristo lhes prometeu.

A chama da verdadeira condição do Espírito humano clareia a escuridão da ignorância em relação ao Mundo Espiritual. Não há mais perdas, não há mais abismos separando-nos daqueles a quem amamos e já abandonaram sua veste carnal. Há a certeza do encontro, há a certeza do caminhar!

Eurípedes se converte ao Espiritismo, trabalha, estuda, auxilia, no máximo de suas forças, durante toda a sua vida. Mas, e depois da morte? depois da volta à Pátria Espiritual?

Ele continua cada vez mais evoluindo, trabalhando, auxiliando, estudando, mas desta vez no Mundo Espiritual.

quando desencarnamos, somos exatamente aquilo que somos hoje

E como sabemos da condição de nosso amado Eurípedes? Através da mediunidade de amigos muito queridos, como Chico Xavier e Hegorina, que nos contam como é a vida de Eurípedes Barsanulfo na pátria maior.

Mas como deverá ser a colônia espiritual de Eurípedes Barsanulfo? Se as colônias espirituais são formadas pela vontade e pelo pensamento dos que nela habitam, como será a colônia de Eurípedes?

Que tipo de Espírito ele é, em que posição da Escala Espírita ele se situa? Como será este Espírito que em vida teve a possibilidade de se encontrar em desdobramento com o Senhor Jesus?

Os Espíritos, por revelação, nos dizem que Eurípedes Barsanulfo se encontra na categoria dos Espíritos de Segunda Ordem (Livro dos Espíritos 107), a de Bons Espíritos.

Se ele já se encontra na ordem de bons espíritos, como será a colônia espiritual feita por ele? Vamos tentar imaginar? Como será a vibração deste local??? Como será a harmonia deste local?

Sabemos que somos atraídos àqueles por quem temos afinidade e sintonia, de pensamento, de atos, de sentimentos. "Semelhante atrai semelhante"...

Fazendo uma correlação entre um espírito como Eurípedes e nós, hoje, será que nós conseguiremos habitar a colônia espiritual dele?

O que nos falta para conseguir, quais os vícios que teremos que nos desfazer para diminuirmos nossa "densidade espiritual", onde somos muito pesados pelos sentimentos que possuímos?

Como tornarmo-nos com um perispírito mais leve, sutil, para alçarmos vôos mais altos rumo à perfeição?

Pois bem amigos, a resposta a estes questionamentos é o banquete a que viemos lhes convidar. Vamos amanhã participar de uma festa muito diferente, animada?

Sim, com certeza, mas com um diferencial, vamos ver como poderemos fazer, para nos tornarmos melhores do que somos hoje, e assim, termos a condição de podermos ir a colônias espirituais onde impere o bem, o amor universal.

Então, queridos amigos, nos encontraremos amanhã, das dependências do CELD, e do canal #espiritismo_perguntas e canal #espiritismo_repostas, ok?

Que a paz do Senhor Jesus e de nosso querido patrono Eurípedes Barsanulfo possa estar conosco, agora e sempre.


Bibliografias sobre Eurípedes Barsanulfo:


Eurípedes Barsanulfo - o homem e a missão

Corina Novelino

Instituto de Difusão Espírita
Eurípedes Barsanulfo, o apóstolo da Caridade

Jorge Rizzini, edições correio fraterno.


Imagens do Além,

Espírito Lucius / médium Heigorina Cunha

Instituto de Difusão Espírita
Cidade no Além

Espíritos André Luiz e Lucius / médiuns Chico Xavier e Heigorina Cunha

Instituto de Difusão Espírita
A Grande Espera

Espírito Eurípedes Barsanulfo / Corina Novelino

Instituto de Difusão Espírita

Perguntas/Respostas:

[01] Onde e através de qual obra, o amigo Eurípedes, se manifestou estando no domínio maior?


A médium Heigorina Cunha, que conviveu com nosso querido amigo Eurípedes Barsanulfo, psicografou algumas obras. Estas estão em consonância com as obras recebidas por Chico Xavier, que também nos conta em alguns livros sobre as colônias espirituais fundadas e comandadas por EB. Posso citar duas no momento, que são: Imagens do Além, da médium Heigorina Cunha, espírito Lucius, editora Instituto de Difusão Espírita; e Cidades do Além, pela psicografia de Chico Xavier e Heigorina Cunha, espíritos André Luiz e Lúcios, da mesma editora. Caso o querido amigo queira informações sobre outras obras que não tenho a bibliografia por completo, é só falar que terei o maior prazer de lhe enviar.

[02] Você mencionou que Eurípedes teria se encontrado com Jesus em desdobramento, como foi isto possível?


Há um livro "Eurípedes, o homem e a missão" , de Corina Novelino (editora IDE)que nos conta esse caso ele, pela suas características teve esta possibilidade, sendo levado ao encontro do Mestre Jesus, é um dos trechos mais bonitos de toda a obra, e até mesmo para refletirmos do que estamos fazendo com o nosso aprendizado, pois o livro conta que, ao ser questionado de porque a tristeza nos olhos do Mestre, se era por causa dos que não conheciam seu evangelho, Jesus responde "Não choro pelos que não conhecem o Evangelho, choro por aqueles que o conhecem - mas não o praticam." Na página de abertura, há uma mensagem muito interessante do médium Chico Xavier, que diz:

"Escrever sobre a vida de Eurípedes Barsanulfo seria quase o mesmo que fazer a biografia de Jesus"

Nós temos a obrigação de conhecer o trabalho maravilhosos deste querido espírito, que nasceu bem perto de nós, da nossa realidade, e deixou um trabalho magnífico de amor e educação ao próximo e que , infelizmente, tão poucos espíritas conhece.

[03] Qual a mediunidade expressa pelo companheiro Eurípedes ?


Ele era um excelente médium de cura, era médium receitista, de incorporação, de psicografia a pedidos: médium de incorporação ou de intercâmbios, médium psicofônico, além de ter faculdades anímicas intensamente manifestadas (se posso falar assim) como por exemplo, a bicorporeidade. Se existem outras faculdades mediúnicas ou anímicas não as recordo agora, me desculpem a falha da memória.

Oração Final:
Boa noite, amigos!

Roguemos ao Pai:

Senhor de infinita bondade, Te agradecemos a oportunidade que nos concede, a possibilidade do ambiente fraterno, onde podemos estudar a Doutrina Espírita, quando muitas vezes não podemos estar na casa espírita. Que possamos valorizar este meio de comunicação, o trabalho dos amigos que o coordenam,

o trabalho do amigo que nos convida ao estudo.

Envolva a todos nós com as Tuas doces vibrações. Que a Tua Luz nos conduza pelos caminhos da vida, que o Teu Amor aqueça e conforte os corações que passam por instantes de dor, de angústia, de dúvidas. Que todos possam pensar, refletir sobre o que foi estudado na noite de hoje,

possibilitando a nossa mudança, ainda que lenta. Permaneça ao nosso lado, concedendo-nos uma semana, onde a Paz seja a companheira de cada dia.



Que seja assim hoje e sempre!




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal