Edgard O’Reilly de Souza



Baixar 6,63 Kb.
Encontro11.09.2017
Tamanho6,63 Kb.

Edgard O’Reilly de Souza

Atualizado em 05/02/2013.

Nasceu no Rio de Janeiro, em 05 de março de 1897. Filho de Henrique O’Reilly de Souza e Julieta Duval O’Reilly de Souza, foi aluno do Colégio Estadual, em Vitória. Bacharelou-se na Faculdade Nacional de Direito do Rio de Janeiro (atual UFRJ), no dia 28 de dezembro de 1923.

Dedicou grande parte de sua atividade profissional ao serviço público. Exerceu atividades em várias instituições, como o Banco Hipotecário e Agrícola do Espírito Santo, a Alfândega, a Secretaria de Estado da Agricultura, o Diário Oficial e a Prefeitura de Santa Teresa.

Também foi procurador regional da Justiça Eleitoral e da República. No Ministério Público Estadual, foi nomeado, em 10 de julho de 1924, para o cargo de promotor na comarca de Santa Teresa. No dia 17 de julho de 1930, acabou removido para a comarca de Vitória, onde atuou nas 1ª, 2ª e 3ª Varas.

No período de 10 de março de 1931 a 07 de abril do mesmo ano, foi procurador-geral do Estado, função mais importante do Ministério Público capixaba na época. Na instituição, também assumiu o posto de subprocurador-geral.

Foi um dos sócios fundadores da Associação dos Juristas no Espírito Santo. A dedicação pelo Direito pode ser justificada pela trajetória do pai, Henrique O’Reilly de Souza, que foi desembargador e presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJES), além de ter ocupado a chefia do Ministério Público Estadual nos anos de 1915 e 1916.

Edgard O’Reilly de Souza tinha como uma de suas maiores paixões o futebol. Prova disso é que participou, em 1º de outubro de 1912, da fundação do Vitória Futebol Clube, no qual se tornou o primeiro diretor de Esportes.

Além disso, foi secretário do Conselho de Julgamentos da Liga Esportiva Espírito-Santense, na década de 30. Morreu, aos 73 anos, no dia 12 de julho de 1970, em Vila Velha.

Referência:

DIÁRIO DA MANHÃ (Jornal). Vitória, 11/03/1931.

PEREIRA, Amancio. Homens e Cousas Espírito Santenses. Victoria: Artes Graphicas, 1914. p. 82-83

Revista Vida Capixaba. nº 613. Vitória, 30 de março de 1945, pág. 16.



Revista Vida Capixaba. Vitória, outubro de 1952.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal