E do Inferno por Pastor Yong-Doo Kim



Baixar 1,15 Mb.
Página8/10
Encontro13.05.2017
Tamanho1,15 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10
Kim Joo Eun: Muitos espíritos malignos atacam em grupos, mas a nossa fé se tornou mais forte

Na última vez que eu orava, um espírito maligno em forma de lua crescente apareceu vindo em minha direção. Hoje, um espírito maligno em forma de lua cheia com um olho veio em minha direção. Quando ele chegou perto de mim, enfiei meus dedos em seus olhos, arrancando-os. Sob constante ataque, o espírito maligno explodiu, espirrando sangue em todas as direções. Logo depois, um espírito maligno disfarçado de um jovem apareceu e começou a girar sua cabeça como um pião. Peguei em seus cabelos, sacudi-o, girei-o várias vezes e lancei-o para longe. Jesus se aproximou e me cumprimentou por meu desempenho: "Bom trabalho, Freckles!"

Jesus continuou: "Freckles, você está especialmente bonita hoje! Quem trançou seu cabelo?" Eu respondi: "Foi a diaconisa Shin quem fez!" O Senhor elogiou: "É mesmo? Ela fez um ótimo trabalho!" Como a diaconisa Shin ainda não estava despertada espiritualmente, ela não sabia que Jesus havia chegado perto dela. Muitos anjos acompanharam a Jesus. Eu sempre vejo os anjos que acompanham Jesus, mas desta vez, havia muito mais anjos. Entre os anjos, alguns deles emparelharam-se para assentar-se ao lado dos membros da igreja que estavam orando. Os anjos seguravam as taças de ouro, as quais possuíam uma grande abertura no topo, e eles enchiam diligentemente as taças com as orações dos santos.

Mais uma vez, um grupo de espíritos malignos apareceu no canto da sala, vindo em nossa direção. À medida que eles se aproximavam, a irmã Yoo-Kyung agarrou-os, girou-os e lançou-os para longe. Eu também peguei alguns deles, girei-os no ar e lancei-os a distância. O irmão Haak Sung e o irmão Joseph também combateram os espíritos malignos que vieram contra eles, girando-os no ar e lançando-os para fora. Todos nós repetíamos essa tática várias vezes.

Eu podia ouvir os sons dos espíritos malignos caindo contra as paredes e no chão. Eram muito barulhentos. À medida que a vigília chegava próximo do fim, observamos numerosos ataques contra nós. No entanto, cada ataque resultava em uma fé cada vez mais forte.

Irmã Baek Bong Nyu: O Pastor Kim faz Jesus sorrir

Tenho testemunhado e experimentado muitas coisas espirituais. Com esse privilégio, eu também tive que suportar muita dor. Jesus me surpreendeu ao me levar a um jardim de flores no céu. Ele me deixou lá um tempo para refrescar e me deleitar, inclusive proporcionando-me diversão. Pude passar o tempo que quisesse no jardim, onde rolei, saltei e brinquei com os anjos como uma criança. O jardim de flores no céu é inimaginavelmente grande e bonito. O doce aroma das flores era tão precioso que eu o desejei para o mundo inteiro. Como que meu corpo estava fraco e cansado, deitei-me e descansei, após ter voltado para a Igreja do Senhor. Durante o culto da manhã, o pastor pregava as boas novas da Palavra, caminhando de um lado para outro no altar. Enquanto ele pregava, o Senhor Jesus estava bem próximo dele, seguindo seus passos.

Nosso pastor é tão engraçado que, quando eu penso nele, eu começo a sorrir instantaneamente. A título de curiosidade, fiz ao pastor uma pergunta: "Pastor, você era engraçado assim antes de eu começar a freqüentar a igreja?" O pastor respondeu: "nossa igreja é relativamente nova e não havia nenhum incidente de que me lembro que possivelmente pudesse me fazer feliz. Além disso, eu não podia pensar em nada que fosse bem-humorado durante a nossa jornada. Eu estava sempre com o coração partido. Tudo era pesado e lamentável." Então eu perguntei: "como então você mudou tanto?" O pastor disse: "Eu realmente não sei! Eu mudei durante este rali oração! Eu não sei o que realmente está acontecendo. Se você me perguntar como eu me tornei assim e quem ou o que me afetou, eu diria que foi o Senhor que criou um ambiente alegre."

Nosso pastor tem um talento especial para imitar todos os tipos de pessoas. Na verdade, não apenas o povo, mas ele pode imitar diferentes coisas, incluindo animais e objetos inanimados. Jesus estava imitando o pastor e sorria bastante. Quando Jesus sorri, todos os anjos compartilham da mesma alegria. Entretanto, quando ele se entristece, os anjos ficam silenciosos. Durante o sermão, dois anjos estavam registrando cada palavra que o pastor pregava. Os anjos se sentavam ao lado da cruz sobre o altar e escreviam em seus enormes livros. Os anjos tinham a incumbência de registrar apenas as palavras do pastor. No entanto, eles ocasionalmente davam uma espiadinha nos gestos do pastor. Os anjos riam tanto que pareciam que iam desmaiar e perder algumas palavras do pastor. Se os anjos perdiam algo no registro, Jesus os repreendia: "Não olhem para o pastor, apenas registrem diligentemente!"



Pastor Kim Yong Doo:

Os membros da igreja esgotaram a maior parte de sua força física durante a oração. Mas, em vez de desistir, continuaram a orar fervorosamente. Ao nos ver orar com tal devoção, o Senhor ficou impressionado e então ele agia e se manifestava. Devido aos severos ataques dos espíritos malignos, fiquei com uma dor insuportável. Esses tipos de ferimentos são difíceis de sarar. A dor implacável me atormentava. Tornou-se difícil orar com os braços levantados por longo tempo. No entanto, em meio à dor, o Espírito Santo movia minhas mãos e braços de diversas maneiras. Os movimentos dos braços e mãos formaram uma agradável coreografia.

Ambas as minhas mãos moviam-se com firmeza, cada uma por sua vez. De repente, minhas mãos começaram a vibrar violentamente. Estava insuportavelmente quente. Vi então Jesus com vestes brancas andando de um lado para outro em minha frente. Meu rosto sentiu uma brisa quente de verão. Senti Sua presença forte. Infelizmente, meus olhos espirituais ainda não estavam abertos. Parecia que o Senhor observa nossas situações e reações. Ele estava nos avaliando.

==== DIA 25 ( Mateus 16:13-19 )

Kim Joo-Eun come biscoitos do céu

Enquanto eu estava orando em línguas, eu lutava e derrotava espíritos malignos. Durante a oração, minha boca se encheu de algo. Comecei a mastigá-lo. Eu podia ouvir o barulho de algo sendo mastigado, mas não tinha idéia do que era. Enquanto eu devorava o alimento desconhecido, eu disse a mim mesmo: "Uau! O que é isso? É delicioso! Como algo pode ser tão delicioso?" Enquanto eu continuava a pensar comigo mesmo, o Senhor Jesus apareceu. Ele chamou meu nome e começou a falar comigo.

"Freckles, quer experimentar isso?" Eu perguntei por curiosidade: "Jesus, o que é isso?" O Senhor respondeu: “São os deliciosos crackers que eu trouxe do céu especialmente para você. Abra a boca!" Eu a abri e o Senhor colocou um biscoito na minha boca.

Assim que o cracker tocou a minha boca, ele se dissolveu suavemente. Existem muitos biscoitos gostosos no mundo, mas os que o Senhor me deu eram sem comparação. Os biscoitos eram brancos e redondos e de tamanho perfeito para serem comidos inteiros um de cada vez.

Gritei com admiração: "Uau, Jesus! O cracker é realmente uma delícia! Eu quero comer um pouco mais! Pode dar-me mais um?" O Senhor disse: "Não, você deve parar de comer por enquanto." Eu surpreendentemente respondi: "O que é isso?" O Senhor disse: "Este é o alimento que os santos comem no céu. Eu sei que você gostaria de um pouco mais e quando você visitar o céu de novo, vou te dar mais. Então, ore com fervor." Em lágrimas, perguntei ao Senhor: "Jesus, por favor me leve até o céu!" No entanto, Jesus já havia partido antes que eu pudesse terminar minha frase. Eu só podia ver e sentir uma suave brisa morna como uma luz brilhante.

Sim, o cracker celestial que Jesus me deu ficará na minha memória para sempre. Eu nunca vou esquecer aquele sabor maravilhoso. Hoje é uma noite abençoada, uma noite que eu não posso expressá-la em palavras. De uma certa distância, ouvi Jesus falar gentilmente: "Freckles, em breve eu vou te levar até o céu, então não se preocupe. Até logo." Então ele desapareceu completamente.

Depois de recuperar a minha força, comecei a orar. Enquanto eu estava orando, vi espíritos malignos vindo em minha direção. Multidões de crânios e ossos de todos os lados começaram a surgir. Comecei a rir de suas aparências. Os espíritos malignos explodiram em raiva devido a minha reação. Gritei: "Todos vocês, ossos, parecem muito engraçados. Em nome de Jesus, eu ordeno que saiam agora!" E eles desapareceram.

Depois de orarmos fervorosamente por longas horas, um grupo de anjos veio do céu e encheu suas taças de ouro com nossas orações. Assim que um anjo subia com a taça cheia, outro anjo descia com outra taça vazia para novamente enchê-la com orações. Os anjos continuavam esse processo indefinidamente. Eles estavam se movendo rapidamente. A taça não era cheia apenas com nossas orações, mas também com nossas lágrimas e com o tom de nossas vozes. Elas foram todas entregues no céu.



Lee Yoo Kyung: Rasgando as roupas de espíritos malignos

Enquanto eu estava orando, vi um espírito maligno disfarçado como uma jovem vestida de branco. Eu rapidamente agarrei seus cabelos, girei-a no ar até que todos os cabelos foram arrancados, ficando com a aparência de um homem nu. Eu podia ver suas partes íntimas e ele começou a defecar e urinar em mim.

Eu fiquei com tanta raiva que agarrei seu pescoço: "Espírito imundo, por que você está urinando em mim?" Eu o esbofeteei e ele começou a suplicar: "Eu lamento! Por favor, me perdoe! Eu prometo que nunca mais volto aqui." Eu continuei a bater nele e então lancei-o até o irmão Haak Sung, cujo corpo estava envolto em chamas. O espírito maligno desintegrou-se em cinzas, ao tocar no irmão Haak Sung.

Enquanto eu continuava a orar, outro espírito maligno apareceu. Ele tinha dois olhos grandes. Metade do seu rosto era de mulher e a outra metade era de homem. Tinha cabelo muito curto. O espírito maligno me fez lembrar de um filme de terror. Quando ele falava, tinha dois tons diferentes de voz. O tom de homem e de mulher saía de sua boca. Eu, como sempre, gosto de agarrar seus cabelos. Assim, arranquei todos eles e rasguei suas roupas, deixando-o nu.

O espírito maligno reagiu e disse: "Por que você me despiu? Quem me despiu?" Confiante, respondi: "Fui eu, eu fiz isso! Por que você pergunta? Você se sente violado?" O espírito maligno implorou: "Por favor, vista-me de novo. Depressa! Está muito frio. Por favor me dê alguma roupa!"

Enquanto ele me observava, destruí suas roupas, rasgando-as em pedaços. O espírito maligno continuou a reclamar: "Quem disse que você pode me despir? Por que você arruinou a minha roupa?" O espírito maligno estava me irritando e então, eu disse: "Você está falando bobagem. Você está morto!" Eu o lancei no chão e comecei a espancá-lo. Ele gritou: "Oh, me ajude! Isso é doloroso. Eu sei que posso te derrotar, mas não entendo por que você me subjuga. Estou com medo! "Eu não queria ouvir suas queixas. Então, quebrei suas pernas e lancei-o para longe de mim. Ele caiu no canto da sala e tornou-se em pedaços. Uma vez que a batalha estava ganha e terminada, o Senhor apareceu e veio em minha direção.



Yoo Kyung come frutos do céu

Jesus usava vestes brilhantes e continuou vindo na minha direção. Quando chegou mais perto, percebi que o Senhor trazia um objeto branco e redondo. Jesus disse: "Yoo Kyung, experimente este fruto do céu. Eu o trouxe para você como uma recompensa por você orar com tanto zelo. Além disso, suas habilidades em derrotar os espíritos malignos têm aumentado dramaticamente. O fruto é muito saboroso. Experimente-o! O Senhor falou comigo de maneira tão carinhosa que eu respondi: "Senhor, muito obrigada!" Ao dar a primeira mordida, gritei com admiração. Então, de imediato, devorei o fruto.

O Senhor disse: "Yoo Kyung, vamos visitar o céu." De repente, eu estava usando um vestido que possuía asas ligadas a ele. Entramos através da cruz, onde uma porta nos guiou através do céu. À medida que voávamos pelos ares, logo chegamos ao céu.

Ao chegarmos no céu, conheci Yeh Jee. Nós dançamos diante do Senhor por um longo tempo. Notei que havia um piano feito de ouro localizado perto de nós. O piano era muito grande e eu o admirei por algum tempo.

Enquanto eu dançava, vi Deus Pai se movendo em seu trono. Do trono de Deus Pai saía uma luz brilhante. Deus era luz. Eu não era capaz de olhar para ele. Havia vários anjos e todos eles estavam escrevendo diligentemente algo em livros que estavam dispostos na frente do trono. Deus Pai é imensamente grande. Não se pode imaginar seu tamanho. Mesmo que se tentasse olhar para Deus Pai, seria impossível devido à luz brilhante. A luz era demasiado forte para alguém olhar diretamente para ela. As vestes do Pai eram muito longas e chegavam até os tornozelos. Eu só fui capaz de ver seus pés.

Deus Pai falou comigo, ecoando sua voz: "Yoo-Kyung, não é ótimo estar aqui? Se você continuar a orar com fervor, eu a trarei aqui mais vezes. Portanto, ore diligentemente sem cessar. Curvei-me e respondi: "Sim, Senhor, amém." Depois de dizer isso, sua enorme mão estendeu-se a partir da luz e acariciou minha cabeça. Jesus então disse: "Yoo Kyung, dê uma olhada para mim!" Quando me virei para ver Jesus, tornei-me muito triste e meu coração se partiu. Eu quase explodi em lágrimas. Em seus dois pulsos, vi as cicatrizes enormes que foram causadas pelos pregos. Vi também as cicatrizes em seus pés. O Senhor continuou: "Ao derramar todo o meu sangue, eu estava morrendo por você. Lembre-se sempre de mim! "

Eu pedi insistentemente ao Senhor para me mostrar o meu lar no céu: "Eu gostaria de ver minha casa no céu!" O Senhor me permitiu: "Tudo bem, vou mostrar-lhe sua casa." O Senhor me levou até a minha casa. Ela era completamente feita de ouro e possuía doze andares. Os anjos estavam ocupados, construindo-a. Pulei ao redor como um coelho, sentindo emoção e júbilo. Comecei a cantar de alegria: " Louve, ó minha alma (Oh, Praise my Soul)." Enquanto cantava e louvava, o Senhor falou: "Querida Yoo Kyung, eu gostaria de ter uma cerimônia de casamento com você."

Yeh Jee seguia-me onde quer que eu fosse. "Irmã! Jesus é muito amoroso! Ele me satisfaz plenamente e me dá muito amor. Estou tão feliz por estar aqui! Irmã, vamos até o jardim de flores, por favor. Yeh Jee e eu fomos até o jardim de flores e nos divertimos. Passeamos em volta das flores e desfrutamos de um tempo precioso. Após um bom tempo no jardim, o Senhor disse: "Yoo Kyung, é hora de você sair. Diga adeus à Yeh Jee. "A irmã Yeh Jee então me disse: "Irmã, permaneça em boa saúde e me visite de novo."Abraçamo-nos e então partimos.



Lee Haak Sung: Após ser coberto com o sangue de Jesus, os espíritos malignos não se atrevem a chegar perto

Enquanto eu estava em oração, o Espírito Santo continuou a colocar fogo no meu corpo. Meu corpo se tornou uma bola de fogo, insuportavelmente quente. Muitos tipos diferentes de espíritos malignos começaram a me atacar, mas quando tocavam meu corpo, eram incendiados e se tornavam em cinzas. Todos eles se dissolviam.

Então um espírito maligno em forma de cobra começou a deslizar em minha direção. Eu o agarrei e arranquei sua cabeça. Então, enrolei o corpo da serpente em uma vara de madeira e a torci. Em seguida, um espírito maligno, com cabelos curtos e vestido branco tentou me atacar. Mas eu o agarrei e queimei-o com fogo. Logo depois, outros espíritos começaram a avançar em minha direção, mas eles começaram a fugir com o Fogo Santo que irradiava do meu corpo. Finalmente entendi por que os espíritos malignos não tinham chegado perto do Pastor. Sempre que ele orava, o seu corpo se tornava uma bola de fogo e assim eles o evitavam a todo custo. Era realmente divertido vê-los evitar o Pastor.

O piano elétrico começou a tocar uma música chamada 'Batismo pelo Espírito Santo. "Então eu comecei a dançar no Espírito ao som da melodia e do ritmo. Eu também estava lutando e vencendo os espíritos malignos com minha dança. Foi emocionante. Jesus estava feliz e me cumprimentou: "Bom trabalho, meu querido Sam Doll!". Eu fiquei emocionado e me senti fantástico, com as palavras de incentivo do Senhor.

O piano elétrico começou a tocar "Três Pregos" e eu imediatamente me enchi com lágrimas de arrependimento. Enquanto olhava para Jesus, em pé diante de mim, Ele enxugava minhas lágrimas e me confortava com palavras calorosas. Ele então começou a andar entre os membros da igreja, que estavam orando, e tocava em suas cabeças. Quando chegou próximo do Pastor, Ele tocou sua cabeça várias vezes.

Em alta voz, Jesus ordenou aos anjos: "Cubram e revistam a entrada da igreja com meu sangue. Não deixem que os espíritos malignos desfilem sobre este edifício. Cubram e encham o ar com o meu sangue." Os anjos apareceram instantaneamente e cumpriram a sua ordem com grande velocidade. Primeiro, eles colocaram uma camada protetora sobre a entrada da igreja e o teto. Na entrada, a porta e os dois pilares receberam a camada protetora. No topo da camada protetora, o anjos começaram então a cobri-la e a revesti-la com o sangue do Senhor. Quando o sangue estava lá para nos proteger, vi os espíritos malignos confusos e lutando entre si para entrar na igreja. Com o sangue protegendo-nos, não importa quantos espíritos malignos estavam lá, nenhum deles podia entrar na igreja. Então pude terminar as minhas orações em paz.



Irmã Baek Bong Nyu: Com a proteção de Deus, não senti dor durante o tormento do inferno

Enquanto eu estava orando, o Senhor apareceu com dois anjos. Eles me escoltaram até a galáxia. Assim que chegamos ao nosso destino, o Senhor ordenou aos anjos para voltarem para o céu. Jesus disse então: "Bong Nyu, vamos visitar o inferno. "Assim que eu segurei a mão do Senhor, já estávamos no inferno.

Começamos a caminhar por um caminho estreito. O caminho era tão estreito que eu senti como se estivesse andando em um dique numa plantação de arroz. Em cada lado da via, eu não podia ver o fundo. Eu estava olhando para um precipício sem fim. Se eu perdesse o equilíbrio, eu sairia da estrada. Eu podia ouvir os ecos dos gritos e gemidos embaixo. O povo que gritava parecia estar com muita dor. O cheiro enchia o ar e era insuportável. Eu podia sentir o cheiro de cadáver podre e de carne queimada. Uma fumaça negra subia de forma contínua. Era difícil manter o equilíbrio. Eu não podia vislumbrar o caminho que estava a minha frente.

Uma vez, tive a experiência de ficar separada do Senhor, quando estávamos no inferno. Estava temendo que isso pudesse acontecer novamente. Eu decidi agarrar sua mão muito bem com todas as minhas forças. Continuamos a caminhar mais para dentro. A estreita via tornava-se ainda mais estreita. Como eu tentava equilibrar-me na estreita estrada apertada, tive que soltar a mão do Senhor. O Senhor continuou a andar para a frente e eu segui atrás dele, agarrado à bainha de seu vestido. De ambos os lados da via, eu continuava a ouvir os gritos pedindo ajuda: "Ajude-me! Salve-me! Está quente! Por favor, me ajude!" Parecia que milhões de vozes ecoavam de baixo. Os gritos eram tão altos e numerosos que senti como se estivessem próximo ao meu ouvido.

Comecei a sentir como se alguém estivesse nos seguindo logo atrás. Eu também sentir alguém segurando a barra da minha roupa. Então senti a presença de pessoas ao meu redor. Instantaneamente, fiquei nervosa e assustada. Concentrei-me e tentei recompor minha coragem. "Basta olhar para o Senhor! Basta pensar no Senhor! Basta continuar a andar para a frente!" Enquanto eu pensava comigo mesmo, o que eu mais temia aconteceu. O Senhor desapareceu. Todo o inferno é escuro e quase impossível de ver qualquer coisa. No entanto, eu era capaz de ver um raio leve de luz, mas foi só por um segundo.

Quando vi a luz por um segundo, percebi que era o Senhor antes de seu desaparecimento. Eu não podia mais vê-lo em qualquer lugar perto de mim. 'O que devo fazer agora? Como pude perder Jesus no inferno? O Senhor não tem pena de mim. Onde ele pode estar? Por que Ele me deixou sozinha? Eu me senti muito desesperada. "Jesus, onde o Senhor está? Por favor, volte! Ajude-me! Estou com medo, Senhor!" Não importa o quanto eu clamei por ele, o Senhor não estava ao meu redor. Embora eu quisesse continuar a andar para a frente, eu não era capaz, devido à escuridão.

Fiquei congelada e não podia dar mais nenhum passo. Eu não tinha um plano e me senti perdida. Então, de repente, senti algo se contorcendo em volta dos meus pés. Tentei ver o que estava perturbando os meus pés. Olhei mais de perto, mas fui incapaz de ver claramente, pois tudo era muito nebuloso. Quando descobri o que estava em torno de meus pés, quase desmaiei de choque. Havia quatro cobras pretas enrolando-se fortemente em minhas duas pernas e elas estavam se movendo para cima. Quando eu estava com Jesus, esses tipos de eventos nunca ocorreram. Mas logo que eu perdi o Senhor, as cobras foram-se enrolando em torno de mim.

Eu rapidamente recuperei os meus sentidos e gritei: "Como você se atrevem a enrolar-se em torno de mim?" Enquanto eu gritava com as cobras, agarrei-as e lancei-as para longe. Comecei a avançar através da escuridão. Eu me movia lentamente enquanto tateava com as minhas mãos e pés. Como eu estava em movimento extremamente lento, as cobras foram capazes de me acompanhar. Assim que chegaram até mim, elas começaram a enrolar em volta do meu corpo. Mais uma vez eu as peguei, lançando-as a distância. Continuei a avançar e, novamente, as cobras se recuperaram e grudaram em mim. Novamente, eu as lancei para longe. Parecia que eu estava em um pesadelo repetindo o mesmo evento. O curioso é que as cobras não me mordiam. Além disso, elas não eram muito grandes, mas de médio porte, com cores diferentes.

Depois de lutar com as cobras por algum tempo, fui capaz de avançar. Finalmente, cheguei a um lugar cheio de ossos e caveiras. Os ossos e crânios estavam amontoados tão altos quanto uma montanha. Os crânios e os ossos estavam vivos e em movimento. De repente, senti alguém pegar a orla do meu vestido. Virei-me para ver quem ou o que estava me segurando. Vi uma caveira mordendo meu vestido e ela resistia, quando eu tentava fazê-la parar. Esse esqueleto não possuía mãos e usava seus dentes para agarrar o meu vestido. Em seguida, ela começou a falar comigo.

"Por favor, leve-me também, por favor!" Naquele momento, lembrei-me dos meus pais, meu irmão, meu sobrinho e meu cunhado que estavam em tormento. Enquanto eu me lembrava da minha família, fiquei muito chateada e, sem perceber, comecei a utilizar linguagem chula.

"Eu não posso nem cuidar de mim agora, como se atreve a segurar o meu vestido? Estou muito ocupada procurando uma maneira de sair daqui e estou com pressa! Saia do meu caminho! Deixe de lado o meu vestido! Enquanto eu gritava, eu batia no crânio e ele se quebrou em vários pedaços. Logo depois, os ossos de uma mão agarravam e puxavam meu vestido. Tentei me livrar dela, mas ela resistiu. Havia também outros ossos e crânios que tentavam me barrar e eu não era capaz de derrotar todos eles. Eu gritei bem alto: "Vocês, ossos sujos, meu corpo está em chamas com o Fogo Santo e o Deus Trino vive em mim. No momento que vocês me tocarem, vão se queimar e tornar-se poeira e cinzas! Se vocês se atreverem a me tocar, então toquem! O crânio e os ossos não mais se aproximaram de mim. Os que agarravam em mim tornaram-se cinzas. Uma vez que os ossos pararam de me perturbar, eu pude avançar sem obstáculos.

Quando Jesus estava ao meu lado, era muito fácil mover-me no inferno. O Senhor é luz e assim Ele provia luz. Caminhar sem ele agora é muito difícil e confuso. Seguir meu caminho era cansativo. Eu estava usando todas as minhas forças para caminhar através da escuridão. Exausta e sem pensar, eu me sentei. As asas que haviam sido anexadas ao meu vestido foram danificadas. Tornou-se pior, agora que eu não podia voar.

Mais uma vez, concentrei-me e recuperei minha força. Movi-me para a frente, mas desta vez eu me arrastei. Eu quase adormeci, pois estava ficando sonolenta. Cochilei por alguns segundos e quando abri meus olhos eu estava dentro de uma cela. A cela era muito apertada e só havia espaço suficiente para uma pessoa. Além do mais, estava muito escuro e eu não conseguia ver nada. Quando pensei que não poderia ficar pior, uma criatura começou a puxar meu corpo e cabelos, produzindo sons hediondos de lamento. Minha ira explodiu e linguagem chula começou a sair da minha boca novamente. Eu tentava encontrar uma saída, mas parecia impossível. Meus esforços eram em vão. Quanto mais eu resistia àquela situação, mais eu sentia mãos saindo de todas as direções para puxar e pressionar o meu corpo. As mãos de criaturas desconhecidas estavam me perturbando. Eu não era capaz de derrotar esse assédio e assim me tornei mais abusiva com a minha língua.

"Eu vou quebrar os seus pulsos! Você não vai manter suas mãos em você mesmo? Se você tivesse vivido uma vida justa, não teria terminado aqui. Você é um absurdo total!

Eu estou aqui para derrotar o rei do inferno, Satanás, que é o príncipe deste lugar. Satanás, aquele que tem enganado e iludido muitas pessoas. Ele levou todos para o inferno. Vou derrotar o rei dos demônios, não importa quem seja! Eu tenho o Fogo Ardente junto com o Deus Trino. Se vocês tocarem meu corpo, estão todos mortos! Além disso, estou coberta com o sangue de Jesus e quem me tocar ou me agarrar vai se tornar em cinzas e poeira." Depois de ter avisado, todos eles recuaram com medo. Dentro de poucos segundos, o terceiro maior demônio no ranking do inferno apareceu. Eu pensei que já o havia encontrado antes. Ele tinha cerca de cinqüenta cabeças e cinqüenta pernas. O demônio agarrou minha perna e rasgou minha roupa. Eu fiquei nua.

Eu gritei com voz de trovão: "Você foi ordenado pelo rei dos demônios a rasgar minha roupa. Tire tudo, se você ousar! Não importa quantas vezes você rasgar minha roupa, eu não vou piscar. Eu não estou com medo de você! Demônios! Eu tenho o Deus Trino, que habita em mim, e o Fogo Santo Ardente. Você não me assusta. Não importa o quanto você tenta me assustar, eu não me moverei. Eu tenho uma coisa contra você! Meu coração dói pelo fato de que meus pais são atormentados no inferno. O rei dos demônios é responsável pela dor que meus pais têm que agüentar. Vou encontrá-lo, não importa quem seja e então eu vou vingar os meus pais. Vocês são muito fracos para me desafiar. Afaste-se, seu tolo! Traga-me o rei dos demônios! Depressa! Aparte-se!

O demônio respondeu irado: "Eu sou quem você deve encontrar hoje. Meu irmão, Satanás, disse-me para rasgar suas roupas e arrancar seus globos oculares. Fui ordenado a fatiar sua carne desde os ossos. Ele também me disse para fazer com que os insetos penetrem e comam sua carne. Você vai provar a morte hoje! hahahaha"

Uma vez que ele me ameaçou, eu respondi: "O quê? Você, demônio inútil! Faça como quiser! Como o Senhor vive em mim, eu não sinto nenhuma dor, mesmo se você for capaz de cortar a minha carne e arrancar meus olhos! É melhor ser cuidadoso, pois tenho o Fogo Santo Ardente dentro de mim. Eu te reconheço. Você foi até a nossa igreja muitas vezes e nos impediu muito. Você tem dificultado que o pastor escreva o livro, certo? Faça o que quiser! O demônio mostrou-se uma faca azul escura. Parecia muito afiada. Ele começou a cortar minha carne como sushi. Eu nem sequer pisquei ou senti dor. "Oh, isso é bastante revigorante! É uma sensação muito agradável! Fatie toda a minha carne, se você quiser! Eu não estou preocupada, porque o Deus Trino está me protegendo. Corte um pouco mais da minha carne!" Eu encarei aquele demônio com confiança. Eu não sentia qualquer dor. Na verdade, senti até um certo refrigério. Eu diria que Deus Todo Poderoso estava me protegendo e Seu poder era comigo.

Quando meus olhos foram arrancados, não senti nenhuma dor. Parecia que alguém estava roçando uma coceira. Fiquei sem carne, apenas um esqueleto. O demônio de cinqüenta cabeças trouxe um balde cheio de vermes e derramou-as sobre o meu corpo. Os vermes começaram a penetrar em meus ossos e comer a minha medula. Eles também estavam comendo a minha carne fatiada.

Enquanto as larvas devoravam meus ossos, não senti nenhuma dor, sob proteção especial de Deus. Comecei a orar em línguas fervorosamente. Enquanto eu orava, vi a minha aparência horrível. O enxame de larvas estava por todo o meu esqueleto. Elas não tiveram nenhum efeito, mas o que me afetou foi o pensamento da minha mãe em tormento. Comecei a chorar: sou uma pecadora inútil que agora é um esqueleto seco. Agradeci novamente ao Senhor, que estava me protegendo, mesmo que o demônio tentasse infligir dor e sofrimento em mim, não senti nenhuma dor. Meu momento de paz durou pouco. Mais uma vez fiquei com muita raiva ante os pensamentos da minha família em tormento. Fui desrespeitosa para com os demônios.



Confrontando Satanás, o rei do inferno

Sempre que penso em meus pais, sinto como se o sangue em meu corpo esgotasse e bombeasse para fora. Eu só queria encontrar Satanás e me vingar, em nome da minha família, por seu tormento. Satanás é quem comanda os demônios para atormentar os meus familiares. Mas como eu não podia encontrá-lo, eu estava estressada, a ponto de me sentir sufocada. Gritei em todas as direções usando linguagem chula para chamar sua atenção. Eu não podia vê-lo em sua forma, mas finalmente fui capaz de olhar para ele bem nos olhos.

Assim que vi Satanás, o rei do inferno, explodi de raiva. Geralmente, a reação natural das pessoas é tremer e ser dominadas pelo medo, quando vêem espíritos malignos, demônios ou ouvem a voz de Satanás. Mas como eu vinha lutando contra os espíritos malignos durante a oração, eu estava imune ao medo. Quando o vi, não me movi em nada, nem mesmo um piscar de olhos de minhas pálpebras. Eu desafiei e gritei abruptamente ao rei dos demônios.

Ei, você é a merda do cachorro, Satanás? O rei dos demônios? Você #%@#@!" "Eu falei palavrões para ele. Eu não parei, mas continuei a usar linguagem abusiva para ele. "Você é quem está crucificando os meus pais em cruzes no inferno, atormentando-os e lançando-os no fogo. Você é quem está fritando meus pais, lançando-os em uma panela de óleo fervente, certo? Você comanda os demônios do inferno para arrastar muitas pessoas para o inferno, certo? Você é uma vergonha! Você está confiante em seu enorme corpo? Eu vim até aqui para conhecê-lo e não vou sair pacificamente! Vou sair daqui quando puser o inferno de cabeça para baixo! Você não tem nada melhor para fazer do que atormentar as pessoas? Você é responsável pela criação de acidentes e infortúnios para que as pessoas possam morrer e vir para o inferno. Você é responsável por arrastar muitos para o inferno! Você não é melhor do que um cão! "



A aparência de Satanás

Esta é a primeira vez que eu sou capaz de realmente testemunhar a aparência de Satanás, o rei do inferno. Sua aparência foi além da minha imaginação. Quando o vi pela primeira vez, eu sabia que ele estava imitando alguém. Ele estava imitando Deus Pai. Seu tamanho era muito grande. Como eu ergui minha cabeça, não fui capaz de ver sua forma inteira. A altura de Satanás atingia o topo do inferno. A largura do seu corpo parecia alcançar as extremidades do inferno. Seu trono era muito grande e além da minha imaginação.

Satanás tinha asas nas costas. Pareciam asas de um morcego, que batiam lentamente em movimento. Olhei para Satanás por um longo tempo com a minha cabeça inclinada para trás. Mas meu pescoço começou a doer e então eu decidi deitar-me em frente dele. Quando eu havia me deitado, fui capaz de ver toda a sua forma. Olhando para ele nessa posição foi a mais confortável e de onde eu tinha uma visão melhor. Enquanto eu estava deitada em sua frente, Satanás não disse uma palavra, mas apenas olhou para mim. Eu queria irritá-lo intencionalmente e então comecei a falar de forma abusiva para ele.

Diabo, o que se passa com sua aparência feia? Eu não consigo entender como pode ser um rei com uma aparência tão feia. Olhe para seus olhos! Eles são inclinados para um lado da sua cabeça! Olhe para mim! Eu estou tão confortável, deitada aqui de costas." Eu continuei a falar de forma abusiva com ele, mas isso não importava, ele não se mexeu um centímetro, nem mesmo um piscar de olhos.

Satanás poderia ter se transformado ou se disfarçado de qualquer forma, mas ele continuou em minha frente como uma enorme entidade. Ele parecia muito repugnante. Seu rosto parecia um sapo envenenado. Seu olhar estava no auge da feiúra. Ele se assemelhava a uma rã touro. Seu corpo era semelhante ao de um ser humano. Havia cabelos escassamente espalhados pelo seu corpo. Ele era muito gordo. Parecia que ele não queria se mover. Como o rei dos demônios não tremia, decidi gritar com ele novamente.

"Ei, eu sou maior e muito mais forte do que você! Eu sirvo ao Trino Deus, que me protege! Eu o desafio!" Finalmente, Satanás falou: "Você, coisa insignificante, como se atreve a vir aqui e se fazer de tola!" Eu contra-ataquei, como quem esperava por esse momento: "Você nunca me viu antes! Como se atreve a falar comigo com desrespeito?" Eu o irritei tanto que seus olhos ficaram gradualmente bem abertos. De seus dois olhos, uma temível bola de luz vermelha saiu.

Satanás riu de mim e disse: "Ei! Seu pescoço não está doendo? Eu gritei:" Por que meu pescoço doeria? Eu vim para lutar com você e te derrotar! Meu pescoço está bem. #%$#! Você é só essa forma volumosa e entediante. Você é tão gordo que nem mesmo pode deitar-se no chão ou sobre sua barriga! Você acredita que é alguma coisa? Seu corpo é feio e parece um sapo. Seu corpo é até mesmo desproporcional. Não se engane! "Desça até aqui!"

Por fora eu gritei, mas por dentro eu estava orando em línguas e pedindo ao Deus Trino para me dar força. Eu estava pedindo que o Fogo Santo do Espírito me aquecesse. Como falei de forma abusiva com Satanás, ele continuou a me ridicularizar e rir de mim com desdém. Eu não desisti. Continuei a irritá-lo: "Satanás! Por favor, coma-me e engula-me! Se você me comer, eu posso ir até seu estômago e atormentá-lo milhares de vezes mais do que você está fazendo com meus pais. Posso cortar o seu interior! Vou arrancar sua língua e lançá-la no fogo do inferno. Depressa! Desça! "Satanás respondeu: "Por que eu deveria descer? Venha você até aqui! "Eu fiquei tão louca e meu temperamento explodiu. Mesmo não vendo a Jesus, comecei a orar a ele.



A irmã Baek, Bong Nyu ataca Satanás

Jesus, eu não posso vê-lo agora, mas creio que o Senhor está sempre comigo! Jesus, eu quero dar uma surra em Satanás. No entanto, ele é muito alto e grande demais para mim. Eu não sou capaz de lhe bater! Por favor, conceda-me uma escada para que eu possa subir ao topo de sua cabeça e atacá-lo!" Enquanto eu orava, o Senhor me pôs de volta na condição normal. Embora eu não pudesse ver, ouvi o Senhor falar com o Arcanjo Miguel. Sob sua ordem, Miguel imediatamente trouxe uma grande escada do céu. A escada era tão grande que alcançava o topo do inferno.

Com a ajuda do Arcanjo Miguel, colocamos a escada nas costas de Satanás e começamos a subir a escada. Era muito alta e perigosa. Eu não poderia chegar ao seu topo sem a ajuda do Arcanjo Miguel. Era estranho que Satanás não movia um músculo à medida que subíamos a escada. Ao chegarmos ao topo da escada, saltei sobre o ombro de Satanás. Então, comecei a arrancar sua pele com minhas unhas. Mas não houve nenhum efeito. Satanás não movia um músculo. Ele estava me ignorando como se eu fosse nada para ele. A pele de suas costas era tão dura como uma rocha ou uma pedra. Não importava o quanto eu tentasse arrancar sua pele com minhas unhas, era inútil. Gritei com toda a minha força, enquanto eu continuava a arranhá-lo: "Diabo imundo! Tome isso!" Arranhá-lo era inútil. Enquanto eu orava em línguas comigo mesmo, gritei: "Deus Trino, por favor, conceda-me força! Dá-me poder!" Então, continuei a arranhá-lo e, finalmente, pude fazer uma marca.

Eu me concentrei nos arranhões e rasguei intensamente a pele de Satanás. Como ela era muito grossa, só era capaz de rasgá-la um pouco de cada vez. Eu pensei: 'Por que isso é tão difícil? "Ele é tão gordo! Ele deve ter devorado muitas pessoas!

Nesse momento, veio sobre mim a sabedoria e eu clamei ao Espírito Santo: "Espírito Santo, por favor, conceda-me a Espada Santa! Por favor, conceda-me agora!" Enquanto eu clamara, uma grande espada de cor dourada apareceu perto de mim. Então eu agarrei e perfurei as costas de Satanás. Eu espetava-lhe as costas repetidamente. Usei todas as minhas forças. Ao cortar-lhe as costas, pedaços de sua pele caíam no chão.

Depois, subi na cabeça de Satanás e impiedosamente esfaqueei um de seus olhos. Satanás tinha olhos dentro de seus olhos e assim sucessivamente. Continuei repetidamente a esfaquear seu olho. Parecia um processo interminável. Voltei as suas costas mais uma vez e cortei uma de suas asas. O rei dos demônios não se mexia e eu não havia produzido nenhum efeito sobre ele até que consegui cortar uma de suas asas. Quando a asa foi cortada, ele saltou do trono e gritou em voz alta. Eu bradei ao rei dos demônios: "Diabo, abra a boca! Vou entrar em seu estômago e te exterminar! Vou cortar seus intestinos e queimá-los!"

Quando eu estava prestes a atacar Satanás mais uma vez, uma luz forte brilhou sobre mim. O Senhor apareceu e chamou o meu nome, dizendo: "Bong Nyu, você fez um ótimo trabalho! Agora desça. É o suficiente para hoje. Vamos agora". Resistindo ao Senhor, respondi rapidamente: "Senhor! Eu não quero ir! Eu preciso extravasar minha ira um pouco mais. Minha raiva ainda está queimando dentro de mim. Preciso de mais tempo. E os meus pais? Eles estão sendo atormentados pelos demônios. Eu não posso ir agora! Se eu for agora, minha família será brutalmente atormentada novamente. Como posso partir sabendo disso? Não posso ir agora!"

O Senhor disse: "Bong Nyu! O que você fez hoje é mais que suficiente. Está bom! Se fosse qualquer outra pessoa, ela teria tremido e congelado de medo. Elas teriam medo de Satanás e não teriam sido capazes de enfrentá-lo. Mas como você orou com confiança, eu estava em você para ajudá-la a atacar o rei dos demônios. Tenho certeza que você desabafou o suficiente. Vamos! Bong Nyu, eu trouxe um número incontável de pessoas até o inferno como testemunhas, mas não houve outro que se atrevesse a atacar o diabo, rasgando sua carne e espetando seu olho! Você é uma santa incomum! Basta agora. Vamos! O rei dos demônios foi ferido! O Senhor e eu, em seguida, viajamos até o céu, escoltados pelo Arcanjo Miguel.



A irmã Baek, Bong Nyu lava-se nas águas do céu

Uma vez no céu, meu coração ainda estava pesado, pois sofria com a idéia de que Satanás iria despejar sua ira e vingança contra minha família. Eu pensei comigo mesma: "Eu devia ter lutado até o fim com o diabo e o lançado no fogo do inferno. Eu teria me sentido satisfeita. Sempre que eu visito o céu, é tão bonito aqui. É além da imaginação. O céu e o inferno são tão opostos um ao outro. O Senhor me levou a uma alta torre feita de ouro. Dentro da torre, fluía água cristalina. Ele me levou para dentro da torre e me afagou. Ele me abraçou e me confortou, pois eu estava muito triste. Meu rosto mostrava essa tristeza. "Bong Nyu, eu sei que você fica com dor, atormentada e assustada quando vai ao inferno. Contudo, não é incrível quando se está no céu? "Eu respondi: "Sim, Senhor! "

O Senhor continuou: "Bong Nyu, você deve estar sem forças hoje, lutando contra o rei dos demônios. Vá refrescar seu corpo com a ajuda do Arcanjo Miguel e de Gabriel. Como você rasgou o corpo de Satanás, o líquido do corpo dele ficou em seu corpo. Se você voltar a terra nessa condição, vai inchar e morrer com o veneno! Miguel e Gabriel vão lavar o veneno do seu corpo e torná-lo limpo. Enquanto eu tomava banho, outros anjos esperavam fora, enquanto preparavam um manto branco e macio. O manto tinha asas ligadas a ele.

Com a ajuda dos anjos, lavei meu corpo nas fontes de águas cristalinas. A água chegava até à cintura dos anjos. No entanto, chegava até o meu pescoço. Eu também nadava nas fontes de águas cristalinas. Entrei no balneário localizado ao lado da fonte de águas e vesti o manto. Eu estava muito cansada, mas os anjos me levaram, em seguida, a um lugar onde havia muitos outros anjos. Era verdadeiramente surpreendente e maravilhoso.



O Túnel do Fogo Santo Ardente

Jesus, então, me levou para a sala do longo túnel do Fogo Santo Ardente. Ele me mostrou-o a uma grande distância. Nós não entramos no túnel e embora o víssemos de longe, já podia sentir o intenso calor. Era muito quente. Eu não era capaz de chegar mais perto. O túnel parecia interminável, realmente muito longo. Era uma área limitada à maioria das almas. Eu perguntei ao Senhor se ele poderia me colocar no túnel e me tirar rapidamente. O Senhor, então, explicou:



Se alguém entrar nesse túnel, é preciso percorrer todo o caminho até o fim. O túnel de fogo é insuportavelmente quente. É um lugar terrível. Nunca se volta do jeito que entrou! Mesmo que eu deseje que você entre no túnel, a força do seu corpo terá se esgotada e você não será capaz de suportá-lo neste momento. O túnel é o lugar onde a pessoa é batizada pelo fogo ardente. Ninguém pode suportá-lo em condições normais. É preciso ter força física e poder para suportar o calor das chamas.

Quando uma pessoa passa através do túnel e é batizada pelo Fogo Santo, ela vai manifestar a ação poderosa do fogo, ao realizar a obra do Senhor. O túnel é muito poderoso. Não se pode ter um coração fraco. Caso contrário, estará sujeito a insuficiência cardíaca. Portanto, você deve orar mais e cuidar do seu corpo para se recuperar. Assim, vou deixar você entrar em um momento posterior. Como o pastor Kim Yong Doo está escrevendo os livros, vou colocá-lo no túnel de fogo primeiro e batizá-lo com fogo ardente. Mas como ele também está sem forças agora, vou colocá-lo no túnel quando seu corpo se recuperar totalmente. A próxima pessoa será Kang, Hyun Ja. Você vai ser a terceira pessoa. O pastor vai entrar para experimentar primeiro. Você e Kang, Hyun Ja vão entrar quase ao mesmo tempo. Não seja egoísta, mas suporte com paciência, até que chegue o tempo. Todos os membros da igreja estão esgotados devido às orações de guerra. Os anjos e eu somos espíritos e não nos cansamos. Não estamos sujeitos aos dias e noites, para podermos atuar. Mas o seu corpo físico está sujeito às leis físicas e a limitações. Seu espírito e alma estão agora fora do seu corpo, experimentando tudo isso. Mas uma vez o seu espírito e alma se reencontram em seu corpo, você vai experimentar exaustão insuportável.

O Senhor me disse que, quando eu passasse pelo túnel do Fogo Santo Ardente, receberia uma nova força e poder com fogo. Com essas informações, pedi ao Senhor e implorei para passar pelo túnel. Mas o Senhor disse que eu precisava da permissão do pai. Ele disse que ainda não era o meu tempo.

A título de curiosidade, perguntei ao Senhor mais uma vez: "Jesus, o Senhor disse que o túnel é muito longo e pareceria sem fim. Qual a sua extensão? O Senhor explicou que, em termos terrenos, seria a distância da cidade de Incheon para a cidade de Seul (cerca de 20 km). Ao entrar, a pessoa deve atravessá-lo sozinho e não pode mais voltar, mas seguir em frente. O Senhor então ordenou aos anjos para me escoltar de volta à igreja. Fiquei muito esgotada. O Senhor então saiu para outros negócios.

Parecia que 500 anjos me levaram de volta para casa. Desci até a igreja com todos eles. Enquanto os anjos me acompanharam, eles me confortaram com palavras de incentivo: "Santa Bong Nyu, ainda que você não tenha exterminado Satanás, você o esfaqueou, rasgou e o perfurou com a espada. Você fez um ótimo trabalho! Agora, supere suas tristezas e anime-se." Em seguida, despedimo-nos, sorrindo uns para os outros.



==== DIA 26  ( Marcos 9:23-24 )

Lee Haak Sung - Assim que comecei a orar, um espírito maligno com oito pernas apareceu e moveu-se para frente a fim de me atacar. Rapidamente, como um camaleão, o espírito maligno, mudou de cores, passando de verde para cinza, depois para vermelho etc. Quando ele veio em minha direção, estendi a mão para bloqueá-lo. Tentei feri-lo nos olhos com meus dedos, mas o espírito maligno se esquivou e eu o feri nas narinas.

O espírito maligno, em seguida, se transformou em um dinossauro. Ele possuía um olho e pequenas saliências por todo seu corpo. Essas saliências pareciam chifres em miniatura. O dinossauro tinha uma cauda longa e ameaçadora. Eu acredito que, se ele me atacasse com ela, eu morreria instantaneamente. O dinossauro parecia muito assustador. Gritei, estendendo as mãos: "Fogo Santo!" De minhas mãos, saiu uma bola de fogo, que foi dirigida contra o dinossauro, lançando-o por terra. O dinossauro rosnou, expondo seus dentes de crocodilo e, de repente, algo que parecia sanguessugas, surgiu sobre o seu corpo.



Lee Haak Sung come uvas do céu

O Senhor Jesus apareceu diante de mim e me perguntou: "Haak Sung, vamos visitar o céu?" Eu respondi, perguntando: "Jesus, a diaconisa Shin também pode ir com a gente?" O Senhor respondeu dizendo que Ele somente permitiria uma pessoa de cada vez. Eu perguntei: "O Senhor então poderia levar a diaconisa Shin primeiro?" O Senhor negou meu pedido, dizendo: "As orações da diaconisa Shin não são fortes o suficiente. Portanto, não posso levá-la agora." Dessa forma, eu e o Senhor fomos até o céu.

Quando chegamos ao Céu, o Senhor disse: "Como meu filho Haak Sung está visitando o céu, eu gostaria de oferecer-lhe algo delicioso." O Senhor então me trouxe algumas frutas que pareciam uvas. Eu aceitei as frutas e as comi. O gosto era de tirar o fôlego! É impossível comparar as frutas do céu com o sabor das frutas da terra.

O Senhor levou-me diante do trono do Pai. Era impossível imaginar Deus Pai. Ele é enorme e muito poderoso. Parecia que ele estava sentado em algum tipo de cadeira. Devido à brilhante luz acima dele, não pude manter a cabeça erguida. Em um momento casual, pensei ter visto Deus Pai. Ele estava coberto por nuvens ou o que parecia ser um nevoeiro. No entanto, eu podia ver seus pés vividamente. Havia uma mesa na frente dele e grandes livros abertos sobre ela. Uma cor dourada brilhante emanava dos livros. Enquanto eu estava em pé diante de Deus Pai, um grupo de anjos chegou para me levar ao oceano celestial de águas cristalinas. Eu nadei por um longo tempo e depois voltei para a igreja do Senhor.



Todo o corpo de Jesus coberto com sangue

Tão logo voltei para a igreja, comecei a orar. Em minha oração, uma cena do sofrimento de Jesus apareceu diante de mim. Nela, Jesus estava caminhando com a cruz. Enquanto caminhava, Ele era ferido com golpes de chicote. A cena era muito realista. O Senhor continuava subindo uma colina com a cruz às costas, esforçando-se para carregar a cruz. Como o Senhor estava muito fraco, vi-o cair várias vezes.

O soldado com um capacete de penas golpeava Jesus, que já estava caído no chão. Estendi a minha mão para pegar o chicote e parar com isso, mas foi inútil. Eu não conseguia agarrá-lo, pois minhas mãos atravessavam o chicote. Os soldados colocaram Jesus na cruz e começaram a martelar grandes pregos em suas mãos e pés. Enquanto os cravos eram pregados, o sangue não parava de fluir. Por causa da coroa de espinhos que lhe puseram, cicatrizes se formavam em sua cabeça, enquanto os espinhos da coroa penetravam profundamente. Todo o seu corpo foi coberto com sangue.

Jesus foi ferido, machucado e morreu mais horrivelmente do que poderíamos imaginar ou ter visualizado em um filme. A cena do sofrimento de Jesus era insuportável e muito forte para que eu a assistisse. Eu chorei muito. Então o Senhor se aproximou e me confortou, enxugando minhas lágrimas: "Haak Sung, não chore." Quando Jesus saiu de perto de mim, uma multidão de espíritos malignos apareceu. Eu os enfrentei e os derrotei, finalizando minhas orações.



Kim Joo-Eun: O espírito maligno cheio de insetos e centopéias

Durante minhas orações, apareceu todo tipo de espíritos malignos com aparências estranhas e incomuns. Um deles tinha pintas pretas nos cantos de cada olho. Esse espírito maligno se assemelhava a um homem envolto em um pano branco. Seus olhos eram como de sapo e ele me olhou de lado com um longo olhar penetrante. A testa do espírito maligno era cheia de rugas. Lembrei-me de um verme de crisálida. De seu corpo e rosto pálidos, surgiam pequenas larvas e centopéias espumantes. Multidões de insetos rastreavam por todo o seu rosto.

Eu queria pegar o espírito maligno, mas sua aparência assustadora e hedionda me impediu. Agarrei-o pelo pescoço e o sacudi. Entretanto, quando o sacudi, eu quase desmaiei. "Insetos estão grudando em minhas mãos!" Eu explodi em gritos e atirei o espírito maligno na direção da Irmã Baek Bong Nyu. Ao contato com seu corpo, o espírito maligno desintegrou-se em cinzas, pois ela estava coberta com Fogo Santo.

Logo depois, uma grande serpente começou a rastejar e vir em minha direção. Sua aparência repugnante me obrigou a agarrá-la pela cauda, girando-a várias vezes e lançando-a na direção da irmã Kang Hyun Ja, que estava dançando no Espírito. Ao saltar na direção da irmã Kang Hyun Ja, a cobra abriu sua boca na tentativa de mordê-la, mas uma chama foi lançada da irmã Kang Hyun Ja sobre a serpente. A cobra manobrou rapidamente e caminhou em direção à irmã Baek Bong Nyu. Felizmente, a irmã Baek Bong Nyu também estava em chamas com Fogo Santo e a cobra foi em direção ao irmão Haak Sung, enrolando-se firmemente em seu corpo.

De repente, algo inesperado aconteceu. A cobra começou a falar: "É além de sua força! Haak Sung, seu pirralho, quando você se tornou tão forte? Está muito difícil enrolar-me em você." Enquanto resmungava, a serpente foi rastejando até a irmã Yoo Kyung. Mas a irmã Yoo Kyung golpeou a cabeça da serpente, tentando decapitá-la. Em seguida, a cobra deslizou em minha direção mais uma vez. Então gritei: "Você, espírito maligno repugnante! Por que você está continuamente perturbando a congregação? "Eu usei minhas mãos como uma espada para cortá-la ao meio. A serpente partiu-se, gritando. Foi uma experiência maravilhosa.

Eu tirei a pele da cobra e a piquei como se picam vegetais. Coloquei as partes em um pedaço de madeira e começou a assá-los no fogo. A cobra maligna exclamou: "Meu corpo, meu corpo" e em seguida desapareceu. Eu também torrei os olhos da cobra, perfurando-os com a ponta da madeira. O interessante foi que, quando eu desejei uma faca, ela apareceu ao meu lado. Da mesma forma, quando eu desejei o fogo, ele também apareceu ao meu lado. Na verdade, qualquer coisa que eu pensava ou desejava, o Senhor me concedia.

Superado esse incidente, concentrei-me novamente na oração. No entanto não demorou muito para que um espírito maligno disfarçado de uma moça aparecesse mais uma vez. Seu cabelo era crespo como se ela tivesse feito permanente. Seus olhos estavam brilhando mais do que nos outros dias. Ela voou sobre nossas cabeças. Fiquei muito assustada e então invoquei ao Senhor: "Jesus, por que o espírito maligno veio mais uma vez, Senhor! Ajuda-me!" Enquanto eu gritava, a moça gritou comigo: "Oh, cale-se! Você está muito barulhenta! Megera mal educada!" Eu a repreendi imediatamente: "O quê? Eu não tenho educação? Está dizendo que sou mal educada? Sua megera! "Eu explodi utilizando linguagem chula.

O espírito maligno replicou: "Oh! Olhe para esta moleca? Você está usando uma linguagem mais chula do que eu." Ela colocou suas mãos no lado de sua cintura e fez uma pose: "Ei, você está falando sério? Como você consegue agir assim? "O espírito maligno ficou simplesmente surpreso com o meu comportamento. Corri em sua direção e agarrei seus cabelos, girei-a, lançando-a em direção ao piano. Eu disse, irritada: "O quê? Por que não? Eu posso agir assim com você e fazer ainda mais!" Depois de haver derrotado o espírito maligno, Jesus apareceu trajando vestes brancas: "Freckles, como você está?" Eu respondi: "Jesus! Por que o Senhor veio somente agora? O Senhor não sabe o quanto eu senti sua falta?" O Senhor disse: "Freckles, está bem! Eu sinto muito. Estou um pouco atrasado? Agora que estou aqui, vamos sair." Jesus tocou em diferentes partes do meu corpo. Quando Ele deu um tapinha e acariciou minha cabeça, meu cabelo arrepiou lentamente, um fio de cabelo de cada vez. Sentir o toque dele era fantástico.

Como eu amo muito a Jesus, enfiei minha cabeça em seus joelhos, esfregando-a neles. Enquanto fazia isso, eu sussurrava: "Jesus, seus joelhos são tão macios e confortáveis! Como suas vestes são extremamente macias e suaves? São agradáveis ao toque." O Senhor respondeu: "É mesmo? Quando você vier ao céu depois, você vai trajar vestes como essas, tanto quanto você quiser."

Joo Eun come uma fruta do céu

Hoje, Jesus não veio me visitar de mãos vazias. Ele me trouxe alguns frutos. Ao me entregar, disse: "Freckles, experimente isso." Eu perguntei ao Senhor: "Jesus, o que é isso?" O Senhor respondeu: "Isso é uma fruta do céu, que os santos comem. Experimente-o, a fruta é muito saborosa." Dei uma mordida nela e exclamei: "Uau, Jesus! Que tipo de fruta poderia ser tão boa? É realmente incrível."

A fruta celeste tinha o tamanho semelhante ao de uma maçã da terra. A cor, porém, era branca e tinha um sabor doce e ácido. Ao contato com a minha boca, a fruta derretia-se suavemente. Era tão deliciosa que eu não poderia imaginar ou compará-la a qualquer fruta da terra. Desde que eu experimentei uma fruta do céu, as da terra já não têm tanta graça.

O Senhor sorriu ao ver-me comer a fruta. Eu a comi imediatamente de uma vez. Jesus perguntou: "Freckles, não é deliciosa?" Com emoção, respondi: "Senhor, porque as frutas e biscoitos do céu são tão deliciosos? É impossível compará-los a quaisquer alimentos da terra." O Senhor perguntou: "É isso mesmo? Você gostaria que eu lhe trouxesse frutas do céu todos os dias? "Imediatamente respondi: "Sim, por favor, traze-as todos os dias! O Senhor também pode trazer uma fruta para cada um dos membros da igreja?"



A visita de Joo-Eun ao inferno

O Senhor apareceu de repente e me levou até o inferno sem dizer uma palavra. Quando chegamos no inferno, paramos no meio da escuridão, onde havia uma grande cadeira. A cadeira era coberta e decorada com caveiras e uma criatura de cabelos longos estava sentada nela. Ela possuía apenas o esqueleto e tinha um olhar assustador, com pequenos insetos que se moviam sobre seu rosto. Quando olhei com mais atenção, vi que pareciam lagartas e vermes que se moviam de seu rosto para todo o seu corpo.



Gritei: "Senhor, Ele é nojento!". Então Jesus entregou-me um machado afiado. Segurei o machado na mão e caminhei em direção à criatura em forma de esqueleto. Quando cheguei perto o suficiente, atingi a criatura, que se desintegrou em chamas, junto com os insetos. Eu creio que o Senhor queria que eu destruísse a criatura. O Senhor me aplaudiu e me encorajou, dizendo: "Freckles, como sua fé cresceu. Agora você é capaz de derrotar os demônios. Tenha sempre fé e confiança." De repente, eu estava de volta à Igreja do Senhor.

Mais tarde, enquanto eu orava, apareceu um espírito maligno com pernas tortas e uma língua comprida. Ao chegar próximo, começou a sussurrar para mim. Então eu o tomei pela língua e lancei-o no canto. Ao se chocar contra a parede, gritou de dor: "Ai, dói!" Depois de se recuperar, ele saltou para trás sobre seus pés e dirigiu-se até o irmão Joseph.

Ele começou a lamber o rosto de Joseph com sua língua nojenta: "Oh, que delícia, é realmente saboroso!" Eu não sabia se o irmão Joseph sequer percebia o que estava acontecendo. Joseph continuou a orar fervorosamente, quando de repente ele gritou: "O sangue de Jesus! "O sangue de Jesus!" Ele ainda não tinha sido despertado espiritualmente, por isso era difícil para ele saber quando os espíritos malignos o assediavam. Enquanto ele clamava pelo sangue de Jesus, começou a jorrar sangue de sua boca, derretendo imediatamente a língua do espírito maligno, que ficou pálido e tomado de medo. Fugindo, ele gritou: "Que tipo de sangue é esse?"

Lee Yoo Kyung: Yoo Kyung guerreia desesperadamente com todo tipo de espíritos malignos

No meio da minha oração, um espírito maligno em forma de lagarto apareceu, assobiando para mim, enquanto se aproximava. Fiquei horrorizada e rapidamente agarrei seu pescoço, lançando-o na direção do irmão Haak Sung. Este, por sua vez, agarrou-o e lançou-o para longe, mas o demônio se recuperou e se voltou contra mim. Então eu o peguei de novo e atirei-o para mais longe, exclamando: "Espírito maligno, em nome de Jesus Cristo, saia!" Então ele desapareceu.



Depois que o lagarto se foi, apareceu um espírito maligno disfarçado de uma moça. Metade do seu rosto era branco, enquanto a outra metade era preta. Ela estava tentando me irritar, arranhando um quadro negro com as unhas. Gritei: "Eu não quero ouvir esse som! Espírito maligno, em nome de Jesus, saia! "No entanto, ela não se afastou e ainda intensificou o barulho. Fiquei tão irritada que corri em sua direção, agarrando seus cabelos e atirando-a no chão. Após a queda, ela desapareceu.

Mais tarde, enquanto eu orava, comecei a chorar ao pensar em Jesus. Mas Ele não veio e o demônio que eu havia lançado no chão apareceu ridicularizando-me: "Ei, você está chorando? Por que você está chorando? Você está chorando porque Jesus não veio até você? Você se tornou mal humorada. "Como ele continuava me irritando, eu lhe disse: "Você quer brigar comigo?" Ela respondeu: "Vamos lá, dê o primeiro passo". Imediatamente, ele se transformou em um homem baixo e gordo, com cabelos curtos.

Ao gritar bem alto "sangue de Jesus, sangue de Jesus", ele riu de mim, dizendo: "O quê? "O sangue de Jesus? Vá em frente. Sangue!" Fiquei tão indignada que comecei a clamar ao Deus Trino mais e mais. Ele respondeu: "Quem é a Trindade? Onde está a Trindade? Não chame esse nome. Ele me assusta!" Com uma voz mais alta, gritei: "Deus Trino, ajuda-me!" O espírito maligno respondeu: "Eu disse que ele me assusta. Não chame esse nome! Por que você continua a clamar a Deus? "Logo, seu rosto tornou-se distorcido. De repente, veio uma bola de fogo e atingiu-o na cauda. Ele correu de um lado para outro, gritando, e eu agarrei rapidamente sua perna, arremessando-o para longe.

Após um curto período de tempo, apareceu um espírito maligno enorme com uma cicatriz alinhavada em um de seus olhos. Um enxame de vermes movia-se na área da cicatriz. Quando chegou perto de mim, ele disse repetidamente: "Eu tenho que arrastá-la para o inferno!" Mas ele ficou muito triste ao perceber que não podia me levar até lá. Gritei: "Deus Trino, ajuda-me!". Então ele se dirigiu para o lugar onde o pastor estava orando.

Ao chegar próximo do pastor, ele gritou: "Este ora todos os dias! Por que você ora tanto?" Então, dirigindo-se à esposa do pastor, disse: "Esta também ora sempre! Ei, parem de orar! Não é bom. Não é divertido! "Em seguida, ele se voltou para mim e me interrompeu: "Ei, orar é uma coisa ruim! Não ore! "Eu bradei: "Sou eu quem está orando! Por que você está continuamente interrompendo minha oração? "O espírito maligno riu e zombou de mim: "Que tipo de oração é essa? Vocês chamam isso de oração? Vamos nos divertir!" Corri em sua direção e toquei sua face, clamando: "'Sangue de Jesus! Sangue de Jesus!" O espírito maligno começou a suplicar e a murmurar: "É quente! Largue-me! Vamos! Por favor, deixe-me ir!" Eu lancei o espírito maligno para longe de mim.

Logo depois, apareceu outro espírito maligno com um chifre enorme na cabeça, com grandes olhos e grandes orelhas. Rasguei suas orelhas, arranquei seus olhos e seu chifre e agarrou-o pelo pé, girando-o no ar. Contudo, ele persistentemente procurava se agarrar em mim. Eu estava tão irritada com sua persistência que comecei a falar de forma abusiva. De repente, senti alguém puxar minha camisa. Eu achava que era Jesus e, com alegria, eu me virei. Mas não era Jesus e sim um espírito maligno em forma de uma sombra escura. Ele agarrou minha camisa, segurando-a. Então gritei: "Em nome de Jesus, saia!" Mas ele zombou de mim, dizendo: "Não vou me afastar. Eu não vou sair!" Eu gritei: "Deus Trino! Fogo Santo!" Então veio uma bola de fogo e tornou seu corpo em chamas, desintegrando-o.

Quando a reunião de oração estava prestes a terminar, o Senhor apareceu. Caminhou em direção ao pastor e ouviu a sua oração. O Senhor deu um tapinha nas costas dele e em seu corpo, especialmente as áreas onde o pastor sentia dor. Jesus, então, aproximou-se cada membro da igreja que ainda estava orando e afagou-os também.



A irmã Baek Bong Nyu encontra Satanás, o rei do inferno, mais uma vez

Enquanto eu orava, senti uma forte escuridão vir sobre mim. No entanto, continuei a orar em línguas. Durante esse momento, entendi que a minha oração entrava num nível mais profundo. Comecei a ver uma luz descer. Ela se movia em um movimento circular, como uma espiral. De dentro dessa luz, os anjos começaram a surgir. Enquanto vinham para frente, os anjos disseram que o Senhor lhes havia ordenado a escoltar a irmã Baek Bong Nyu, da Igreja do Senhor. Eu os acompanhei, voando até o nosso destino. Passamos através do espaço e, em seguida, através da Via Láctea, quando nos encontramos com Jesus. Quando vimos um ao outro, ficamos encantados. Jesus, então, segurou minha mão e disse: "Bong Nyu, vamos até o inferno!" O Senhor abriu caminho em direção ao inferno.

Assim que lá chegamos, imediatamente fui a um lugar onde minha mãe estava localizada. Eu não sabia se ela estava ciente de que eu estava chegando. Depois de perceber que eu havia chegado, seu rosto ficou pálido e então gritou: "Oh, Bong Nyu, por que você veio de novo? Deixe este lugar depressa!" Eu respondi: "Mãe, eu estou aqui de novo porque estou preocupada com você! Estou preocupada com o fato de que Satanás procura vingança contra você por eu haver ferido seu olho. Também feri suas costas e arranquei uma de suas asas. É por isso que eu vim novamente com Jesus. Depois de ter explicado a razão a minha mãe, ela implorou: "Por favor, não irrite a Satanás, apenas saia agora!" Enquanto conversávamos, de repente ouvi a voz estridente de Satanás, ecoando por todo o lugar.

Satanás gritou em um tom como se estivesse esperando por esse momento: "Eu tenho esperado ansiosamente este momento para vê-la. Eu sabia que você viria de novo! Hoje, eu vou deixar você observar algo muito especial. Você pode testemunhar o tormento dos membros de sua família. O Senhor e eu ficamos na frente de Satanás, que se sentou em uma enorme cadeira. Meus familiares já estavam na fila aguardando para serem punidos. Ao ver que minha família estava lá, meu coração gelou em choque. Era um momento de suspense e eu tremia nervosa, sem saber o resultado. Minha mente começou a enfraquecer.

Mesmo no meio da incerteza e do terror, minha mãe era capaz de falar palavras de conforto: "Bong Nyu, estamos no inferno e já perdemos a esperança há muito tempo. É impossível agora. Não se preocupe com a gente. Se você tem alguma coisa a dizer a Satanás, diga tudo agora. Eu observava de perto as áreas feridas onde eu o havia atacado. Um olho de Satanás estava coberto com um tecido preto. Era o olho que eu havia causado dano. Ao ver o outro olho dele, percebi que ele ardia de ódio. Sua ira era tão acirrada que chamas voavam dele e brilhavam na minha frente. Ele manifestou sua satisfação de finalmente encontrar-me novamente. Ele estava determinado a se vingar. Eu, então, recuperei meus sentidos e me preparei para a batalha.

Eu declarei com ousadia: "Satanás, eu tenho o Deus Trino dentro de mim. Tenho também o Fogo Santo ardente. Vou ter que cortar a sua cabeça e jogá-la no fogo do inferno, a fim de completar a minha satisfação. Estou muito desconte no momento! Assim que Satanás ouviu as minhas palavras, ele respondeu: "Ok! Bom! Eu esperava o seu retorno. Eu sabia que você viria. Está tudo dando certo para o meu propósito!"




1   2   3   4   5   6   7   8   9   10


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal