Divino Espirito Santo, daí-me a luz dos iniciados por Hermes



Baixar 0,94 Mb.
Página3/5
Encontro10.06.2018
Tamanho0,94 Mb.
1   2   3   4   5

SENHOR MAYTREA

Como Buda da Evolução para a Terra, ele mantém acesa a Chama Divina nos corações humanos

O termo buda, em sânscrito, significa "o iluminado".
Na senda da evolução espiritual, essa palavra designa um altíssimo grau de consciência.
O Senhor Maytrea foi instrutor do Mestre Jesus em sua missão como avatar e a Luz que guiou como os Reis Magos até o local de nascimento do Cristo.
Como Buda da Evolução para a Terra, mantém acesa a Chama Divina nos corações humanos.
Ele irradia a Chama Rosa do Amor com nuances de Dourado e de Azul para o templo etérico de Shamballa, de onde é redistribuída ao planeta.
Seu complemento divino, Mãe Kwan Yin, atua como buda da compaixão para a humanidade, concedendo misericórdia aos seres cujos ajustes cármicos são demasiadamente severos.

O Senhor Maytrea atua também como Cristo Cósmico para toda a nossa galáxia, irradiando a Chama da Sabedoria e da Iluminação para todos os seus planetas e estrelas.


Nessa função, em que representa o aspecto Deus-Filho, concede a Iniciação Solar aos Iluminados mais adiantados.
Diz o Senhor Maytrea:

"Bem-amados discípulos que buscais a Luz no caminho espiritual, apelo à Chama da Iluminação do coração e todos os Seres Divinos dos céus para eu flameje, agora, sobre vós.


Um dia devereis sentar à mesa dos Mestres tomando parte no processo de irradiação de Nossas luzes.
O conhecimento envolve responsabilidade. O acatamento da Verdade Divina dos Mestres determinará o grau de iluminação que alcançareis.
Andai na Luz. Espalhai a Luz. Sede a Luz Divina na Terra, aqui e agora!"
Decreto dos cavaleiros de Maytrea
Ó, bem-amado Cristo Maytrea
De nossas chamas-corações nosso agradecimento
Por participarmos deste momento cósmico
Somos gratos aos seres e poderes da luz divina
E demandamos que a Terra eleve a sua vibração
Sincronizando-se com a Quarta Esfera
EU SOU, EU SOU, EU SOU
EU SOU cavaleiro de Maytrea
EU SOU a ordem do Santo Graal

Invocação ao Cristo Maytrea


Ó, bem-amado Cristo Maytrea
Avatar dos avatares
De minha chama-coração, meu agradecimento
Por participar deste momento cósmico
Iluminai meu corpo mental com vossa verdade
Purificai meu corpo emocional com vosso amor
A fim de que eu seja a expressão de fé, certeza, alegria e vitória
EU SOU em Vós (3x)
Vós sois em mim (3x)
EU SOU, EU SOU a vitória na Terra (3x)

OMRI-TAS

Omri-tas é o governante do Planeta Violeta. Saint Germain contou-nos que Omri-tas carrega uma tal intensidade da chama violeta que sua aura se estende muito além do tamanho da terra.


Omri-tas tem sua morada com o Senhor do Mundo em Shambala (sobre o deserto de Gobi), onde ele e sua comitiva de sacerdotes do Mais Alto Deus fizeram o voto de manter a chama violeta da liberdade para a terra. Seu complemento divino mantém vigília no coração do Planeta Violeta juntamente com 144.000 sacerdotes do fogo agrado.
As evoluções do Planeta Violeta que têm servido a chama violeta por eons usam-na para todas as suas necessidade diárias - limpar suas casas, cuidar e purificar o planeta, assim como para lavar-se e tomar banho. As tarefas corriqueiras são feitas por elementais e anjos da chama violeta, o que permite às pessoas dedicarem mais tempo ao discipulado e a servirem em outros lares planetários.
Em um dos seus ditados, Omri-tas contou que o Planeta Violeta passou por uma crise similar à que a humanidade enfrenta nos dias de hoje.
Em resposta ao chamado dos representantes da Mãe Divina, os servos de Deus fizeram-na retroceder através do uso da chama violeta.
Omri-tas disse que: “Eles invocaram a chama violeta por todo o planeta, saturando-o até que os anjos caídos pudessem ser atados e levados pelas legiões da Luz...
Entramos então numa Era de Ouro que se mantém até os dias de hoje pro causa daqueles que responderam ao chamado por ainda guardarem na memória aquilo que quase se tornou um holocausto planetário.
Ao longo dos anos, Omri-tas tem dado dispensações específicas para ajudar aos chelas de Saint Germain e à terra.
Podemos invocar Omri-tas para reativar e multiplicar estas dispensações. Uma destas dispensações foi anunciada em 7 de julho de 1984:

“Se com toda a reverência, com sintonia interior, um senso de estardes profundamente unidos ao vosso Cristo Pessoal como sacerdotes ou sacerdotisas do fogo sagrado, se com todo o vosso coração e da profundidade do vosso coração reservardes ...quinze minutos cada dia para fazer profundas e amorosas invocações à chama violeta em meu nome (e por favor lembrai-vos de mencionar o meu nome, pois EU SOU aquele de cujo corpo causal provém essa dispensação), então, acolheremos esta oferta, medida por medida em que for feita com devoção, em que for feita de maneira profunda e sincera, pelo peso real do seu poder e luz. Portanto, pela qualidade dela, qualidade por qualidade, será multiplicada em vossa vida por dez vezes! Outra tremenda dispensação dada por Omri-tas foi anunciada em 14 de outubro de 1991 ao final de uma vigília de 33 dias de chama violeta. Disse Omri-tas que “...como não poderia ficar na terra o tempo todo em função da necessidade de outras planetas, na mesma encruzilhada que a Terra, necessitarem da sua presença, ele retornaria no terceiro dia de cada mês.” Neste dia podemos invocar a descida de muros de chama violeta e a Presença Eletrônica de Omri-tas. Assim, antes de fazermos nossos 15 minutos de chama violeta devemos invocar Omri-tas para pedir a multiplicação pelo poder do dez: “Peço que a energia destes meus decretos seja multiplicada pelo poder do dez vezes dez, dez mil vezes de mil, segundo as dispensações de Omri-tas, Saint Germain e Maitreya para este planeta. E com a pureza do meu coração aceito que isto se faça segundo a Vontade de Deus. Amém.”


A GRANDE CONFRARIA BRANCA

São Êles que constituem o Governo Interno do Mundo.


Esse grupo é denominado a "Hierarquia" do globo e na Terra é tradicionalmente conhecida por nomes, sendo o mais usado o de "Grande Fraternidade Branca".
Podemos dizer que é uma " Grande Loja Superior", modelo de todas as Grandes Lojas que sempre existiram e seus Excelsos Oficiais trabalham sem interrupção.
Os Adeptos da Grande Fraternidade Branca em uma ordem verdadeiramente hierárquica.,
A Grande Fraternidade Branca contém energias-vida do Logos. Assim como o Logos manifestado atua como uma Trindade, assim também todas as suas energias fluem através de três Ministros que representam, na Terra, a sua natureza tríplice e são canais das energias dessa triplicidade.
O Grande Triângulo , o "eterno nos céus", é o do Logos, como Primeiro, Segundo e Terceiro Logos; Shiva, Vishnu e Brahma; ou o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Sua representação aqui na Terra é outro Triângulo, composto de três Grandes Adeptos, conhecidos como Senhor do Mundo, o Bodhisattva e o Maha-Chohan. O primeiro subministra à humanidade as energias do aspecto Átmico ou o Poder do Logos; o segundo, como Instrutor do Mundo, é canal do Seu aspecto Sabedoria e preenche para a humanidade aquela função misteriosa que é o Propiciamento; o Terceiro é o canal de Sua Mente Divina e revela à Terra todas as atividades típicas do Terceiro Logos, o Espírito Santo.(9).
Ainda que o Logos em atividade seja uma Trindade, há um aspecto d'Ele Imanifestado; o mesmo sucede com o Triângulo da Hierarquia desta Terra. Atrás dos três Grandes Seres - O Rei que governa, o Primeiro Ministro que planeja e o General que executa - há um Quarto, O Vigilante Silencioso(10), que na última ronda foi o Senhor do Mundo de nosso globo e agora " vigia e espera" atrás dos Três, porém de cuja portentosa atuação para com o homem e para com Deus quase nada podemos conceber.

A palavra "branca" não se refere à cor, mas à Luz-aura destes Grandes.


São grandes Seres, em parte oriundos da humanidade, que conseguiram a sua ascensão e se prontificaram a socorrê-la com o seu saber e energia, até que cada corrente de vida tenha conseguido a sua Liberdade.
Estes Grandes renunciaram ao seu "Nirvana" para ajudar-nos!
Nós somos aceitos como alunos da Luz e podemos através das suas mensagens receber os seus ensinamentos.


  1. A Grande Fraternidade Branca Universal, é uma irmandade presente nos Planos Superiores e Ascencionados, formada por seres que já viveram na Terra e que através de diversas experiências, suplantaram as suas necessidades de reencarnação, e assim se tornaram os chamados Mestres Ascencionados. São seres dotados de grande maestria no domínio e no conhecimento da matéria física, na transmutação da matéria e, principalmente, no próprio caminho da ascensão. Os principais mestres, conhecidos como Mestres dos Sete Raios, são: El Morya, Confúcio, Rowena, Seraphis Bey, Nada, Saint Germain. Cada um destes mestres é o diretor ou Cohan de um raio específico.
    2. Os raios são emanações divinas que representam virtudes, características necessárias para a evolução e ascensão humana. Cada um de nós é regido por um raio específico da Criação.
    3. Os Mestres pedem para serem reconhecidos como uma força potencial para o bem comum da humanidade, ms eles não exigem obediência e não pedem para ser idolatrados. 4. A ascensão é a principal meta de todos os seres humanos, enquanto encarnados. Ao longo de várias vidas, os seres humanos experimentam as mais diversas faces e características da realidade tridimensional, da dimensão terrestre. O reconhecimento de sua própria identidade como ser de Luz, Ser iluminado e como parte de Deus e do Universo, é a característica base de todo aquele que está em pleno processo de ascensão
    5. A conquista da Consciência Superior, do conhecimento da Essência Divina e da Iluminação, são fatos que jamais serão dependentes de qualquer auxílio externo, porquanto, somente em nosso próprio interior está a referência máxima para se atingir à Deus. Todo e qualquer meio externo que nos auxilie nesta busca, é válido à medida que instrui; porém também permite, incentiva e fornece a liberdade para que se adquira a consciência dos valores através de nossos próprios insights ou experiências, proporcionando-nos assim uma sabedoria e conhecimento cujas bases estão firmadas na verdadeira divindade, que está dentro de nós.
    6. É muito importante que cada discípulo e buscador da luz compreenda o princípio geral das transformações físicas e espirituais. Toda transformação é gradual, coesa, lógica, e segue uma linha coerente de pensamento, embora não esteja condicionada à mente racional. De acordo com as Leis Naturais, tudo na natureza é contínuo, interligado a todas as coisas e, portanto, é parte integrante do Universo Infinito da Criação de Deus. Onde não houver uma continuidade e um compartilhamento incondicional das energias do amor, há também separação, portanto, aí está presente a dualidade. É muito importante lembrar que o homem, em sua caminhada deve procurar transmutar, unificar e curar os aspectos de sua própria essência, para tanto, superando os processos e sub-processos de dualidade, que ainda existem e atuam dentro do universo interior de seu próprio ser. 7. Onde houver rejeição por energias de quaisquer naturezas, existe um processo de cura e transmutação em andamento. A compreensão do processo é fundamental, porém, existe um princípio natural, básico e óbvio, de certa forma, que nos revela que Deus está presente em todos os lugares, o que significa: Deus está presente também em todas as energias, convive e se expressa através de todas as formas de energia. Tudo é parte da Criação. Os ditos seres negativos são apenas nossos irmãos, cuja maioria, por opção e uso de seu livre-arbítrio, decidiram rebelar-se contra o Plano Divino e a Vontade de Deus.
    8. O fanatismo e a loucura presentes no final deste século, apenas atestam e reafirmam o evidente despreparo psicológico, moral e espiritual da humanidade terrena, ao deparar-se com as inevitáveis mudanças de ordem vibratória que vêm se processando atualmente no Planeta Terra. Todo tipo de pensamentos e vibrações dissonantes, atualmente estão se evidenciando na consciência de massa do planeta, o que torna propício para o habitat humano o surgimento de novas seitas, religiões e gurus que pregam o chamado fim do mundo.9. A verdadeira mensagem a ser divulgada e trazida para a humanidade, é a notícia da grande transformação, que está se aproximando para o nosso planeta. Esta transformação, porém, não ocorrerá num momento único. A cada hora, minuto ou segundo, está sendo dada a todos os seres humanos a oportunidade de crescer e evoluir rumo à Deus. O homem precisa compreender, portanto, que não há um outro tempo em que o dom e a Graça Divina da Transmutação nos será concedida. O tempo é agora! Vivemos de fato, um momento de transição das eras; portanto devemos agradecer aos Mestres e principalmente à Deus, a maravilhosa oportunidade de estarmos encarnados neste momento sagrado para a nossa humanidade. Todo tipo de expectativa e ansiedade pelo desenrolar dos fatos, é absolutamente desnecessária. A verdadeira transformação ocorre dentro de nós, no aqui e no agora, e todo e qualquer acontecimento externo, será tão somente um reflexo das modificações das estruturas internas de cada ser. 10. A presença e a atuação dos irmãos extraterrestres, face à atual situação do planeta Terra, de forma alguma possui a finalidade ou a intenção de trazer soluções que visem o progresso da humanidade anti-cristã. O anti-cristo representa a humanidade decaída, bem como todos os elementos da sociedade que conduzem os seres humanos à um afastamento de Deus. Portanto, é preciso dizer que os extraterrestres não virão em nosso auxílio num sentido material, mas, total e principalmente, num sentido espiritual. Entre os seres que estão trabalhando a serviço do Cristo e da Fraternidade Branca Universal, existe um consenso geral, que é sustentar a idéia de que a humanidade precisa evoluir por si própria, andar por suas próprias pernas para que atinja sua redenção por seus próprios méritos. O que ocorre atualmente é justamente o oposto; a humanidade está em total desequilíbrio e completamente fora de seu verdadeiro eixo espiritual. Muito do que tem acontecido a nível de catástrofes e flagelos por todo o mundo, está servindo de alerta aos seres humanos para a necessidade de modificar seus padrões de pensamento e atitude. Estamos vivendo uma época de incrível quebra de valores, e principalmente a queda do materialismo, pois o homem não soube edificar a vida no mundo físico a partir da Vontade de Deus. 11. As energias dos Mestres Ascensionados oferecem sua sabedoria e nos guiam no plano da experiência. Eles tem sido muito ativos e sustentam o processo evolutivo global/humano desde o início da vida em Gaia. Com o tempo, as energias dos Mestres Ascensionados projetaram aspectos de si mesmas, para ensinar, guiar e aprender através de experiências diretas em todos os níveis, inclusive no plano físico. Muitos dos Mestres tiveram encarnações terrestres para estimular e sustentar a evolução humana. Esses Seres poderosos são muito maiores que suas encarnações terrestres, as quais refletem apenas uma minúscula fração de suas energias. Também, cada Mestre Ascensionado escolheu uma qualidade ou tema energético dominante para infundir em seu particular campo de experiência. Os cargos da Grande Fraternidade Branca e da Hierarquia dos Iluminados do Planeta Terra, estão em constante alteração, à medida que seus integrantes se elevam para outros cargos na escala evolutiva dos Planetas, do Sistema Solar, da Galáxia ou do Universo.



  2. Aualmente, os cargos da Hierarquia estão assim distribuídos:
    Senhor do Mundo – é o Regente Maior da Hierarquia e é uma cargo exercido por Lord Gautama. Tem domínio sobre todos os assuntos relacionados ao Planeta e é responsável pela geração de Luz suficiente para manter a Terra no Sistema Solar.
    Buda da Evolução – alimenta e mantém a Chama Divina no coração dos seres humanos e dirige os assuntos religiosos da Terra. Cargo exercido pelo Lord Divino ou Lord Maitreya, que acumula também o cargo de Cristo Cósmico.
    Instrutores do Mundo – Planejam e exercitam as questões religiosas e a força da Realização, por um período de 14.000 anos, sob a direção do Buda da Evolução. Cargos exercidos pelos Mestres Jesus e Kuthumi.
    Maha Chohan - Representa o Espírito Santo para a Terra, a Inteligência Criadora em ação. Cargo exercido pelo Mestre Paulo, o Venesiano. (Chohan = Senhor)
    Chohans dos Sete Raios – atuam em diversos planos de trabalho nos Planos superiores e do mundo exterior.Arcanjos dos sete raios – representam a sensibilidade da vida e cada um serve num dos raios.
    Elohim - São os Construtores de Formas mais elevadas.Desempenharam um papel muito importante na Construção deste Sistema Solar e na preparação da Terra para a habitação.
    Manus - Cada Manu é responsável por uma das Raças-Raízes. Trabalham sempre em conjunto com os Instrutores do Mundo e com o Maha Cohan.

O GRANDE DIRETOR DIVINO é o Manu ou Diretor da Sétima Raça, que está destinada, dentre todos os países do Planeta, a encarnar na América do Sul durante a Era de Aquario.


Os graus da Hierarquia que governa o mundo
Iniciação

10o grau - vigilante Silencioso


9o grau - SenHor do Mundo
8o grau - buda pratieka buda
7o grau - manu bodhisattva MAHA CHOHAM

6o grau - chohan


5o grau - aseka

4o grau - Primeiro RaioVontade


O Governante
Segundo Raio - Amor
O Filantropo
Terceiro Raio - Sabedoria
O Filósofo
QuartoRaio - Imaginação
O Mago(ND)
Quinto Raio - Verdade
O Cientista
SextoRaio - Bondade
O Devoto
Sétimo Raio - Beleza
O Artista
Esboço da Hierarquia

O Chefe da Hierarquia é esse elevado ser, o Senhor do Mundo(11), que rege e ordena em nosso globo todos os acontecimentos relativos aos anjos e aos homens. Em Sua consciência registra-se tudo o que se passa nos sete planos de nosso globo. Como sua aura interpenetra toda a Terra, sabe de tudo quanto acontece dentro dessa aura e não há ato tão secreto que Ele não conheça e nem injustiça por leve que seja que Ele não registre(12).


O Rei, como O chamam freqüentemente, não é um Adepto de nossa humanidade. Sua posição é demasiado elevada para ser ocupada por um Adepto de nossa evolução humana. É um poderoso Adepto do grande Esquema de Evolução de Vênus(13) que de lá veio há 6,5 milhões de anos para tomar a Seu cargo a evolução da Terra, sucedendo a um predecessor que desempenhava essa função quando da transferência da Humanidade da Cadeia Lunar para a Cadeia Terrestre(14). Sem seu fiat, ninguém pode ser admitido na Grande Fraternidade Branca; é Sua estrela que brilha em assentimento sobre a cabeça do Adepto Iniciador, como sinal de que Ele aceita o Iniciado em Sua Fraternidade. A tradição hindu, que conhece-O, chama-O Sanat Kumara, "Eterno-Virgem-Adolescente" porque Seu corpo, embora físico, não nasceu de mulher (15) porém foi feito por Kriyashakti ou poder da vontade e nunca envelhece. Tem a aparência de homem, porém de um "Jovem de dezesseis primaveras" (16). É a Vontade do Logos encarnada para os homens (17) e contudo Seu poderoso amor é tão vasto como o oceano.

Rodeiam-no os Quatro Grandes Devarâjahs, ou os Governadores dos Elementos, que ajustam o carma dos homens(18) e Grandes Devas e Anjos são como que seus Grandes Ministros(19), prontos para executar Suas ordens. Todos os reis terrestres, cujas dinastias têm merecido Sua Bênção, em reconhecimento de seus desinteressados serviços aos homens, possuem esse misterioso " direito divino dos reis", como parte de sua invisível herança(20). Quando a coroa da Inglaterra é colocada sobre a cabeça do seu Rei, vê-se ali uma remota reminiscência da tradição alusiva ao Grande Rei do Mundo, no pequeno globo que se põe em sua mão esquerda e no cetro ou Vara de Poder que se põe na mão direita. Porque a verdade é que em nossa Terra, vasta como se nos parece, cabe na cova de Sua Mão e realmente nenhum pardal cai sem o seu conhecimento.


Com Ele permanecem três Discípulos e Assistentes, que vieram também de Vênus. A tradição hindu os chama Sanadana, Sanaka e Sanatana e todos os Quatro Gloriosos são chamados Filhos da Mente de Brahma" e Senhores da Chama(21). Os quatro Senhores da Chama (22) são também denominados "a Cabeça, o Coração, a Alma e a Semente do Conhecimento" . Quando a onda da vida passar da Terra para Mercúrio, esses Três se tornarão, por sua vez, os Senhores de Mercúrio e guiarão toda a evolução naquele globo. São conhecidos no budismo como " Pratyeka Buddhas" ou "Budas Solitários", porque não ensinam nem fundam religiões no mundo. Estão no Primeiro Raio, ou o Raio Governante, enquanto que os Budas estão no Segundo Raio, ou Raio da Instrução. Embora achem-se no nível de Budas, sua função não é a de Instrutores do Mundo. Daí a descrição curiosamente desviada que d'Eles faz o Budismo popular, como sendo Budas "Solitários" ou "egoístas". Seu amor é tão grande como o dos Budas, porém dão aos homens Poder em vez de Sabedoria.

A iniciação de Buda é a mais alta que na Terra se pode alcançar no Segundo Raio e recebe-a um Bodhisattva ou Instrutor do Mundo, como coroamento de Sua obra durante idades pela Humanidade. Depois de fundar uma religião após outra, reúne, na última de Suas vidas todos os Seus Discípulos que se acham preparados para entrar nos diversos graus da Iniciação e se reencarna com eles na Terra. Estabelece então uma grande religião mundial e concluída sua obra nesse corpo físico passa a uma obra mais elevada nos outros planos. Ao deixar a Humanidade passa a seu sucessor as funções de Instrutor do Mundo. O último dos Budas foi Gautama Buda, que teve como seu sucessor nas funções de Instrutor do Mundo o Bodhisattva Maitreya, já chamado pela tradição budista de " Maitreya Buddha", em antecipação ao Seu futuro cargo.


Em todos os cinco raios restantes, do terceiro ao Sétimo, a mais elevada Iniciação é a de Maha Chohan. Este cargo é desempenhado por um só Adepto de cada vez. Segundo a influência dominante de um Raio ou seus sub-raios, numa época dada da evolução, assim é o tipo de Adepto que ocupa a posição de Maha-Chohan. Ele é o Grande Arquivista dos processos evolutivos do globo, vigia e dirige todos os membros da Grande Fraternidade de estágio em estágio à medida que eles desenvolvem o Grande Plano. Tem sido descrito como um Ser "ante cuja visão o futuro é uma página aberta" (22)

O Adepto do Primeiro Raio, que recebe a Quinta Iniciação, assume depois, geralmente, os árduos deveres de Manu de uma Raça Raiz de um globo. A Sua tarefa já começou com a lenta reagrupação dos egos que hão de trabalhar sob Suas ordens no início de uma nova Raça Raiz, e em todas as sucessivas sub-raças segundo sua Vontade vão aparecendo uma a uma. Durante as centenas de milhares de anos da história de uma raça raiz, Ele dirige como seu Manu a formação de sucessivas variantes de sub-raças, encarna-se em cada uma delas para fixar-lhe a forma. Depois de terminado o seu trabalho como Manu, recebe a Oitava Inciação como "Pratyeka Buddha" e idades depois a Nona Iniciação como Senhor do Mundo. Presentemente apenas dois Manus permanecem com a Humanidade: o Manu Châkshusha", que fundou a Quarta Raça raiz, a dos Atlantes e o Manu Vaivasatha, que fundou a Quinta Raça Raiz, a Ariana, há uns sessenta mil anos.Um estudo atento da Fig. 118 mostrará que nos sete Raios há adeptos até a o nível da Iniciação Asekha. Nesse estágio, o Adepto pode fazer uma das sete opções quanto ao seu futuro trabalho:



1. Permanece com a Humanidade como Oficial da Hierarquia
2. Permanece com a Humanidade como "Nirmanakaya"
3. Une-se aos devas ou Hostes Angélicas
4. Une-se ao "Estado Maior do Logos"
5. Prepara a Obra da Cadeia seguinte
6. Entra no Nirvana
7. Entra no Nirvana

Se decide continuar a trabalhar com a nossa Humanidade, prossegue o seu tr5abalho e finalmente recebe a Sexta Iniciação. Depois disso, pode, se assim o desejar, cessar o Seu labor com a Humanidade e assumir u trabalho em uma outra parte, porém se resolve ficar com ela, recebe a Sétima Iniciação. O adepto que é Maha-Chohan, esgotado o período de seu cargo, faz uma nova "escolha". Se delibera continuar a trabalhar com a Humanidade como Oficial da Hierarquia, precisa transferir-se para o Primeiro ou Segundo Raio a fim de receber a Oitava Iniciação. Do mesmo modo, o Adepto que exerce o cargo de Buda e opta por assumir cargo na Hierarquia, deverá transferir-se para o Primeiro Raio, a fim de receber a Nona Iniciação.
Os Adeptos de qualquer raio que deixam a Humanidade do nível de Asheka para cima, deverão receber noutra parte as iniciações para as quais não se qualificaram neste globo. Nenhum Raio é melhor do que outro. Todas as Iniciações podem ser recebidas em todos os Raios, porém, como são necessários apenas três Senhores do Mundo, sete Manus, sete Budas e certo número de Maha-Chohans durante um período mundial, nem todos os Adeptos preparam-se de fato para essas funções; a maioria entra no Nirvana depois da Iniciação de Asheka e assume ocupações que jamais as porão em contato direto com a Humanidade.

O trabalho do Mundo, visível e invisível, executa-se sob a direção dos Adeptos da Grande Fraternidade Branca. O Logos põe-lhes nas mãos seu poder, Sabedoria e Amor e Eles distribuem a energia do Logos pelos numerosos setores da atividade humana. Religião e filosofia, ciência e arte, comércio e progresso são inspirados e guiados por Eles; já se encarnando entre os homens, já agindo nas regiões invisíveis, Eles movem homens e nações como peças em um tabuleiro de xadrez, procurando atrair homens que cooperem com o Plano Divino. São constantemente embaraçados em Sua obra pela má vontade dos homens e como não podem violentar-lhes a vontade, trabalham com ilimitada paciência e inspiram e guiam a todos, vigiando a boa e a má conduta dos homens com amor e discernimento infinitos.


Os "Eternos Braços dos Grandes Irmãos cingem a Humanidade e enquanto trabalharem pela execução do Plano, é impossível o fracasso final para a humanidade. Como Eles, outrora fracos e pecadores, tal qual somos hoje, já atingiram a Perfeição não é um sonho mas uma realidade a visão de nossa perfeição um dia. Servi-LOS é obter a certeza de que todas as coisas se movem em direção ao Bom, ao Verdadeiro e ao Belo; ser aceito por Eles como Seus auxiliares e assistentes é entrar na Senda que conduz à Deificação.
CONHECIMENTO DOS MESTRES

Até meados do século XIX muito pouco era conhecido no Ocidente sobre os Grandes Seres, chamados no Oriente de Mahatmas, ou Mestres de Sabedoria. No Oriente, principalmente na Índia, os Mestres já eram conhecidos há milênios nos meios dos devotos e iogues. No Ocidente, no entanto, somente uns poucos discípulos aceitos conheciam seus Mestres, guardando essa informação de forma reservada, por respeito a estes Santos Seres e para a proteção deles.


Foi somente a partir do final do século XIX, com a fundação da Sociedade Teosófica e posteriormente com a divulgação dos escritos de H. P. Blavatsky, que o conhecimento da existência dos Mestres se espalhou nos meios esotéricos e filosóficos na Europa e nas Américas. Alguns colaboradores de Blavatsky foram contrários a essa divulgação, em virtude da tradicional reserva observada pelos discípulos com relação a comentários públicos sobre a existência de seus instrutores. Mas os tempos eram outros e os próprios Mestres contribuíram indiretamente para que sua existência fosse amplamente divulgada no Ocidente.
COMUNICANDO COM OS MESTRES

Os Mestres, agem no mundo através de seus discípulos. Projetos, mensagens ou ações que desejam realizar para a humanidade são efetuados por seus colaboradores no mundo material, sendo atribuídos a esses colaboradores. Esse é um ponto básico, como podemos verificar com obras ‘inspiradas’ como Luz no Caminho, A Doutrina Secreta e tantas outras, que são sempre publicadas em nome do discípulo.


O Mestre solicita ou inspira seu discípulo a agir da forma desejada. Mas, deve ficar claro aqui, que o Mestre quando muito solicita, sem jamais atropelar ou forçar o livre arbítrio do ser humano. Os irmãos das trevas agem de forma diferente, manipulando, hipnotizando ou forçando as pessoas, de uma forma ou outra, sem respeitar sua vontade própria.
Para os agentes das trevas os fins justificam os meios, para os Seres de Luz isso seria inadmissível.
Dentro desses parâmetros, e levando em conta a experiência dos membros da Fraternidade, acumulada ao longo de inúmeros milênios de atuação no mundo, os Mestres sabem exatamente o que pode ser feito e o que deve ser feito para ajudar cada indivíduo no seu estágio atual de evolução. Jamais agem baseados em personalismos e preferências, mas sempre de acordo com os méritos das pessoas, de suas condições cármicas e das oportunidades para estender o maior benefício ao maior número possível de pessoas, por meio das ações a serem realizadas por seus colaboradores no mundo.

A partir da década de trinta, do século XX, começou a aparecer um tipo especial de comunicação canalizada, dessa vez referindo-se aos Mestres “Ascensos”. Ao que tudo indica, essas comunicações começaram com as mensagens transmitidas por intermédio de Guy Ballard. As comunicações de Ballard começam com os detalhes do que teria sido seu primeiro encontro com o Mestre Saint Germain, no Monte Shasta, na California. Informou que de lá foi levado em seu corpo sutil, pelo Mestre, ao retiro de Monte Teton, escondido dentro daquela montanha em Wyoming, EUA. A partir de então suas experiências foram relatadas em diversos livros, como: Mistérios Desvelados, A Presença Mágica, Os Discursos EU SOU, Instruções de um Mestre Ascenso e O Amado Saint Germain Fala. Por ocasião de sua morte, no Retiro de Royal Teton, teria finalmente ascendido, passando a ser conhecido como o amado Mestre Ascenso Godfre.


O trabalho de Ballard parece ter aberto a caixa de Pandora de onde saíram uma infinidade de outras comunicações atribuídas aos Mestres Ascensos.
Essas comunicações foram “canalizadas” não só por sensitivos americanos, mas também de outros países, inclusive do Brasil. .

A PALAVRA FALADA

Os Mestres Ascensos conferem grande atenção à Ciência da Palavra Falada. Essa ciência ter-se-ia originado no momento da manifestação do Universo, pois, no princípio “Deus disse: ‘Haja luz’ e houve luz” (Gn 1:3). Para esse ato criador Deus não pensou nem meditou, mas sim disse, ‘haja luz’. O poder do Verbo é a energia mais poderosa de toda a manifestação. Os Mestres Ascensos ajudaram o homem moderno a “resgatar a Ciência da Palavra Falada, utilizada há 12 mil anos atrás nos templos sagrados da Lemúria e da Atlântida.”[30]


A Ciência da Palavra Falada é operacionalizada por meio de decretos. O homem, a quem Deus outorgou o poder de ser também um criador, deve ordenar por decreto às hierarquias criadoras, presididas pelos anjos e arcanjos, especificamente o que deseja realizar. O decreto é, portanto, “o poder do Verbo na solução de problemas e elevação da alma.” Foi revelado que: “o decreto é a mais poderosa das petições à Divindade. É uma ordem, proferida pelo filho ou filha de Deus em nome da Presença do EU SOU e do Cristo, para que a vontade do Todo-Poderoso seja manifestada, assim em baixo como no alto. É o meio pelo qual o reino de Deus se torna realidade aqui e agora, usando o poder da Palavra Falada.”[31]
Somos informados que o ser humano deve ter fé no poder dos decretos, pois “A lei cósmica afirma que as idéias expressas em palavras tornam-se obrigatoriamente realidade quando são proferidas em nome de Deus e pela autoridade da chama de Cristo.”[32] Para aumentar o incentivo ao uso da Ciência da Palavra Falada, o Senhor Maitreya teria anunciado por ocasião de uma conferência, realizada em Washington, D.C., em 01/07/1961, que: “De hoje em diante, todo decreto que proferirdes será multiplicado pelo poder de dez mil-vezes-dez mil”[33], ou seja, será cem milhões de vezes mais forte.
OS MESTRES ASCENSOS SÃO DEUSES ?

Monoteísmo é a crença em um só Deus.

Sistema ou doutrina daqueles que admitem a existência de um único Deus.
Deus Pai, o Deus máximo do universo, conhecido como Brahman, ou como o Grande Sol Central de toda a vida; Ele é Uno e nada jamais se comparará a Ele; só existe um Deus, um controlador do Universo, um provedor de toda a vida; Ele é, e está, no centro do todo.
Quando chamamos os seres ascensos de deus disso, deus daquilo, como por exemplo: deusa da liberdade, deusa da justiça, deusa da verdade, deusa da fortuna; estamos nos referindo a uma hierarquia de luz e superior a nós, mas que é inferior ao grande e único Deus, "O Todo Poderoso", mas muito superior ao nosso nível de consciência.
Os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca são superiores a nós e são considerados "deuses" porque são unos à mente e à verdade divina, do Deus Absoluto.
Eles já se libertaram da roda de encarnações, dominaram o tempo e o espaço e habitam o plano do espírito divino do Deus único.

Eles podem se locomover pelo tempo e pelo espaço universal em velocidades muito superiores à da luz. Ganharam não só a liberdade de locomoção pelo universo cósmico, como também a liberdade do conhecimento absoluto da verdade universal, pois agora estão unos à mente de Deus, que compreende, acima de tudo, a visão do Todo; eles aprenderam a anular de suas mentes os pensamentos ruins, permitindo apenas a pureza e a harmonia em suas mentes; fazendo dela uma casa para a mente de Deus.


Por isto veneramos estes seres, que podem e trabalham para nos ajudar a conquistar o mesmo caminho que eles já trilharam. Como irmãos mais velhos que sabem o melhor caminho e ajudam os pequeninos que ainda tem de se libertar da roda cármica do renascimento, eles lutam para nos mostrar o caminho para uma mente una à do Pai celestial.
Devido ao nosso livre arbítrio, dado por Deus, devemos nós mesmos buscar o contato com os Mestres e divindades cósmicas, que para nós são como deuses, para que possamos receber o apoio que eles nos oferecem.
Eles não podem interferir sem o nosso chamado. Não há necessidade de comunicar-se com todos os mestres, mas sugerimos que escolha aqueles em que seu coração confia; seja Jesus, Buda, Maria Santíssima, Saint Germain, El Morya, ou qualquer outro Mestre Ascenso.
Acima de tudo, faça as suas invocações sempre em nome de Deus Pai. Peça tudo sempre de acordo com a Vontade do Pai.
PAULO RODRIGUES SIMÕES
TRABALHANDO COM A ENERGIA DOS MESTRES

O trabalho com a energia dos mestres foi iniciado há muito tempo em nosso planeta. Na verdade, suas forças vêm sendo reforçadas desde o final do século XIX. Isso estimulou diversas pessoas a se abrirem às mensagens que os mestres estão enviando para ajudar a todos na esfera física.


Contudo, o planeta passou por um período turbulento nas primeiras décadas do século XX, fazendo com que os mestres se dedicassem a outros níveis de consciência para ajudar a humanidade a superar essa fase de guerras e transformações.
Em agosto de 1958, Mark L.Prophet criou um novo canal para os mestres, a Summit Lighthouse, com o apoio do mestre El Morya, o senhor do primeiro raio.
O propósito foi o de publicar e divulgar os ensinamentos da Grande Fraternidade Branca, uma ordem de seres iluminados composta pelos espíritos dos grandes mestres da humanidade e pelos discípulos que trabalham as energias.
A igreja informa que, por meio das mensagens dos mestres ascensos, dedica-se a desenvolver o potencial espiritual da humanidade; as mensagens também permitem ao ser humano compreender as realidades espirituais acima do plano físico, sintonizando-o com outras formas de existência e de energia.
Os ensinamentos dos mestres, transmitidos pelos canalizadores da Summit, dizem que os planos celestiais estão divididos em seções baseadas no sete; este é o número de raios de luz e energia, que são comandados por sete mestres, com sete qualidades divinas.
ENCONTRO COM O MESTRE

Não há dúvida de que o anseio por receber instrução do Mestre é legítimo. Porém não podemos nos esquecer de duas máximas do ocultismo. A primeira é que: “Quando o discípulo está pronto o Mestre aparece.” Será que realmente estamos prontos para ser instruídos pelos verdadeiros Mestres? Estamos prontos para enfrentar uma disciplina de treinamento mais exigente e rigorosa do que a dos atletas olímpicos, não só por alguns meses ou anos antes da competição, mas por toda nossa vida? Estamos prontos para assumir o compromisso de servir à humanidade, sem nenhuma distinção, por séculos e milênios sem fim, até que o último ser humano seja salvo? Estamos prontos para renunciar ao nosso conforto, aos nossos interesses pessoais e até mesmo aos nossos bens, para executar o trabalho do Mestre? Estamos prontos a continuar a servir, mesmo quando vilipendiados e injuriados? Estamos realmente conscientes de todas as implicações de nossa eventual aceitação como discípulo do Mestre?


A segunda máxima, uma extensão da lei do carma, é de que “Cada um tem o Mestre que merece.” Somente o próprio indivíduo pode avaliar o grau de sua pureza de coração, de seu altruísmo, de sua entrega à Deus, de seu amor incondicional por todos os seres, de sua humildade e de seu discernimento, para saber que tipo de Mestre ele merece.
AOS PÉS DO MESTRE

Aos Pés do Mestre, de autoria de Krishnamurti,

menciona que existem quatro qualificações para Senda.
“A primeira dessas qualificações é o Discernimento, usualmente tomado no sentido da distinção entre o real e o irreal, que conduz o homem a entrar na Senda. É isso; mas é também muito mais, e deve ser praticado não somente no início da Senda,

mas a cada passo, todo o dia, até o fim.


Os Grandes Instrutores alertam repetidamente que todo discípulo está se preparando para tornar-se um Mestre e, portanto, deve desenvolver seu intelecto, percepção e discernimento ao ponto de jamais ser enganado pelas ilusões do mundo.
Se aspiramos a nos tornar discípulos, devemos também desenvolver o discernimento, investigando todos os ângulos da doutrina que nos for apresentada.
Essa era uma recomendação constante do Senhor Buda: submetermos sempre ao crivo da mente e do coração os ensinamentos que nos são passados pelos sábios e pelas Escrituras, incluindo até mesmo a doutrina que ele havia ensinado.
A fé cega leva ao fanatismo e à estagnação.
A fé consciente, ao contrário, leva ao crescimento e, no seu devido tempo, à iluminação.
Que a Luz Divina ilumine nossas mentes e fortaleça a nossa determinação, para que possamos trilhar o árduo Caminho da Perfeição que leva, no seu devido tempo, aos pés do Mestre.

UM MESTRE ASCENSO

UM MESTRE ASCENSO É UM FILHO DE DEUS (COMO TODOS NÓS) QUE PASSOU PELOS TESTES E APRENDIZADOS DA VIDA TERRENA, REALIZOU SUA GRANDE OBRA, ALCANÇOU A UNIDADE COM DEUS, VOLTANDO À SUA ORIGEM DIVINA.

Nos três reinos que Deus criou, hominal (seres humanos) angélico (anjos) e elemental (seres da natureza), todos caminham para a expansão de sua luz interior, para a evolução infinita. Nada é estático na vida, tudo está à procura de alcançar o amor universal.


Nós seres humanos com o passar de diversas encarnações, vamos adquirindo mais aprendizado, mestria e domínio sobre as leis da matéria e do espírito. No decorrer de muitas experiências vividas aqui na Terra, vamos redespertando nosso Deus Interior, até um dia entrarmos em total união novamente com Ele. Quando isso acontece, o ser humano realiza a Ascensão na luz, se eleva ao nível de consciência divina, se tornando um MESTRE ASCENSIONADO.

Um Mestre da Luz vive nos planos superiores e não necessita mais reencarnar porque obteve todo o aprendizado e desenvolvimento de sua alma, realizando sua missão ou Plano Divino aqui no planeta. Como um Mestre Ascenso está em plena união com Deus, Ele naturalmente expressará todas as virtudes divinas, e como são grandes e belas essas virtudes. Com esse nível divino de consciência, um Mestre naturalmente não cria mais carma negativo porque pensa e sente diferente da consciência humana. Tem olhos voltados só para o bem de tudo o que existe e dedica sua energia para espalhar o seu amor por toda a criação.


Saindo do ciclo da roda das reencarnações, da situação de seres humanos vivendo na matéria passam para o estágio da união com o seu Ser Divino nos planos de luz, integrando e fazendo parte agora plenamente da Grande Fraternidade Branca, união de todos os seres iluminados.
Todos nós temos esse belo caminho a seguir, e o nosso livre-arbítro é o que vai determinar o momento de nossa Ascensão, pela nossa total entrega ao que é o Bem. Esses nossos irmãos que alcançaram antes de nós o retorno ao Pai, vibram pela nossa conquista e evolução neste mundo e estão sempre prontos e à espera de que invoquemos a Sua ajuda, orientação, amor e proteção.
SÃO OS MESTRES DE TODOS OS TEMPOS QUE REALIZARAM A ASCENSÃO, DE TODAS AS VERDADEIRAS RELIGIÕES , DO ORIENTE OU DO OCIDENTE, SEM DISTINÇÕES, PORQUE ESTÃO EM UNIDADE COM O TODO.
UM GRANDE AMIGO

Um Mestre está sempre pronto para ser nosso grande amigo e instrutor espiritual.


Imagine aquele grande ser que está disposto a toda hora a nos orientar, proteger, rogando para que a felicidade verdadeira faça parte novamente de nossa vida..., que grande amigo é um Mestre Ascensionado, Ele sabe e entende nossas dificuldades porque muitos Deles também peregrinaram na Terra passando por grandes provas assim como nós, outros são de diversos sistemas planetários.
Tudo isso é apenas um vislumbre do que é um Mestre e o que Ele pode fazer.
Tudo depende de nos abrimos para Deus e deixar a luz se manifestar, para que os queridos Mestres possam fazer maravilhas em nossas vidas.
Por isso a importância em utilizar a Chama Violeta, que dissolve tudo o que é negativo em nós. Mais purificados, começaremos a sentir as maravilhosas vibrações e influências dos Mestres. Entraremos mais em sintonia com esse grande conjunto de todos os seres de luz, do qual também fazemos parte, pois a Criação Universal foi feita pelo mesmo Criador.
TRANSMUTAÇÃO DO KARMA

A outra prática central atribuída aos Mestres Ascensos é a transmutação do carma por meio da chama violeta, de acordo com o ministério do Mestre Ascenso Saint Germain. Muitos decretos e rituais de cura estão voltados para esse fim.


Em primeiro lugar, convém investigarmos o método pelo qual esse procedimento teria se tornado possível. Numa citação anterior, de material canalizado pela Summit Lighthouse, foi dito: “A dispensação permitindo que a chama violeta fosse posta à disposição dos discípulos neste século foi concedida pelos Senhores do Carma porque Saint Germain compareceu perante esse augusto conselho para advogar, como defensor da humanidade, a causa da liberdade.” Em primeiro lugar, os Senhores do Carma, ou Lipikas, os “escribas” que registram todas as palavras e ações dos homens nesta Terra, como são conhecidos na literatura esotérica, “são os agentes do carma e não membros de um suposto conselho do carma. O carma sendo a lei fundamental e inexorável da operação da manifestação do universo não está sujeito a “deliberações” de um conselho. Tampouco os Mestres agem como políticos, de forma emotiva visando o impacto popular, procurando modificar uma lei irrevogável “advogando, como defensores da humanidade, a causa da liberdade.”
A transmutação, porém, é uma realidade conhecida da alquimia. Como Saint Germain foi o maior alquimista conhecido, é natural que os rituais de transmutação sejam sempre referidos a Ele, principalmente quando é utilizada a chama violeta, instrumento de trabalho notório do Sétimo Raio.

TRABALHANDO COM A ENERGIA DOS MESTRES

O trabalho com a energia dos mestres foi iniciado há muito tempo em nosso planeta. Na verdade, suas forças vêm sendo reforçadas desde o final do século XIX. Isso estimulou diversas pessoas a se abrirem às mensagens que os mestres estão enviando para ajudar a todos na esfera física.


Contudo, o planeta passou por um período turbulento nas primeiras décadas do século XX, fazendo com que os mestres se dedicassem a outros níveis de consciência para ajudar a humanidade a superar essa fase de guerras e transformações.
Em agosto de 1958, Mark L.Prophet criou um novo canal para os mestres, a Summit Lighthouse, com o apoio do mestre El Morya, o senhor do primeiro raio.
O propósito foi o de publicar e divulgar os ensinamentos da Grande Fraternidade Branca, uma ordem de seres iluminados composta pelos espíritos dos grandes mestres da humanidade e pelos discípulos que trabalham as energias.
A igreja informa que, por meio das mensagens dos mestres ascensos, dedica-se a desenvolver o potencial espiritual da humanidade; as mensagens também permitem ao ser humano compreender as realidades espirituais acima do plano físico, sintonizando-o com outras formas de existência e de energia.
Os ensinamentos dos mestres, transmitidos pelos canalizadores da Summit, dizem que os planos celestiais estão divididos em seções baseadas no sete; este é o número de raios de luz e energia, que são comandados por sete mestres, com sete qualidades divinas.
TRANSMUTAÇÃO DO KARMA

A outra prática central atribuída aos Mestres Ascensos é a transmutação do carma por meio da chama violeta, de acordo com o ministério do Mestre Ascenso Saint Germain. Muitos decretos e rituais de cura estão voltados para esse fim.


Em primeiro lugar, convém investigarmos o método pelo qual esse procedimento teria se tornado possível. Numa citação anterior, de material canalizado pela Summit Lighthouse, foi dito: “A dispensação permitindo que a chama violeta fosse posta à disposição dos discípulos neste século foi concedida pelos Senhores do Carma porque Saint Germain compareceu perante esse augusto conselho para advogar, como defensor da humanidade, a causa da liberdade.” Em primeiro lugar, os Senhores do Carma, ou Lipikas, os “escribas” que registram todas as palavras e ações dos homens nesta Terra, como são conhecidos na literatura esotérica, “são os agentes do carma e não membros de um suposto conselho do carma. O carma sendo a lei fundamental e inexorável da operação da manifestação do universo não está sujeito a “deliberações” de um conselho. Tampouco os Mestres agem como políticos, de forma emotiva visando o impacto popular, procurando modificar uma lei irrevogável “advogando, como defensores da humanidade, a causa da liberdade.”
A transmutação, porém, é uma realidade conhecida da alquimia. Como Saint Germain foi o maior alquimista conhecido, é natural que os rituais de transmutação sejam sempre referidos a Ele, principalmente quando é utilizada a chama violeta, instrumento de trabalho notório do Sétimo Raio.

OS MESTRES ASCENSOS

EL MORYA
RETIRO EM DARJEELING, INDIA-

DONS DA FÉ NA VONTADE DE DEUS E PALAVRAS DE SABEDORIA


Chefe do Conselho de Darjeeling da Grande Fraternidade Branca, estadista,poeta, economista e santo, fundador da Summit Lighthouse.
Em encarnações passadas na Terra foi.:Na civilização da Suméria, há 2100 anos a.C foi Abraão principe dos Caldeus e pai da nação hebraica: Akbar, o maior imperador mongol conhecido(1542);Melquior, um dos três reis magos do Oriente; Rei Artur guerreiro e guru da escola de mistérios de Camelot;;Thomas Beket e Tómas Moro(Canonizado pelo Papa Leão XIII, conselheiros de Reis ingleses Henrique II e Henrique VIII; Tomas Moore, poeta na Irlanda; Principe Indiano Mori Wong de Koko Nor;
Em 1898, Morya já cumprira os requisitos para a sua ascensão, Em 1952 ajuda na criação da Ponte Para a Liberdade;Conhecido como o Mestre M. dos Himalaias patrocinou a Sociedade Teosófica; em 1958 fundou a Summit Lighthouse.

Chohan do Primeiro Raio, sustenta os atributos divinos da fé, força, poder, proteção e Vontade Divina. Mestre El Morya é o Chohan (diretor ou dispensador) do Primeiro Raio ou Azul, que corresponde aos atributos divinos da Vontade Divina, fé, proteção, coragem e força. Seu raio gêmeo é Miriam e seu templo etérico localiza-se sobre a cidade de Darjeeling, na India. A música para entrar em sintonia com a energia desse majestoso mestre é Pomp and Circunstance, de Elgar. Em sua última encarnação terrena, foi El Morya Khan, filho do monarca de Bangladesh. Nesta existência, ele renunciou ao trono do qual era herdeiro e abraçou a vida religiosa, tendo ascencionado em 1888. Muitas foram as obras de Mestre El Morya no serviço à Luz. Ele foi Matusalém, o homem que viveu quase mil anos mencionado na Bíblia. Foi iniciado e instruído em vida por seu pai Enoch, com o qual construiu O Grande Templo Sagrado que não sobreviveu as guerras e saques ao longo da História. Seu padrinho espiritual era Melquizedec (para muitos, Sanat Kumara). Viveu também como Abraão, o patriarca do Povo Hebreu, sempre citado pela fiel obediência a Deus e ao Plano Divino. Determinação, firmeza e liderança são os mais marcantes traços de El Morya, que encarnou vários reis como Nabucodonosor, da Babilônia (630 aC); Leônidas, de Esparta (532 aC); Melchior, um dos reis magos que deu aporte energético ao nascimento de Jesus; e Arthur, o unificador dos clãs da Inglaterra no século VI. Na Mongólia, foi imperador duas vezes entre os séculos XIV e XV: como Akbar, o Grande, que unificou seu povo e transmitiu-lhe os valores do monoteísmo; e Shah Jahan, o lendário construtor do Taj Mahal, um monumento ao amor até hoje cultuado no islamismo. Em duas de encarnações na Inglaterra, foi canonizado pela Igreja Católica. Numa foi Thomas Becket (1118 - 1170), arcebispo de Canteburry martirizado por desafiar os desmandos do rei Henrique II. Na outra, Thomas Morus (1478 - 1535), pensador, estadista e advogado, escritor da obra Utopia, um tratado sobre a justiça e a igualdade social. Por suas idéias avançadas e polêmicas, foi preso e decapitado a mando de Henrique VIII.

Diz Mestre El Morya:
"A vontade de Deus é o bem. A Vontade de Deus quer a criatura livre. A Vontade de Deus quer ajustar o eixo da Terra e assim restabelecer o equilíbrio do clima. A Vontade de Deus quer que toda pessoa, por si própria, obtenha o suprimento de suas necessidades diárias. A Vontade de Deus quer que desapareçam as doenças, as mortes, as limitações de toda sorte e o desequilíbrio da mente e do corpo; quer que desapareçam a indisciplina, a impureza e a grosseria; quer que novamente brilhe a Luz Fundamental; quer que a Terra ostente, outra vez, as cores claras e brilhantes e a beleza que possuía ao ser concluída pelo Elohin." Apelo ao Mestre El Morya:
Bem amado Mestre Ascensionado El Morya, eu Vos amo e Vos abençôo. Sou grato pelo Vosso serviço a mim e a toda a humanidade. Envolvei-me em Vossa Chama Azul-Branca do Amor e deixai-me sentir a Vossa Força e o Vosso Poder, para manter a Idéia Divina e trazê-la à manifestação, abençoando a todos. Ajudai-me a dizer à minha Bem-Amada Presença Divina: "seja feita a Vossa Vontade e não a minha". Ajudai-me a sentir e compreender Vossa iluminada obediência perante a Vontade de Deus, Vossa humildade espiritual perante o Amor Divino, Vossa reverência a Deus e Seus Representantes e à Presença Divina em cada Coração Humano. Apelo à Vontade Divina:
A Vontade de Deus é o bem A Vontade de Deus é Luz A Vontade de Deus é bem-aventurança A Vontade de Deus é paz A Vontade de Deus é pureza A Vontade de Deus é equilíbrio A Vontade de Deus é bondade
(fazer três vezes)
MESTRE KUTHUMI

Instrutor do Mundo, ele sustenta as virtudes do Segundo Raio - iluminação, sabedoria e discernimento - e auxilia a todos que buscam a Verdade de Deus.


Na Grande Fraternidade Branca, o Bem Amado Mestre Kuthumi ocupa o cargo de Instutor do Mundo, que também é desempenhado por Mestre Jesus. Sua função é transmitir a Verdade Divina ao homem por meio das religiões. Como um ser do Segundo Raio (amarelo-dourado), auxilia a todos que desejam conhecer as leis espirituais e serem bons instrutores de seus semelhantes. Atua em conjunto com o Grande Diretor Divino, Senhor Maitreya, no santuário deste em Cachemira, na India.
Mestre Kuthumi encarnou-se muitas vezes na Terra antes da ascensão. Numa de suas passagens pelo Egito, foi o faraó Amenófis IV, empreendedor do culto ao Deus Aton - Supremo Ser Universal representado pelo Sol. Por devoção ao Deus Uno, mudou seu nome para Akenaton (servidor de Aton) e procurou libertar o povo egípcio das falsas noções religiosas e superstições. Infelizmente, o culto à Grande Divindade teve curta duração no Egito, pois não foi sustentada pelos sacerdotes após à morte do faraó. Nos anos 2000 a.C, viveu como rabino e participou da escritura do Novo Testamento e do Talmude, código moral e espiritual do povo hebreu.

No ano de 570 a.C., encarnou como o grego Pitágoras, grande filósofo e ocultista. Sua trajetória de vida levou-o a estudar no Egito e na Babilônia, onde inciou-se nos mistérios de Isis e de Osíris, dos magos caldeus, dos zoroastristas e dos mosaístas. Ao retornar para a Grécia como um grande iniciado, fundou na ilha mediterrânea de Crotona sua famosa escola de filosofia esotérica - o Instituto Pitagórico, misto de colégio de educação, academia de ciência e cidade modelo. Ali o sábio ensinava que os deuses, diversos em aparência, eram os mesmos em todos os povos, visto que eles correspondiam a vários aspectos de um mesmo Deus, Supremo e Único. Pregava a tolerância para com todos os cultos; a unidade dos povos e das religiões. Pai da numerologia, Pitágoras ensinava também que os números continham o segredo de todas as coisas e que Deus era a Harmonia Universal. Esse é o principal toque pessoal que o Mestre imprimiu em todos os seus discípulos através dos tempos: o pendor universalista, a vocação fraterna e crística que, liberta de dogmas e separatismos religiosos, devota-se ao trabalho de unificação espiritual. Em outra vida do Mestre, no tempo de Jesus, foi Baltazar, um dos três Reis Magos que seguiram a estrela de Belém e foram homenagear o Filho do Homem. Mas, certamente, uma de suas mais belas experiências na Terra foi como Francisco de Assis, o jovem que abdicou da fortuna de sua família e abraçou a vida de serviço e adoração a Deus. No século XIX, já como Mestre Kuthumi, viveu nos altos do Himalaia, no Tibete. Junto ao Mestre El Morya, fundou, em 1875, a Sociedade Teosófica por meio de Helena Blavatsky, a quem foram transmitidos os conceitos básicos da teosofia. Essa doutrina trouxe ao Ocidente o conhecimento esotérico da India..

Diz o Mestre Kuthumi: "Vós, diletos corações, não vos canseis indo a qualquer lugar à procura da Presença Divina. Praticai o silêncio! Abri vossos olhos na paz do próprio mundo dos sentidos e sede cientes do majestoso Poder Divino que se encerra nas batidas do vosso coração. Deixai a Natureza Divina penetrar-vos completamente, bem como em todos os lugares onde sois obrigados a permanecer, e procurai provar ao vosso sentido a Onipotência, o Amor e a Presença Divina. Quereis prestar algum serviço a Mim? Então pensai todas as manhãs na natureza de vossa própria Presença, no poder de vossa Presença na maestria de vossa Presença. Observai-A por alguns momentos em silêncio e depois retirai-vos do silêncio e rocurai ser, ao menos por meia hora, essa Presença."
Oração de São Francisco:
Senhor, fazei-me instrumento de Vossa Paz. Onde haja ódio, consenti que eu semeie amor; perdão, onde haja dúvida; eserança, onde haja desespero; luz, onde haja escuridão; alegria, onde haja tristeza. Ó Divino Mestre, permiti que eu não procure tanto ser consolado quanto consolar; ser compreendido quanto compreender; ser amado quanto amar. Porque é dando que recebemos; perdoando que somos perdoados; e é morrendo que nascemos para a Vida Eterna.

MESTRE CONFÚCIO
Como chohan do Segundo Raio (Amarelo-dourado), ele sustenta os atributos divinos da sabedoria crística, da iluminação e do discernimento
Sucedendo ao Mestre Lanto, que ocupa hoje o cargo de Diretor Divino, Mestre Confúcio é o atual chohan do Segundo Raio e hierofante do Templo do Royal Teton, nos EUA. Em sua última encarnação como o célebre filósofo chinês que viveu entre 551 e 479 a.C., Mestre Confúcio deu um grande exemplo de sabedoria e iluminação, principais atributos do Segundo Raio. Reverenciado como Sábio Supremo, deixou ensinamentos seguidos por mais de 2 mil anos - até que a revolução comunista proibisse o estudo do confucionismo e destruísse os templos em que ele era transmitido. A maior contribuição de Confúcio ao povo da China foi um código de conduta que pregava o respeito aos ancestrais e à Vontade Divina. Ele ensinava que a sociedade ideal é resultado da harmonização de cinco afinidades: entre governante e ministro, marido e esposa, pai e filho, irmão mais velho e mais jovem, amigo e amigo. Os relacionamentos, por sua vez, deveriam estar baseados no conceito de ren (humanidade e amor) praticado por meio do li (ética comportamental).

Diz o Mestre Confúcio:


"Do centro do vosso coração irradia-se, constantemente, a Força Divina com a qual vosso corpo é suprido. Quanto mais vos concentrardes nesse centro de Luz, aceitando essa Força como única Fonte atuante, tanto mais intensa, abarcante e irradiante torna-se a mesma, assumindo total liderança em vossa vida. Isso significa o renascimento do Cristo, o Homem Divino que determina toda a vossa atividade".

Apelo ao Mestre Confúcio:


Em nome da minha Presença EU SOU e com o poder e a autoridade do Fogo Sagrado em meu coração, apelo a vós, Mestre Ascensionado Confúcio, precipitai, precipitai, precipitai da fonte de toda a vida tudo que for necessário para concretizar-se meu Plano Divino. Eu vos
agradeço.
Decreto da iluminação:
EU SOU o poder transmutador que ilumina a minha consciência EU SOU o renascimento da consciência crística em mim EU SOU o sol da iluminação que sustenta todo o planeta EU SOU, EU SOU, EU SOU a iluminação do Deus Meru Que liberta cada ser, a humanidade e toda a Terra. Decreto da Chama Dourada da vitória:
A pureza do ouro A vitória de Deus É constante e sagrada a mensagem de Deus Consciente de Deus que EU SOU Paciente vidência de Deus que EU SOU A verdade e a pureza de Deus que EU SOU Oh vitória, vitória, vitória de Deus Neste dia eu conclamo a vitória de Deus Oh vitória, vitória, vitória da Luz Hoje sim em proclamo a vitória da Luz Vitória para tudo e todos em todos os lugares da Criação Nós agradecemos.
MESTRE LANTO

SE TORNOU UM MESTRE ASCENSIONADO POR VOLTA DE 500 A.C

O Senhor Lanto, grande luz da antiga china, presta agora serviços como um dos principais sábios da América. O Senhor do 2º raio, Lanto, é um Mestre Ascenso em cuja presença a sublimidade da Mente de Deus pode ser tocada.
Lanto dá aulas no Retiro do Royal Teton que corresponde ao Grand Teton em Wyoming EUA; pois é neste foco antigo de grande luz que as sendas de todos os Sete Mestres são ensinadas e onde os sete raios dos Elohim (Senhores dos Elementais) e dos Arcanjos estão ancoradas, situadas, em santuários. Todos os membros da Grande Fraternidade Branca freguentam este ponto de encontro. Mestre Lando ensina-nos a alcançar a iluminação. Optando pelo uso do raio amarelo para envolver os corações de toda a humanidade, Lanto dedicou-se ao aperfeiçoamento das evoluções desse planeta através da CHAMA DOURADA.

EVOLUÇÃO DE LANTO
Podemos acompnhar a sua evolução como Sumo Sacerdote no Templo da Mãe Divina no continente perdido da Lemuria - Oceano Pacífico- e em outras várias reencarnações na Atlântida.
Depois do afundamento da Atlantida ( cataclismas em :800.00 mil anos; depois 200.000 anos; depois 80.000 anos )e do desaparecimento de sua última ilha - Poseidonis em 9.564 A.C, citada por Platão, que se afundou também em etapas, muitos adeptos e sacerdotes do FOGO SAGRADO levaram as CHAMAS para outras partes da Terra.
Era um ritual altamente necessário, uma vez que as CHAMAS focalizavam certas qualidades da Consciência de Deus em prol do Planeta e dos seus povos .
LANTO foi e é um Mestre do Poder da Precipitação.Um processo alquímico de atrair luz e substância cósmica do Universal, fazendo-a materializar numa forma física ( uma matriz material predeterminada) através da Ciência da Palavra Falada.

Lanto encarnou mais tarde como um governante da China e como um contemporâneo de Confúcio ( 551-479 A.C). Depois de sua ascensão, aceitou o cargo de Mestre Presidente do Conselho do Royal Teton a fim de trazer ao mundo ocidental a chama da Ciência , da Tecnologia, da Cultura da Mãe e do respeito à vida.


Mestre Lanto, de coração Venusiano, foi um dos primeiros guardiães da Chama e ajudou a SANT KUMARA na construção de SHAMBALLA.Ele veio trazer a luz na sua missão ao Planeta cuja humanidade se desumanizara e havia perdido o fogo original e a inteligência que animava a sua divindade.
LANTO adorava tanto a chama trina no coração que o brilho intenso dessa centelha divina podia ser vista através que um brilho- um halo dourado- que envolvia seu peito.
Ao longo dos séculos XIX e XX, Lanto deu seu fiel apoio aos esforços de Saint Germain para libertar a Humanidade através da divulgação dos Ensinamentos dos Mestres Ascensos sobre a Presença EU SOU e o FOGO VIOLETA.
A 3 de Julho de 1958, o Mestre Lanto passou seu cargo de Hierarga do retiro do Royal Teton para o Mestre Ascenso Confúcio e assumiu o cargo de Senhor do Segundo Raio que era ocupado por Kuthumi.
Kuthumi- que foi Saõ Francisco - deixou o cargo de Senhor do Segundo Raio passando a servir com Mestre Jesus como Instrutores do Planeta.
Em 30 de Outubro de 1966, Lanto recebeu do Conselho do Carma uma dispensação muito importante para todos os establecimentos de ensino superior, seminários, faculdades :
UMA PODEROSA, TRANSCEDENTE CHAMA DOURADA DE ILUMINAÇÃO COLOCADA A UMA ALTURA DE 30 METROS NA ATMOSFERA POR CIMA DOS ESTABELECIMENTOS CITADOS.
Qualquer estudante de um estabelecimento de ensino superior pode invocar a ação desta chama e aumentar o espledor áurico dos dons da sabedoria e do conhecimento.
Nota Chave do Retiro do Royal Teton - "Canto à Estrela da Tarde" da ópera Tannhauser, de Wagner.
MESTRA ROWENA

Chohan do Terceiro Raio ou Rosa, sustenta os atributos divinos do puro amor incondicional de Deus, adoração, beleza e reverência


Mestra Rowena é a Chohan (diretora ou dispensadora) do Terceiro Raio ou Rosa. Ela assumiu suas funções em 1964, recebendo o cargo do Mestre Paulo, "o Veneziano", que, por muitos eons, foi o dirigente desde raio cujos atributos são amor incondicional, beleza, reverência e adoração.
Rowena é raio gêmeo do Mestre Vitória e ambos são e Vênus. Seu templo localiza-se nos planos dimensionais superiores sobre a Inglaterra. Ela é conhecida como a "Mestra da Delicadeza, da Diplomacia e da Beleza".
A amorosa Rowena interessa-se muito em estimular talentos, tanto os latentes como os já descobertos, pois toda emanação de vida é dotada de um talento ou aptidão que deve ser desenvolvida para seu progresso espiritual. Ela protege, estimula e mantém os realizados que já alcançaram suas metas nesta vida e faz o mesmo com os aspirantes que estão se iniciando no caminho.
O Terceiro Raio representa a força magnética da Chama Rosa do Amor Divino ou Incondicional. É a energia que liga a idéia divina à forma física. É a essência do Amor Divino que une todas as formas e todos os átomos, que mantém o universo coeso, atado e integrado.
A Chama Rosa representa o amor, a harmonia, a tolerância, o tato, a compreensão e a diplomacia. Sua energia possibilita ativar a sensibilidade que existe dentro de nós, dando-nos competência para procurar a felicidade e descobrir a beleza que existe em toda parte.
Mestra Rowena atua também juntamente com Mestra Nada do Raio Rubi (Sexto Raio) na chamada "Casa Rubi" da Fraternidade, o grande foco de Amor para a nossa Era. Para fazermos um boa conexão com o Raio Rosa e Mestra Rowena, usamos um cristal de quartzo rosa, a pedra do amor.

Diz Mestra Rowena:


"É de máxima importância que os próprios discípulos aceitem as irradiações e as bênçãos do Terceiro Raio por meio da contemplação, da atividade, do Puro Amor Divino e do Equilíbrio que ele contém. Realizar, no mundo da forma, o Santo-Ser-Crístico em ação significa dar assistência e compreensão total ao próximo, colaborando com o conselho espiritual. Enquanto seguis as instruções do próprio Santo-Ser-Crístico, trazeis a iluminação aos vosso próprio ser e ao vosso mundo. Sereis assim um centro de irradiação do Puro Amor Divino para a evolução da Terra." Apelo à Mestra Rowena:
Amorável Rowena... irmã na luz Trazei-nos a beleza do amor celestial Sois tão boa, paciente e compreensiva Bela Rowena, nós te amamos. Queremos conhecer o sentido da vida Ajudai-nos a ser guardiões de nossos irmãos Onde houver trevas, espalha ao máximo o amor Auxilia-nos, legiões celestes, a redimir a dor. Amorável Rowena fazei-nos fortes e firmes Exercitai o poder do Amor para remir os defeitos Pelo vosso serviço amoroso, que é dado a todos Pela glória de Deus apelamos agora. Deusa da Liberdade abençoai este Amor Nossa amiga e irmã... Oh Santa Rowena Sois poder e força, todos os dias abençoada Amamos o Terceiro Raio e nossa bela Rowena.

Invocação ao Amor Divino:


Em nome de nossa poderosa Presença EU SOU, das abençoadas mestras Rowena e Nada, do Arcanjo Samuel e do Elohim Órion, pedimos à Chama Rosa do puro Amor Divino: derramai a abençoada e harmoniosa irradiação do puro Amor Divino em toda vida e envolvei a Terra com estas vibrações possibilitando toda pessoa a se transformar em um luminoso foco de luz desta divina virtude. EU SOU o poder do puro Amor Divino que dirige todos os acontecimentos sobre a Terra conduzindo-os a Perfeição. (repetir três vezes).

Apelo à Chama Rosa:


Em nome da minha Presença Divina EU SOU e com o poder da força magnética ancorado no Fogo Sagrado, apelo ao Bem-Amado Himalaia, à Amorável Mestra Rowena, aos Bem-Amados Arcanjos Samuel e Caridade que preencham meu santuário sagrado com o Amor Divino e enviem seus anjos de luz que atuam no Raio Rosa para que carreguem com a Chama Rosa do puríssimo Amor Divino cada átomo deste edifício, desde o alicerce até o telhado. Carreguem também minha família, propriedades, objetos,meus quatro corpos inferiores e a todos com quem estou ligado com o fogo róseo do amor incondicional. Que a Chama Rosa ajude-me a sustentar a força crescente deste momentum de Amor. Ajudem-me a sobressair o rosa da Chama Trina do meu coração como uma bênção para tudo e toda vida que comigo entre em contato. Em nome do Altíssimo, considero realizado este apelo. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
MESTRE PAULO, O VENEZIANO
RETIRO NO SUL DA FRANÇA, TEMPLO DO SOL, NOVA IORQUE

DIVINO ARTISTA que confere através da excelência de obras a imagem de Cristo única de cada alma, penetrando correntes de vida por meio das disciplinas do amor, para as iniciações do Sagrado Coração e da Arvore da Vida:


" Aprende a gostar de fazer tudo bem feito e conseguirás"

Sustentando as energias do Espírito Santo para a humanidade, é quem nos dá o alento da vida


Mestre Paulo, o Veneziano é o Maha Chohan da Grande Fraternidade Branca. Nessa função, canaliza a Luz do Coração do Universo para os Chohans ou diretores dos Raios. Representa a energia do Espírito Santo para a humanidade, que vivifica toda forma de vida nos reinos humano e elemental. É dele que recebemos o primeiro alento quando nascemos e, quando desencarnamos, é também ele que recebe o nosso último suspiro. Como ser do Terceiro Raio, é especialmente dedicado aos atributos do amor divino, inteligência criativa, beleza, comunhão e compaixão. Em sua última passagem pela Terra, ele foi o pintor renascentista Paolo Veronese (1528 - 1568), um devoto da beleza, da religiosidade e da perfeição. Quem deseja desenvolver as faculdades da criatividade e da intuição recebe desse Mestre todo auxílio necessário.
O Maha Chohan é um amoroso consolador de todo ser humano, que se empenha em nos motivar a entrar no ritmo vibratório de Sua natureza até que incorporemos os Seus atributos. Seu templo etérico fica sobre a ilha de Sri Lanka, ao sul da India. A música-chave desse mestre é At Downing, de Cadman.

Diz Mestre Paulo Veneziano:


"Gostaria de ajudar-vos a conseguir o verdadeiro estado de paz, tornando-vos uma presença consoladora para os demais. Discípulos, quando conhecerdes a preciosa paz, vereis cada criatura retribuir-vos o consolo. Apelai à vossa própria Presença Divina e apelai a Mim pedindo esta graça; então, ireis desenvolver uma nova concepção de tudo que vos rodeia." Apelo ao Mestre Paulo, o Veneziano:
Bem-amado Mestre Ascensionado Paulo, o Veneziano, eu Vos amo e Vos abençôo. Agradeço por tudo que tendes feito por mim e por toda a humanidade. Ensinai-me a ser nobre e que eu tenha o privilégio de possuir as Vossas virtudes: tolerância, tato, diplomacia, paciência, gratidão e capacidade de conviver com meus semelhantes. Decreto do amor incondicional:
EU SOU o amor que preenche meu mundo material EU SOU o amor que a tudo compreende EU SOU o amor ilimitado que me une a toda criação divina EU SOU a oportunidade amorosa de caminhar na luz EU SOU reconhecedo o amor em todos os seres EU SOU sustentando o amor e harmonia entre anjos, homens e elementais EU SOU estabelecendo para a Terra o seu plano de amor EU SOU, EU SOU, EU SOU.

SERAPIS BEY

RETIRO EM LUXOR-EGITO; DONS NA REALIZAÇÃO DE MILAGRES


Hierarca de Luxor- Egito, mentor de almas ascendentes nas aplicações do fogo sagrado, arquiteto de ordens sagradas, da vida interior e de cidades da era do ouro, disciplinador militar das forças da Luz , da Paz e da Liberdade Cósmica:
"EU SOU o guardião".

Chohan do Quarto Raio (Branco Cristal), sustenta os atributos divinos da pureza, ascensão, artes, ressurreição, autodisciplina e ordem.


Serapis Bey foi um rei-sacerdote em Atlântida, onde já atuava no Templo da Ascensão. Com a proximidade da queda da Atlântida, os oficiantes e guardiões das chamas sagradas foram avisados e, assim, ele fugiu com seu grupo se servidores da luz para Luxor, no Egito, onde ancorou o novo Templo da Ascensão. É do mesmo templo, posteriormente realocado para a Quarta Dimensão, que ele atua como dispensador do Quarto Raio para a humanidade, sustentando os atributos da pureza, ascensão, artes, ressurreição, autodisciplina e ordem. Serapis Bey várias encarnações no Egito. As mais conhecidas foram como os faraós Akhenaton IV e Amenophis III (construtor do Templo de Tebas e de Karnak). Apaixonado por arquitetura, construiu noutra de suas encarnações, na Grécia, o famoso Parthenon. Tem sido grande construtor de templos, tanto físicos como internos, a serviço da Luz. Ascencionou no século IV a.C.. Diz o Mestre Serapis Bey:
"Sinto-me honrado em responder a qualquer pergunta relacionada com o emprego da poderosa Chama da Ascensão, cujo objetivo é elevar toda consciência à sua antiga e natural condição divina. Cada elétron de luz que flui prazerosa e ininterruptamente da Fonte do Universo ao vosso coração contém, latente, a virtude do Fogo Sagrado. O Fogo que abastece a vossa mesa e veste o vosso corpo; o Fogo que transmuta a vossa transgressão em harmonia; o Fogo que, tal como um elixir, restaura as forças que possuístes em tempos passados no Grande Sol Central, na esfera interna e também nesse mundo físico; o Fogo que, unido à Chama Cósmica, quando o vosso momentum estiver edificado, irá presentear-vos como grande acontecimento que conheceis como ascensão."

Apelo ao Mestre Serapis Bey:


Amado Mestre Serapis Bey Muito te amamos e agradecemos pela chama da ascensão O caminho para nós e para a humanidade Em nome da sagrada Presença EU SOU Apelamos a Serapis Bey e à Fraternidade da Ascensão Para que mantenham a Chama Branca em nossas vidas Atuando em nossos corpos mental, emocional e físico Bem como no dia a dia em nossos lares, finanças e interesses Permiti que mediante seu impulso o poderoso Raio Branco ascensione tudo em nossa vida Amor, Felicidade, Abundância, Saúde, Vitória e Perfeição Mantendo isso para toda a Eternidade. Assim É!
Decreto:
"EU SOU a Presença de Deus" (Visualizando a chama branca) EU SOU a Presença de Deus em ação, pensamentos, palavras e sentimentos... EU SOU a Presença de Deus eliminando as imperfeições... EU SOU a Presença de Deus ativando os átomos e elétrons de meu corpo físico... EU SOU a Presença de Deus harmonizando-me e equilibrando-me... EU SOU a Presença de Deus trazendo a abundância às minhas mãos... EU SOU a Presença de Deus manifestada em saúde e paz EU SOU... EU SOU... EU SOU... EU SOU a Presença de Deus!
HILARION

RETIRO EM CRETA-GRÉCIA; DONS DA CURA

Mentor da Verdade Imortal, da Ciência divina, de todos os ramos físicos e metafísicos da ciência e das artes curativas; o eterno empirista que traz à senda iniciática aquele que procura a verdade. "Conhecereis a verdade e a Verdade vos libertará

Chohan do Quinto Raio, sustenta os atributos divinos da verdade, abundância, ciência, concentração e cura


Em épocas remotas, antes de a Atlântida submergir no Oceano Atlântico, muitos sacerdotes e sacerdotisas de Ordens Brancas foram incumbidos de levar para outros países da Terra os elevados ensinamentos da Sabedoria Divina, para que não se perdessem com Atlântida. Mestre Hilarion, na época ainda não ascensionado, encontrava-se num desses grupos de iniciados, ao qual foi confiada a Chama da Verdade. Este grupo de escolhidos aportou na Ilha de Creta, na Grécia, e lá ancorou a Chama Verde, a Luz da Verdade. Desde então, a Sagrada Chama irradia-se para toda a Terra expandindo a verdade nos pensamentos e sentimentos das criaturas. Hoje, o maravilhoso Templo da Verdade da Ilha de Creta só existe nos planos etéricos, pois foi destruído por guerras através da história da humanidade. É de lá que Mestre Hilarion sustenta os atributos do Quinto Raio (verde) da verdade, concentração, ciência, abundância e cura. Seu raio gêmeo é a Mestra Palas Athena.
Hilarion foi o apóstolo Paulo de Tarso, que depois de perseguir os cristãos e julgá-los com base em testemunhos falsos, descobriu a verdade e converteu-se ao cristianismo, ao qual dedicou-se para o restante de sua vida. Foi depois canonizado pela Igreja como São Paulo. Sob a Luz de Hilarion e as vibrações do Raio Verde, as pessoas materialistas e céticas recebem grande impulso para abrir-se à espiritualidade.
O Mestre protege as pessoas que são vítimas de falso julgamento e também atua na cura, tanto física quanto espiritual de todos os que invocarem suas bênçãos.

Diz o Mestre Hilarion:


"A doença surge sempre que o ser humano, pelo mau uso das energias sagradas, cria a desarmonia, dá força energética a ela e densifica-a em seu próprio plano, afastando-se da ordem divina.
A doença é assim gerada pela própria pessoa num momento de desamor, isto é, ao invés de qualificar positivamente a energia que vem do Pai, ela a usa de forma negativa e imperfeita. Assim, se a doença brota do desamor, a cura deverá brotar do amor." Apelo ao Mestre Hilarion:
Chama Verde de Hilarion(3x) Rogo a cura para mim, para os meus, para o meu mundo, para todos os humanos e para a Terra e sua atmosfera Chama Verde de Hilarion(3x) Derrame-se sobre os hospitais, casas de saúde e onde haja desequilíbrio físico, emocional e espiritual Chama Verde de Hilarion (3x) Carregue a todos com a mais pura chama da cura e liberte a humanidade do sofrimento

Meditação para a cura:


Sente-se relaxado num lugar tranqüilo, coloque ao fundo uma música suave mentalize-se envolvido por uma pirâmide da mais brilhante luz verde.
Respire profunda e lentamente. Apele ao Arcanjo Rafael e à Mãe Maria para que dispensem e permitam a cura total de seus corpos físico e espiritual. Veja e sinta suas mãos pulsando e se transformando em "mãos de luz", sempre na luz verde. Com suas mãos de luz você vai curando cada órgão ou parte de seu corpo que esteja em desequilíbrio ou doente.
Finalize o exercício com o apelo ao Mestre Hilarion:
Amado Mestre Hilarion Mantende a Verdade e a Cura Registradas em meus corpos e ao meu redor Eu Sou a Verdade, a Consagração e a Cura Eu Sou a Verdade, a Consagração e a Cura Eu Sou a Verdade, a Consagração e a Cura Apelo para a cura planetária:
Visualize-se dentro de uma pirâmide de fogo verde mantida por seres do Quinto Raio. De dentro dela, a chama verde começa a se expandir e vai envolvendo todo o planeta Terra.
Faça a afirmação: Eu Sou a Verdade manifestada na perfeita harmonia de meus corpos Eu Sou a Verdade que se manifesta no gesto amoroso de curar e restituir o plano divino Eu Sou a Verdade manifestada na compreensão do mistério da vida através da ciência divina Eu Sou a Verdade que se implanta em cada ser deste planeta Eu Sou a Verdade que consagra cada emanação de vida e toda a Terra Eu Sou a Verdade, a abundância e a cura planetária.
PALLAS ATENA

É a Deusa da Verdade, é um grande ser de luz que encarna a consciência cósmica da Verdade.


A chama da verdade é de um intenso brilho verde esmeralda. É a combinação da poderosa chama azul da Vontade Divina com o dourado brilhante da iluminação, da inteligência divina.
A sua presença no universo é a exaltação da chama da verdade vivente. Ela é membro do Conselho do Carma, onde serve como representante do quinto raio da verdade, da cura, da abundância e da precipitação. Ministra à humanidade do Templo da Verdade sobre a ilha de Creta. Serve diretamente sob Vesta, a Deusa do Sol, focalizando o verdadeiro amor divino para a terra. Pallas Atena também trabalha com Hilarion, chohan do quinto raio, e com outros mestres curadores do raio verde. As almas que vão ao Templo da Verdade em seus corpos sutis (à noite, durante o sono) para serem instruídas sobre as leis cósmicas, a ciência da cura, matemática, música, geometria divina, leis da alquimia e precipitação.
Encarnou como uma alta sacerdotisa no Templo da Verdade na Atlântida, servindo sob a orientação de Vesta. Mais tarde serviu como Mãe da chama da verdade na Grécia antiga. As lembranças de deuses, as funções das virgens dos templos e dos oráculos de Delfos são os últimos vestígios das comunicações dos mestres ascensos na cultura grega.

Pallas Atena é a chama gêmea do Maha Chohan, que representa o Espírito Santo para a terra. Juntos formam um para de indomáveis defensores da verdade.


O Maha Chohan encarnou como o poeta grego Homero, que falou sobre Pallas Atena em seus poemas épicos, Ilíada e Odisséia. Pallas Atena foi o coração da vida espiritual da antiga Atenas.
Os gregos a adoravam como defensora das suas cidades e a honravam com muitos títulos. Ela é reverenciada como a Deusa da Guerra e da Paz, Deusa da Sabedoria, patrona das artes e dos trabalhos manuais e guardiã das cidades.
Também é reverenciada como inventora e protetora da cultura e também como protetora da vida civilizada e da agricultura. Também é conhecida como Deusa Conselheira e Deusa da Assembléia pelo seu trabalho na manutenção da lei e da ordem nas cortes e na administração da justiça. Entre as muitas invenções atribuídas a ela estão o arado, o ancinho, a flauta, as embarcações e a ciência dos números. Seu símbolo é a oliva, emblema da paz; e seu pássaro é a coruja, símbolo da sabedoria.
Na arte, é representada como figura vestida numa armadura e carregando o seu escudo, o aegis, que nenhuma flecha pode perfurar. É representada freqüentemente usando elmo dourado e segurando na mão direita uma lança para golpear a serpente próxima aos seus pés. Diz-se que ela empunha a lança da sabedoria contra a serpente da ignorância.
Pallas Atena foi musa e inspiração de Sir Francis Bacon, autor das peças de Shakespear, uma das encarnações de Saint Germain. Aonde quer que você vá a serviço dos Mestres Ascensos, invoque as Pallas Atena e suas legiões para irem à sua frente, levando a poderosa espada da Verdade, para atarem as forças da anti-verdade ou AntiCristo.
MESTRA NADA
RETIRO NA ARÁBIA SAUDITA; DONS DA VARIEDADE DE LINGUAS E INTERPRETAÇÃO

A advogada da alma perante o tribunal da divina justiça, unificadora de famílias e de Chamas gêmeas; qualificadora do Amor como ministração e serviço a todas as partes da Vida. "O servo não é maior que o seu Senhor"

Chohan do Sexto Raio, ela sustenta os atributos divinos da paz, devoção, misericórdia, idealismo e cura
Mestra Nada era uma das divindades protetoras do planeta Vênus que veio como voluntária, juntamente com Sanat Kumara, para servir no grande plano de ascensão espiritual terrestre. Ela passou por várias encarnações neste planeta, onde enfrentou muitos desafios e aperfeiçoou-se na Bondade e no Amor. Seu tempo é o Templo Rubi da Cura, no espaço etérico sobre a Arábia Saudita, de onde ela sustenta os atributos do Sexto Raio - devoção, compaixão, misericórdia, idealismo, sacerdócio e cura. Numa de suas experiências terrestres, em Atlântida, foi sacerdotisa no Templo do Amor e advogada das crianças e dos injustiçados. Houve também uma passagem pela Mesopotâmia, na qual pertencia a uma família abastada e tinha duas irmãs de grande talento artístico para a dança e o canto. Diante de irmãs tão admiradas, a pequena Nada sentia-se inferior. Foi então que surgiu em sua vida a Mestra Caridade, que a ensinou a amar e a admirar as irmãs e a meditar em favor delas.

Foi difícil para Nada manter-se em oração ainda criança, mas como resultado de sua doação as moças transformaram-se em expoentes das artes, ela própria aprendeu sobre o incomensurável amor e passou a ter uma vida de entrega ao Plano Divino. Serviu no Templo da Ascensão em Luxor, no Egito, onde passou para a liberdade eterna, sob a direção do Mestre Serapis Bey, Chohan do Quarto Raio.


Atuou também em vários grupos místico-religiosos no período da 1ª Grande Dispensação Crística (época de Jesus e logo após).
Muito ligada ao Cristianismo, seguiu erguendo focos de irradiação do Amor Incondicional em comunidades, cidades e nações. Por ocasião das grandes modificações internas na Grande Fraternidade Branca, Mestra Nada foi convidada, por seus reconhecidos méritos, a ser a Chohan do Sexto Raio, cargo que recebeu do Mestre Jesus.
É membro do Conselho Cármico e influencia muito os destinos da atual humanidade terrestre.
Também atua energeticamente sobre o Brasil, na região de Brasília, no Templo da Lei e da Libertação. Mestra Nada vibra em todos os matizes do Raio Rosa, do Grande Amor, passando pelo Rosa Magenta e chegando ao profundo Vermelho-Rubi da Graça, da Compaixão e da Caridade.

Diz a Mestra Nada:


"Plantai vossas raízes profundamente na Chama de vossos corações, de onde vos vem todo sustento: as batidas de voso coração, a cura do vosso corpo, a abundância às vossas mesas, o teto sobre vossas cabeças. Quando as vossas raízes permanecerem implantadas em Deus, quando não mais procurardes externamente por alimento espiritual ou mesmo terreno, então os homens avistarão vossos frutos. O que fizerdes em segredo tornar-se-á conhecido e quem tiver a capacidade de ver, verá. Os homens virão a nós, admirados e confusos, mas com um quê de esperança em seus corações. Pensai em Mim, em Nada, e amai-os livremente."

Apelo à Mestra Nada (1):


Sente-se confortavelmente num ambiente sossegado com música suave de fundo. Inspire pelo nariz lentamente e expire pela boca (3x).
Visualize em seu coração uma rosa de luz cor de rosa que irradia todos os matizes dessa cor.
Visualize depois o planeta Terra envolvido por um espiral de luz rubi e com uma rosa de luz rubi em seu centro. Recite 3 vezes a afirmação abaixo:
Mestra Nada e Mestre Jesus Mandam à Terra a Chama Rubi A Terra é um sagrado lugar de paz! A Terra é um sagrado lugar de paz! A Terra é um sagrado lugar de paz!
Apelo à Mestra Nada (2):
Visualize uma névoa de cor rubi com traços de luz dourada envolvendo o planeta Terra e, principalmente, aqueles locais de muitos conflitos, guerras e sofrimento. Então, faça o apelo:
Mestra Nada e Seres do Sexto Raio Derramem através de nossas Presenças EU SOU Toda a Paz e a Misericórdia para o mundo EU SOU a Divina Presença que espalha a Paz por onde passo EU SOU a Paz que toca os corações humanos EU SOU a Misericórdia e a Paz sobre a Terra O Sexto Raio, o Raio Rubi, Amor e Paz Exercício com o Raio Rubi: Visualize uma chuva rubi-dourada se derrama pelo planeta Terra promovendo uma profunda cura em nossas consciências.
Faça a afirmação:
Eu Sou a Luz Divina Curando e libertando as consciências Eu Sou a Ressurreição e a Vida Eu Sou Um com o Cristo Interno Eu Sou Um com o Cristo Interno Eu Sou Um com o Cristo Interno.

Assim como grande parte dos membros da Grande Fraternidade Branca, mestra Nada participou dos turbulentos acontecimentos que ocorreram na Atlântida. Ela serviu como sacerdotisa no Templo do Amor e, segundo é ensinado por seus ditados e mensagens, Nada exerceu algo semelhante à advocacia em vários planos, tanto etéricos quanto espirituais, tornando-se perita na defesa das almas oprimidas pelos espoliadores na Terra.


Em sua encarnação final, há 2700 anos Nada foi a filha caçula de uma família de crianças excepcionalmente dotadas. Como Senhora do sexto raio, a mestra ascensa Nada atua sintonizando ministros, missionários, agentes de cura, professores, psicólogos, advogados, profissionais, além de todas as pessoas dos ramos de serviços sociais e de saúde, fazendo-as sentir a força do seu raio e, assim, atingirem níveis superiores de energia e evolução.
Os dons do Espírito Santo que Nada administra são os de línguas diversas e o da interpretação das línguas. Esses dons facilitam a compreensão entre os povos, e são importantes na arte da diplomacia. Assim, a ciência da palavra falada é o forte de Nada.
Ela assumiu a plena maestria do sexto raio a partir de 31 de dezembro de 1959. A mestra serve no retiro de Jesus, na oitava etérica sobre a Arábia Saudita, onde muitos discípulos receberam seu treinamento, face a face, diretamente de seu sagrado coração.

MESTRE JESUS

Ele é hoje Instrutor do Mundo e continua trabalhando incansavelmente pelo despertar da consciência crística na humanidade


Como homem encarnado, o bem-amado Jesus ofereceu-nos um espelho para a visão mais gloriosa de nós mesmos: a de Filhos de Deus, capazes de amar incondicionalmente e de transcender todos os limites e ilusões da matéria, sobretudo a morte. "Aquilo que eu faço, também vós sois capazes de fazer, e outras coisas ainda maiores", disse ele, afirmando a nossa ilimitada potencialidade divina. Ele sabia que teria poucos seguidores enquanto estivesse no mundo físico e também qual seria o desfecho de sua encarnação. Apesar de todos os revezes e oposições que sofreu, concluiu com absoluto êxito a missão de ancorar a energia crística de amor-sabedoria no planeta. Plantou sementes no coração dos homens, sementes que eclodiriam algum tempo depois preparando-nos para a compreensão de verdades maiores que se revelariam conforme o desenvolvimento de cada um. Os Evangelhos, como registro histórico de sua mensagem à humanidade, não traduzem a profundidade de seus ensinamentos.
Muito do que Jesus ensinou sequer foi captado pelos homens da época, e muito ainda foi distorcido nas sucessivas revisões dos escritos evangélicos com o passar dos séculos.

Mas isso não tem tanta importânia se considerarmos que nosso amado Mestre continua sustentando o despertar da humanidade. Logo após sua ascensão, ele assumiu o cargo de Diretor da Era de Peixes, ciclo evolutivo que iniciou-se com sua missão e findou em 1954. Nesse período, foi também Chohan (dispensador) do Sexto Raio, a energia de Deus que eleva a vida e os seres por meio da devoção, da compaixão e da entrega. Atualmente, Mestre Jesus exerce, ao lado do Mestre Kuthumi, o cargo de Instrutor do Mundo. Ele dirige, agora de maneira ainda mais abrangente, as questões relativas ao desenvolvimento da espiritualidade, da educação, da religião e da ética para a humanidade terrestre. Seu templo etérico localiza-se sobre a Jerusalém e sua música-chave é Jesus Alegria dos Homens, de Bach. Em Seu Sagrado Nome, podemos sempre solicitar a ajuda necessária para a ampliação da nossa consciência e o florescimento do amor incondicional em nosso coração. E temos ainda os profundos ensinamentos que ele nos oferece em Um Curso em Milagres, canalizados por uma psiquiatra americana há 40 anos. Nessa obra de valor incomensurável, Mestre Jesus guia-nos no processo de cura das ilusões do mundo físico e restabelecimento da nossa consciência original como Filhos de Deus.

Diz o Mestre Jesus:
"Bem-amados Filhos de Deus, eu vos apresento a Minha Vitoriosa Conclusão! Aquilo que Eu, em corpo carnal idêntico ao vosso, fiz e manifestei, não foi milagre. Fato semelhante está reservado a cada emanação de vida desse planeta. Os Meus esforços por manifestar a perfeição crística ante os olhos da humanidade tinham o propósito de, como exemplo, estimular o ser humano a conseguir um desenvolvimento igual ao Meu."

Invocação do poder de Jesus:
O nome Jesus é um poderoso mantra, de vibração tão intensa que afasta toda influência negativa que tente nos afetar. Ao pressentir um perigo, penetrar num ambiente de energias pesadas ou expor-se a situações de negatividade, faça o seguinte decreto:
Em nome da minha Presença EU SOU e do Senhor Jesus, ordeno que se afaste toda e qualquer influência negativa

Afirmações transfiguradoras de Mestre Jesus:
EU SOU o que EU SOU EU SOU a porta aberta que homem nenhum pode fechar EU SOU a luz que ilumina todo homem que vem ao mundo EU SOU o caminho, EU SOU a verdade EU SOU a vida, EU SOU a ressurreição EU SOU a ascensão na Luz EU SOU a satisfação de todas as minhas necessidades e carências EU SOU a abundância derramada sobre toda a vida EU SOU a visão e a audição perfeitas EU SOU a ilimitada Luz de Deus manifestada por toda a parte EU SOU a Luz do Santo dos Santos EU SOU um filho de Deus EU SOU a luz na sagrada montanha de Deus.

Obs.:Esta mensagem foi trasmitida a Elizabeth Clare Prophet e Mark L. Prophet e são de propriedade da Summit Lighthouse


A mensagem do Salvador, Filho de Deus, foi de tal forma contundente que marcou o curso de toda a civilização ocidental. Mesmo que muitos não o vejam como "o Ungido", sua força é presente, e o seu amor transcende as fronteiras.
Jesus de Nazaré é a personificação daquela Palavra que pôs a lei de Deus no íntimo do seu povo, escrevendo-a em seus corações. Ele é a perfeição de Deus manifestada como Homem; é o mistério da Encarnação. O grande mistério da vida ascensa está na compreensão de que o Cristo também está em nós. Ele é o Caminho do potencial crístico interior e dos mistérios.

A Terra está fazendo a transição da era de Peixes para a era de Aquário, e Jesus está devolvendo para cada um de nós a responsabilidade dos nossos fardos, para que recuperemos nossa honra e dignidade. O apóstolo Paulo nos ensinou que "cada Homem carregará sua própria cruz", e advertiu: "Não se iludam, Deus não engana: aquilo que o Homem semear, ele também colherá".


Os textos do Novo Testamento e os estudiosos gnósticos cristãos retratam Jesus como o irmão mais velho que ensina aquilo que todos os maiores professores de misticismo das religiões do mundo ensinam: você pode alcançar o seu próprio interior, transformar a sua relação com Deus e tomar-se o Filho de Deus, uno com o Cristo.
MESTRE SAINT GERMAIN

Chohan do Sétimo Raio (Violeta) e Diretor da Era de Aquário, é o arauto da liberdade para a humanidade terrestre


Como um ser do Sétimo Raio de Deus, Mestre Saint Germain dedica-se especialmente aos atributos divinos da transmutação, perdão, liberdade, justiça, ordem, ritmo, cerimonial e conhecimento elevado.
A alquimia, ciência em que Ele se notabilizou, é também um atributo do Sétimo Raio -, assim como a Chama Violeta, energia capaz de transmutar as negatividades e o carma.
Por muito tempo, uso da Chama Violeta era restrito aos seres iniciados nos planos sutis; foi por iniciativa do Mestre que essa magnífica ferramenta de autotransformação começou a ser introduzida na terceira dimensão para adiantar o processo evolutivo.
Seu uso constante acelera a vibração do nosso campo energético; dissolve os condicionamentos mentais e emocionais e, assim, contribui para a ampliação da nossa consciência espiritual, que leva à crescente aceitação da Divina Presença em nós e culmina com a plena Unicidade em Deus.
Ele já esteve aqui encarnado, como nós, mas venceu todos os limites da matéria e tornou-se Um com Deus, assim como Jesus e outros Iluminados. Por onde passou, deixou um rastro de Luz.
Viveu como o profeta Samuel; José, o pai de Jesus na fisicalidade; Proclos, filósofo grego; Roger Bacon, monge alquimista inglês; Paracelso, o famoso médico e alquimista suíço; Cristóvão Colombo; e o escritor e dramaturgo William Shakespeare, só para citar suas experiências mais recentes. Ascensionou em 1684, na Transilvânia (hoje conhecida como Romênia).

conselheiro de políticos e monarcas europeus, procurou alinhavar alianças que trouxessem a paz e a justiça ao continente.


Tentou inclusive alertar a realeza da França sobre a iminente revolução, mas seus conselhos e profecias não foram ouvidos. Já nos Estados Unidos, ajudou a elaborar a constituição americana e a fundamentar as bases da democracia no país.
Há muitos registros de sua intrigante presença no mundo por esta época, que foi anotada em jornais e, principalmente, nas cartas e memórias da nobreza dos países em que esteve. Ficou conhecido como "o homem maravilhoso da Europa" devido aos feitos extraordinários que realizava. Tinha uma cultura que ofuscava as mentes de todos os sábios europeus juntos, falava pelo menos uma dúzia de idiomas, tocava virtuosamente o violino e o piano, pintava, escrevia, tinha uma memória prodigiosa para fatos históricos e parecia já ter estado em cada canto do mundo.
Por todo o tempo em que foi visto, conservou a mesma aparência - a de um cavalheiro na faixa dos 40 anos de idade. Aparecia como que por encanto e, quando se retirava, sumia sem ser visto. Ninguém jamais soube de onde Ele veio e como ou por que desapareceu.
Saint Germain não fazia segredo de sua mestria no mundo físico. Transformou moedas de metal vil em ouro diante de alguns incrédulos (Casanova foi um deles); realizava curas com ervas e poções que preparava; tirava defeitos de predras preciosas; e chegou até a presentear uma certa madame Georgy com um elixir que a conservou com a mesma aparência por 25 anos e prolongou sua vida muito além da média da época. Deixando-se de lado suas habilidades extrafísicas, era um homem amável, generoso, bem-humorado, refinado e encantador. Encerrada a sua missão diplomática nos séculos 18 e 19, Saint Germain passou a trabalhar apenas no plano sutil. Seu principal foco de irradiação para a Terra é o Templo Etérico sobre o Mount Shasta, na Califórnia, EUA.
Seu complemento divino é Mestra Pórtia e sua nota-chave, Conto dos Bosques de Viena, de Strauss. O serviço desse adorável Mestre tem uma abrangência inconcebível para nós. Atualmente, exerce o cargo de Diretor da Era de Aquário. A era anterior, a de Peixes, foi dirigida por Mestre Jesus.
Diz o Mestre Saint Germain:
"Novamente te digo, amado discípulo: canta a grande melodia da Presença Conquistadora do EU SOU. Canta-a em teu coração continuamente, sente-a com toda a tua habilidade, agarra-te fortemente a essa determinação. O conhecimento e o caminho desta mestria se abrirão para ti e te manifestarão a LIBERDADE ETERNA.EU SOU Saint Germain em vós."

Mantra do Mestre Saint Germain:

EU SOU um ser de Fogo Violeta, EU SOU a pureza que Deus deseja Decreto para a libertação planetária: EU SOU, EU SOU, EU SOU instalando a Nova Idade do Ouro EU SOU o poder de Saint Germain conduzindo os homens à verdadeira liberdade EU SOU a oportunidade de amor que eleva a Terra EU SOU a transmutação pessoal, coletiva e planetária que desperta a humanidade EU SOU, EU SOU, EU SOU a libertação da Era de Aquário EU SOU libertando a humanidade agora EU SOU Decreto da Chama Violeta: EU SOU a Chama Violeta atuando agora em mim EU SOU a Chama Violeta só me submeto à Luz EU SOU a Chama Violeta de magnífico poder cósmico EU SOU a Luz de Deus brilhando a toda hora EU SOU a Chama Violeta radiante como um Sol EU SOU o Sagrado poder de Deus que a todos vai libertando

Obs.:Esta mensagem foi trasmitida a Elizabeth Clare Prophet e Mark L. Prophet e são de propriedade da Summit Lighthouse


MESTRA KWAN YIN

Ela é a Deusa da Misericórdia, amparadora dos seres cujos atos geram severos ajustes cármicos


Mestra Kwan Yin, também conhecida como Deusa da Misericórdia, representa a grande força da Mãe Universal no Oriente - assim como Mãe Maria, no Ocidente. Antes de Saint Germain, era ela a Chohan do Sétimo Raio.
Hoje, sustenta os atributos do Raio Lilás (violeta e rosa) do perdão e da misericórdia divina, irradiado de seu Templo da Misericórdia sobre Pequin, na China.
São ilimitados o seu amor e compaixão pelos homens. A Deusa da Misericórdia, que é mediadora do Conselho Cármico, está sempre pronta a atender os desejos dos seres humanos, concedendo-lhes mais auxílio do que em verdade merecem.
O Raio Lilás ampara os seres que transgrediram gravemente as leis universais e não conseguem suportar os retornos cármicos, necessitando de uma energia mediadora ou intercessora entre o mundo das criações e a Grande Lei.
Kwan Yin já era conhecida no Extremo Oriente antes do advento do Budismo. Dentre suas várias encarnações na China, a mais conhecida foi como filha do Imperador Miao Chuang Wang da Dinastia Chou, 700 a.C.

Diz a lenda que ela foi condenada à morte pelo próprio pai. Primeiro tentaram decapitá-la, mas a espada usada na execução quebrou-se em mil pedaços. Depois, ao tentarem asfixiá-la, sua alma desceu ao inferno por alguns instantes e transformou-o em paraíso. Ela é hoje a madrinha da nação chinesa.


Kwan Yin fez o voto de "bodhisattva", que significa "buda de compaixão", e comprometeu-se a trabalhar pela evolução do planeta e do Sistema Solar.
É o complemento divino ou contraparte feminina do Senhor Maitreya e invocada, no Oriente, pelos devotos por meio do mantra OM MANI PADME HUM.

Decreto do perdão (1):


EU SOU a lei do perdão e a chama consumidora de todo erro que cometi Decreto do perdão (2):
EU SOU o perdão a atuar aqui Todas as dúvidas e medos expulsando Libertando os homens para sempre Com asas de cósmica vitória Com pleno poder eu invoco o perdão a toda hora A toda vida e em qualquer parte Eu inundo com a graça do perdão

Invocação à Chama da Misericórdia:


Chama Violeta, misericórdia profunda Desce às almas que contigo estão Limpa, clareia, liberta a todos Na misericórdia da vossa ascensão

Invocação do perdão e da misericórdia individual:


Bem-amada Presença EU SOU em mim Bem-amados Mestres Jesus, Saint Germain e Kwan Yin Com o meu completo arrependimento Aceitem do mais profundo do meu coração O verdadeiro perdão libertador Eu entrego agora ao meu Santo Cristo Pessoal Toda a minha ingratidão As condições por mim impostas a (nome da pessoa) As condições por ele(a) impostas à minha pessoa As condições por nós impostas a terceiros Que não estejam de acordo com a lei pura de Deus Eu peço a transmutação pela misericórdia da Chama Violeta (repetir 70 vezes durante 7 dias)

Obs.:Esta mensagem foi trasmitida a Elizabeth Clare Prophet e Mark L. Prophet e são de propriedade da Summit Lighthouse


MESTRA PÓRTIA

Mestra Pórtia, Deusa da oportunidade, complemento de Saint German e parceira direta da Mãe Kwan Yng, ela atua no Conselho Cármico estelar e procura através de seu Logos Crístico restaurar a energia Crística original de cada ser que se manifesta equivocadamente dentro da luz. Ela é um foco de luz muito poderoso que atua com diversas falanges da espiritualidade atuante nos planos mais próximos a humanidade terrena.


Emprega o poder da misericórdia do Raio Violeta e Ultra Violeta e também com a energia do raio Magenta onde a tonalidade rosada é mais amplificada que a azul, procurando com isso atuar de forma diferente a Saint German, para assim complementar outras tarefas em conjunto com os 22 Raios, onde cada qual manifesta suas contribuições para resgatar a Terra e as humanidades presentes nela.

A Deusa Da Liberdade,


A Deusa da Oportunidade e Justiça.
Membro e porta-voz do conselho Kármico.
O Divino Complemento do Amado Saint Germain, o Chohan do Sétimo Raio.
A Rainha do já iniciado ciclo de Dois Mil Anos.

Amada Procura da Liberdade:


Venho até Você, trazendo Minhas Qualidades de Liberdade, Justiça e Oportunidade.
Você tem Me chamado por todos estes nomes
A Deusa da Liberdade
A Deusa da Justiça
A Deusa da Oportunidade.
Entretanto, Eu venho até você hoje especialmente como Um dos Aspectos de Deus Mãe, servindo em perfeito equilíbrio com o Meu Divino Complemento, o Amado Saint Germain.
Através das épocas, Eu procurei e encontrei o Caminho do Espírito Santo, que é Todo o Espírito circundante da Expressão Divina em toda a vida. Você agora O procura, como Eu O procurei antes de você e agora Eu Estou como o I AM em você, em cada passo no seu caminho.
Como o Divino Complemento de Saint Germain, o I AM em mim está qualificado a falar com Sua autoridade, e o I AM em Saint Germain está qualificado a falar com a Minha. Nós somos verdadeiramente o UM, integrados com o Ser de Fogo Branco, do qual Nós emergimos há muito tempo.
Hoje, Eu falo da consciência da UNIDADE que é o Coração de Deus.
Eu falo do Aspecto Espiritual, o que de longe substitui o pensamento humano, a consciência humana e o gênero humano.
Eu falo, não dos direitos da mulher ou de privilégios concedidos para o homem, sujeito aos auspícios da lei do homem, mas aos seus corretos, privilégios e responsabilidades como expressão do UM, do qual todos nós emergimos.

Amados do Meu Coração, Eu falo a Presença Divina que habita o interior do seu Coração, e também a cada Coração humano. Ao magnificente, eternamente-presente, o todo-poderoso e sábio Espírito da perfeita Vontade do seu Deus- Pai, no absoluto equilíbrio com o Amor e Compaixão de sua Deus - Mãe.


Todo dia na vida e na experiência de cada um de vocês, há oportunidades presentes onde vocês podem responder e atuar como um sábio protetor Pai, ou como uma amada, e compassiva mãe.
Durante as suas muitas encarnações, cada um de vocês têm se expressado no mundo da forma como homem e mulher.
Com o seu progresso ao longo do seu caminho, você acumulou as experiências e conhecimentos requerido para agora atuar como um verdadeiro Discípulo do Espírito Santo.
Esta é a Idade do Espírito Santo, que tem sido chamada como o feminino aspecto de Deus. A influencia desta verdade é sentida interiormente e através de toda a vida encarnada, mostrando ele próprio nos muitos caminhos e ao longo de muitas estradas de expressão.
Para vocês os Nossos chelas, Eu trago esta sagrada Oportunidade para entrar no lugar do perfeito equilíbrio que Eu represento.
O equilíbrio da verdadeira Justiça é sempre perfeição da compreensão e expressão, transmutando todo senso de separação que possa existir sobre os outros planos de manifestação, e ainda limitar as armadilhas da ilusão.
Abençôo a todos estes que trabalham nestes externos planos, chamando a atenção para a necessidade de trocar as leis dos homens.
Abençôo a todos com um senso de Divina Justiça e Equilíbrio, e os ajudo a suavizar suas necessidades para responder duramente aos outros, enquanto trabalham nesta hora para trazer justiça para todos e a cada um o melhor de sua compreensão.
Então, Eu o ajudo oferecendo o que for necessário, e transmuto o que fica no caminho, devido a humana consciência em todo nível de expressão.

Abençôo a todos com um senso de Divina Justiça e Equilíbrio, e os ajudo a suavizar suas necessidades para responder duramente aos outros, enquanto trabalham nesta hora para trazer justiça para todos e a cada um o melhor de sua compreensão.


Então, Eu o ajudo oferecendo o que for necessário, e transmuto o que fica no caminho, devido a humana consciência em todo nível de expressão.
Nos níveis internos de sua consciência como chelas, Eu faço nascer outro aspecto para sua consideração. Eu o faço lembrar de sua habilidade para responder e atuar como Pai ou Mãe, ou ambos, na necessidade de se elevar na sua vida diária.
Eu agora o recordo ao fato que há algumas vezes quando seu próprio filho também requer consolação.
Eu pergunto: em que direção você vai quando isso ocorre?
Eu te digo: olhe a você próprio.
Encontre ali o seu Pai – Como o Espírito Santo, respirando vida em sua forma física. Agradeça a Ele, como Pai.
Olhe outra vez !
Encontre-o ali como sua Mãe - o UM que sempre ouve e compreende todo seu sentimento, e dá o amor e a compaixão que desesperadamente você necessita.
Quando você vai para Ele – seu Pai-Deus e sua Mãe - Deus, encontrará se for aceitável por Ele aquilo que você traz como uma necessidade, e Ele o fará com o maior Amor e perfeita satisfação todos os pedidos dos seus desejos corretos.
Olhe outra vez !
Encontre ali sua Perfeita Criança, o Filho de Deus; esta brilhante e luminosa Criança do UM – preparado para servir onde quer que e a qualquer hora necessitado, trazendo seu perfeito equilíbrio do Amor, Sabedoria e Poder para aqueles que estão doentes no mundo exterior da ilusão.

Meus muito Amados e dedicados Filhos da Luz – Eu os Amo!


Como I AM agora cumpro a oportunidade e o privilégio de servir como Porta-voz no Conselho Kármico, Eu os vejo vir – de tempos em tempos. Vocês permanecem de pé diante de Mim, seu amor e desejo em servir guardam as suas preciosas oferendas em retornar para o privilégio de servir a seus irmãos e irmãs na Família do Homem.
Eu digo para vocês, Eu não posso recusar seu profundo e sentido desejo do Coração, pois eles são os mesmos que os Meus, e o I AM em Mim é privilegiado em servir com você na realização do Desejo de Deus por toda parte da Terra!
Saber que você pode vir a Mim a qualquer hora com o seu desejo e Eu o envolverei no Meu Coração de Amor e servirei ao seu lado em todas a horas.
Amorosamente,
Lady Portia.
SENHOR GAUTAMA

Duas vezes ele renunciou a uma vida gloriosa para auxiliar a humanidade; hoje, é o Senhor do Mundo


Em sua última vida na Terra, há 2,5 mil anos, ele foi o príncipe hindu Sidarta Gautama, o fundador do budismo.
Criado com todo cuidado, a salvo das misérias do mundo, o príncipe um dia despertou para a sofrida condição humana e abandonou seu palácio, inciando a busca da solução para os problemas terrenos. Foi pelo caminho interior da meditação que ele percorreu os planos do mundo espiritual e alcançou sua iluminação. Depois da queda do homem, foi o primeiro a conseguir esse feito. Mas seu amor pela humanidade era tal que, em vez de viver nas esferas de luz que havia alcançado, decidiu permanecer na Terra e transmitir as verdades fundamentais da vida aos homens, auxiliando-os em sua elevação. Assim nasceu o budismo.
Por muito tempo, Gautama foi o buda da evolução para a Terra.
Em 1956, assumiu o cargo de Senhor do Mundo, substituindo Sanat Kumara na mais alta função da Grande Fraternidade Branca. A dimensão de sua aura é tamanha que envolve até a menor partícula de vida do planeta. Seu templo etérico é o de Shamballa, de onde irradia as chamas Azul da vontade de Deus, Dourada da iluminação e Rosa do amor ao coração dos homens. Seus atributos são o equilíbrio e o caminho do meio e sua música-chave, o Opus 5 da Sexta Sinfonia de Beethoven.

Diz o Senhor Gautama:


"O Meu Raio Pessoal está em vossos corações. Ele vos transmite Meu amor, porquanto sois a esperança da Hierarquia Celeste para o trabalho de libertação dos povos e da própria Terra."
A grande invocação:
Do ponto de Luz na mente de Deus Que flua Luz às mentes dos homens Que a Luz desça à Terra Do ponto de Amor no coração de Deus Que flua Amor aos corações dos homens Que Cristo retorne à Terra Do centro onde a vontade de Deus é conhecida Que o Propósito guie as pequenas vontades dos homens O Propósito que os mestres conhecem e servem Do centro a que chamamos de a raça dos homens Que se cumpra o plano de Amor e de Luz E feche a porta onde se encontra o mal Que a Luz, o Amor e o Poder Restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra Hoje e por toda a Eternidade
(fazer o mantra OM três vezes)
MÃE MARIA

Maria, a Grande Mãe, que deu à luz o Salvador, vive em nosso mundo há muito tempo, e tem feito parte da extensa cadeia de mestres que ensinam diretamente à alma e ao coração dos Homens. Na antiga Atlântida, Maria era a incorporação do raio da Mãe, e servia no Templo da Verdade, onde, como sacerdotisa, guardava a chama esmeralda do quinto raio.


Servindo sob os mestres da Verdade, Maria estudou as artes da cura e submeteu-se às disciplinas requeridas a cada alma que deseja ampliar a consciência do Senhor. Ela aprendeu, por meio da compreensão das Leis, que toda doença, deterioração e morte são causadas por um bloqueio do fluxo da luz em algum ponto nos quatro corpos inferiores do ser humano, e que essa obstrução da energia resulta do emprego errado do fogo sagrado, com seu carma correspondente. A cura para todas as doenças é a harmonização do fluxo através dos centros luminosos nos corpos inferiores, que é efetuada pela iniciação da chama da ressurreição.
Há muito tempo, no Templo da Verdade, ela experimentava as leis do fluxo que governam toda a vida.
Ela já sabia que, em outra vida, seria a escolhida para carregar o Filho de Deus, que traria as leis da ciência divina para a presença dos Homens. Em todas suas encarnações, Maria trabalhou com sua chama gêmea, o arcanjo Rafael. Ele permaneceu no céu (o plano do Espírito) para focalizar lá as energias iniciais, enquanto ela fez seu domicílio na terra (o plano da matéria), para focalizar as energias de materialização e concretização. Assim, a sua identidade Divina era fixada e estava integrada a toda a existência tanto física quanto espiritualmente.
DECRETOS À MÃE MARIA

Santa Maria


Santa Maria, cheia de graça
Santa Maria, ora por nós
Santa Maria, cheia de glória
Santa Maria, ora por nós.
Oh! Santíssima, Oh! Piíssima
Oh! santíssima, Oh! piíssima
Doce Virgem Maria
Mãe tão amada, e destemida
Ora, ora por nós.
Tão bela és, o Maria
E mancha não há em ti
Mãe tão amada, e destemida
Ora, ora por nós.
Como um lírio entre espinhos
És Maria entre as filhas
Mãe tão amada, e destemida
Ora, ora por nós.
Maria Imaculada
Maria Imaculada, por ti arde o nosso coração
Teu título, que encanto, responde à nossa aspiração.
Ave, Ave, Ave, Maria
Ave, Ave, Maria.
Maria Imaculada, cantamos em teu louvor
Com o nosso Rei Jesus, tu reinas em esplendor.
Ave, Ave, Ave, Maria
Ave, Ave, Maria.
Lá no céu os santos tua glória proclamam
Na terra teus filhos pelo teu nome chamam.
Ave, Ave, Ave, Maria
Ave, Ave, Maria.


NOSSA SENHORA

Cubra-me com seu manto de amor,


guarda-me na paz desse olhar,
cura-me as feridas e a dor,
me faz suportar.
Que as pedras do meu caminho
meus pés suportem pisar,
mesmo feridos de espinhos,
me ajude a passar.
Se ficaram mágoas em mim,
Mãe, tira do meu coração e
àqueles que eu fiz sofrer,
peço perdão.
Se eu curvar meu corpo na dor,
me alivia o peso da cruz,
interceda por mim, minha mãe,
junto a Jesus
Nossa Senhora me dê a mão
cuida do meu coração
da minha vida, do meu destino
do meu caminho.
Nossa Senhora me dê a mão
cuida do meu coração
da minha vida, do meu destino
do meu caminho,
cuida de mim.
Sempre que o meu pranto rolar
ponha sobre mim suas mãos,
aumenta minha fé e
acalma o meu coração.
Grande é a procissão
a pedir a misericórdia,o perdão,
a cura do corpo e
para alma a salvação.
Pobres pecadores, o mãe,
tão necessitados de vós.
Santa Mãe de Deus,
tem piedade de nós.
De joelhos aos vossos pés,
estendei a nós vossas mãos,
rogai por todos nós, vossos filhos,
meus irmãos.
MESTRE AFRA

O primeiro Mestre Ascenso da África. Afra é o patrono da África e da raça negra. Afra foi o primeiro membro da raça negra a fazer a sua ascensão.


Há muito tempo atrás ele sacrificou o seu nome e a sua fama para patrocinar um vasto continente e um povo poderoso. Quando Afra ascendeu, pediu para ser chamado simplesmente de "um irmão", ou frater, em Latim. Então, "um frater" tornou-se o nome de Afra. A raça negra originalmente fazia parte do que era conhecido como a raça azul e a raça violeta. A sua pele, na realidade, tinha um tom azul ou violeta.
Essas almas viviam numa civilização espiritualmente avançada, que existiu no continente africano. Cada nação é chamada por Deus para manifestar uma virtude específica ou para cumprir um certo destino. Os membros do que chamamos a raça negra eram enviados à Terra para desenvolver a mestria sobre as qualidades do poder, vontade e fé divinas (no raio azul) e as qualidades da liberdade, justiça e misericórdia divinas (no raio violeta).
Afra viveu há 500.000 anos atrás, quando o povo desta antiga civilização havia atingido uma encruzilhada. Seres extra-terrestres e anjos caídos, que haviam invadido o planeta Terra, dividiam o povo. Isto pode parecer ficção científica. Mas a verdade é, com freqüência, mais estranha que a ficção. Estes anjos do mal decidiram-se a destruir as raças azul e violeta. Distorceram os rituais outrora sagrados e as formas de arte deste povo. Isto abriu as portas para a feitiçaria, o vodu e a magia negra. Voltaram o povo para o ódio, a superstição e a luta pelo poder. À medida que o povo desviou a sua atenção da sua Presença Divina, tornou-se cada vez mais vulnerável às técnicas dos anjos caídos de dividir para conquistar. A nação dividiu-se entre as facções guerreiras de suas tribos. O povo estava perdendo a batalha espiritual interna entre as forças da luz e das trevas dentro de si próprio.

A sua divisão, interna e externa, fez com que eles se tornassem escravos dos extraterrestres. Ao ver a situação em que seu povo se encontrava, Afra encarnou entre eles, para salvá-los. Primeiro, percebeu o traço fundamental que estava faltando, o tendão de Aquiles de seu povo, a falta de fraternidade. Simbolicamente, eles haviam seguido o exemplo de Caim, em vez de seguirem o exemplo de Abel. Quando o Senhor perguntou ao povo de Afra se eles estavam dispostos a dar a sua vida pelos seus parentes e amigos, eles deram a mesma resposta de Caim: "Eu sou o guardião do meu irmão?" Devem lembrar-se que Deus apreciou Abel e sua oferta. Mas não apreciou Caim e sua oferta.


Como está relatado no Gêneses: "E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante. Então lhe disse o Senhor: 'Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se procederes bem, não serás aceito? E se não procederes bem, o pecado jaz à porta'. Disse Caim a seu irmão Abel: Vamos ao campo. Estando eles no campo, Caim se levantou contra o seu irmão Abel, e o matou. "Disse o Senhor a Caim: 'Onde está Abel, teu irmão?' E ele respondeu: 'Não sei. Acaso sou eu guardador do meu irmão?" Aquele que responder não à esta pergunta está dedicado ao seu próprio ego e nunca será o guardião do irmão. Eventualmente, a centelha divina dentro dele, a chama trina, se apagará.
Afra sabia que uma grande parte do seu povo havia perdido a chama trina, assim como muitos negros e brancos a estão perdendo hoje, através da raiva. Ele sabia também que, para conseguir recuperar esta chama trina, eles teriam que seguir a senda da fraternidade. Teriam que cuidar uns dos outros. A única forma dele ensiná-los a serem irmãos, era ser um irmão ele mesmo. E por isto ele foi crucificado pelo seu povo. Ele foi o Cristo no meio deles, mas eles não o reconheceram. Estavam cegos pela ânsia de poder.
MESTRE ZARATRUSTA

O mestre Ascenso Zaratustra (ou Zoroastro em grego) é o mais alto iniciado no fogo sagrado neste planeta e governa as energias do fohat (ver abaixo).


Foi o fundador do Zoroastrismo, uma das mais antigas religiões do mundo. Ninguém sabe ao certo sua data de nascimento, alguns estudiosos estimam que ele viveu por volta de 1.000 A.C.
Segundo a tradição, Zaratustra saiu de casa aos vinte anos deixando a mãe, o pai e a esposa para encontrar a Verdade. Após 10 anos de busca teve sua primeira visão:
um ser brilhante que o levou até a presença de Ahura Mazda (Sanat Kumara) e outros cinco seres radiantes, perante os quais “ele não conseguia ver sua própria sombra, devido à grande luz que eles tinham.” Os ensinamentos de Zaratustra passaram de geração a geração pela tradição oral e muitos dos textos escritos sobre sua vida e ensinamentos perdeu-se ou foi destruído.
Alexandre, o Grane foi um dos que matou os sacerdotes, queimou o palácio real e destruiu tudo aquilo que tivesse ligação com o Zoroastrismo.
Quando tivermos alcançado um certo nível de desenvolvimento do nosso coração, seremos aceitos em seu retiro, cujo local não foi divulgado.
Em dezembro de 1965 foi publicado o decreto 0.06. Ó Poderosa Chama Trina da Vida, por Zaratustra, juntamente com o pedido de fazê-lo, como todo o fervor, 9x todos os dias, durante as 6 semanas que antecedem o Natal, como uma preparação para a cerimônia de nascimento do Cristo em cada um de nós e em todos os portadores de Luz na noite de Natal.
VITORIA

O Poderoso Vitória é um ser cósmico de Vênus, cuja devoção à chama da Vitória por mais de uma centena de milhares de anos deu-lhe a autorida desta chama através das vastidão do Cosmos.


Seu amor pela vitória do Cristo e pelo potencial vitorioso das evoluções da Terra foi a nota-chave da sua resposta ao chamado de Saint Germain por uma assistência cósmcia para a Terra nos anos 30. Como resultado da sua ação, colocando seu momentum de vitória à disposição de Saint Germain, ele pronunciou a dispensação dos Senhores do Carma que possibilitava acesso às evoluções da Teraa a antigas e ocultas leis.
Por isto é que hoje podemos fazer a nossa ascensão com 51% do carma equilibrado, visitar os retiros dos mestres, durante a noite, enquanto nosso corpo físico descansa.
Podemos fazer nossa saudação a este mestre e ao seu amor em nossas devoções à pluma rosa nas segundas-feiras, por que a verdadeira estrela da vitória é a estrela do nosso corpo causal, e a nossa vitória individual é a vitória do amor.
Outros 12 mestres servem juntamente com o Poderoso Vitória, além das suas legiões de anjos.

Em 26 de junho de 1992, o Poderoso Vitória explicou -nos que "nas reuniões dos Senhores do Carma do primeiro semestre toda a humanidade é testada.


Especialmente aqueles que escrevem cartas ao Conselho do Carma. Estes são testados de acordo com seu conhecimento, treinamento e atenção, especialmente no conhecimento daquilo que deve ser lançado no fogo sagrado."
Ele nos orienta ainda que "se suspeitarmos não ter passado nos testes, podemos apelar aos Senhores do Carma para nos dar um novo teste para que o registro daquele ano mostre que estamos determinados a passar naquele teste.
Em 28 de junho de 1992, junto com a sua chama gêmea, Justina, deu-nos um exercício prático para precipitar nossas vitórias: "Analise as áreas da vida onde você quer ser vitorioso. Aponte-as numa agenda e visualise-as todos os dias para reforçar a sua vontade de vencer os pequenso e grandes desafios.
Desta forma você poderá ver todas as vitórias, e também as derrotas, no mpa da sua vida. E poderá colocar a fita dourada da sua vitória - da sua vitória sobre o eu, sobre toda e qualquer condição, a vit´ria deste Igreja, a vitória da expansão destes ensinamentos, a vitória na educação, vitória nos governos, vitória em todas as áreas da vida."
KRISHNA

Krishna é um ser divino, uma encarnação da Divindade, um avatar, e um dos mais celebrados heróis de todos os tempos da Índia.


Ganhou a imaginação e a devoção dos hindus nas muitas formas pelas quais é conhecido - como uma criança brincalhona e travessa, como amante das pastoras ou como o amigo e sábio conselheiro do poderoso guerreiro Arjuna.
É conhecido como a oitava encarnação de Vishnu, a Segunda Pessoa da Trindade Hindu. Sua história é contada no Bhagavad Gita, a mais popular obra religiosa da Índia, escrita entre os séulos V e II A.C., e parte do grande épico indiano, o Mahabarata.
Krishna ensina Arjuna sobre as quatro yogas, ou caminhos de união com Deus e diz que todas devem ser praticadas.
As quatro yogas são: a yoga do conhecimento (jnana yoga); a da meditação (raja yoga); a do trabalho (karma yoga) e a do amor e da devoção (bhakti yoga).
Pelo autoconhecimento, pela meditação no Deus interior, pela realização da Vontade de Deus equilibramos carma e aumentamos nosso carma positivo e pela devoção amorosa, nós conseguimos concluir a senda dos quatro corpos inferiores: o corpo da memória (ou etérico), o corpo mental; o corpo de desejos (ou emocional) e o corpo físico.

Podemos imaginar Arjuna como o arquétipo da nossa alma e Krishna como o condutor da carruagem da nossa alma, um com o nosso Santo Cristo Pessoal. Através da recitação de mantras e de canções sagradas abrimos “uma autoestrada” e enviamos nossa devoção ao coração de Krishna, que abre a outra metade da “autoestrada” multiplicando nossa devoção de muitas maneiras. Ele pede que o invoquemos para nos ajudar na cura da nossa criança interior cantando mantras e bhajans dedicados a ele.


Devemos visualizar sua Presença sobre nós na idade em que sofremos algum trauma emocional, dor física ou mental nesta ou em vidas passadas.
Caso haja outras pessoas relacionadas com esses eventos, devemos visualisá-lo sobre todos os envolvidos e sobre toda a situação.
INICIAÇÃO DOS MESTRES

Um Mestre Ascenso seria um iniciado que alcançou a Sexta Iniciação que, para esses grupos, é tida como a Iniciação equivalente na tradição cristã à Ascensão de Cristo aos Céus para ficar à direita do Pai. De acordo com essa linha, a Primeira Iniciação seria simbolizada pelo Nascimento do Cristo, a Segunda pelo Seu Batismo, a Terceira pela Transfiguração, a Quarta pela Crucificação, a Quinta pela Ressurreição e a Sexta pela Ascensão. Parece ter havido uma certa confusão nesta codificação das iniciações. Até a Terceira, as Iniciações como simbolizadas pela vida de Cristo conferem com a visão de outros autores.[26] As diferenças aparecem a partir da Quarta Iniciação, já que os eventos da Crucificação e da Ressurreição, que para a linha dos Mestres Ascensos constituiriam iniciações separadas, sempre foram considerados pelos estudiosos do Cristianismo Esotérico como dois aspectos da mesma iniciação. “Na simbologia cristã a Quarta Iniciação está representada pelas angústias sofridas no horto de Gethsêmane, a crucificação e ressurreição de Cristo.”[27] A crucificação e a ressurreição representariam, assim, os dois lados da mesma moeda, ou seja, a morte do homem velho e o nascimento do homem novo de que fala Paulo. A tradição dos Mistérios egípcios descrevia essa Iniciação ocorrendo numa cripta. Nela, o candidato era atado sobre uma cruz de madeira, induzido a um transe profundo, equivalente à morte, descendo então aos mundos inferiores em seus corpos sutis, para finalmente ser desperto, ou “ressuscitado” pelo Hierofante no terceiro dia.

A Quinta Iniciação, de acordo com a tradição esotérica, constituiria a última iniciação do ciclo humano. A partir de então, os Adeptos passam a trilhar uma nova Senda, incompreensível para a nossa experiência humana. Nas palavras de Leadbeater, “O Adepto realizou o propósito através daquilo que o fez homem, e assim dá agora o passo final que o torna Super-homem – Ashekha, como o chamam os budistas, pois ele nada mais tem a aprender e exauriu as possibilidades do reino humano da natureza... No simbolismo cristão, a Quinta Iniciação é representada pela Ascensão de Cristo e a vinda do Espírito Santo em línguas de fogo, que corresponde à entrada no Adeptado, porque o Adepto ascende a uma esfera superior à humanidade e muito além da terra.”[28]
As comunicações dos Mestres Ascensos contêm incontáveis detalhes sobre a vida dos Mestres, suas encarnações anteriores, os retiros onde vivem, os projetos em que estão engajados, e os dons e poderes divinos que operam em prol da realização do grande plano divino. O estudante de esoterismo não cessa de se maravilhar com as informações de caráter oculto oferecidas. As mudanças na estrutura da Hierarquia são relatadas em todos seus detalhes. Somos informados que Sanat Kumara, o Senhor do Mundo, foi convencido a deixar seu posto supremo na Hierarquia, em favor do Senhor Buda. Com isso várias mudanças ocorreram na estrutura hierárquica.

“Em 1º de janeiro de 1956, numa cerimônia realizada no Retiro de Royal Teton (de forma surpreendente nos Estados Unidos e não em seu tradicional reduto nas regiões trans-Himalaias), Gautama sucedeu a Sanat Kumara no cargo de Senhor do Mundo e Maitreya sucedeu a Gautama nos cargos de Cristo Cósmico e Buda Planetário, passando o manto de Instrutor do Mundo aos candidatos a esse cargo, Jesus Cristo e Kuthumi.” Parece estranho que agora existam dois Instrutores do Mundo, sendo um, o Mestre Jesus, do Sexto Raio, apesar desse cargo ser sempre ocupado por um Mestre do Segundo Raio, pois esse reflete a energia divina utilizada nessa função. Com isso outros espaços teriam sido abertos nos cargos de Chohans dos Raios. O Mestre Ascenso Lanto teria assumido o cargo de Chohan do Segundo Raio. Somos informados que Lanto “alcançou sua mestria quando estudava sob a orientação do Senhor Himalaia, Manu da Quarta Raça Raiz, cujo Retiro do Lótus Azul está escondido nas montanhas que levam o seu nome.” Outra promoção relatada é a da Mestre Ascensa Nada, que assumiu o Sexto Raio, com a transferência de Jesus, conjuntamente com Koot Hoomi, para o cargo de Instrutor do Mundo.

Ao que parece, a Hierarquia passou, no século XX, a refletir nos planos espirituais os anseios de melhor representatividade de sexos e raças da era atual. Além da Mestra Ascensa Nada, somos informados que a Mestra Ascensa Kwan Yin, que teria precedido o Mestre Ascenso Saint Germain como Chohan do Sétimo Raio, tornou-se um dos sete Mestres Ascensos que atuam no Conselho do Carma, trazendo assim um melhor equilíbrio para a polaridade negativa na dispensação da misericórdia e justiça divina. Até a minoria negra (nas Américas, onde foram feitas essas revelações), obteve uma fatia do poder. “O Mestre Ascenso Afra tornou-se o primeiro Mestre Ascenso da África, passando a ser o patrono da África e da raça negra.” Por outro lado, o caráter predominante anglo-saxão da Hierarquia fica patente pelos cabelos louros dos Mestres nas fotografias que são apresentadas no livro: Senhores dos Sete Raios de Mark e Elizabeth Prophet, e nas páginas da WEB da Summit Lighthouse do Brasil. Aparecem com cabelos louros: Jesus, Paulo Veneziano, Saint Germain, Nada e Maria mãe de Jesus. Uma última curiosidade: provavelmente refletindo o axioma hermético de que o que está em baixo é como o que está em cima, encontramos na Hierarquia um misterioso ser descrito como K-17, que seria o Diretor do Serviço Secreto Cósmico.

Com a entrada da Era de Aquário, os Mestres teriam informado que uma aceleração estaria ocorrendo no processo evolutivo da humanidade. Para ajudar nessa aceleração a Mestre Ascensa Nada teria concedido a dispensação da Ciência da Palavra Falada e o Mestre Ascenso Saint Germain o poder para toda a humanidade transmutar seu carma negativo por meio da Chama Violeta. Os procedimentos para a utilização desse novo instrumental são explicados exaustivamente em inúmeras comunicações de diferentes Mestres. A ajuda parece ser tão poderosa que o discípulo que proceder de acordo com as instruções ministradas, poderia “ascender” numa só vida.


É dito que um discípulo inteiramente dedicado pode passar da Terceira Iniciação para a Ascensão (Sexta) em seis anos de vida rigorosamente de acordo com a nova dispensação. A razão pela qual o Caminho tornou-se tão mais fácil, comparado com o das antigas tradições, é que com a nova dispensação, “Um Mestre Ascenso precisaria transmutar ao menos 51 por cento de seu carma e receber as iniciações do Raio Rubi no ritual da Ascensão.”
Os Mestres Ascensos conferem grande atenção à Ciência da Palavra Falada. Essa ciência ter-se-ia originado no momento da manifestação do Universo, pois, no princípio “Deus disse: ‘Haja luz’ e houve luz” (Gn 1:3). Para esse ato criador Deus não pensou nem meditou, mas sim disse, ‘haja luz’. O poder do Verbo é a energia mais poderosa de toda a manifestação. Os Mestres Ascensos ajudaram o homem moderno a “resgatar a Ciência da Palavra Falada, utilizada há 12 mil anos atrás nos templos sagrados da Lemúria e da Atlântida.”

A Ciência da Palavra Falada é operacionalizada por meio de decretos. O homem, a quem Deus outorgou o poder de ser também um criador, deve ordenar por decreto às hierarquias criadoras, presididas pelos anjos e arcanjos, especificamente o que deseja realizar. O decreto é, portanto, “o poder do Verbo na solução de problemas e elevação da alma.” Foi revelado que: “o decreto é a mais poderosa das petições à Divindade. É uma ordem, proferida pelo filho ou filha de Deus em nome da Presença do EU SOU e do Cristo, para que a vontade do Todo-Poderoso seja manifestada, assim em baixo como no alto. É o meio pelo qual o reino de Deus se torna realidade aqui e agora, usando o poder da Palavra Falada.”[31]


Somos informados que o ser humano deve ter fé no poder dos decretos, pois “A lei cósmica afirma que as idéias expressas em palavras tornam-se obrigatoriamente realidade quando são proferidas em nome de Deus e pela autoridade da chama de Cristo.”[32] Para aumentar o incentivo ao uso da Ciência da Palavra Falada, o Senhor Maitreya teria anunciado por ocasião de uma conferência, realizada em Washington, D.C., em 01/07/1961, que: “De hoje em diante, todo decreto que proferirdes será multiplicado pelo poder de dez mil-vezes-dez mil”[33], ou seja, será cem milhões de vezes mais forte.
O outro instrumento utilizado pelos Mestres Ascensos para acelerar a evolução da humanidade é a utilização da poderosa energia da chama violeta para a transmutação das negatividades. A esse respeito os Mestres teriam declarado: “A dispensação permitindo que a chama violeta fosse posta à disposição dos discípulos neste século foi concedida pelos Senhores do Carma porque Saint Germain compareceu perante esse augusto conselho para advogar, como defensor da humanidade, a causa da liberdade.”

“A chama violeta perdoa à medida que liberta, consome à medida que transmuta, elimina os registros do carma do passado (saldando assim as vossas dívidas para com a vida), uniformiza o fluxo de energias entre vós e os outros, e impele-vos para os braços do Deus vivente.” “Venho esta noite, em nome de Deus, para declarar a todos os homens que a vida eterna é mantida pelo poder da chama violeta! Compreendeis o que isso significa, amados? Significa que o uso da chama violeta e do fogo sagrado dá a todos os homens o passaporte para a vida eterna, e não há outro meio de obterem a liberdade.”[34]


Numa série de comunicações mais recentes, a Mestra Ascensa Kwan Yin teria concedido à humanidade sofredora um poderoso método de cura, que veio a ser conhecido como Magnified Healing (Cura Magnificada). Essa modalidade de cura seria antiqüíssima, sendo que antes de 1983 só era usada nas dimensões superiores pelos Mestres Ascensos. Em 1992, pela intervenção direta da Mestra Kwan Yin, a Cura Magnificada do Deus Supremo do Universo teria sido facultada em sua forma expandida para o avanço espiritual da humanidade e da Terra. Com a disseminação desse processo de cura, já existem mais de 21 000 iniciados neste método em 52 países.
Magnified Healing foi dispensada originalmente a duas co-originadoras americanas: Kathryn Anderson e Gisèle King. Kathryn é uma Ministra Ordenada e mestre em Reiki, sendo uma Instrutora de instrutores. Gisèle é uma curadora, Ministra-Diretora do Movimento da Fraternidade Universal e mestre em Reiki.
Kathryn e Gisèle teriam recebido as Chaves finais da Ascensão aceitando o manto de Instrutoras-Mestras de Magnified Healing do Deus Supremo do Universo, por meio da Mestra Kwan Yin. A 3ª Fase do método de Cura da Luz ter-lhes-ia sido dada pelo Arcanjo Melchizedek, no final do ano de 1996.

O trabalho com a energia dos mestres foi iniciado há muito tempo em nosso planeta. Na verdade, suas forças vêm sendo reforçadas desde o final do século XIX. Isso estimulou diversas pessoas a se abrirem às mensagens que os mestres estão enviando para ajudar a todos na esfera física.


Contudo, o planeta passou por um período turbulento nas primeiras décadas do século XX, fazendo com que os mestres se dedicassem a outros níveis de consciência para ajudar a humanidade a superar essa fase de guerras e transformações.
Em agosto de 1958, Mark L.Prophet criou um novo canal para os mestres, a Summit Lighthouse, com o apoio do mestre El Morya, o senhor do primeiro raio. O propósito foi o de publicar e divulgar os ensinamentos da Grande Fraternidade Branca, uma ordem de seres iluminados composta pelos espíritos dos grandes mestres da humanidade e pelos discípulos que trabalham as energias. A igreja informa que, por meio das mensagens dos mestres ascensos, dedica-se a desenvolver o potencial espiritual da humanidade; as mensagens também permitem ao ser humano compreender as realidades espirituais acima do plano físico, sintonizando-o com outras formas de existência e de energia.
Os ensinamentos dos mestres, transmitidos pelos canalizadores da Summit, dizem que os planos celestiais estão divididos em seções baseadas no sete; este é o número de raios de luz e energia, que são comandados por sete mestres, com sete qualidades divinas.

1   2   3   4   5


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal