Diva norte-americana actua sábado, dia 9, no tmg diamanda Galás em concerto: The Refugee



Baixar 15,86 Kb.
Encontro11.09.2017
Tamanho15,86 Kb.

Nota à Imprensa | Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Diva norte-americana actua sábado, dia 9, no TMG

Diamanda Galás em concerto: The Refugee
Diamanda Galás vem ao TMG no sábado dia 9 de Abril para apresentar o seu mais recente espectáculo: “The Refugee”. No Grande Auditório e ao piano, a artista norte-americana apresenta um conjunto de temas inspirados na canção “O Prosfigas” que versa sobre os exilados de Smyrna (na antiga Grécia) e o genocídio turco do povo grego em 1922; uma canção popularizada pelo grego Manolis Anngelopoulos.

O egípcio Mohamed Abdel Wahab, os gregos Dionysis Savvapoulos e Lefteris Papadopoulos, a arménia Mara Yekmalian, os espanhóis Camarón de la Isla e Pastora Pavón, ou o belga Jacques Brel, serão outros dos autores reinterpretados por Galás neste concerto.

Com uma carreira de quase 30 anos, Diamanda Galás tem editados 19 discos sendo o primeiro de 1982. No percurso artístico, destaque para a o ano de1994, ano em que gravou e editou a meias com John Paul Jones (baixista dos Led Zeppelin) o visionário disco “The Sporting Life”. Iannis Xenakis, Vinko Globokar ou John Zorn foram outros nomes com quem colaborou. Diamanda Galás, que edita pela Mute Records, deu ainda voz e música a bandas sonoras de filmes como “Dracula” de Francis Ford Coppola, “El Immortal” de Mercedes Moncada Rodriguez ou “Natural Born Killers” de Oliver Stone. O universo particularmente intenso, característico da amplitude vocal de Galás assim como as abordagens temáticas que os seus espectáculos apresentam, fazem dela uma artista admirada pelo público de todos os quadrantes musicais: do avant-garde ao erudito, do gótico ao blues, ou do metal ao jazz.

Filha de pais gregos, nascida na Califória, Diamanda Galás tem sido mais amada na Europa que na sua terra natal. Em 2005 foi-lhe atribuído em Itália o prémio Demetrio Stratos International Career Award.

Diamanda Galás actuará no Grande Auditório no sábado, às 21h30.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Disco é uma co-produção TMG e Junta de Castilla y León

María Salgado apresenta “Abraço” no TMG a 7 de Abril
A cantora espanhola María Salgado vem ao TMG no dia 7 de Abril (quinta-feira, às 21h30) para apresentar o seu último disco, editado em co-produção pelo Teatro Municipal da Guarda e Junta de Castilla y Léon e intitulado “Abrazo – Abraço”. Trata-se de um projecto verdadeiramente ibérico onde participaram músicos dos dois países vizinhos. Da região da Guarda colaboram César Prata (Chuchurumel, Assobio), Vanda Rodrigues (Assobio) e Rui Pedro Dias (Trivenção e Prós e Contras). O TMG escolheu ainda Quiné e Amadeu Magalhães (ambos da Brigada Victor Jara) para integrarem o grupo de músicos portugueses de “Abraço”. O disco conta com 12 temas de música tradicional dos dois lados da fronteira, seis deles de música tradicional portuguesa das regiões da Beira Alta, Beira Baixa e Trás-os-Montes e outros seis de música tradicional espanhola. Do alinhamento português constam os temas “A tecedeira briosa”, “Milho verde”, “Castanheiro da Serra”, “Senhora do Desterro”, “Mira-me Miguel” e “Trigo verde”.

A produção e os arranjos no disco estiveram a cargo do catalão Toni Xuclà, produtor, guitarrista e compositor espanhol premiado e conhecido pelo seu gosto em fundir o jazz contemporâneo com a música tradicional e o funk com a música pop.

Com “Abrazo - Abraço”, a cantora María Salgado diz ter encontrado a solução para duas das suas inquietudes: a música tradicional e a fusão de músicas. A raia (onde vivem espanhóis e portugueses) é o cenário escolhido para pôr à prova a intuição que constantemente lhe diz que a cultura é uma via sem igual para unir os povos, e a música tradicional é um dos seus agentes mais sábios. María Salgado tem-se dedicado desde sempre à música tradicional. O jornal espanhol “El País” já disse sobre ela que «é uma das vozes mais sábias e qualificadas do folclore castelhano».

A apresentação de “Abrazo - Abraço” em Espanha será a 6 de Abril no Teatro da Caja Duero de Salamanca às 20h00 (hora local). O disco foi editado no âmbito da iniciativa REDES, inserida no POCTEP – Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Para mais informações, contactar:

Gabinete de Comunicação e Imagem

Teatro Municipal da Guarda

Rua Batalha Reis, 12, 6300-668, GUARDA, PORTUGAL



Tel. 271 205 240 • Fax. 271 205 248

gci@tmg.com.pt

www.tmg.com.pt



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal