Decanato de ensino de graduaçÃO



Baixar 42,98 Kb.
Encontro21.11.2018
Tamanho42,98 Kb.



UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO

DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS

PROGRAMA ANALÍTICO

DISCIPLINA


CÓDIGO: IT824

CRÉDITOS: 4

(T2-P2)


Projeto Estrutural em Concreto Armado II
Cada Crédito corresponde a 15h/ aula




INSTITUTO DE TECNOLOGIA

DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO




OBJETIVO DA DISCIPLINA:

Continuar o estudo de concreto armado iniciado na disciplina de Projeto de Estrutura em Concreto Armado I.






EMENTA:

Estudo dos pilares: Compressão simples e flexão composta. Problemas de torção no concreto armado. Cálculo de elementos de fundação. Reservatórios comuns e escadas..






CONTEÚDO PROGRÁMATICO:

I – PARTE TEÓRICO-PRÁTICA


1. CONSIDERAÇÕES SOBRE O CÁLCULO DE PILARES DE CONCRETO ARMADO

    1. Estruturas indeslocáveis

    2. Estabilidade global das estruturas

    3. Dimensões mínimas dos pilares de edifício

    4. Excentricidades: acidental, de 1a. e 2a. ordem

1.5. Determinação do índice de esbeltez.

1.6. Classificação dos pilares: quanto à função estrutural, quanto à posição em planta, quanto à esbeltez



    1. Simplificações permitidas no cálculo de pilares de edifício

2. DIMENSIONAMENTO DE PILARES

2.1. Situações de projeto e de cálculo dos pilares: Prescrições da NBR 6118

2.2. Composição das cargas

2.3. Seções transversais a serem analisadas

2.4. Dimensionamento à flexão normal composta: Processo geral e simplificado

2.5. Dimensionamento à flexão oblíqua: Processo geral e simplificado

2.6. Detalhamento das armaduras longitudinais e transversais: Prescrições da NBR 6118

3. FUNDAÇÕES EM CONCRETO ARMADO

3.1.Tipos usuais de estruturas de fundação.

3.2. Distribuição das pressões de contato.

3.3. Sapatas rígidas sob paredes: Dimensionamento e detalhamento

3.4.Sapatas rígidas isoladas: Dimensionamento e detalhamento

3.4. Sapatas contínuas sob pilares: Dimensionamento e detalhamento

3.5 Vigas de equilíbrio.

3.6. Blocos rígidos sobre estacas.

4. ESCADAS USUAIS DOS EDIFÍCIOS

4.1. Classificação

4.2.Composição das cargas

4.3. Determinação dos esforços

4.4. Dimensionamento

4.5. Detalhamento das formas e armaduras

5. RESERVATÓRIOS USUAIS EM EDIFÍCIOS

5.1. Classificação

5.2.Composição das cargas

5.3. Determinação dos esforços

5.4. Dimensionamento

5.5. Detalhamento das formas e armaduras

II – PARTE PRÁTICA


1. APLICAÇÃO EM TRABALHO PRÁTICO DOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS A PARTIR DE PLANTA ARQUITETÔNICA

    1. Planta de locação dos pilares e mapa de cargas

    2. Cálculo estrutural dos pilares e das respectivas fundações através de memorial de cálculo

    3. Detalhamento dos pilares e das fundações através das respectivas plantas de armação




BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

ARAÚJO, J. M. Curso de concreto armado. Dunas, 2003. 254p. v.3. ISBN 8586717037

__________. Curso de concreto armado. Dunas, 2003. 244p. v.4. ISBN 8586717045

__________. Projeto estrutural e edifícios de concreto armado. Dunas, 2004. 224p. ISBN 8586717053





BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

ABMS/ABEF. Fundações: teoria e prática. Pini, 2002. 758p. ISBN: 8572660984

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Projeto e execução de obras de concreto armado - NBR 6118. ABNT, 2003.

__________. Ações e segurança nas estruturas: procedimento – NBR 8681. ABNT, 2003.

__________. Projeto e execução de fundações – NBR 6122. ABNT, 1996.

_________. Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado - NBR-9062. ABNT, 2001.






©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal