Curso: Comunicação Social – Jornalismo



Baixar 51,6 Kb.
Encontro14.11.2017
Tamanho51,6 Kb.





UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI – UFSJ

Instituída pela Lei no 10.425, de 19/04/2002 – D.O.U. DE 22/04/2002

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO – PROEN






CURSO: Comunicação Social – Jornalismo

Turno: Noturno

INFORMAÇÕES BÁSICAS

Currículo

2011


Unidade curricular

Teorias do Jornalismo



Departamento

DELAC


Período



Carga Horária

Ano/Semestre

2011 / 2º






Teórica

36h


Prática

-


Total

36h





Natureza

Obrigatória



Habilitação / Modalidade

Bacharelado



Pré-requisito

Não tem


Co-requisito

Não tem


Ementa: Principais abordagens teóricas dos estudos de jornalismo. Análise crítica das teorias vigentes no jornalismo. Teoria e práxis jornalística. Reflexão sobre os veículos de comunicação de massa. A recepção no jornalismo. A natureza do conhecimento jornalístico. A estrutura do campo jornalístico.

Objetivos

Geral:

- Traçar um panorama das principais abordagens teóricas do fazer jornalístico – desde as concepções clássicas até as tendências contemporâneas.



Específicos:

- Levantar um olhar crítico sobre o jornalismo como produto social;

- Relacionar a teoria e a práxis jornalística;

- Despertar uma reflexão sobre os veículos informativos de massa;

- Conceituar fato, acontecimento, critérios de noticiabilidade;

- Discutir a complexidade dos fatores que interferem no fazer jornalístico: estrutura redacional, cultura profissional dos jornalistas, rotinas de produção, caráter mercadológico, critérios de noticiabilidade, dependência das fontes, fator tempo;

- Refletir sobre a natureza paradoxal do jornalismo: a natureza sensacionalista e espetacular dos fatos versus ética e responsabilidade social;

- Discutir a emergência de um novo estilo de jornalismo: o Jornalismo Público ou Cívico.




Bibliografia básica
HOHLFELDT, Antônio; FRANÇA, Vera Regina Veiga; MARTINO, Luiz (Orgs). Teorias da Comunicação. Petrópolis: Vozes, 2004.
TRAQUINA, Nelson. Estudos do jornalismo no século XX. São Leopoldo: Editora da Unisinos, 2001.
WOLF, Mauro. Teorias das Comunicações de Massa. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2008.

Bibliografia complementar
ANGRIMANI, Danilo. Espreme que sai sangue - Um estudo sensacionalista na imprensa. São Paulo: Summus, 1995.
CHARAUDEAU, Patrick. O discurso das mídias. São Paulo: Editora Contexto, 2006.
RODRIGUES, Adriano Duarte. Estratégias da Comunicação. Lisboa: Editorial Presença, 1990.
SOUSA, Jorge Pedro. Teorias da notícia e do jornalismo. Chapecó: Argos, 2002.
TRAQUINA, Nelson. Jornalismo. Questões, teorias e ‘estórias’. Lisboa: Editora Vega, 1993.
TRAQUINA, Nélson. Teorias do Jornalismo. Vol. 1 - Por que as notícias são como são. 2ª Ed. Florianópolis: Editora Insular, 2005.
Sites
www.intercom.org.br - site da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação (INTERCOM)
www.compos.org.br – site da Associação Nacional dos Cursos de Pós-Graduação em Comunicação Social (COMPÓS)
www.observatoriodaimprensa.com.br – site do Observatório da Imprensa




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal