Copa sambernardense de futebol veteranissimo



Baixar 76,25 Kb.
Encontro06.07.2017
Tamanho76,25 Kb.

LIGA DE FUTEBOL SBC – 60ANOS FAZENDO AMIGOS


CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO 2008

R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2008

= = = = = = = = = = = =
DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
Artigo 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO/2008, será promovido, organizado e dirigido pela Liga de Futebol de São Bernardo do Campo, conforme o disposto neste Regulamento, no Código Desportivo da Liga de Futebol de São Bernardo Campo, e legislação em vigor, em parceria com a Secretaria de Esportes da Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo.
Artigo 2º Participarão do Campeonato as Associações a seguir relacionadas, e que se submetem aos termos do presente Regulamento:
GRÊMIO ESPORTIVO TABOÃO

UNIÃO FUTEBOL CLUBE

TRIÂNGULO ESPORTE CLUBE

VILA PELÉ FUTEBOL CLUBE

CAFEZAL FUTEBOL CLUBE

ESPORTE CLUBE ORQUÍDEAS

ESPORTE CLUBE VILA FERREIRA

JARDIM CLAUDIA FUTEBOL CLUBE

ESPORTE CLUBE PARQUE ESMERALDA

ESPORTE CLUBE 11 UNIDOS

ESPORTE CLUBE PALMEIRINHA

SOCIEDADE AMIGOS ESPORTIVA VILA VIVALDI

ESPORTE CLUBE MADUREIRA

SOCIEDADE ESPORTIVA DIVINÉIA

ESPORTE CLUBE CARGA PESADA

SOCIEDADE ESPORTIVA AMIGOS BAIRRO ALVARENGA

SOCIEDADE ESPORTIVA JARDIM DO LAGO

PARQUE HAVAÍ FUTEBOL CLUBE

DO SISTEMA DE DISPUTA


DAS FASES E DA CONTAGEM DE PONTOS
Artigo 3º O Campeonato será disputado pelas Associações em:
A- PRIMEIRA FASE;

B- SEGUNDA FASE;

C- FASE SEMIFINAL; e

D- FASE FINAL




Artigo 4º O Campeonato será regido pelo sistema de pontos ganhos de acordo com os seguintes critérios:
A- Por vitória 3 (três) pontos ganhos;

B- Por empate 1 (um) ponto ganho;



C- Por derrota 0 (zero) ponto ganho
Artigo 5º A Primeira Fase será disputada pelas 18 (DEZOITO) Associações relacionadas no Artigo 2º, divididas através de Sorteio, em dois Grupos: A e B de 09(nove) Associações cada.
Artigo 6º Formarão o Grupo A, as seguintes Associações:
GRÊMIO ESPORTIVO TABOÃO

UNIÃO FUTEBOL CLUBE

TRIÂNGULO ESPORTE CLUBE

VILA PELÉ FUTEBOL CLUBE

CAFEZAL FUTEBOL CLUBE

ESPORTE CLUBE ORQUIDEAS

ESPORTE CLUBE VILA FERREIRA

SOCIEDADE ESPORTIVA AMIGOS BAIRRO ALVARENGA

SOCIEDADE ESPORTIVA JARDIM DO LAGO
Artigo 7º Formarão o Grupo B , as seguintes Associações:
JARDIM CLAUDIA FUTEBOL CLUBE

ESPORTE CLUBE PARQUE ESMERALDA

ESPORTE CLUBE 11 UNIDOS

ESPORTE CLUBE PALMEIRINHA

SOCIEDADE AMIGOS ESPORTIVA VILA VIVALDI

ESPORTE CLUBE MADUREIRA

SOCIEDADE ESPORTIVA DIVINÉIA

ESPORTE CLUBE CARGA PESADA

PARQUE HAVAÍ FUTEBOL CLUBE

DA DISPUTA DA PRIMEIRA FASE



Artigo 8º A PRIMEIRA FASE, será disputada com as Associações jogando entre si, no próprio Grupo, em Turno Único, classificando-se para a Segunda Fase as (04)quatro primeiras colocadas, por pontos ganhos.

DA DISPUTA DA SEGUNDA FASE



Artigo 9º A SEGUNDA FASE, será disputada pelas 08 (oito) Associações classificadas na Primeira Fase, divididas em duas chaves C e D de quatro associações cada, sendo que as duas melhores campanhas da Primeira Fase serão cabeças de chave e o restante será através de sorteio. As equipes jogarão entre si dentro da chave em Turno e Returno, classificando-se para a Fase Semifinal a Primeira e Segunda colocadas, por pontos ganhos, de cada grupo.


DA DISPUTA DA FASE SEMI-FINAL



Artigo 10 A Fase SEMIFINAL, será disputada pelas 4 (quatro) Associações classificadas na Segunda Fase, em uma única rodada, sendo:

JOGO 1 - 1º COLOCADO (grupo D) X 2º COLOCADO (grupo E)

JOGO 2 - 1º COLOCADO (grupo E) X 2º COLOCADO (grupo D)

DA DISPUTA DA FASE FINAL



Artigo 11 A FASE FINAL, será disputada em uma única partida da seguinte forma:
VENCEDOR DO JOGO 1 X VENCEDOR DO JOGO 2

DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE



Artigo 12 No caso de igualdade de pontos ganhos entre duas ou mais Associações, em qualquer colocação ao final da PRIMEIRA FASE para efeito de desempate, aplicar-se-ão, pela ordem e sucessivamente os seguintes critérios, levando-se em consideração os resultados desta fase:

a Houver conquistado o maior número de vitórias;

b- confronto direto, somente em caso de empate entre duas Associações;

c- houver conquistado o maior saldo de gols;

d- houver conquistado maior número de gols a favor;

e- tiver o melhor resultado no “goal average” ou seja, maior quociente na divisão do número de gols marcados pelo número de gols sofridos;



f- sorteio público na sede da Liga de Futebol.
Artigo 13 Em caso de igualdade de pontos ganhos entre duas ou mais Associações em qualquer colocação ao final da SEGUNDA FASE, FASE SEMIFINAL E FASE FINAL, aplicar-se-ão pela ordem e sucessivamente os critérios do Artigo 13, excetuando-se letra B deste Artigo, levando-se em consideração a soma dos resultados de todo Campeonato.

DO MANDO DAS PARTIDAS



Artigo 14 O mando das partidas, será determinado pela Liga de Futebol, as entidades mencionadas à esquerda da tabela, serão as mandantes dos jogos, para efeito de troca de uniforme.
§ 1º Após aguardar(trinta)30 minutos a Associação não cumprir o disposto neste Artigo, referente a troca de uniforme pagará uma multa de R$ 200,00(duzentos reais), e será considerada perdedora pelo placar de 0 x 1.
§ 2º Caso a partida não seja realizada ou for interrompida por falta de bola, após se aguardar (trinta)30 minutos a Associação pagará uma multa de R$ 200,00(duzentos reais), e será considerada perdedora pelo placar de 0 x 1.


§ 3º Será responsável pela marcação do campo, e colocação de redes, a Associação responsável pelo Estádio em que forem realizadas as partidas.
§ 4º A não marcação do campo e colocação de redes, por parte da Associação responsável, implicará na perda do mando de jogo nas partidas restantes do Campeonato.
Artigo 15 Não será permitido a inversão de mando das partidas, determinadas pela Liga e elaborada pelo Departamento Técnico.

DAS INSCRIÇÕES
Artigo 16 Os atletas participantes deste Campeonato, estarão devidamente registrados na seção de registro da Liga de Futebol de São Bernardo do Campo, e da Federação Paulista de Futebol, observadas as restrições constantes na legislação esportiva competente, bem como, o disposto no presente Regulamento.
Artigo 17 O atleta que constar em súmula na qualidade de substituto e não participar poderá transferir-se com condição de jogo, para outra associação desde que, como substituto não tenha sido Suspenso pelo T.J.D. da Liga.
Artigo 18 As inscrições de atletas se encerrarão no dia 14 de maio de 2008.

Artigo 19 Conforme acordo entre todos os participantes do Campeonato os atletas que venham fazer duplicidade de ficha, isto é inscrever-se para duas ou mais Associações que participem dos Campeonatos da Liga de Futebol SBC, estarão suspensos de todas as promoções da Liga de Futebol na presente Temporada.
Artigo 20 Cada Associação poderá fazer 7 (sete) substituições, e ter no máximo 11 (onze) atletas no banco de reservas, devidamente uniformizados.
Artigo 21 Os atletas punidos pelas T.J.D. das Ligas que compõe a UNILIGAS, não poderão disputar este Campeonato.
Artigo 22 É obrigatória a apresentação do cartão de identificação do atleta expedido pela F.P.F., junto à mesa do Delegado da Presidência, para a conferência antes do início de cada partida, salvo;

por algum motivo devidamente justificado pelo clube interessado, assim como a obrigatoriedade da assinatura de todos os atletas na relação nominal que acompanha a súmula de jogo.


Artigo 23 É obrigatório o uso de Caneleiras (Regra IV)

DO ACESSO E DESCENSO



Artigo 24 Terão acesso a DIVISÃO ESPECIAL 2009 as quatro equipes classificadas para a FASE SEMIFINAL. Para efeito de descenso ao final da Primeira Fase, as (04)quatro Piores campanhas independente do Grupo a que pertençam, serão rebaixadas à Segunda Divisão em 2009.
§ 1º em caso de empate aplicar-se-ão pela ordem os critérios do Art. 13 deste Regulamento.

§ 2º havendo uma ou mais Associações que durante o transcorrer do Campeonato, venham a serem punidas com o rebaixamento, estas serão incluídas como descenso.

DAS ATRIBUIÇÕES DA LIGA DE FUTEBOL



Artigo 25 Compete à Liga de Futebol de São Bernardo do Campo:
a- elaborar as tabelas do Campeonato;

b- tomar todas as providências de ordem técnica necessárias à realização do campeonato;

c- designar ou alterar dia, local e horário para realização das partidas;

d- escalar os representantes;

e- aprovar ou não, as partidas, após tomar conhecimento dos relatórios dos árbitros e representantes;

f- a realização ou não, dos jogos entre Associações que não tenham mais condições de classificação, após apresentação de Ofício assinado pelo Presidente na qual deverá constar esta solicitação.



§ Único Os Árbitros serão designados por Empresa ou Associação contratada pela Liga de Futebol de São Bernardo do Campo.
Artigo 26 As Associações participantes do Campeonato, deverão estar quites com os cofres, e a Secretaria da Liga, qualquer débito ou falta de documentação, implicará no não recebimento das fichas de inscrições de atletas, e estará impedida de disputar o Campeonato.

Artigo 27 A taxa de Recurso será de R$ 500,00 (Quinhentos) Reais, independente do deferimento ou não do Recurso.

DAS INFRAÇÕES E SUAS PENALIDADES



Artigo 28 As infrações disciplinares, serão processadas e julgadas pelo Tribunal de Justiça Desportiva, em última instância, na forma estabelecida pela Legislação vigente, ressalvadas as de caráter administrativo, de exclusiva competência da presidência da entidade.
Artigo 29 A interrupção da partida deverá ser imediata no caso de Agressão Física consumada, ao Árbitro, Assistente,Representante ou a qualquer Membro da Liga de Futebol. A equipe causadora da agressão, quer seja por torcida, atleta, dirigente, diretor ou membros da associação, serão considerados perdedores. No caso de agressão pelas duas equipes ambas serão consideradas perdedoras.
A

Pág. 07

rtigo 30
Em caso de invasão de campo por parte da torcida, e/ou arremesso de objetos para dentro de campo, a Associação será responsabilizada, e poderá perder o mando de seus jogos, esta punição será acumulativa, ou seja, passará para outra temporada, na mesma categoria que sofreu a punição.

DOS JOGOS



Artigo 31 As Associações participantes da Primeira Divisão - Temporada 2008 poderão representar a cidade de São Bernardo do Campo no CAMPEONATO ESTADUAL, organizado pela FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, e na Copa Consórcio/Uniligas da Região do ABCDMRR, ficando a critério da Liga os Clubes que participarão conforme seus Índices Obtidos.
§ único Caso haja alguma Associação que não aceite representar a cidade nas Competições citadas acima, serão convidadas as próximas Associações observando o Índice Técnico obtido na competição.
Artigo 32 A duração de cada partida será de 90(noventa) minutos, divididos em dois tempos de 45(quarenta e cinco) minutos cada, com intervalo entre eles de 15(quinze) minutos.

Artigo 33 As Associações disputantes, deverão apresentar suas equipes até 5 (cinco) minutos antes da hora marcada para o inicio da partida.
§ 1º A Associação que não comparecer a campo para disputar a partida do Campeonato até 20 (vinte) minutos após a hora marcada para seu início, perderá os pontos por W O , será eliminada do Campeonato e rebaixada a Segunda Divisão em 2009 , além de arcar com os prejuízos financeiros que causar a Liga e a seu adversário, tendo como valor máximo 01(um) salário mínimo vigente.
§ 2º A Associação que se apresentar após 10 (dez) minutos do horário marcado para início da partida, respeitado o disposto no § anterior, ficará sujeita a multa de R$ 10,00 (dez reais) por minuto de atraso.
§ 3º Justificarão o não comparecimento de uma equipe, desde que devidamente comprovado através de Boletim de Ocorrência policial ou noticiário de imprensa quando for o caso:
a) acidente grave com a condução dos atletas;

b) inundação que não de acesso ao local do jogo;

c) calamidade Pública;

d) momento de comoção nacional.


Artigo 34 No caso da não realização da competição, quando o Árbitro não oferecer condições para a mesma, as equipes deverão obrigatoriamente apresentar-se ao Árbitro, em campo, no horário determinado para início da partida, devidamente uniformizados com as fichas de identificação, para que seja preenchida a súmula de jogo.

§ 1º a equipe que não cumprir o disposto neste Artigo será considerada derrotada pelo placar de 0 x 1 (zero a um).
§ 2º caso seja realizado mais de uma partida no Estádio ficam estes automaticamente cancelados sem a obrigatoriedade das equipes que viriam a atuar, de se apresentarem em campo nos horários determinados.
Artigo 35 A partida poderá ser adiada, em caso de Morte de um Diretor ou Jogador, comprovado com a apresentação de Certidão de Óbito, através de solicitação do Clube interessado.
Artigo 36 As competições poderão ser realizadas nos Feriados e no período noturno, desde que as praças de esportes sejam providas de instalações adequadas, assim julgadas pela LIGA.


DA PREMIAÇÃO



Artigo 37 Será ofertado ao Campeão: Troféu e Medalhas;

Para o Vice - Campeão: Troféu e Medalhas;

Troféus para: Artilheiro e melhor disciplina

Obs: A premiação será ofertada ao término da partida Final, a ausência ou a retirada da equipe antecipada; a premiação não será entregue.



DAS DISPOSIÇÕES FINAIS



Artigo 38 Um Representante de cada associação deverá apresentar-se, quinze minutos antes do início da partida, ao árbitro e ao representante, colocando-se à disposição destes, entregando no ato as identificações dos atletas de sua associação, assim como assinar o Termo de responsabilidade, no tocante às garantias da arbitragem, quando da falta de policiamento.
§ único A Associação que não proceder da forma acima, principalmente no tocante ao termo de responsabilidade, ficará sujeito às penalidades previstas no CBJD.
Artigo 39 A partir da 1ª Rodada como medida de ordem administrativa e técnica, indispensável a segurança e normalidade da competição, no local destinado ao banco de reservas, só poderão permanecer os atletas reservas, mais 1 (um) TREINADOR, 1 (um) DIRETOR, 1 (um) MASSAGISTA, 1 (um) PREPARADOR FISICO e 1(um) MEDICO sendo que os mesmos serão identificados por meio de CRACHÁ com foto expedido pela Secretaria da Liga, devendo exibir obrigatoriamente em local visível enquanto permanecer no Campo de jogo.
§ 1º No que se refere ao Preparador Físico e ao Médico os mesmos deverão ser diplomados e apresentarem o Registro em seus respectivos Conselhos.
§ 2º A Liga de Futebol expedirá no máximo 5 (cinco) crachás por Associação, os Diretores deverão apresentar 2 fotos (3x4) recente.

Artigo 40 Para a FASE SEMIFINAL, ficam zerados os Cartões Amarelos, prevalecendo o Cartão Vermelho e punições da T.J.D.
Artigo 41 A Associação mandante será a responsável de colocar 03(três)bolas no mínimo, para a realização dos jogos, na Primeira e Segunda Fase.
§ 1º Na Fase Semifinal e Fase Final (campo neutro) cada Associação deverá colocar 02(duas) bolas no mínimo, todas em condições de jogo.
§ 2º A Associação que não cumprir o disposto neste Artigo, pagará uma multa de R$ 200,00 (duzentos reais), e será considerada perdedora pelo placar de 0 x 1 caso a partida não for realizada, ou for interrompida por falta de bola.
Artigo 42 Seguindo as recomendação da FIFA serão afastadas do presente Campeonato, as Associações que recorrerem à Justiça Comum, antes da decisão final do T.J.D. DA LIGA DE FUTEBOL SBC.
Artigo 43 Caberá à Diretoria da Liga, resolver os casos omissos, e interpretar o disposto neste regulamento.
Artigo 44 O presente Regulamento aprovado pelas Associações elencadas no Art. 2º, em 16 de janeiro de 2008, conforme assinaturas dos Presidentes das Associações abaixo, e entrará em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrário.


São Bernardo do Campo, 16 de janeiro de 2008.

SAUL LINO DE SOUZA

PRESIDENTE




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal